E se? Realidade alternativa nas séries

28 de outubro de 2014 Por:

Quantas vezes a nossa vida caminha pra longe do que gostaríamos e nos perguntamos como foi que tudo chegou naquele ponto… Involuntariamente, somos tentados a pensar: o que aconteceria se eu não tivesse feito isso? Ou se tivesse optado aquilo? Na vida real, tudo fica no pensamento e na imaginação da gente. No mundo das séries, várias aproveitaram o “E se” pra construir episódios de realidade alternativa. Quer saber quais são? Confira nossa lista:

 

90210 – 5×11 We’re Not in Kansas Anymore

90210-s05e11

Depois de levar um tiro por tentar ajudar Liam, Annie vai para o hospital e sonha com uma realidade alternativa em que ela nunca saiu do Kansas para Beverly Hills. Pra quem conseguiu resistir aos autos e baixos de 90210, o episódio foi uma delicia pra relembrar alguns plots do passado: Adriana e seus problemas com drogas, Dixon se achando e sendo esnobe, Silver uma bitch, Naomi pobre, Teddy com medo de assumir que é gay, Liam mauricinho morando com o padrasto. Ao longo das temporadas Annie perdeu muito espaço na série (muito talvez pela falta de carisma da atriz que a interpreta), mas eu me diverti com a conclusão de que Annie foi importante na vida de todos os amigos de BH.

por Andrezza

One Tree Hill – 4×10 Songs to Love and Die By

lucas-keith

Depois que sofre um enfarto, Lucas entra em uma realidade alternativa, onde seu tio Keith ainda é vivo e, por isso, pode lhe dar conselhos. Nesse universo, Lucas era egoísta e não fez parte da vida de nenhum de seus amigos. O Lucas do mundo real acredita que aquilo não afetou ninguém, mas Keith mostra a ele exatamente o contrário. Peyton teria morrido no tiroteio na escola e Brooke não teria conseguido conviver com a culpa de ter abandonado a amiga neste momento. Nathan teria se tornado uma pessoa amargurada, já que ele e Haley nunca teriam se reconciliado e ela ainda estaria em turnê com Chris Keller. Foi pelos acontecimentos desse universo alternativo que Lucas percebeu que cada pessoa causa impactos na vida daqueles que a cercam. Para o bem ou para o mal.

por Renata

Charmed – 5×12 Centennial Charmed

centennial charmed

O roteiro de Charmed não poderia ser mais elaborado quando o assunto é realidade alternativa. Cole, apesar de indestrutível, não está feliz pois não tem o grande amor da sua vida ao seu lado. Para resgatar o seu romance com Phoebe, ele retorna no tempo e constrói uma realidade alternativa – onde, após a morte de Prue, o Poder das Três não foi reativado com o aparecimento da quarta irmã, Paige. O que ele não sabe é que durante a mudança, Paige em sua realidade como bruxa, vai parar na alternativa com ele por engano. Na realidade alternativa do episódio, enquanto Piper e Leo estão divorciados e sem filhos, Phoebe mora com o Cole (metade humano, metade Belthazor) na mansão e Paige – acredite se quiser! – está morta; a verdadeira Paige luta para reconquistar a confiança de suas irmãs e cunhado para destruir de vez Cole/Belthazor.

por Júlia

Grey’s Anatomy – 8×13 If/Then

Meredith coloca Zola na cama e adormece. Ela então começa a se perguntar o que aconteceria se sua mãe nunca tivesse tido Alzheimer e ela tivesse tido pais amorosos e todo o apoio. Foi uma realidade muito diferente em termos de visual: hospital, scrubs e personagens. Nas personalidades, tudo parecia estar fora do lugar: Meredith noiva de Alex, Derek casado com Addison, Yang isolada, Lexie drogada, Bailey insegura, Owen e Callie com 3 filhos. Vários acontecimentos marcaram o episódio, incluindo a menção aos ex-integrantes da série Burke, Izzie e George. E como disse a narração da protagonista: “Sua vida é uma bênção. Aceite isso. Não importa se é ferrada ou sofrida. Algumas coisas vão se desenrolar como se fosse o destino…” Estava escrito que os Shepherds não são perfeitos no amor, Addison engravidou de Mark, Callie ama Arizona, Yang é “a pessoa” da Mer, Alex é mulherengo e sensível, Bailey é durona,  Yang é o porto seguro de Owen, Ellis Grey é uma bitch, Richard é um fofo, Meredith e Derek foram feitos um pro outro.

por Andrezza

NCIS – 9×14 Life before his eyes

NCIS-gibbs-and-mike_

Gibbs é um homem fechado e que carrega consigo muita culpa, sabe aqueles pensamentos “se eu tivesse feito diferente”? No 200º episódio de NCIS, Gibbs pode ver sua vida diferente se tivesse agido diferente no seu passado. Ao passar na lanchonete para tomar seu café, como é sua rotina todos os dias, alguém aponta uma arma para ele e atira. Com a bala no ar, vemos várias cenas e frases da vida de NCIS passarem rápido pela cena e então tudo muda, todos estão na lanchonete e os fãs da série são presenteados com a volta de muitos personagens que já passaram na série, Mike, Katie… Muitos personagens importante e já mortos estão ali, vemos um mundo alternativo na cabeça do Gibbs. Mike fala para ele logo no início: “As pessoas querem entender as escolhas que você fez. Estão te dando uma chance de ver o que você fez”. Então os dois conduzem ao mundo do E se. E se Gibbs tivesse tomado outras decisões durante sua vida?

por Camila

Comunnity – 3×04 Remedial Chaos Theory

3x04-Remedial-Chaos-Theory-community-

Community adora uma realidade alternativa. Este tipo de plot já aparecereu muito durante a série, especialmente na terceira temporada, com o episódio Remedial Chaos Theory. O episódio, que nós já citamos no post dos melhores episódios da série, é excelente. As diversas linhas do tempo paralelas formaram uma história divertidíssima, que teve continuidade durante toda a temporada. Community é uma série que sabe brincar bem com as possibilidades, criando várias histórias paralelas que são divertidas e engraçadas, só provando que a série é uma ótima comédia.

por Keyla

The O.C. – 4×07 The Chrismukk-huh

oc-ryan

O principal ponto de partida de The O.C. foi a adoção do Ryan pelos Cohen. E se isso não tivesse acontecido? É assim que começa o “The Chrismukk-huh?”, episódio que não só é realidade alternativa, como é especial Chrismukkah, feriado favorito do Seth Cohen. Sem Ryan, os Cohen são uma família totalmente errada, Seth é um nerd isolado do mundo e nutr uma paixão platônica pela Summer, Sandy um fanfarrão casado com Julie e Kirsten só quer saber de trabalho. Summer é completamente bitolada e está noiva do Che, que por sua vez é amante de Julie. E a grande questão do episódio é se Marissa estaria viva ou não. Ryan eventualmente descobre, na realidade alternativa, ela morreu em Tijuana, sozinha, largada em um beco. A chegada de Ryan fez a Marissa viver mais, os Cohen se unirem e fez Orange County ser bem mais divertido.

por Joanna

Friends – 6×15/16 – The One That Could Have Been

6x15-16 - The One That Could Have Been - friends

“É claro que a principal comédia entre os Apaixonados por Séries também teria sua brincadeira com realidades paralelas. E se a Monica nunca tivesse emagrecido? E a Rachel não tivesse fugido em seu casamento? O Joey ainda estivesse em “Days of Our Lifes”? E a Phoebe tivesse ido trabalhar em Wall Street? Por aí vai, mas o que importa é que foi esse o pontapé inicial para o ” 6×15/16 – The One That Could Have Been”, um dos episódios mais memoráveis da trajetória da Friends. Todos os plots envolvendo os seis amigos foram hilários ao máximo, sendo que conseguiram aproveitar muito bem a oportunidade oferecida por esse formato diferenciado. Com certeza este é um episódio inesquecível para qualquer um que o assistiu”

 por Douglas

Awkward – 2×11 Once Upon a Blog

Jenna estava infeliz com os rumos de sua vida. Refugiada em casa, começou a escrever uma paródia de Crepúsculo em seu blog. A ficção desagradou a galera que acompanha a história e Jenna decidiu pensar como seria refazer seus passos e tentar acertar sua vida corrigindo os erros do passado. Na primeira realidade alternativa, a moça desiste de transar com Matt no acampamento e eles acabam namorando publicamente. A versão bitch de Jenna foi assustadora, Ashley Rickards incorporou perfeitamente a personagem. Como seria se Jenna contasse sobre o romance com Matt antes do primeiro beijo com Jake? Essa foi a segunda realidade e me surpreendeu mais ainda porque a garota teve coragem de inventar uma gravidez. A última opção seria não ir ao acampamento e não conhecer nenhum deles, o que culminou num romance entre os dois e criou uma nova possibilidade: #TeamJatty! No final, Jenna descobriu coisas importantes sobre si mesma e elaborou um discurso muito bacana de que “não fazia sentido querer voltar atrás, porque, às vezes, pode ser pior que a realidade” …

por Andrezza


Encerramos o post com Awkward porque Jenna, apesar de todos os seus tropeços, teve uma conclusão muito sensata diante de sua vontade de conduzir a vida por novos rumos.  E você, o que acha?

Mineira apaixonada por séries policiais, dramas jurídicos e séries teen de qualidade (Saudades, Greek!).

Belo Horizonte - MG

Série Favorita: Grey´s Anatomy

Não assiste de jeito nenhum: House

  • Keila

    Amo esse episódio de NCIS, esse de Community tb é ótimo. Eu gosto muito dessa brincadeira com o ”E Se” nas séries e quase sempre rendem ótimos episódios.

    Parabéns Dezza pela ideia e pelo post como sempre muito legal.

  • Muito boa a ideia da matéria, assim como o resultado final. Apenas acho que faltou o episódio “If…” (6×11) de “Desperate Housewives” que é muito bom!

  • Lucas

    Adorei o posto. Gosto muito desse tipo de episódio.

    Só lembrando, One Tree Hill tem outro episódio que se passa em uma realidade alternativa (Lifetime Piling Up). Lá na segunda temporada, quando o Nathan sofre um acidente na pista de corrida, ele sonha com uma Tree Hill onde Dan resolveu criar o Lucas, ao invés dele.

  • Su

    Excelente lista! Outro muito bom para acrescentar seria o 2×15 de Switched at Birth em que o John sonha com uma realidade alternativa em que a troca é descoberta quando as meninas ainda têm 3 anos e vemos como é a vida de todos no presente.

    Saudades de One Tree Hill!! Sempre tinha episódios especiais fantásticos 🙂

O que você precisa saber de Jessica Jones antes de Defensores

5 dias atráscomentarios

A primeira série da Marvel protagonizada por uma mulher começa quando os pais de Hope Shottman (Erin Moriarty) pedem a ajuda de Jessica Jones (Krysten Ritter) para investigar o paradeiro da filha, e ela então descobre que o sequestrador da moça é ninguém mais ninguém menos que Killgrave (David Tennant): aquele que a traumatizou através de um relacionamento abusivo. A moça não é então a típica heroína a qual estamos acostumados, e algumas vezes até chegamos a duvidar se podemos chama-la assim. Por ter um passado marcado pelo abuso sua personalidade se torna um tanto ácida e sombria, além de deixar para a personagem um descontrole no consumo de álcool e a ideia de que desistir é a melhor saída, e […]

Leia o post completo

O que você precisa saber de Demolidor antes de Defensores

6 dias atráscomentarios

Com o sucesso do universo cinematográfico desenvolvido pela Marvel nos cinemas, um dos personagens mais interessantes e queridos dos fãs de quadrinhos foi ansiosamente aguardado para voltar a fazer parte do mesmo mundo. Homem-Aranha? Não, na verdade Demolidor. Após a Fox deixar os direitos de uso do personagem retornar para a casa das ideias, Marvel e Netflix fecharam uma parceria para desenvolver diversas séries de heróis. Demolidor abre essa parceria com maestria, trazendo uma série obscura, e violenta, diferente do que o personagem já viveu nas telas até então (abraço Ben Affleck!) Charlie Cox (Broadwalk Empire), dá vida a Matt Murdock, sofrido e realista. A série apresenta ele como advogado com o escritório associado em Hell’s Kitchen, e em seguida suas […]

Leia o post completo

Com pais como estes, hoje é um dia para esquecer

7 dias atráscomentarios

Existe um ditado que diz que a vida imita a arte (ou vice-versa) e isso sempre se mostra realidade quando comparamos as séries que assistimos à vida real. Claro que ainda não descobrimos um universo paralelo, uma cabine telefônica que nos transporte por aí ou que alienígenas têm planos de conquistar a Terra, mas muitas vezes a realidade é espelhada nos roteiros das histórias que mais amamos. House of Cards está aí para comprovar essa teoria, se compararmos os acontecimentos aos fatos que vemos nos noticiários todos os dias. Com os pais não poderia ser diferente. Existem pais que assumem o papel integral da criação da criança, pais que são os melhores amigos dos filhos, filhos que têm dois pais, pais de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter