Análise do Emmy 2016 – Séries de Drama

16 de setembro de 2016 Por:

Se ano passado, quase todas as atenções se centravam na temporada final de Mad Men e a aposta do público quanto a sua vitória na principal categoria da noite do Emmy era certa, um pequeno grupo de críticos foi na contramão ao afirmar que Game of Thrones sairia vitoriosa. Agora, o cenário é diferente. Público, crítica e praticamente qualquer ser vivente deve apostar no bicampeonato da série de fantasia da HBO, que esse ano monopolizou comentários, atenções, críticas e foi, sem dúvida, o evento televisivo de 2016. Mas vamos dar uma olhada em cada um dos indicados:

Game of Thrones

emmy-game-of-thrones

Franca favorita, Game of Thrones já chega com 10 vitórias no Creative (entregue sempre uma semana antes), uma temporada quase irretocável em qualidade técnica e narrativa, a vitória esmagadora no ano anterior, o episódio mais comentando do ano até então (a famosa Batalha dos Bastardos) e muito, muito hype em cima, que transformou a série em um evento. Muito dificilmente qualquer uma das suas companheiras de categoria conseguirá tirar dele não apenas o principal prêmio da noite, mas qualquer outro em que concorra. Se você procura algo pra apostar seu dinheiro, esse é nosso palpite.

Better Call Saul

emmy-better-call-saul

Que o spin off de Breaking Bad tem qualidades narrativas e técnicas invejáveis, que muitas vezes em pouco ficam devendo a sua série mãe, ninguém duvida. Mas Breaking Bad tinha uma coisa que Better Call Saul não tem (ainda): Prestígio. Seu passe tem crescido entre a crítica e os membros da Academia – e já é maior esse ano que no ano anterior, quando estreou – , mas ainda não é o suficiente para lhe dar sequer a chance de vencer. Mas fiquem de olho nela para os anos vindouros.

Mr. Robot

emmy-mr-robot

O grande coringa da lista, Mr. Robot estreou ano passado, sem discrição e com muito alarde e, em pouco tempo, já era uma aposta certa para a temporada de premiações, onde, de fato, conquistou algumas vitórias aqui e ali, como o Globo de Ouro de Série Dramática, o Critics Choice na mesma categoria e alguns prêmios e indicações para seus membros do elenco. O problema é que, em todos esses lugares que venceu, Mr. Robot ainda não tinha a concorrência de Game of Thrones. A série é excelente, possui uma narrativa fragmentada que faz pensar e sem dúvidas será uma vitória bem vinda se acontecer, mas seria uma surpresa. Talvez ano que vem, sem a série da HBO no páreo (já que a temporada estreará mais tarde e pode não ter tempo de concorrer).

House of Cards

emmy-house-of-cards

Depois de um 3º ano criticado, House of Cards ressurgiu das cinzas e conseguiu entregar uma 4ª temporada que, em qualidade e recepção crítica e pública, lembra muito os tempos áureos da saudosa 1ª temporada, que impactou todos com sua ousadia e seu roteiro certeiro. Francis e Claire Underwood voltaram ao foco e essa é, sem dúvida alguma, sua maior chance de vitória desde a estreia. Mas a série da Netflix também deve acabar caindo para Jon Snow e sair, mais uma vez, sem o tão sonhado Emmy de Melhor Série Dramática, não por falta de qualidade, vale-se ressaltar.

Homeland

emmy-homeland

Se a 4ª temporada de Homeland trouxe ela de volta dos mortos depois de um 3º ano apagado, a 5ª continuou a provar que a série da Showtime ainda tem muita lenha pra queimar e que continuará sendo merecidamente indicada todo ano, sim. Com uma trama política mais contida, o 5º ano da série colocou mais uma vez o foco em Claire Danes e acertou. Também não deve ser o suficiente para uma vitória, mas já mereceu ter sido indicada e, por isso, a gente já fica feliz.

The Americans

emmy-the-americans

Quatro anos depois, uma das melhores e mais subestimadas séries no ar, enfim, teve seu merecido reconhecimento. The Americans é uma série exemplar, desde o 1º ano tem entregado tramas de qualidade ímpar na TV e já merecia estar indicada desde então. A 4ª temporada elevou o já alto padrão da FX e conseguiu não apenas ser indicada na principal categoria, mas também emplacar seus astros, Keri Russel e Matthew Rhys. Dificilmente a série sairá premiada, mas fica registrada a nossa torcida e o recadinho: The Americans é a melhor série que você não está assistindo.

