Reign

“Desde que Mary, rainha da Escócia, era uma criança, os ingleses querem seu trono e sua coroa. Ela foi mandada para a França para casar com o próximo rei, para salvar a si e seu povo, um vínculo que deve protegê-la. Mas há forças que conspiram, forças sombrias, forças do coração. Que ela reine por muito tempo.” Se você gosta de séries baseadas em fatos reais e que de brinde traz mulheres fortes como o foco principal da história então Reign é uma boa pedida para se assistir até que as séries da fall season retornem. A série é da emissora CW e teve 4 temporadas, e 3 já estão disponíveis na queridinha da Netflix. Aqui conhecemos a história de […]

Primeiras Impressões: The Bold Type

Não são poucas as séries que adoram beber da fonte de inspiração que Sex and the City e filmes como O Diabo Veste Prada representam para o mundo feminino e a nova estréia da Freeform não foge à regra. Criada por Sarah Watson, em The Bold Type, nós temos a atmosfera grandiosa, cheia de liberdade e estilo que Nova York representa, acolhendo jovens em busca de suas realizações profissionais. A série é inspirada na trajetória da ex-editora-chefe da Cosmopolitan, Joanna Coles e conta os bastidores da renomada revista feminina Scarlet, acompanhando a vida de três amigas que buscam ascender e encontrar suas próprias vozes no mundo enquanto exploram temas como sexualidade, moda, identidade e relacionamento. “Uma jovem, do Colorado. Lendo […]

Guia da Trilha Sonora: Parenthood – 5ª Temporada

Um dos pontos fortes de Parenthood é a trilha sonora que sempre casa muito bem com os sentimentos que o episódio quer nos passar, e pra não perder o costume a gente traz pra vocês o que tocou na 5ª temporada da série só que dessa vez de forma diferente: tudo numa playlist do Spotify!

Lucas Ferreira

Petrolina - PE

Série Favorita: Sherlock

Não assiste de jeito nenhum: Elementary

Shades of Blue – 1×03 False Face False Heart

1 ano atrás Comente também

A maneira como Shades of Blue apresenta casos paralelos à trama principal está funcionando. Por mais que os procedurais geralmente tenham pouco sentido além de “encher linguiça”, até então eles tem funcionado como um eficiente pretexto para desenvolver as interações entre a equipe e simultaneamente desenvolver os personagens e os valores de cada detetive, enquanto indivíduo e profissional. Parece uma ideia óbvia se aproveitar do que tal formato pode oferecer (e é), mas muitos procedurais desconhecem o potencial do próprio gênero (e Shades of Blue nem sequer se encaixa nessa categoria). O episódio dessa semana amassou e jogou no lixo todo o desenvolvimento de personagens que estava se dando de forma natural até então. E justo quando descobrimos fatos importantíssimos […]

Leia o post completo

Shades of Blue – 1×02 Original Sin

1 ano atrás Comente também

Agora sim! Depois de um piloto morno, Shades of Blue dá suas primeiras pistas de que talvez esse drama não seja apenas mais do mesmo, afinal. Começando exatamente de onde se encerrou o piloto, Harlee tentava desviar qualquer possível suspeita discutindo com Woz sobre qual membro da equipe é mais suscetível a ser um delator, quando foi interrompida por Tufo, que relatou uma atividade suspeita de um veículo que circulava continuamente pelas proximidades de uma loja. Ao chegar ao local, o veículo torna a passar, dessa vez recepcionando os policiais com uma saraivada de balas. Uma distração conveniente para Harlee e incoveniente para o espectador que não se interessa por casos irrelevantes à trama principal. Felizmente, o caso é breve, […]

