10 episódios em que não queríamos estar na pele do Chris

21 de janeiro de 2017 Por:

O seriado cômico Everybody Hates Chris (Todo Mundo Odeia o Chris) se destaca como uma comédia conhecida e apreciada por grande parte dos Apaixonados por Séries que tinham televisão com parabólica em suas casas mais ou menos no período da adolescência. Com um humor negro e surreal, o famoso comediante Chris Rock reconta as ”situações vividas” por seu eu entre a infância e adolescência e sua cômica família na tentativa de sobreviver no Brooklyn nos anos 80.

Ao longo das temporadas foram incontáveis os momentos em que não queríamos estar no lugar do Chris (Tyler James Willians), o coitado era constantemente alvo de situações desagradáveis em todos os âmbitos da sua vida, sofria bullying e preconceito na escola, com a violência nas ruas do seu bairro e no próprio trabalho, mas, principalmente, dentro do próprio seio familiar, onde era responsabilizado pela tutela e erros dos irmãos e sempre sofria as piores represarias da mãe e do pai. Enfim, foram incontáveis as vezes em que o Chris se deu mal, mas algumas situações extrapolam e se destacam, deste modo, segue a lista de 10 episódios em que não queríamos estar na pele do Chris:

01×02 – Everybody Hates Keisha

Não deve ser nada fácil para a auto estima ter a consciência de que seu irmão mais novo é melhor do que você em vários aspectos, na inteligência, esportes, beleza, altura, enfim. Testemunhar em primeira mão o mesmo irmão ficar com a menina que ele estava afim há tempos foi um golpe duro para o coitado do Chris, que como esperado ficou todo borococho e desiludido do amor após o flagra, a situação foi tão deprimente que nem de longe queríamos estar em sua posição.

01×06 – Everybody Hates Halloween

A possibilidade de assumir o lugar do irmão numa festa de Hallowen do bairro se transforma na probabilidade de Chris finalmente dançar e/ou beijar uma garota pela primeira vez em sua adolescência, mas os eventos a seguir não são nada agradáveis, além de se sentir deslocado no ambiente o mesmo ainda é humilhado de forma pesada ao convidar uma garota para dançar, e mesmo que ele tenha ganhado outra dança por pena não compensou a surra que levou da mãe em casa por ter passado o número e endereço falsos da festa.

01×16 – Everybody Hates the Lottery

Campeão isolado em um jogo no fliperama Chris vê seu reinado ameaçado quando é superado nos pontos por outro garoto, na defesa do seu reinado o mesmo é pressionado a jogar por aposta e utiliza o dinheiro que seu pai havia lhe dado para apostar na loteria. Chris reafirma sua soberania no jogo as custas do enriquecimento da família, já que ele não faz a aposta e os números sorteados acabam sendo os mesmos escolhidos pelo seu pai, o mesmo sofre consequências pesadas pelo seu ato.

02×05 – Everybody Hates Malvo

O primeiro assalto é inesquecível para todo mundo, e não foi diferente para o Chris que além do trauma do roubo ainda foi ameaçado a não revelar a identidade do conhecido assaltante para a polícia, a partir daí se inicia uma jornada de medo e enganação para não delatar Malvo em prol da própria segurança até o ponto de ser demitido. Pressionado para ter o emprego de volta o mesmo revela a identidade do criminoso e ainda é obrigado a participar da apreensão do mesmo que ao ficar ciente dos planos ainda ameaça pegar o garoto quando sair da cadeia, deixando-o em estado de pleno terror.

02×16 – Everybody Hates Chain Snatching

Ao testemunhar a probabilidade de um roubo bem sucedido Chris alerta a vítima e frustra os planos de Malvo, passando então a dever uma corrente de ouro para o meliante quando o mesmo o ameaça com a sua onipresença aonde quer que ele esteja, dá-se início então a uma jornada de desespero onde o garoto passa a viver se escondendo do seu opressor e questionando a própria ética e moral quanto aos meios de conseguir a tal corrente, ainda bem que seu pai intervém na situação e o salva, só para mais tarde ele cometer o mesmo erro de avisar a vítima e passar a dever um carro a outro ladrão.

02×19  – Everybody Hates Gambling

Chris comete o erro de dar palpites e opiniões sobre os possíveis vencedores dos jogos de basquete e se torna famoso por sempre acertar e ajudar muita gente a ganhar dinheiro por meio de apostas, sua fama chega até o seu pai que sem saber que é o próprio filho quem está dando as dicas também entra no esquema mesmo com a desaprovação da mãe que odeia apostas, a coisa toda sai do controle e fica maior do que esperado e o mesmo resolve acabar com tudo dando um palpite errado para que ninguém mais lhe dê crédito, mas acaba fazendo os pais perderem muito dinheiro e ainda leva uma pisa por mexer com apostas.

03×18 – Everybody Hates Mother’s Day

A intenção de Chris ao dar de presente a mãe o perfume que ela tanto queria era de reconhecer os anos de esforço e dedicação à sua família, mas nem tudo saiu como planejado, o tal do ”Pure Voodoo” se mostra mais caro do que o esperado, o mesmo é pego por tentativa de furto e acaba recorrendo ao falsificado que causa uma reação alérgica horrível em sua mãe, Chris sustenta a mentira e é obrigado a voltar a loja em que foi flagrado e acaba sendo pego novamente e toda a trama é revelada a mãe, um dia que deveria ser de felicidade e descanso para Rochelle se transforma em mais um dia para castigar Chris por seus atos.

04×08 – Everybody Hates Big Bird

Chris se vê alvo da afeição de uma garota que é frequentemente alvo de chacotas dos colegas por sua altura e modo de se vestir, por educação e/ou pena o mesmo aceita sair com ela e toma providências para que seja o pior encontro da vida dos dois, ele não contava com o otimismo constante da garota em todas as situações e acaba gostando dela, mas mantém a relação oculta de todos os outros por vergonha e sofre as consequências por negá-la na frente de seus colegas, ”Garibalda” transforma o desprezo sofrido em algo maior do que ela mesma ao aceitar uma proposta para se tornar modelo internacional, não sem antes voltar a escola e rejeitar Chris na frente de todos. Essa bem que ele mereceu.

04×18 – Everybody Hates Car

O sentimento de liberdade ao receber a carteira de habilitação bateu forte em Chris e o mesmo resolveu comprar um carro na mão do seu tio, o que ele não esperava era não conseguir sair nem do lugar com o veículo, já que todos os dias ou o carro apresentava problemas mecânicos ou era depenado, gasolina, pneus, livros, tinta da pintura, tudo se tornou objeto passível de ser furtado, desesperançoso pelo mal investimento Chris se vê obrigado a vender seu primeiro carro ao ferro velho ficando no prejuízo, só para depois descobrir por meio de uma reportagem que uma boa quantia em dinheiro foi encontrada no porta malas do seu antigo veículo após o mesmo já ter sido vendido. É muito azar!

04×19 – Everybody Hates Back Talk

O famoso ”Todo Mundo Odeia Lavar A Louça” é considerado por mim o melhor episódio de todo o seriado, onde Chris finalmente resolve se impor diante a injusta divisão de tarefas entre ele e seus irmãos e se recusa a tirar a mesa e a lavar a louça, o que seria somente um ato de justiça pessoal é aumentado de maneira surreal pela sua mãe ao ponto de o mesmo ser expulso de casa, o caso fica tão grave que é necessária a intervenção do pai que convence o filho de que quando se trata da sua mãe até quando ele está certo ele está errado, Chris acaba voltando para casa e mãe e filho se desculpam um com o outro e a paz volta a reinar, não sem antes ser atribuída ao garoto novamente a mesma tarefa, dessa vez pelo pai.

Resumir em dez os episódios em que Chris se ferra legal se mostrou uma missão praticamente impossível, por isso segue a lista com algumas Menções Honrosas:

  • 01×08 – Everybody Hates the Babysitter;
  • 01×12 – Everybody Hates a Part-Time Job;
  • 01×19 – Everybody Hates Playboy;
  • 02×04 – Everybody Hates a Liar;
  • 02×11 – Everybody Hates Eggs;
  • 02×13 – Everybody Hates DJ’s;
  • 03×05 – Everybody Hates Bed-Stuy;
  • 03×06 – Everybody Hates Bad Boy;
  • 03×07 – Everybody Hates The Bachelor Pad;
  • 03×14 – Everybody Hates Gretzky;
  • 04×07 – Everybody Hates Snitches;
  • 04×12 – Everybody Hates Varsity Jackets;
  • 04×20 – Everybody Hates Tasha;

Curtiram a lista? Incluiriam mais algum episódio?
Não deixem de comentar!

Jovem bahiana simpática e gente boa que curte um bom número de séries e por este motivo tem a audácia de escrever suas opiniões positivas e negativas sobre...

Ler perfil completo

Itamaraju/BA

Série Favorita: How i Met Your Mother/Friends

Não assiste de jeito nenhum: The Vampire Diaries

  • Acho que não queria estar na pele do Chris nunca. É muita situação maluca que eu não saberia lidar hahaha ótimo texto!

  • Adriana Adriana

    O bom dessa série é q vc consegue ver qqr episódio de boas e vai se entreter. Né Maicão?

Painel de Gotham na Comic-Con 2017

14 horas atráscomentarios

O Batman do cinema pode até tá pronto pra montar a Liga da Justiça, mas no universo televiso da DC, ele ainda está dando os primeiros passos. E que primeiros passos. De promessa a decepção a novamente uma promessa (agora cumprida), Gotham segue para seu 4º ano, mostrando – depois de alguns problemas de tom já ajustados – que pode sim ser uma boa série de origem do Homem-Morcego e sua famosa cidade. Estiveram presentes no painel da série na San Diego Comic Con, os atores Ben Mckenzie (Gordon), Sean Pertwee (Alfred), Camren Bicondova (Selina), Jessica Lucas (Tabhita), Cory Michael Smith (Charada/Nygma), Erin Richards (Barbara), Robin Lord Taylor (Pinguim), Alexander Siddig (Ra’s al Ghul) e Drew Powell (Butch). Um dos primeiros assuntos foi a transformação que Nygma passou recentemente. […]

Leia o post completo

Painel de Happy! na Comic-Con 2017

14 horas atráscomentarios

Seguindo com a estratégia de expandir sua programação de torna-la mais amigável para um público nerd, a SyFy va produzir Happy!, adaptação de uma Graphic Novel criada por Grant Morrison e Darick Robertson. Com um protagonista altamente reconhecível e um plot igualmente violento e delirante, estamos diante de um sucesso em potencial. Presentes ao painel estavam o ator Christopher Meloni, o criador da GN Grant Morrison, o produtor executivo Brian Taylor e o showrunner Patrick MacManus. Nick Sax (Chris Meloni) é um ex-policial que se torna assassino e, durante um trabalho, sofre um ataque cardíaco. Ao acordar, descobre que agora tem a habilidade de ver Happy, o amigo imaginário de uma garotinha sequestrada, que pede sua ajuda para resgatá-la. “Ele […]

Leia o post completo

Painel de Dirk Gently’s Holistic Detective Agency na Comic-Con 2017

14 horas atráscomentarios

Uma das series que mais me surpreendeu em 2016 (e que fiz questão de rever após o finale) foi Dirk Gently’s Holistic Detective Agency. Livremente baseada na obra original de Douglas Adams, a série é uma mistura maravilhosa de detetive, romance, amizade, assassinato, mistério, oculto, comédia, animais e autodescoberta. Com uma estreia modesta, a série cresceu em público e reconhecimento e está colhendo os frutos na convenção de 2017. Pela primeira vez no Hall H (um dos maiores da convenção), a plateia estava lotada aguardando o inicio do painel e vibrou com a chegada dos integrantes. Estavam lá os atores Elijah Wood (Tood), Samuel Barnett (Dirk), Hannah Marks (Amanda), Jade Eschete (Farah), Fiona Dourif (Bart), Mpho Koaho (Ken) e as […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter