Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Dead of Summer – 1×10 She Talks to Angels (Season Finale)

Por: em 31 de agosto de 2016

Dead of Summer – 1×10 She Talks to Angels (Season Finale)

Por: em

A todos que chegaram comigo até essa season finale, meus sinceros parabéns!

She Talks to Angels foi a síntese da série, isto é, uma história sem nexo deixando diversas dúvidas e questões sem solução.  Amy, assumindo o papel de grande vilã da temporada, conseguiu imprimir um certo dinamismo nas suas cenas, porém tanto o plano como as mortes foram muito mal executados evidenciando o desleixo da produção durante todos os episódios.

Veja bem, nunca conheceremos o passado de Blair e seu romance com Drew pareceu final de novela da Globo. Em relação as mortes do episódio, acredito que foi a cota de sangue necessária da season finale. Garret agora tornou-se o guardião e assumiu o papel do Tall Man (que morreu duas vezes??). Também, não houve nenhuma explicação sobre os motivos do demônio ou a necessidade dos sacrifícios.

Amy

Se Amy fosse somente uma sociopata e os roteiristas deixassem de lado a questão do sobrenatural tudo seria muito melhor. Toda a relação das mortes e a existência do demônio no acampamento foi extremamente mal desenvolvida. Nada faz muito sentido e parece que os criadores resolveram inserir diversos plot’s sem ter o compromisso de efetivamente explica-los.

A construção dos personagens que parecia ser um grande diferencial de Dead of Summer se perdeu durante a temporada e, por isso, a amizade superficial entre os campistas faz com que seja inverossímil o sacrifício de Alex por Jessie, uma vez que durante a temporada sequer trocaram meia dúzia de palavras.

Com 10 episódios Dead of Summer encerra a sua temporada deixando um sentimento frustração, já que perderam uma ótima premissa graças a uma execução muito ruim.


Agradeço a todos que acompanharam e comentaram comigo sobre Dead of Summer. Foi uma longa e árdua jornada que finalmente chegou ao fim 🙂


Patrícia Martinez

Uma paulista que iniciou no mundo da séries graças as manhãs de domingo no SBT e atualmente tem um relacionamento sério com maratonas no Netflix

São Paulo

Série Favorita: The Big Bang Theory

Não assiste de jeito nenhum: House

  • Nickolas Girotto

    Parabéns pra você que continuou fazendo as reviews, mesmo a série sendo tão ruim!!
    Os sacrifícios eram pra liberar o demônio mas os motivos do dele não sei quais eram. Muitas falhas e percebi isso deles não terem contado a história do Blair, era uma ideia legal essa de contar o passado deles, mas não fazia sentido contar algumas histórias ali e os personagens morrerem, tipo a história da Cricket, ok era triste, mas não tinha nenhuma conexão com a história principal e ela morreu, se só contassem de alguns e coisas que fossem relevantes para a história principal ficaria bom, tipo o Blair, ele tinha uma com a vó que era bruxa ou algo do tipo e ensinou ele a contactar espíritos, isso seria legal aparecer. A personagem principal no fim ser a Jessy, não consegui me importar com ela, no começo ela era meio que desprezível haha e começou a se tornar boa nos 3 eps finais, não deu tempo de me importar com ela.
    No fim concordo plenamente contigo, se tirassem toda essa história de demônios e ficassem com a Amy sendo a sociopata assassina, seria muito melhor, ela se passa de boa e no fim é quem esta matando todo mundo sem a parte sobrenatural, tipo o sobrenatural ser só lenda e ela se aproveitando da lenda pra matar o pessoal.
    Pelo menos no fim teve muito sangue hahahah
    Até uma próxima série Patrícia!!

×