Leia o post completo

Shades of Blue

1 ano atrás Comente também

O novo drama policial da NBC, Shades of Blue, estreou no dia 08 de janeiro com uma trama que, mesmo clichê, conseguiu reunir um elenco de peso do cinema e da tv. Estrelado por Jennifer Lopez (Lila & Eve), a série conta a história de Harlee, policial corrupta que é descoberta por um agente do FBI disfarçado e recebe uma oferta: ela poderá continuar livre e cuidando de sua filha, desde que ajude a desmanchar todo o esquema de corrupção. Uma premissa tão pouco original ter atraído nomes como Ray Liotta (Goodfellas, Hannibal) e Drea de Matteo (The Sopranos, Sons of Anarchy) é um indicativo de que a série poderá alçar vôos mais altos eventualmente. Como isso se dará, é […]

Leia o post completo

The Knick – 2×10 This is All We Are (Season Finale)

2 anos atrás Comente também

Que season finale sensacional. O episódio iniciou com cenas curtas e esperadas, para logo em seguida jogar uma pilha de cenas surpreendentes, tensas, com grandes diálogos e muito bem dirigidas (até mesmo para o nível Soderbergh). O funeral do August Robertson levou a uma conversa íntima linda entre Algernon e seu pai, quando este o viu com o olho roxo. O inconformismo do filho é uma incógnita para o pai, que tem muito menos e agradece pelo pouco que tem. A típica conversa entre gerações diferentes, nesse caso entre um homem que viveu na época da escravatura e seu filho, um cirurgião renomado, o “negro com mais oportunidades nessa cidade”, como o definiu seu pai. Um diálogo sensível, marcado por […]

Leia o post completo

The Knick – 2×09 Do You Remember Moon Flower?

2 anos atrás Comente também

Faltando uma semana para a season-finale, o episódio “Do You Remember Moon Flower?” inicia-se com um flashback de John tratando um suposto caso de febre amarela (que ele descobriu que na realidade tratava-se de varíola) na Nicarágua, em 1894. As cenas da última década do século IXX serviram para nos mostrar como Thackery conheceu o capitão August Robertson. Os flashbacks foram interessantes, e nos mostraram como o capitão era importante para a história. Um aspecto desagradável desse episódio foi a solução encontrada para o caso do Dr. Cotton, o médico envenenado pela Eleanor. A intenção pode ter sido ressaltar o quanto o doutor era odiado pelos seus métodos, mas me pareceu uma solução simplista demais incluir os filhos dele na […]

Leia o post completo

The Knick – 2×08 Not Well At All

2 anos atrás Comente também

É uma agradável surpresa ver o episódio, logo nos seus minutos iniciais, ressaltar que o Bertram realmente evoluiu durante seu curto período trabalhando para o Dr. Zinberg. Talvez seja o fato de ter sido o único não-judeu no hospital Monte Sinai, talvez (o que acho mais provável) tenha sido o seu relacionamento com a Esther que tenha feito bem ao garoto Bertie, mas, seja qual for o motivo, é bom poder gostar dele novamente e vê-lo ajudando o John. Surpresas não faltaram em Not Well at All. Até mesmo Gallinger, que todos sabemos que não vale um real, conseguiu nos mostrar que é ainda pior do que se poderia esperar: além de termos conhecimento do número de adolescentes que foram […]

Leia o post completo

The Knick 2×03 – The Best With the Best to Get the Best/2×04 – Wonderful Surprises

2 anos atrás Comente também

02×03 – The Best with the Best to Get the Best O episódio começou com o que era esperado: Thackery provando a mistura sugerida pela Kate, sua nova companheira de drogas. E durante todo o episódio, tivemos apenas duas novidades, que falarei adiante. No mais, The Best With the Best to Get the Best foi extremamente previsível, e trouxe uma queda de roteiro considerável em relação aos dois episódios anteriores. Tudo bem que é um ponto positivo vermos os problemas se desenvolvendo sem enrolações, mas quando nada acontece além do que foi prometido, fica difícil defender a obra. Vemos o Bertram começando no trabalho novo com o Dr. Zinberg, e o vemos começar um relacionamento com uma jornalista que conheceu […]

Leia o post completo

Wicked City

2 anos atrás Comente também

Ambientado na Los Angeles dos anos 80, Wicked City, o novo drama da ABC, é um prato cheio para quem gosta de histórias de serial-killers. Para os veteranos no gênero, o piloto pode incomodar pela quantidade de características familiares: um serial-killer que mata mulheres, caçado por um detetive adúltero, rude e com problemas psicológicos. Falta algo? Ah, claro, o detetive e seu parceiro não são exatamente grandes amigos. No entanto, apesar dos clichês, ainda há novidades bastante interessantes nessa estreia. Criada por Steven Baigelman (roteirista de duas cinebiografias recentes, Miles Ahead e Get on Up), a primeira temporada de Wicked City conta a história real do detetive Jack Roth (Jeremy Sisto, o Billy Chenowith, de Six Feet Under) e sua […]

Leia o post completo

The Knick – 2×02 You’re No Rose

2 anos atrás Comente também

Os produtores de The Knick não estavam exagerando quando afirmaram que a segunda temporada da série focaria muito mais nos personagens do que na parte médica, e isso é uma decisão acertadíssima. O formato semelhante a um procedural utilizado na primeira temporada foi interessante e necessário para ambientar o espectador no contexto da medicina do século XX, mas agora que já sabemos o quanto os procedimentos eram intensos, é natural que esse aspecto seja posto em segundo plano. O episódio You’re no Rose, como a premiére que o antecedeu, inicia-se em torno de uma morte que provavelmente causará muito tumulto: o desprezível inspetor Speight foi encontrado morto em um rio, e suspeita-se que tenha caído do barco, alcoolizado. Cornelia não […]

Leia o post completo

The Knick – 2×01 Ten Knots

2 anos atrás Comente também

Um dos pontos altos de The Knick é a sua habilidade em desenvolver todos os personagens, enquanto utiliza o hospital como pano de fundo para expor a ignorância da época em relação às novas tecnologias e abordar diversas questões sociais referentes à época, como as discriminações de classe, de gênero e racial( o mais abordado de todos os temas). Nessa premiere não foi diferente. Soderbergh inicia o episódio revelando de forma rápida a atual situação do hospital Knickerbocker, um ano após os tensos acontecimentos da temporada anterior. O episódio inicia-se com uma cena carregada de simbolismo. Um rosto desfocado de uma garota em uma vestimenta branca encara a câmera. Atrás dela, o céu da tarde. A imagem vai tornando-se mais […]

Leia o post completo

Misfits e o uso de poderes em benefício estritamente próprio

2 semanas atráscomentarios

O tema dos super-heróis tem sido bastante explorado nos moldes atuais, existem por ai séries de bastante qualidade e que fazem a cabeça de um grande público onde o enfoque são os indivíduos/as que ganham poderes e os usam para salvar o mundo, só que muito antes disso tudo uma série britânica teve a audácia de retratar um cenário onde jovens deturbados e a margem da lei ganham poderes bizarros e os usam para os mais egoístas e cômicos interesses,  criando situações inimagináveis. Esta é Misfits, uma série britânia que foi ao ar entre os anos de 2009 e 2013, totalizando 5 temporadas de grande sucesso ao mesclar com eficiência, humor, comédia e ficção científica. A série narra as peripécias […]

Leia o post completo

Girlboss: guia do que NÃO fazer na vida adulta

2 semanas atráscomentarios

Teve gente que gostou de Girlboss, teve gente que achou a série fraca. Mas em uma coisa todo mundo certamente concorda: Sophia é um dos piores seres humanos que já vimos como protagonista de uma série. E com ela a gente pode aprender muito sobre o que não fazer para ser uma pessoa melhor. 5. Não roubar Em GirlBoss, uma das primeiras coisas que descobrimos sobre Sophia é que ela acha normal roubar. Não, ela não rouba porque precisa, porque quer ajudar alguém, ou se quer por uma questão de princípios contra uma sociedade capitalista. Sophia rouba porque se sente superior e simplesmente não respeita os outros, – muito menos suas propriedades. 4. Não ser egoísta com a melhor amiga […]

Leia o post completo

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

2 semanas atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter