Chance – 1×07 Unlocking Your Hidden Powers

2 de dezembro de 2016 Por:

Ao finalizar Unlocking Your Hidden Powers tive a impressão que esse era o pior episódio de Chance, mas não sabia explicar por que. A série entregou mais profundidade a D, que era uma das coisas que o drama estava precisando, além de fornecer informações essenciais sobre o mistério-Jaclyn. Então, por que o sétimo episódio se afasta da qualidade apresentada por Chance nos outros capítulos dessa história?

O maior problema do episódio é que ele não consegue equilibrar as diferentes tramas que o compõe. Unlocking Your Hidden Powers tinha duas funções: apresentar o histórico de D e mostrar a Eldon que Jaclyn tem mais facetas do que ele imagina. O que prejudica é que o único elemento que uniria essas duas histórias é a paranoia do seu protagonista que acaba não sendo suficiente para cumprir esse objetivo. Assim, o episódio se divide em duas partes distintas e estranhas.

chance-1x07-d-hospital

Na primeira parte, Eldon entra em contato com o passado do seu amigo e mentor. A vida anterior de D, ou melhor, Darius Pringle, é uma importante adição a série. Um personagem que apenas dizia frases prontas e agia como um soldado sem nenhum motivo aparente ganha fundamento para se comportar dessa forma. D se transformou em quem ele é para sobreviver em um ambiente e realidade que foi constantemente injusto com a sua existência. Agora nos resta saber se a presença de Eldon na vida de Darius é mais um desses fatores que podem transfigurar a vida de um homem.

Outro acerto desse plot é fazer o neuropsiquiatra rever a sua amizade com D e notar o efeito que os pensamentos dele tem em suas ações. É interessante ver como mesmo estando ausente, D ainda tem muita influência sobre Eldon e que faz o médico operar de uma forma diferente, mais ativa.

No entanto, o episódio muda o foco quando Eldon abre um pen drive com relatórios policiais de Blackstone nos dez minutos finais. A partir desse momento, passamos a acompanhar um relatório do marido de Jaclyn que a princípio não tem muita conexão com a história que conhecemos. Por isso, a cada sinal de “estranheza”, Chance nos faz o favor de pontuar porque aquele detalhe é importante.

chance-1x07-jaclyn-blackstone

Aos poucos a voz de Blackstone vai ficando mais forte e entramos em uma outra história. Eldon também muda de ambiente e passa a seguir Jaclyn. Assim, quando a testemunha do policial e conclui sua fala com “Eu só quero te ajudar a encontrar Jackie”, o protagonista de Chance já concluiu o que ele precisava: Jaclyn não é quem ele imaginava.

É óbvio que essa revelação é importante para a série, mas eu sinto que ela podia ter acontecido um pouco antes e desejo que ela não precisasse de uma peruca. Afinal, Eldon teve constantes provas de que Jaclyn, ou Jackie (se é que a ideia de dupla personalidade continua válida), estava mentindo.

De qualquer forma, as questões que essas informações levantam são mais importantes do que a forma que elas foram apresentadas. E essa é uma constatação que resume Unlocking Your Hidden Powers. O conteúdo do episódio não é tão excitante quanto as possibilidades que ele abre para os episódios seguintes do drama e espero que isso seja verdade.

Jornalista, nerd e feminista. Melhor amiga da Mindy Kaling, mesmo que ela não saiba disso.

Salto / São Paulo

Série Favorita: Sherlock

Não assiste de jeito nenhum: Two and Half Men

Gypsy

4 dias atráscomentarios

Confesso que a princípio eu achei que Gypsy fosse um filme, afinal Naomi Watts e Billy Crudup são atores que estamos mais acostumados a ver na telona. Estranho ter um casal desse porte em uma produção para telinha do Netflix. De fato, Gypsy não é como a maioria das séries que estamos acostumados. Tem uma cinematografia de tirar o fôlego e um enredo que se desenvolve sem qualquer pressa. Com episódios de 50 minutos em média, Gypsy é quase um estudo de personalidade da sua protagonista, Jean Holloway, vivida por Naomi Watts. Ela é uma psicóloga, casada com Michael, um advogado que parece ter uma vida normal no subúrbio dos EUA. Tudo é muito sútil no início, mas vamos notando […]

Leia o post completo

Primeiras Impressões: Atypical

5 dias atráscomentarios

Estreou ontem na Netflix a comédia Atypical, que conta a vida de Sam (Keir Gilchrist), um garoto autista que chega a idade adulta e passa a ter uma série de necessidades/curiosidades para descobrir quem realmente é. E nesse caminho de descobertas vamos entendendo mais sobre a sua personalidade, suas limitações e como tudo isso afeta a sua família e a todos que o cercam. Trazer o universo adolescente parece ter sido uma maneira do canal de streaming se aproximar do seu público, trabalhando pautas mais complicadas através de uma abordagem diferente. Foi assim com o suicídio em 13 Reasons Why e agora com o autismo em Atypical. Mas o que chama atenção mesmo é que, apesar de todas as limitações do […]

Leia o post completo

Primeiras Impressões: Mr. Mercedes

6 dias atráscomentarios

A Audience Network estreou, no último dia 9, Mr. Mercedes, um suspense baseado na obra de Stephen King. A série é estrelada por Brendan Gleeson e Harry Treadaway, dirigida por Jack Bender e tem como roteiristas David E. Kelley e o próprio Stephen King. A primeira temporada terá dez episódios. A história começa em uma madrugada de frio, com dezenas de desempregados fazendo fila em frente ao local que, no dia seguinte, vai sediar uma feira de empregos. Conhecemos uma mãe que levou sua bebê porque não tinha dinheiro para pagar uma babá, um rapaz gentil que empresta seu saco de dormir para que ela troque as fraldas e amamente a criança, e um homem meio ranzinza que faz algumas […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter