Os indicados ao Globo de Ouro 2018

As nomeações à 75ª edição do Globo de Ouro foram anunciadas nesta segunda-feira pela manhã por…

Primeiras Impressões: Dark

Dark é uma produção alemã de suspense e terror, criada por Baran do Odar e Jantje…

Chicago Justice – 1×12 Fool Me Twice/1×13 Tycoon (Series Finale)

Por: em 23 de maio de 2017

Chicago Justice – 1×12 Fool Me Twice/1×13 Tycoon (Series Finale)

Por: em

Não é fácil produzir uma série atualmente, na verdade, não é fácil escrever uma série quando os temas são tão debatidos, e com um serviço de streaming ativo e funcionando como uma avalanche no mundo da TV. Caso queira sobreviver nesse mundo, não adianta apresentar o mesmo de sempre, sem casos que sirvam de algo para o telespectador ou para quem é fã de alguma história, baseado em uma obra, por exemplo. O que eu quero dizer aqui é que, não adianta ser spin off de uma franquia de sucesso, se você não faz nada para se tornar o sucesso.

Reprodução/NBC

Chicago Justice veio com apenas uma missão, mas no final das contas, terminou seu legado antes mesmo de dizer para que veio. Desde o começo da cobertura das reviews eu questionei a abordagem da série e a forma como as coisas aconteciam por aqui. É curioso imaginar que a série, em momento nenhum, soube desenvolver os seus personagens e trabalhar a forma como eles se apresentariam para quem estava assistindo. Em 13 episódios, nada relacionado aos personagens principais foram trabalhados, e como se o formato procedural já não fosse irritante o suficiente, o máximo que tivemos foram falas isoladas e com pouca profundidade, demonstrando, assim, a falta de sentido na série.

Por mais bem sucedida que as outras séries da franquia sejam, a história com CJ foi bem diferente e o cancelamento veio quase como uma certeza velada. A ideia de se trabalhar uma 2ª temporada foi muito pouca debatida, o que já trouxe a duvida a respeito da série. Além disso, com a renovação das outras séries de Dick Wolf antes do pronunciamento de CJ, só ficou mais claro qual seria o destino de Peter e sua companhia.

Reprodução/NBC

Mas já que não estaremos aqui na fall season, vamo comentar sobre os episódios finais, alright? Pois bem. Pela primeira vez na série, Peter saiu perdedor em um caso e isso foi bem legal de ver. Ainda que a série não tenha preparado os personagens, o foco em Fool Me Twice foi a Negal, o que deu uma quebrada no formato: caso + peter + decisão do júri. Ainda que a história da Laura não tenha sido bem explorada, foi bom ter visto ela no centro do caso e a frente das decisões da parte policial de CJ.

O caso foi bem interessante e trouxe uma discussão acerca da honestidade e integridade dos policiais. Não é só aqui no Brasil que a corrupção existe e é questionada tanto pelos movimentos sociais quanto pela parte minoritária do Estado. Da mesma forma que aconteceu em Chicago, existem inúmeros casos de crimes envolvendo policiais e a sua falta de caráter. A impunidade é o caminho mais fácil nesses casos e quem se prejudica sempre é a vítima, o sistema é sempre cruel com as pessoas que tentam peitar o Estado e seus representantes, o que acaba por ter como desfecho a inocência do algoz.

Antes do anúncio do cancelamento, Tycoon foi ao ar com a esperança de que a renovação chegasse, e como isso não aconteceu, a série terminou com um ar de incompleta. Acontece que, ainda que essa sensação tenha sido a mais predominante, em razão do tipo de abordagem utilizada pelos roteiristas, não teria como a finale ser de outra forma, já que não tivemos nada além do que foi apresentado até agora. Nenhuma conexão entre os personagens aconteceu, o que talvez não faça mais diferença na series finale, já que tudo girou novamente em prol de um caso aleatório, mas com peculiaridades das antecessoras. Dessa vez a presença das outras Chicagos se fez necessária, em razão da grande explosão em um prédio cheio de irregularidades e processos, mas nem ela foi suficiente para segurar o cancelamento e impedir a primeira derrota de Dick Wolf nas telinhas. E agora que acabou, fica o questionamento com respeito a series finale: e o Antonio? Será que ele vai e fica em PD? Será que a Negal também vem no pacote?

De toda sorte, fica a reflexão sobre o mini crossover de hoje. Que as vezes o melhor a se fazer é parar. Ok, Dick Wolf?

Então é isso, pessoal! Nos vemos por aí, oka?? Beijooo!!

 


Helaine Marina

Assiste séries com a mesma frequência que sente fome. Estudante de Direito, futura professora de Inglês e louca pelos animais, em especial, seus amigos. Uma aquariana que não é brinquedo não .

Salvador BA

Série Favorita: Impossível decidir

Não assiste de jeito nenhum: Glee

×