Downton Abbey

emmy-downton-abbey

A derrota de Mad Men ano passado colocou por terra a ideia de que temporadas finais gerem algum tipo de saudosismo na Academia, fato já comprovado no passado por algumas vitórias. Sendo assim, o ano de despedida de Downton Abbey deve acabar saindo de mãos vazias no próximo domingo, frente a forte concorrência que enfrenta. É fato que os Crawley tem seu charme e que a série fez uma bela jornada contando a história da família inglesa, mas não deve ser o suficiente para vencer.

 

  • Quem vence: Game of Thrones.
  • Quem deveria vencer: Game of Thrones.
  • Quem faltou na lista: Outlander e The Path.

Agora é sua vez. Conta pra gente: Também tá torcendo por Game of Thrones ou espera uma virada na noite? Veja todos os nossos posts com análise das categorias principais da premiação. A cerimônia de entrega do Emmy acontece domingo, dia 18 de setembro.

Jornalista, nerd, viciado em um bom drama teen, de fantasia, ficção científica ou de super-herói. Assiste séries desde que começou a falar e morria de medo da música...

Ler perfil completo

Petrolina / PE

Série Favorita: One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

  • Gabriela Peralva Dunham

    Das indicadas só vi House of Cards e Game of Thrones (apesar de ter curiosidade de ver quase todas ahahah), então minha opinião é meio parcial, mas GoT fez uma temporada SENSACIONAL e acima das expectativas (já bem altas)

Desventuras em Série – Série de TV versus Filme

1 semana atráscomentarios

Depois de uma longa espera e muita expectativa, Desventuras em Série estreou este ano no Netflix. A série, derivada da série de livros escrita por Daniel Handler, sob a alcunha de “Lemony Snicket”, foi muito bem recebida pelos críticos, apesar de algumas críticas negativas. Entretanto, esta não foi a primeira adaptação da obra, em 2004 “Desventuras em Série” ganhou vida no cinema, protagonizado por Jim Carrey. Neste texto, vamos explorar as principais diferenças entre as duas obras. O que torna cada uma delas especial? Abrangência e ritmo Uma das principais diferenças entre as duas obras, obviamente, é o ritmo. O filme conta a história dos três primeiros livros da saga em quase duas horas de duração, enquanto a série possui oito […]

Leia o post completo

A vida como ela é no final de How I Met Your Mother

1 semana atráscomentarios

Após dedicados anos acompanhando as hilárias histórias de vida em todos os seus aspectos, profissional, familiar e amorosa, dos cinco melhores amigos de How I Met Your Mother eis que o anuncio da temporada final da sitcom de grande sucesso não foi encarada com surpresa, pelo contrário, com muita expectativa, finalmente teríamos a conclusão da história como um todo e, principalmente, de uma saga particular e assustadoramente verdadeira em seu cerne em busca do amor verdadeiro que levou anos demais para ser contada, visto que, já estávamos bastante cientes do ”final” desde o início do show. Aparentemente, tudo se encontrava mais ou menos encaminhado para uma finalização previsível e fechadinha para todos os personagens, bom, pelo menos para Lily (Alyson Hannigan)/Marshall […]

Leia o post completo

Melhores momentos da 4ª temporada de Bates Motel

2 semanas atráscomentarios

A quarta temporada de Bates Motel foi um deleite para os fãs da série e de um bom suspense. Foi nesta season que a história focou no elemento principal: a relação entre mãe e filho, deixando de fora plots desinteressantes (oi, plantação de maconha!) e que não contribuíam nada no enredo. Quem conhece o filme Psicose, de Hitchcock, e o livro que originou a história sabe que os eventos que aconteceram ao decorrer da temporada eram inevitáveis. Por mais tristes que sejam, certas coisas precisavam acontecer. Assim, é necessário relembrar os melhores momentos do quarto ano antes do início da quinta e última temporada: Norma(n) Já na primeira temporada percebemos que Norman Bates não era igual as outras pessoas. A super dependência […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter