Dia da Televisão: Séries que víamos antes da internet

11 de agosto de 2016 Por:

Nos anos 1950, nossa terrinha recebia com grande alegria as primeiras televisões. O público, que ainda não estava acostumado com a novidade, ficou extremamente curioso com as transmissões em preto e branco. Mas não é por isso que hoje é comemorado o Dia da Televisão! Na verdade, a data é uma referência à morte de Santa Clara de Assis, que ficou conhecida como Padroeira da Televisão. Bem, como todos nós somos seguidores da deusa Netflix, não podemos deixar de homenagear essa data tão importante, já que foi com a TV que tivemos os primeiros contatos com séries, antes que surgisse a internet.

Lembra daquelas séries que passavam no domingo de manhã no SBT? Ou no sábado na hora do almoço, na Globo? Ou melhor ainda, lembra daquela delícia de série infantil que passava na TV Cultura? Bom, se você relembrou, venha embarcar comigo e com a Louise nesse nostálgico especial. E se não recorda de nenhuma série (sério, quantos anos você tem?), aqui está um ótimo top de séries que passavam nas telinhas!

Full House

todas-as-temporadas-de-full-house-disponiveis-na-netflix

Mais conhecida como Três é Demais, a clássica série de comédia, passava/passa todas as tardes no SBT. A premissa não contava nada de muito novo: Danny, depois de perder a mulher em um acidente de carro, decide chamar seus dois irmãos para ajudar na criação de suas três filhas. Porém, Full House tinha algo que chamava atenção, seja pela família maluca ou seja pela adorável Michelle, a série foi uma das que marcaram minha infância.

Apesar de ser antiga (estreou em 1987), Full House conseguiu um tão sonhado spin-off pela Netflix, intitulado Fuller House, e já têm todos os episódios disponíveis no streaming!

My Wife and Kids

Eu, a patroa e as crianças

Uma das cenas que eu mais lembro até hoje de Eu, a patroa e as crianças é aquela em que Junior teoriza sobre a cor do céu, que segundo ele é azul de dia porque reflete o mar e escuro a noite porque reflete as estradas. Tem também aquele episódio em que o Mike acha um máximo ser selecionado para ser modelo… de mãos, e mesmo não sendo necessário ele faz questão de mostrar o rosto e depois acaba se arrependendo. Com os Kyle a gente aprende que família são muito complicadas, mas que também podem ser bastante divertidas!

Cold Case

Cold Case

Todo mundo sabe de meu amor por Cold Case, então nada mais justo do que contar onde conheci essa série maravilhosa. Antes de assisti-la pela Warner, eu assistia nas madrugadas no SBT mas não de forma cronológica. Foi a primeira série criminal que assisti e morria de tristeza quando os episódios acabavam, mas sempre no mesmo horário eu ligava a TV e coloca no canal para ver mais um episódio de Arquivo Morto.

The Fresh Prince of Bel Air

Um maluco no pedaço

Confesse: você sempre tentou cantar a música de abertura de Um Maluco no Pedaço e nunca conseguiu. Essa é uma missão impossível, quase tanto quanto disciplinar Will Smith que adorava aprontar mil e uma trapalhadas pra levar os tios e os primos, principalmente o Carlton, à loucura. E quem não se divertia com elas, certo? Eu adorava a Ashley, que desde o episódio piloto me conquistou com aquela oração em forma de rap. Mas além das risadas a série também nos fazia pensar sobre as diferenças que existem entre as classes sociais.

El Chavo del Ocho

Chaves

Chaves é, sem dúvidas, a primeira série de muitas pessoas. O humor fácil e inteligente, personagens carismáticos e roteiro completamente incrível, foram os principais motivos para que a série se tornasse querida para o público e alavancasse a audiência da SBT. Apesar de não ter assistido todos os (277) episódios, sempre tento ver quando passa no canal para relembrar e rir sem muito esforço. Chaves não foi esquecido pelo tempo e ainda é considerada uma das melhores comédias pelo público brasileiro.

Castelo Rá-Tim-Bum

Castelo Rá Tim Bum

“Bum bum bum, Castelo rá tim bum. Bum bum bum, Castelo rá tim bum”. Aposto que se você era fã dessa série brasileira não leu essa frase, cantou! Quem não conhece Nino, Zeca, Pedro, Biba, o Tio Victor, a Caipora, o Etevaldo e todos os outros personagens do castelo mais divertido de todos? Eu adorava quando apareciam os passarinhos cantando “Passarinho, que som é esse?” e falando dos diferentes instrumentos que existem, tenho certeza que essa série teve influência pra hoje eu gostar tanto de música! Ela é considerada uma das melhores produções da televisão brasileira, marcou a minha infância e foi o pontapé inicial pra que hoje eu fosse uma apaixonada por séries.

 Everybody Hates Chris

Chris

Everybody Hates Chris, ou como prefiro chamá-la Todo Mundo Odeia o Chris, foi uma incrível série que passava nas tardes da Record. Contando a história de infância do humorista e ator Chris Rock, a série conseguiu transmitir, por meio de ironias e humor negro, todo preconceito que uma família negra e pobre sofria nos anos 1980/90, nos Estados Unidos. Todo Mundo Odeia o Chris trouxe também muitos personagens inesquecíveis como o querido Greg, o mão-de-vaca Julius e a  mãezona Rochelle, com suas maravilhosas pérolas.

Friends

friends

Eu me lembro de volta e meia assistir um seriado a noite no SBT. Eu não sabia o nome do que estava assistindo, mas adorava a música de abertura, com toda aquela diversão no chafariz, e aqueles seis amigos que sempre faziam tudo juntos e um pelo outro. Na época não assisti a Friends numa ordem cronológica e nem vi todos os episódios, mas na primeira oportunidade que tive assisti a série completa e me apaixonei ainda mais por tudo aquilo que me chamou a atenção quando conheci série.

Supernatural

Supernatural

Supernatural (nas 5 primeiras temporadas) foi um grande sucesso e com o nome de Sobrenatural, ganhou um espaço na programação do SBT nas madrugadas. Essa é uma das poucas séries que eu gostava de assistir dublada e amava quando os episódios eram sobre lendas urbanas. Infelizmente, a qualidade foi caindo cada vez mais e parei de acompanhar, mas nem por isso posso tirar o prestígio que tive ao assisti-la em canal aberto.

That’s So Raven

As visões da Raven

Quando Raven tinha uma visão a gente já sabia que vinha muita confusão pela frente, e com elas muitas risadas, afinal de contas o futuro é algo bem incerto. Quem não lembra dela fingindo ser a mãe para o professor, ou então fingindo ser a professora para os pais pra tentar se livrar de uma bronca? Ou então do jeito distraído da Chelsea que sempre me matava de rir? Ou do Cory que era o irmão mais novo perfeito, afinal de contas a função deles é nos tirar do sério e ele fazia isso com excelência não é mesmo?

Menções honrosas: The O.C. e One Tree Hill


E você, já assistiu algumas dessas séries? Conta pra gente qual foi a experiência de acompanhar alguma série pela televisão em canal aberto!

Futura jornalista. Mora em uma cidade desconhecida. Apaixonada por séries. Cinéfila e bookaholic. Sonha em um dia morar em Nova Iorque. O que ama mais do que tudo...

Ler perfil completo

Votorantim / SP

Série Favorita: Friends

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

  • Dani Miguel

    Eu acho que a primeira série que eu vi do início ao fim foi Anos Incríveis, e como eu a amava! Acho que essa série e Cold Case tem as melhores trilhas sonoras da televisão.
    Eu assisti todas as séries citadas, pelo menos alguns episódios, e tudo que for possível de Chaves, que eu nem digo que a melhor série de comédia porque para mim ela é hors concours (assim como Doctor Who).
    Eu nasci nos anos 80, não tinha TV por assinatura e assistia séries no SBT, Globo e Cultura como vocês. Aqui vai uma listinha de séries que eu via na infância e adolescência:
    – Confissões de Adolescente
    – Zorro
    – I Love Lucy
    – O Mundo é dos Jovens (Boys Meet World)
    – Blossom
    – Família Dinossauro
    – Uma Galera do Barulho (não sei o nome original)
    – Barrados no Baile
    – Arquivo X => essa foi a responsável por eu me tornar fanática em séries
    E tudo quanto é seriado japonês (aliás, seria legal um post sobre as séries nipônicas. Nunca pedi nada… ;)).

    • Eu adorava Família Dinossauro! “Não é a mamãe, não é a mamãe” mas até hoje não assisti a série completa, e nem sei se conseguiria.
      Também já assisti alguns episódios de Barrados no Baile e tentei muito achar os episódios dela na internet, mas não consegui 🙁

  • Bruno M

    Eu era o único que assistia o trio das tardes da Record: Xena, Hércules e Caçadora de reliquias? Rsrs

    • Eu lembro bem pouco de ter assistido Xena. Nos outros eu fico te devendo mesmo haha

    • Isabelle Pedroso

      Eu assistiiiaaa !!
      Apesar de não gostar de Xena e Hércules… hahahaha

    • Karine

      Meu sonho era ser a Xena, gente!

    • Aline Almeida

      Xena, Hércules e todas as series das madrugadas do SBT!

  • Jailson Jonio

    Bons tempos na tela do SBT 🙂

  • Alice Reis

    Muito bom! Eu adorava Mundo da Lua, que passava colado com Castelo, na TV Cultura, e TODAS as séries da Nickelodeon. Que saudade.

    • Renata

      Sim, eu também adorava as séries da Nickelodeon! Saudades!

    • Mundo da Lua! Tava tentando lembrar o nome dessa série hahahaha

    • Karine

      Mundo da Lua era tão boa. E vocês lembram de Rá-tim-bum também? Que nostalgia!

  • Ana Rebeca Tamandaré

    Adorava ”As visões da Raven”, ”Um maluco no pedaço”, ”Todo mundo odeia a Chris”, enfim, fizeram parte de uma infância muito feliz em que eu chegava da escola e almoçava em frente a TV dando muitas risadas!!

    • Melhor tempo da vida! Poder assistir séries sem preocupação e estar em dia com os episódios hahaha

    • Karine

      Queria que voltasse esse tempo hauahaua sem se preocupar com os episódios atrasados

  • Gabriela

    Via Friends na Rede tv! logo quando a emissora começou. nem sabia o que era série, temporada! tinha também A feiticeira e Jeannie é um gênio. Na cultura passava A Família, uma série australiana que eu adorava. alguém mais assistia??

    • Nunca ouvi falar dessa A Família… Assistia algumas outras séries na cultura, tipo ilha ra-tim-bum e a do menino que vivia no mundo da lua, que esqueci o nome hahahaha

    • Karine

      Gabriela, será que essa A Família não seria Ninguém Merece? Se for, me recordo sim, aliás, adorava. Agora Jeannie é um gênio eu amava de paixão!

      • Gabriela

        Ai, o comentário saiu sem o nome todo da série! hahahaha assim fica difícil! A Família Twist, sobre um pai e os filhos que se mudam p/ um farol.

        https://www.youtube.com/watch?v=aFvujvrE9PE

        • Karine

          Ahhhhh agora sim hahahaha Lembro dessa série, era um clássico da Cultura!!

  • Isabelle Pedroso

    Que lista incrível !!
    Só adicionaria também “Tal mãe, Tal filha” (GIlmore Girls <3) e Veronica Mars que passavam nas madrugadas do SBT!

    Também tinha uma série, acho que passava no band ou record, O Mundo Perdido.. uma galera que caiu de avião em uma ilha… é bem antiga, alguém lembra dessa ??

    • Eu já vi episódios de Gilmore Girls em algum canal brasileiro, mas foi recente… Assisti a série toda na versão original mesmo, porque só conheci quando já tinha acabado

    • Karine

      Eu amo a tradução que deram para Gilmore Girls e foi na SBT que tive meu primeiro contato com a série!!

  • Maria Leonor

    Castelo Rá-Tim-Bum, One Tree Hill, Supernatural e Chaves <3 Nossa, lembro que quando eu era pirralha, eu morria de medo do Dr. Abobrinha, do Castelo Rá-Tim-Bum, kkkkk E ver One Tree Hill, Smallville(COMO ASSIM, VCS ESQUECERAM DE COLOCAR SMALLVILLE E SANDY E JUNIOR ?!) e Chaves todo fim de semana antes do almoço era quase lei u.u E vou nem falar de Supernatural, pq a primeira vez que eu assisti, foi quando passou o episódio de Yellow Fever em uma semana de ano-novo(se não me engano) e foi quando virei uma hunter á primeira vista <3

    FRIENDS nem tenho o que comentar, porque comecei a ver recentemente(vai ter treta se a Netflix tirar FRIENDS do catálogo u.u) e já tou na metade da segunda temporada *-*

    • Smallville e One Tree Hill eu só assisti depois de descobrir a Internet, mas lembro das propaganda do SBT falando sobre “lances da vida”

  • Laís Rangel

    Engraçado que eu sempre considerei “Popular” a primeira série que eu assisti, mas nesse especial percebi que já assistia a outras séries muito antes ahahaha além dessas e de algumas que o pessoal lembrou nos comentários, não perdia nenhum episódio de Caça Talentos xD

  • Anderson Luis

    Nossa, que saudades desse tempo! Assitia tudo que você citou mas só Friends que não curtia muito e via bem esporadicamente. SBT praticamente me iniciou no mundo das séries com OTH mas só na ordem pela Fox.
    Outras que assistia e não foi citadas foram Confissões de Adolescente, Galera (quem lembra? Era da Cultura!), Sandy e Junior ( ainda assisto no Viva), Blossom (minha irmã amava), Gênio do Barulho e Sabrina: aprendiz de feiticeira ( assistia essa e Pokémon no programa da Eliana kkk)
    PS: Não sei porque mas morria de medo quando passava a propaganda de Oz no SBT kkkkkkkkkkkkk

    • Eu assistia Sandy e Junior também! E a da Angélica, que ela era a fada bela…

      • Anderson Luis

        Caça-Talentos <3
        Não perdia um episódio quando era pequeno. E Bambuluá? <3
        Meu sonho é o Viva reprisa-la!

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

2 semanas atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Guia da Trilha Sonora: Scream – Season 1

2 semanas atráscomentarios

Entre os poucos pontos positivos que posso destacar em Scream, a trilha sonora fica em primeiríssimo lugar (talvez porque seja da MTV). Misturando canções atuais, dançantes e tristes, que fazem parte da vida dos jovens de Lakewood, a série soube utilizá-las para compor a história e os personagens. Assim, nada melhor do que ouvir as músicas da primeira temporada, agora disponível em uma playlist na nossa conta do Spotify!

Leia o post completo

House of Cards e a Política Brasileira

3 semanas atráscomentarios

Primeiramente, #foratemer. E se você ainda não conferiu a última temporada de House of Cards, não se preocupe, esse texto não contém spoilers, – apenas reflexões. Pra gostar de House of Cards você precisa torcer pelos Underwood. Claro, a gente sabe o quanto eles são escrotos, mas é ficção, certo? Não tem problema torcer pelos vilões. Ou pelo menos era o que pensávamos em 2013, quando a série estreou. Mas de lá pra cá a política mundial virou de ponta à cabeça. Os Estados Unidos elegeram Trump e nós tivemos Temer enfiado goela abaixo. Isso sem contar os acontecimentos dignos da ficção, como a morte de Teori Zavascki, a delação do Joesley e os testes nucleares da Coréia do Norte. […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter