Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

Animal Kingdom – 1×06 Child Care

Por: em 16 de julho de 2016

Animal Kingdom – 1×06 Child Care

Por: em

“Don’t you mistake my generosity for weakness.” – Smurf

A frase, uma das mais emblemáticas da série até o momento, sintetiza a ideia do episódio desta semana de Animal Kingdom. Que desde a exibição de Flesh is Weak parece ter encontrado o próprio ritmo, ao decidir que finalmente é chegada a hora de apresentar um pouco mais da história e do modus operandi dos Cody.

Child Care dá sequência ao encontro entre a professora de J e a recém-chegada, na série, detetive Yates. Que aqui desempenha o papel importante de desmistificar a ideia, pelo menos minha, de que os Cody na verdade – salvo Pope e Janine – estavam longe de terem que ser temidos. E é justamente ao descortinar esta ideia que a série finalmente encontra seu caminho trazendo ótimos momentos e reviravoltas na história. E se Animal Kingdom sempre falou sobre o amor em família, o episódio da semana deixa claro de que não existem limites em se tratando da família de Janine. Que finalmente demonstra sem precisar muito, a força de Smurf.

25695_012_1662_R_595_Mini Logo TV white - Gallery

A recente prisão de Pope devido aos remédios que Janine estava colocando na comida de Andrew reacende a constante desconfiança de Andrew. Que desde sua saída da prisão carrega a dúvida entre ter sido abandonado pelo grupo ou de fato se sacrificado pelo bem dos negócios da família. E ainda que a intenção de Smurf com os medicamentos tenha a ver com resguardar as relações entre os irmãos e controlar o inconstante Pope. A reação de Janine, ao ter sido chamada para resgatar Craig das mãos dos primos da ex-namorada, deixa claro o posicionamento da protetora mãe dos Cody: siga a risca o código de conduta proposto por ela para manter-se nos negócios da família ou esqueça que um dia esta família se quer existiu. Tudo isso, de certa forma, prepara espaço para a grande incógnita da trama: qual o real papel de J na estrutura dos Cody?

E ainda que o próximo trabalho de Baz e seu grupo tenham a ver com um roubo a uma base militar. As ações praticadas pelo grupo e que visavam ter acesso aos documentos do pai de Nicky, acaba desencadeando o conflito pessoal de J que na verdade ainda não tem muito claro qual caminho deve seguir. Já que mesmo morando sob o mesmo teto de Smurf e os tios, os Cody são estranhos para J. O que justifica o desespero do adolescente ao se enxergar usado como parte do esquema de mentiras e manipulação de Janine e Baz.

25695_012_1873_R_FULL

A falha de J na tentativa de proteger Nicky e sua família ao se afastar da garota, acabou levando-o direto para Baz. Provando o amadorismo e despreparo do rapaz em lidar com pessoas já tão habituadas à arte de mentir. E se antes Baz parecia ser um dos poucos a dar o benefício da dúvida a J, pode ser que de agora em diante o adolescente esteja de fato sozinho – e daqui nasça um futuro conflito entre pai x filho (já que muito do que foi dito sugere que Baz seja o pai de J). Na realidade, Child Care representa o início dos conflitos morais entre J e os Cody. Mais que isso, reforça parte das razões para que a mãe do adolescente tenha decidido se afastar por tantos anos de Smurf e os tios. E mesmo que tenhamos visto por outros episódios muito se falar a respeito do banimento da própria filha promovido por Janine. O episódio de estreia nos apresentou, durante o enterro da mãe de J, que na verdade o afastamento do mais novo membro dos Cody estava na verdade relacionado ao medo da má influência de Janine e seu grupo na vida de J.

E se no começo das reviews esperava por episódios que me fizessem aguardar pela chegada das terças, posso falar que finalmente isto começou a acontecer. E você o que tem achado dos últimos episódios de Animal Kingdom? Não deixa de comentar aqui embaixo.


Marcel Sampar

Paulista que puxa o erre pra falar, PHD em Análise do Drama pelas novelas mexicanas reprisadas no SBT e designer de homens palito. Com sérios problemas em se definir por aqui - sim, esta já é minha terceira tentativa em menos de um mês - mas que um dia chega lá!

Rio Preto/SP

Série Favorita: Sex and the City

Não assiste de jeito nenhum: Teen Wolf

×