Análise do Emmy 2016: Séries de Comédia

14 de setembro de 2016 Por:

Em fevereiro, a hashtag #OscarTãoBranco tomou conta da maior premiação do cinema americano. O protesto ganhou as manchetes ao constatar que somente artistas brancos haviam sido indicados às principais categorias da noite. Agora, na contagem regressiva para a festa da TV – os Emmy Awards acontecem neste domingo, dia 18, às 20h (horário de Brasília) –, já podemos lançar a campanha #EmmyTãoColorido. Na corrida pela estatueta de melhor série de comédia, há negro, indiano, transexual, e uma mulher rumo à Casa Branca dos EUA. Vamos conhecer os indicados.

Black-ish

black-ish-emmy

É a primeira vez de Black-ish no tapete vermelho do Emmy, que chegou para competir nas categorias de melhor série, melhor ator (Anthony Anderson) e melhor atriz (Tracee Ellis Ross). A série da ABC traz a história da família Johnson, negra, que vive numa vizinhança de classe média alta americana, onde os vizinhos são predominantemente brancos. A terceira temporada começa dia 21 de setembro.

 

Master of None

emmy-series-comedia-master-of-none

Outra série estreante no Emmy – Master of None ainda está na primeira temporada, mas a Netflix já garantiu sua volta em 2017. Aziz Ansari é criador e protagonista da história, que narra um indiano tentando ganhar a vida como ator em Nova York (bastante autobiográfico, não?) em meio a preconceitos, tecnologias e relacionamentos modernos. Ansari também está nas categorias de melhor ator e melhor direção. Uma obra-prima que merece a estatueta.

 

Modern Family

emmy-series-comedia-modern-family

Depois de cinco vitórias consecutivas, a série perdeu a coroa para Veep no ano passado (era questão de tempo, já que a Veep Julia Louis-Dreyfus está invicta como melhor atriz de comédia nas últimas edições – mas isso é assunto para mais adiante). Uma das famílias mais queridas da TV, Modern Family prova que ainda tem histórias para contar, com a oitava temporada chegando dia 21 de setembro na ABC, e segue firme na disputa.

 

Silicon Valley

emmy-series-comedia-silicon-valley

Silicon Valley concorre a oito categorias este ano, inclusive melhor ator, com Thomas Middelditch. A série tenta assumir a vaga de “geeks” do Emmy – tomando o bastão de The Big Bang Theory – e está em sua terceira indicação. O comentário da Bianca foi na mosca, na análise desta categoria ano passado, e eu repito aqui:

Silicon Valley tem grande reconhecimento da crítica, mas nem tanto do público. Talvez pelo fato da audiência estar mais interessada em usar os produtos criados no Vale do Silício do que pelas pessoas que ali trabalham.

A nova temporada está prevista para 2017, na HBO.

 

Transparent

transparent-emmy

A vida da família Pfefferman mudou ao descobrir que o pai saiu do armário como transexual. A série da Amazon segue para a terceira temporada, com estreia no dia 23 de setembro, e dialoga com tantas outras famílias Pfeffermans pelo mundo. E até fora da telinha: na hora de contratar novos membros para a equipe, a prioridade é sempre de profissionais trans, que fazem câmera, luz, som e toda a parafernalha dos sets de filmagem. A contemporaneidade de Transparent pode contar a favor da estatueta, já que o Emmy tem se mostrado aberto à pluralidade.

 

Unbreakable Kimmy Schmidt

kimmy-schmidt

O grande prêmio de Kimmy Schmidt é ter sido indicada – dificilmente a comédia da Netflix leva a estatueta para casa. Não me entenda mal: a série é excelente, mas não deve aguentar a concorrência. Podemos dizer o mesmo para os fenomenais Ellie Kemper e Tituss Burgess, que participam das categorias de melhor atriz principal e melhor ator coadjuvante este ano. Em 2017, tem temporada nova – o terceiro ano da jovem Kimmy em Nova York.

 

Veep

emmy-series-comedia-veep

Já sabemos que Julia Louis-Dreyfus é a rainha do Emmy. Mas Veep só levou um prêmio até hoje, quando desbancou Modern Family, em 2015. Será que aquela vitória foi precedente para mais estatuetas este ano? As eleições americanas estão chegando – com uma disputa digna de série de ficção, entre Donald Trump e Hillary Clinton –, o que atrai os holofotes para a hilariante série da HBO.

 


Nossas apostas

Quem deve ganhar: Veep

Quem merecia ganhar: Master of None

Quem faltou na lista: Brooklyn Nine-Nine (procuro amigos que concordem comigo!)

 

Já preparou suas apostas também? Aguenta firme, que o Bolão do Apaixonados por Séries vem aí! Quem leva a estatueta de melhor série de comédia para casa?

Jornalista que não bebe café, mas vai ao Central Perk com frequência. Gostaria de viver em todas as séries filmadas em Nova York.

Rio de Janeiro / RJ

Série Favorita: Friends

Não assiste de jeito nenhum: Game of Thrones

  • Gabriela Peralva Dunham

    Modern Family fez uma 7a temporada FRAQUÍSSIMA e que em nada fez jus à série. Unbreakable continua boa (ainda que menos engraçadas que em sua temporada de estreia), e se apenas Titus ganhasse prêmio já ficaria feliz. Mas minha torcida fica com Veep que foi GENIAL e fez sua melhor temporada até então

    • Alice Reis

      Modern Family foi indicada pra manter a tradição (cof, cof, panela). Só não reclamo porque fiquei feliz de ver Master of None na lista. Também adoro o Tituss, mas meu coração tá pedindo pra torcer pelo Andre Braugher!

      Já vai começar a premiação!! Boa torcida 🙂

  • Mariana

    Como Modern Family ainda entra na lista e Brooklyn Nine-Nine não?

    • Alice Reis

      Não é???? Só nos resta vibrar pelo Captain Holt.

      Liga aí que já vai começar 🙂

Primeiras Impressões: The Orville

1 semana atráscomentarios

O que dizer de The Orville? Assisti ao primeiro episódio dessa nova série da Fox, criada, produzida e estrelada por Seth MacFarlane (Family Guy), e até agora não consegui entender por que o seriado está classificado como uma comédia ou, mais distante ainda, uma sátira de Star Trek. The Orville não é uma série ruim, vejam vocês, mas não é uma comédia como tentaram vender os trailers e todo o material promocional. Há piadas sim, algumas até engraçadas, mas elas fazem parte do contexto e não são o objetivo final do roteiro. A ideia de um mundo futuro, com naves espaciais e seres de diversos planetas convivendo também não é uma sátira de Star Trek, como fizeram parecer. Ao contrário, […]

Leia o post completo

1 Contra Todos

1 semana atráscomentarios

Com a lei de incentivo à produção nacional, várias produções poderiam sair do papel. Muitas delas não têm a menor pretensão de introduzirem uma ideia nova ou em mesmo de fazer sucesso. É por isso que uma série estoura na medida em que 1 Contra Todos fez, a gente tem que prestar atenção e dar os louros. Cadu (Júlio Andrade) é um advogado de Taubaté que será pai pela segunda vez, mas perde o emprego devido seus princípios éticos. Para piorar sua situação, é injustamente preso ao ser confundido com o Doutor do Crime, maior traficante do país. Para tentar sobreviver, e com o apoio de sua esposa Malu (Julia Ianina), ele decide se passar pelo criminoso como única forma […]

Leia o post completo

Queens que merecem redenção em RuPaul’s Drag Race: All Stars – Parte 2

1 semana atráscomentarios

Comemorando que RuPaul’s Drag Race acaba de conquistar o Emmy de Melhor Apresentador de Reality, Melhor Edição de Fotografia e Melhor Figurino (pelo episódio: Oh! My! Gaga!), além da VH1 não perder tempo em agendar a próxima edição All Stars para Janeiro de 2018 (está quase chegando!), em breve teremos a lista oficial das queens que estarão retornando para brigar por um lugar no Hall Of Fame do programa e ter a oportunidade de reescrever parte da sua história na competição. Assim como na primeira parte desse especial, eis aqui uma outra lista de participantes que não conseguiram atingir seu potencial e chegar longe na competição. Então, shall we begin? Trixie Mattel – Temporada 7 (Top 6) Oh honey! Quem não […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter