Análise do Emmy 2016: Atores de Drama

9 de setembro de 2016 Por:

Sem Bryan Cranston e sem Jon Hanm, a categoria de ator de drama ganha novos ares e novos rostos depois de um bom tempo apostando sempre nas mesmas figuras. Claro, dos 6 indicados, apenas 2 concorrem pela primeira vez, mas tratando-se da Academia do Emmy, isso já pode ser considerado uma vitória. Contudo, se tudo ocorrer como previsto, o prêmio deve acabar indo pras mãos de outro veterano, que nunca venceu: Kevin Spacey e seu Frank Underwood. Mas, vamos às análises individuais:

Kyle Chandler

kyle-chandler

Chandler venceu um Emmy como azarão, pela temporada final de Friday Night Lights, e nada o impede de repetir o feito. John é uma das almas de Bloodline e Chandler mergulhou com tudo no papel, entregando atuações fantásticas semana após semana e ganhando a segunda indicação consecutiva pela série da Netflix. Provavelmente não será o suficiente para vencer, mas fiquemos de olho: É um nome a se considerar nos anos seguintes.

 

Rami Malek

rami-malek

Se ano passado, alguém nos contasse que a maior ameaça ao Emmy de Spacey seria um ator então desconhecido de uma série do USA, diríamos que a pessoa estava louca. Mas aconteceu e, por mais que ainda esteja atrás do presidente dos Estados Unidos na corrida, Malek é o único ator da lista que possui hype e prestígio neste ano o suficiente para barrar a vitória do astro de House of Cards. E, justiça seja feita, sua vitória também não seria injusta.

 

Bob Odenkirk

bob-odenkirk

Diferente de sua série “mãe”, Better Call Saul ainda não é uma unanimidade e por mais que Odenkirk seja um ator fantástico que consegue fazer de Jimmy um excelente protagonista para seu show, ele ainda não possui a aclamação que Cranston possuía. Não que ele precise disso pra provar seu valor, já que é um artista completo e seu talento fala por si só, mas para vencer o Emmy, só talento não é suficiente e ele deve sair de mãos abanando de novo.

 

Matthew Rhys

matthew-rhys

  • Série: The Americans
  • Episódio: The Magic of David Copperfield V: The Statue of Liberty Disappears

Talvez a maior surpresa do ano na categoria, Rhys vem para provar que sempre há esperança da Academia reconhecer séries fora do radar. A bem da verdade, o ator merecia uma indicação fácil desde a 1ª temporada de The Americans (que provavelmente é a melhor série que você não está assistindo) e por mais que ele não tenha muitas chances de vencer (não por falta de talento, vale ressaltar), é bom vê-lo aqui. Quem sabe numa indicação futura?

 

Liev Schreiber

liev

Figurinha repetida, Liev conseguiu sua segunda indicação como o personagem título de Ray Donovan, mas deve passar batido mais uma vez, o que nada tem a ver com seu talento, mas sim a forte concorrência que enfrenta e a falta de um maior hype em torno de sua série.

 

Kevin Spacey

kevin_spacey_house_of_cards_a_l

Franco favorito, já passou da hora de Spacey vencer seu Emmy. A ausência de um nome de peso, a bem recebida quarta temporada de House of Cards, a força de sua atuação, o prêmio vencido pelo Sindicato dos Atores e o fato de ser um ator já tarimbado, ainda sem esse prêmio, constroem a narrativa perfeita para que Spacey, esse ano, finalmente vença. A sorte está a seu favor, mas ainda há um Rami Malek no caminho. Torçamos.

 

Quem deve ganhar: Kevin Malek. Rami Spacey. Tá. Kevin Spacey.

Quem deveria ganhar: Kevin Spacey. Ou Rami Malek. Dá pra dividir?

Quem faltou na lista: Dominic West (The Affair), Hugh Dancy (The Path) e Aaron Paul (The Path).


E sua torcida, está com quem?

Jornalista, nerd, viciado em um bom drama teen, de fantasia, ficção científica ou de super-herói. Assiste séries desde que começou a falar e morria de medo da música...

Ler perfil completo

Petrolina / PE

Série Favorita: One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

  • Angelo Bruno Rabelo Batista

    a disputa esta entre o Kevin Spacey e o Rami Malek ,devido aos personagens deles serem os mais populares nessa lista. Se o Kevin Spacey ganhar eu vou gostar, ele é um excelente ator .eu acho que o Rami Malek esta melhor nessa segunda temporada de Mr. Robot do que na primeira. Quem deveria ganhar é o Liev Schreiber. O trabalho dele em Ray Donovan é sensacional, infelizmente ele não tem muitas chances.
    Quem faltou na lista: Dominic West, Freddie Highmore, Andrew Lincoln, Mads Mikkelsen, Justin Theroux e Aden Young.

  • milatelcontar

    Acho que dessa vez o prêmio é do Kevin e o casal presidenciável vai com as duas estatuetas pra casa.

    Ainda não vi The Path que vc indicou uns atores. Vou ver!

O que você precisa saber de Demolidor antes de Defensores

5 dias atráscomentarios

Com o sucesso do universo cinematográfico desenvolvido pela Marvel nos cinemas, um dos personagens mais interessantes e queridos dos fãs de quadrinhos foi ansiosamente aguardado para voltar a fazer parte do mesmo mundo. Homem-Aranha? Não, na verdade Demolidor. Após a Fox deixar os direitos de uso do personagem retornar para a casa das ideias, Marvel e Netflix fecharam uma parceria para desenvolver diversas séries de heróis. Demolidor abre essa parceria com maestria, trazendo uma série obscura, e violenta, diferente do que o personagem já viveu nas telas até então (abraço Ben Affleck!) Charlie Cox (Broadwalk Empire), dá vida a Matt Murdock, sofrido e realista. A série apresenta ele como advogado com o escritório associado em Hell’s Kitchen, e em seguida suas […]

Leia o post completo

Com pais como estes, hoje é um dia para esquecer

5 dias atráscomentarios

Existe um ditado que diz que a vida imita a arte (ou vice-versa) e isso sempre se mostra realidade quando comparamos as séries que assistimos à vida real. Claro que ainda não descobrimos um universo paralelo, uma cabine telefônica que nos transporte por aí ou que alienígenas têm planos de conquistar a Terra, mas muitas vezes a realidade é espelhada nos roteiros das histórias que mais amamos. House of Cards está aí para comprovar essa teoria, se compararmos os acontecimentos aos fatos que vemos nos noticiários todos os dias. Com os pais não poderia ser diferente. Existem pais que assumem o papel integral da criação da criança, pais que são os melhores amigos dos filhos, filhos que têm dois pais, pais de […]

Leia o post completo

5 momentos incríveis da 2ª temporada de Master of None

6 dias atráscomentarios

Somos apaixonados por Master of None por aqui. Depois de uma primeira temporada sucinta, porém arrebatadora, esperamos quase dois anos (ou foi mais que isso?) para reencontrarmos Dev em um novo momento da sua vida. E, ao longo de dez episódios, tivemos a oportunidade de passear por muitos momentos incríveis na companhia do personagem, com um roteiro extremamente crítico e que faz com que a gente pare, reflita e mude algumas atitudes tão intrínsecas do nosso ser. Por isso, separamos (só) cinco dos grandes momentos dessa nova temporada, para revisitarmos e te convencermos de que, se você ainda não viu, essa é a hora para parar tudo que está fazendo e devorar o segundo ano de Master of None.   […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter