Reign

“Desde que Mary, rainha da Escócia, era uma criança, os ingleses querem seu trono e sua coroa. Ela foi mandada para a França para casar com o próximo rei, para salvar a si e seu povo, um vínculo que deve protegê-la. Mas há forças que conspiram, forças sombrias, forças do coração. Que ela reine por muito tempo.” Se você gosta de séries baseadas em fatos reais e que de brinde traz mulheres fortes como o foco principal da história então Reign é uma boa pedida para se assistir até que as séries da fall season retornem. A série é da emissora CW e teve 4 temporadas, e 3 já estão disponíveis na queridinha da Netflix. Aqui conhecemos a história de […]

Primeiras Impressões: The Bold Type

Não são poucas as séries que adoram beber da fonte de inspiração que Sex and the City e filmes como O Diabo Veste Prada representam para o mundo feminino e a nova estréia da Freeform não foge à regra. Criada por Sarah Watson, em The Bold Type, nós temos a atmosfera grandiosa, cheia de liberdade e estilo que Nova York representa, acolhendo jovens em busca de suas realizações profissionais. A série é inspirada na trajetória da ex-editora-chefe da Cosmopolitan, Joanna Coles e conta os bastidores da renomada revista feminina Scarlet, acompanhando a vida de três amigas que buscam ascender e encontrar suas próprias vozes no mundo enquanto exploram temas como sexualidade, moda, identidade e relacionamento. “Uma jovem, do Colorado. Lendo […]

Guia da Trilha Sonora: Parenthood – 5ª Temporada

Um dos pontos fortes de Parenthood é a trilha sonora que sempre casa muito bem com os sentimentos que o episódio quer nos passar, e pra não perder o costume a gente traz pra vocês o que tocou na 5ª temporada da série só que dessa vez de forma diferente: tudo numa playlist do Spotify!

Fabio Ghisi

Florianópolis/SC

Série Favorita: One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: Glee

Banshee – 1×02 The Rave e 1×03 Meet The New Boss

4 anos atrás Comente também

Com uma opinião diferente – discordando do Micael, meu colega de site que escreveu a PI de Banshee – venho escrever a review dos episódios seguintes.  Não vou dizer que eu amei a série. Não é uma das minhas favoritas e certamente não tá perto disso, mas, em meio à tantos clichês que a TV americana vem apresentando, a proposta da série me cativou. E, felizmente, o padrão de qualidade mantido no piloto continuou praticamente idêntico. Banshee vai ser (se já não é) uma daquelas séries que a crítica é dividida entre pessoas que a amam muito e pessoas que a odeiam. E isso se deve ao fato da história contada ser algo comum aos olhos do telespectador: um anti-herói que […]

Leia o post completo

Nashville – 1×03 Someday You’ll Call My Name

5 anos atrás Comente também

O draminha de Juliette tentando puxar Deacon para sua banda inicia o 1×03, seguido de revelações sobre a família da cantora: sua mãe está na cidade em busca de informações e endereços da filha. Ou melhor dizendo, dinheiro para se drogar – dá no mesmo. Ela evita a mãe ao máximo, usando seu empresário para resolver o problema e ignorando as tentativas da mãe de fazer contato. O clima entre Gunnar e Scarlett volta a pesar, quando Avery chega em casa durante um ensaio dos dois. Gunnar está visivelmente tranquilo em relação ao que importa à ele: a música e Scarlett estão indo bem, em sua concepção. Ele parece convicto de que, cedo ou tarde, ela irá ceder (já que, […]

Leia o post completo

Nashville – 1×02 I Can’t Help It (If I’m Still In Love With You)

5 anos atrás Comente também

O segundo episódio de Nashville vem pra mostrar que a série é realmente o que o piloto prometeu: enxuta, sem enrolações, bem estruturada e com uma história bonita e concisa. Mantendo o padrão de foco na história de Rayna, logo no começo do episódio é exposta a dificuldade da cantora tendo de lidar com as filhas sendo fãs de sua “rival” na indústria da música, enquanto Juliette – a rival –  para o trânsito da cidade para gravação de um clipe. Mas, retornando brevemente ao 1×01, um casal – Gunnar (Sam Palladio, de Episodes) e Scarlett (Clare Bowen) – toca num bar country da cidade onde Watty White (JD Souther, de thirtysomething)  frequenta. Ele é, na série, o que seria um […]

Leia o post completo

Nashville

5 anos atrás Comente também

Com apostas em formatos consagrados pelos canais adversários, Nashville é lançada como a série musical da grade da ABC. Porém, está longe de ser uma série com músicas jovens como Glee, por exemplo. A história é mais ousada, e explora os bastidores do música country, amplamente consagrada e adorada nos Estados Unidos. Esta já é uma carta na manga da autora Callie Khouri: Com o country em jogo, a audiência é praticamente garantida. Basta fazer bem feito. E fazer bem feito é característica de Connie Britton (Friday Night Lights, American Horror Story). Em Nashville, ela é Rayna James, cantora famosa do gênero que vê, após 20 anos, sua carreira entrar em leve declínio, com uma baixa na venda de CDs e […]

Leia o post completo

666 Park Avenue

5 anos atrás Comente também

    Em mais uma tentativa de impor uma série de suspense, a ABC lançou seu novo drama de domingo, 666 Park Avenue. O título, em alusão a algum punhado de prédios realmente antigos e quase “assustadores” na famosa avenida de Nova York, é na verdade a sombra do nome no prédio fictício, 999 Park Avenue, popularmente conhecido como Drake. Tirando a explicação do título – que se dá nos primeiros minutos do episódio – nada mais é interessante. Todo o drama e terror vistos nos trailers e teasers divulgados foram por água a baixo. O que, sinceramente, era de se esperar. A história gira em torno do casal dono do Drake, Gavin (Terry O’Quinn, de Lost) e Olivia Doran  (Vanessa […]

Leia o post completo

[Personagem/Ator] Carrie Bradshaw/Sarah Jessica Parker

5 anos atrás Comente também

Se tivéssemos que definir Carrie Bradshaw em apenas uma palavra, certamente seria “exagero“. Mas, não o exagero no sentido amplo, maléfico, e sim, a palavra em seu sentido mais doce, menos coloquial possível. Assim é ela, e assim a conhecemos, 12 anos atrás. Uma menina-mulher apaixonada, antes de tudo, por si mesma, que se muda para Nova York em busca de um grande amor. Aí, no meio do caminho, com sua forte personalidade e adoração por moda, encontra mais 3 parceiras com gostos quase idênticos: Samantha (Kim Catrall), Miranda (Cynthia Nixon) e Charlotte (Kristin Davis). Gênios e trejeitos à parte, Carrie é a protagonista da história durante todo seu andar, mas, de cara, já sabemos que sem as amigas, ela […]

Leia o post completo

O que esperar da 5ª temporada de Breaking Bad

5 anos atrás Comente também

Com a data marcada para 15 de julho, a equipe do Apaixonados e todos os outros milhões de fãs da série conseguem, enfim, ter um dos raros domingos do ano em que não há razão alguma para reclamar. Dividida em 2 partes de 8 episódios cada, estréia amanhã a 5ª e última temporada de Breaking Bad, drama da AMC, que possui hoje, em cena, um dos melhores elencos que a televisão americana já apresentou. Mas, falar só de elenco soa injusto, quando se tem por trás um showrunner como Vince Gilligan e uma série com um roteiro tão magnífico que chega perto da perfeição. A história de Walter White começou a ser contada lá em janeiro de 2008, com um […]

Leia o post completo

Hit & Miss – 1×01 Episode 01, 1×02 Episode 02 e 1×03 Episode 03

5 anos atrás Comente também

Longe das telas desde o fim de Big Love em 2011, Chloë Sevigny estreia Hit & Miss, uma série com uma história nada comum e que, sinceramente, não poderia ser protagonizada por outra atriz. Na verdade, eu comecei a ver Hit & Miss porque, no “ritual de iniciação” dos novos colaboradores do site, 11 de 10 pessoas falaram que Big Love é uma série boa, e 12 de 11 falaram que amam a Chloë. Fui dar minha conferida pra ver qual é a onda dela. Amei, de cara. E isso raramente acontece. Hit & Miss é uma série que eu classificaria como adulta, mas não restringindo uma faixa etária ou tema. Adulta no sentido de cérebro. Não tem como você […]

Leia o post completo

Misfits e o uso de poderes em benefício estritamente próprio

2 semanas atráscomentarios

O tema dos super-heróis tem sido bastante explorado nos moldes atuais, existem por ai séries de bastante qualidade e que fazem a cabeça de um grande público onde o enfoque são os indivíduos/as que ganham poderes e os usam para salvar o mundo, só que muito antes disso tudo uma série britânica teve a audácia de retratar um cenário onde jovens deturbados e a margem da lei ganham poderes bizarros e os usam para os mais egoístas e cômicos interesses,  criando situações inimagináveis. Esta é Misfits, uma série britânia que foi ao ar entre os anos de 2009 e 2013, totalizando 5 temporadas de grande sucesso ao mesclar com eficiência, humor, comédia e ficção científica. A série narra as peripécias […]

Leia o post completo

Girlboss: guia do que NÃO fazer na vida adulta

2 semanas atráscomentarios

Teve gente que gostou de Girlboss, teve gente que achou a série fraca. Mas em uma coisa todo mundo certamente concorda: Sophia é um dos piores seres humanos que já vimos como protagonista de uma série. E com ela a gente pode aprender muito sobre o que não fazer para ser uma pessoa melhor. 5. Não roubar Em GirlBoss, uma das primeiras coisas que descobrimos sobre Sophia é que ela acha normal roubar. Não, ela não rouba porque precisa, porque quer ajudar alguém, ou se quer por uma questão de princípios contra uma sociedade capitalista. Sophia rouba porque se sente superior e simplesmente não respeita os outros, – muito menos suas propriedades. 4. Não ser egoísta com a melhor amiga […]

Leia o post completo

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

2 semanas atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter