Primeiras Impressões: Marlon

A NBC lançou a sua nova série de comédia, Marlon, na última quarta-feira (16). Estrelada por Marlon Wayans, que vive Marlon, um pai de família muito exótico, que tem a responsabilidade de criar dois filhos, Marley (Notlim Taylor) e Zachery (Amir O’Neil), com sua ex-esposa, Ashley (Essence Atkins). O seriado segue o mesmo modelo de outras séries de comédias, como Two and Half Men e Baby Daddy. Logo de cara percebemos que Marlon segue o tradicional formato das sitcom, com as tradicionais piadas sem graça. Contudo, a série mistura em sua trama assuntos sérios, como a relação de dois pais divorciados criando dois filhos, que acabam se perdendo em meio às graças e ao limite de tempo de apenas 20 minutos. […]

Maratona – My Mad Fat Diary

Em 14 de janeiro de 2013, o canal E4 exibia o primeiro episódio daquela que seria a minha série favorita de todos os tempos. Talvez isso soe um tanto exagerado – desculpe, é que sou sagitariana –, porém, não deixa de ser verdade. Esbarrei em My Mad Fat Diary em um momento particularmente ruim da minha vida – mais do que isso, em um momento particularmente ruim da minha vida com um transtorno de ansiedade – e finalmente encontrar uma personagem tão real e com a qual, guardadas as devidas proporções, eu conseguisse me identificar foi como ser abraçada e perceber que (finalmente) alguém me entendia. Sendo assim, não há palavras no mundo capazes de explicar como essa série foi […]

Primeiras Impressões – Os Defensores

Existe um lado bom e um lado ruim no formato que a Netflix adota para suas séries. O bom é que podemos fazer uma maratona pesada e não ter que sofrer com ganchos ou cliffhangers. O ruim é que, olhando isoladamente, seus episódios soam como parte de um todo de uma maneira que as demais séries não o fazem. A estreia de Os Defensores não foge a essa regra. Estreando com a expectativa nos ombros de “encerrar” com chave de ouro o ambicioso projeto firmado entre Marvel e Netflix, a primeira parte da reunião dos heróis de rua vem com um ritmo mais lento, funcionando muito mais como um set up pra cada um dos seus protagonistas do que, de fato, como uma série […]

My Mad Fat Diary

A série, que se passa em meados dos anos 90, acompanha a vida de Rae, uma garota de 16 anos que lida com os típicos problemas adolescentes: pais, escola, amigos, paixões e etc. Autodescoberta, terapia e Oasis são algumas das palavras-chave dessa história que emociona, faz refletir e que se mostra atemporal no que diz respeito às relações humanas.

Maratona – My Mad Fat Diary

3 dias atrás Comente também

Em 14 de janeiro de 2013, o canal E4 exibia o primeiro episódio daquela que seria a minha série favorita de todos os tempos. Talvez isso soe um tanto exagerado – desculpe, é que sou sagitariana –, porém, não deixa de ser verdade. Esbarrei em My Mad Fat Diary em um momento particularmente ruim da minha vida – mais do que isso, em um momento particularmente ruim da minha vida com um transtorno de ansiedade – e finalmente encontrar uma personagem tão real e com a qual, guardadas as devidas proporções, eu conseguisse me identificar foi como ser abraçada e perceber que (finalmente) alguém me entendia. Sendo assim, não há palavras no mundo capazes de explicar como essa série foi […]

Leia o post completo

Séries que nos embalaram com Wonderwall, do Oasis

10 meses atrás Comente também

I said maybe You’re gonna be the one that saves me And after all You’re my wonderwall A banda inglesa Oasis lançou Wonderwall em 1995, como parte do álbum (What’s the Story) Morning Glory?. Na época, o autor e guitarrista Noel Gallagher revelou que a canção seria uma homenagem à então namorada Meg Matthews. Mas, quando o casal se divorciou em 2001, Gallagher desmentiu: a letra falava de um amigo imaginário. Pouco importa. O hit fez tanto sucesso que, ao longo de 21 anos e sei lá quantas adaptações, ainda mexe com os fãs. O cover mais famoso foi gravado em 2000, pelo cantor Ryan Adams, e ganhou elogio de Noel Gallagher, em entrevista à Spin, em 2008: “Acho que foi o único a acertar [na melodia]. Eu gostaria de tocar a versão dele, mas é […]

Leia o post completo

A nova roupagem das tragicomédias

11 meses atrás Comente também

Não é de hoje que um peculiar mesclamento de gênero tem sido utilizado como recurso para dar vida a obras singulares que, no saldo geral, acabam por agradar o público, são peças de teatro, filmes, livros, séries, enfim,  que transitam entre um extremo e outro para dar vida a histórias e personagens meio que peculiares e diferentes do material fictício que somos acostumados a consumir diariamente. Esta mesma combinação não é mais novidade no âmbito das séries, poderíamos passar um longo tempo listando produções que misturaram o drama com a comédia, ora de forma sutil, ora de maneira mais escrachada, contudo, vem se tornando perceptível um determinado padrão adotado em algumas séries recentes, a fórmula consiste em criar o pior […]

Leia o post completo

Dia do Filósofo: Frases marcantes de personagens

1 ano atrás Comente também

Neste dia 16, é comemorado o dia daquelas pessoas que sempre tem algo bonito a dizer. O Dia do Filósofo homenageia os profissionais que se dedicam a ter uma grande reflexão sobre diversos assuntos, como a natureza ou existência humana, está na cara que é coisa de humanas, né? Para comemorar esse dia tão importante nada mais justo do que relembrar as famosas frases/narrações dos personagens de séries que amamos: Acontece que ninguém pode fugir da dor. A vida é trágica. Mas também é preciosa… Doce… Extraordinária. The Flash Crianças vocês não podem se prender ao passado. Porque não importa o quanto vocês o segurem… Ele já passou. Ted Mosby – How I Met Your Mother Alguém uma vez disse que a […]

Leia o post completo

Adeus Série Querida #2015

2 anos atrás Comente também

Depois das listas piores e melhores estreias, piores e melhores retornos, de ler nossos pedidos e agradecimentos para o bom velhinho, de se divertir com nossa brincadeira de amigo secreto (parte 1 e parte 2), chegou a hora do post que quase nos afoga em nossas lágrimas: a homenagem a séries queridas que foram canceladas em 2015. O obituário traz a dor de perder personagens, mas aqui nos despedimos de todo um elenco. E em 2015 a lista é bem longa. Por isso peguem seus lencinhos e leiam com carinho:   Hannibal (3 temporadas, 39 episódios, 2013-2015) Hannibal sempre foi uma série muito sensorial e cheia de referências gastronômicas, então acho apropriado dizer que seu fim foi agridoce. Doce pela […]

Leia o post completo

My Mad Fat Diary

2 anos atrás Comente também

My Mad Fat Diary é uma série britânica, que começou a ser exibida em 14 de janeiro de 2013, pelo canal E4. Escrita por Tom Bidwell e inspirada no livro “My Fat, Mad Teenage Diary”, a série acompanha a vida de Rachel – Rae – Earl, uma adolescente obesa que acaba de receber alta de uma clinica psiquiátrica. Como sugestão de um dos médicos ela começa a escrever um diário que, além de ajudá-la a passar pelo delicado período de adaptação, é o meio pelo qual conhecemos Rae (todos seus conflitos, expectativas e problemas), sua família caótica e seus novos – e adoráveis – amigos. A veracidade e honestidade com que todos os temas são abordados é umas das maiores […]

Leia o post completo

O que você precisa saber de Jessica Jones antes de Defensores

6 dias atráscomentarios

A primeira série da Marvel protagonizada por uma mulher começa quando os pais de Hope Shottman (Erin Moriarty) pedem a ajuda de Jessica Jones (Krysten Ritter) para investigar o paradeiro da filha, e ela então descobre que o sequestrador da moça é ninguém mais ninguém menos que Killgrave (David Tennant): aquele que a traumatizou através de um relacionamento abusivo. A moça não é então a típica heroína a qual estamos acostumados, e algumas vezes até chegamos a duvidar se podemos chama-la assim. Por ter um passado marcado pelo abuso sua personalidade se torna um tanto ácida e sombria, além de deixar para a personagem um descontrole no consumo de álcool e a ideia de que desistir é a melhor saída, e […]

Leia o post completo

O que você precisa saber de Demolidor antes de Defensores

7 dias atráscomentarios

Com o sucesso do universo cinematográfico desenvolvido pela Marvel nos cinemas, um dos personagens mais interessantes e queridos dos fãs de quadrinhos foi ansiosamente aguardado para voltar a fazer parte do mesmo mundo. Homem-Aranha? Não, na verdade Demolidor. Após a Fox deixar os direitos de uso do personagem retornar para a casa das ideias, Marvel e Netflix fecharam uma parceria para desenvolver diversas séries de heróis. Demolidor abre essa parceria com maestria, trazendo uma série obscura, e violenta, diferente do que o personagem já viveu nas telas até então (abraço Ben Affleck!) Charlie Cox (Broadwalk Empire), dá vida a Matt Murdock, sofrido e realista. A série apresenta ele como advogado com o escritório associado em Hell’s Kitchen, e em seguida suas […]

Leia o post completo

Com pais como estes, hoje é um dia para esquecer

1 semana atráscomentarios

Existe um ditado que diz que a vida imita a arte (ou vice-versa) e isso sempre se mostra realidade quando comparamos as séries que assistimos à vida real. Claro que ainda não descobrimos um universo paralelo, uma cabine telefônica que nos transporte por aí ou que alienígenas têm planos de conquistar a Terra, mas muitas vezes a realidade é espelhada nos roteiros das histórias que mais amamos. House of Cards está aí para comprovar essa teoria, se compararmos os acontecimentos aos fatos que vemos nos noticiários todos os dias. Com os pais não poderia ser diferente. Existem pais que assumem o papel integral da criação da criança, pais que são os melhores amigos dos filhos, filhos que têm dois pais, pais de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter