When Calls The Heart

When Calls The Heart é mais uma produção da Hallmark Channel que possui 4 temporadas já…

Primeiras Impressões: Justiceiro

Quem assitiu a 2ª temporada de Demolidor já conhece um pouco do Justiceiro, ou Frank Castle.…

Game of Thrones – 7×06 Beyond the Wall

Por: em 21 de agosto de 2017

Game of Thrones – 7×06 Beyond the Wall

Por: em

Só mesmo Game of Thrones para conseguir entregar um episódio tão bom, mesmo que tão cheio de furos e inconsistências.  A gente pode até torcer o nariz para muita coisa ali no meio, mas isso não diminui em nada a tensão, o desespero e a perplexidade que Beyond the Wall causou, então dá pra dizer que missão foi cumprida com louvor.

Divulgação HBO

O episódio foi ao ar cercado de polêmicas. A HBO Espanha o exibiu antecipadamente no início da semana – o que nada teve a ver com os ataques de hackers recentes – e quem preferiu assistir apenas durante a transmissão para o resto do mundo, teve um certo trabalho para se livrar dos spoilers que inundaram a internet desde então.

Juntar aquele pequeno grupo para ir atrás de um exército de milhares de mortos foi a pior ideia da história de Westeros, mas rendeu interações maravilhosas. O acerto de contas de Gendry com a Irmandade, a inusitada camaradagem entre Tormund e Sandor, a troca de figurinhas dos ressuscitados pelo Senhor da Luz – com direito a uma lembrança de Jon do seu juramento, percebendo que saiu da Patrulha, mas continua sendo um pouquinho Corvo, e a identificação dele com Jorah, relembrando o saudoso Lorde Comandante Jeor Mormont.

A série estava precisando desesperadamente de um respiro, de diálogos com mais de cinco palavras para resolver alguma coisa, e isso foi bem aproveitado tanto nas conversas do esquadrão Além da Muralha, quanto em Winterfell, nas lembranças e nos embates entre Arya e Sansa. Percebe-se que, por mais que tenha se tornado uma excelente lutadora e astuta para ganhar vantagens sobre os inimigos em batalhas, Arya continua extremamente ingênua sobre as articulações políticas em que está caindo.

Divulgação HBO

Sansa, por sua vez, mostra que sabe sobreviver a qualquer coisa por fazer a melhor leitura da situação ao seu redor. Ela entende as fragilidades políticas a que está exposta com aquela carta. Entende que o tal “O Norte se lembra” pode ser uma afirmação meio controversa. Entende que não adianta partir para um embate direto com Arya, e que precisa contornar todos aqueles conflitos ao mesmo tempo. Neste momento, Sansa é, de longe, a personagem mais sensata da série, e certamente vai conseguir desvendar os planos de Petyr antes de ser derrubada.

E digo que Sansa é a personagem mais sensata da série porque Tyrion se perdeu nas suas boas intenções, e não consegue ter nenhuma ideia decente para ajudar sua rainha. Daenerys o respeita, mas já não leva tanto em consideração o que ele diz – pudera, depois de perder Dorne e High Garden. Falar de sucessão naquele momento demonstra uma tremenda falta de tato, para dizer o mínimo. E também não pegou nada bem ele dar a ideia de enviar homens para buscar uma prova da existência dos White Walkers, mas quando as coisas complicaram, sugerir que ela os traísse e os abandonasse para morrer. Ainda mais sabendo que Jorah estava ali no meio.

As sequências do ataque do exército dos mortos foram bem executadas e cumpriram bem a missão de deixar todo mundo suando frio, beeem frio. Só aquele urso zumbi já foi suficiente para fazer meu coração saltar pela boca, ainda mais ao ver Sandor paralisado de pavor (mais do fogo que do urso zumbi, aliás). Vê-los completamente cercados, lutando em ampla desvantagem e quase perdendo Tormund foi como reviver dois grandes momentos da série: Hardhome e Battle of Bastards. O desenho das cenas teve elementos semelhantes a ambas, mas não chegou a ser tão icônico quanto o das anteriores.

Divulgação HBO

Ver os dragões em ação é sempre um show à parte, ainda mais quando eles aparecem no momento ideal para salvar nossos personagens favoritos, né? Mas a morte de Viserion foi um dos momentos mais dolorosos da série. Já era triste ver a morte dos lobos gigantes, mas perder um dragão foi infinitamente pior. A cena em que ele cai, se esvaindo em sangue, e afunda no gelo não vai sair da minha cabeça nunca. Pior que isso, só mesmo vê-lo voltando no fim do episódio, como servo do Rei da Noite. Um desfalque imensurável para Daenerys.

Mesmo depois de perder um dos seus filhos, Daenerys pareceu muito mais preocupada com Jon Snow. Não aceitou suas desculpas pela morte do dragão porque se responsabilizou por ela. Por não ter acreditado antes. Viu suas cicatrizes e percebeu sobre o que Davos estava falando quando mencionou a facada no coração. Jon, por sua vez, a aceitou como rainha ao ver a coragem e o sacrifício de Daenerys por eles. Os dois estão obviamente apaixonados, e por mais que eu tenha mil ressalvas à forma como isso foi desenvolvido até aqui, espero que essa união vá conta o senso comum de que amor é uma fraqueza e fortaleça ambos.

Por mais que tenha sido um episódio memorável, muitas inconsistências e momentos estranhos cercaram o episódio. Em primeiro lugar: Jon foi até Dragonstone atrás do vidro de dragão, uma das únicas formas de exterminar o inimigo. Como é que, além de levar só meia dúzia de camaradas, ele não levou nenhuma lasca de vidro de dragão? Pior que isso, só o Rei da Noite, que tinha um dragão parado, sentadinho no gelo e cheio de gente em cima, mas resolveu tentar a sorte atirando no que estava em movimento e a vários metros do chão. Isso é que é gostar de desafios! Aliás, de onde eles tiraram aquelas correntes gigantes? E como aqueles esqueletinhos furados conseguiram mergulhar para amarra-las no dragão?

Divulgação HBO

A cronologia da série já estava causando certa estranheza, mas os rápidos deslocamentos poderiam ser explicados porque nunca tinha ficado explícito quanto tempo se passava entre uma cena e outra. Poderiam ser horas, ou meses. Mas agora eles chutaram o pau da barraca, fazendo Gendry voltar correndo a Eastwatch, enviar um corvo e Daenerys voar (sem GPS) pro Norte em menos de 24 horas. E, segundo Sansa, Jon está apenas a algumas semanas fora de Winterfell. Não tem desculpa pra isso, Game of Thrones realmente abraçou seu lado novela da Glória Perez e é isso aí.

Algumas observações:

– Dos personagens com nome, só o Thoros de Myr dançou na missão suicida. Se saíram muito bem, nem parece Game of Thrones.

– Repararam que a sucessão foi mencionada em três momentos? Uma diálogo de Dany e Tyrion, outra no de Jon e Jorah, sobre a Garralonga, e a outra no de Dany e Jon, sobre os dragões serem os seus únicos filhos possíveis. Curioso.

– Viserion já era, o Rei da Noite está mais forte que nunca, e eu tenho certeza de que Cersei não vai mover uma palha pra ajudar ninguém, porque até os mortos chegarem no Sul na velocidade que andam, já vai ser verão de novo. Ou seja, tudo em vão.

– Aquele saquinho de máscaras de borracha da Arya era pra ser assustador? Porque eu achei bem engraçado.

– Benjen passou anos no limbo entre vivos e mortos, mas cumpriu sua missão ajudando Bran e agora Jon. Bom trabalho, Cold Hands!

– Quem convidou Sansa para King’s Landing?

Agora só resta um episódio. Será que a season finale vai trazer grandes surpresas? Será que vai vazar antes da hora? O que achou de Beyond the Wall? Deixe seu comentário e até a próxima (e última) review!


Laís Rangel

Jornalistatriz, viajante, feminista e apaixonada por séries, pole dance e musicais.

Rio de Janeiro / RJ

Série Favorita: Homeland

Não assiste de jeito nenhum: Two and a Half Men

  • Vitner Santos

    Mesmo cheio de furos e deus ex machina o episódio foi fantástico

    • Laís Rangel

      Incrível como eles conseguem, né?

    • Laerte Neto

      Gente, como teve Deus Ex Machina nesse episódio e no episódio 4 também!
      Eu nunca tinha visto isso em GOT, mas nessa temporada tá fods!

  • Leandro

    Parte 1

    Oi, Laís!

    O penúltimo episódio e eu aguentei a expectativa de ver aquele maravilhoso Esquadrão
    Suicida de Westeros formado por causa da ideia de jerico de virarem caça-White
    Walkers.
    Pior é que só na quinta me ocorreu que os White Walkers estão naquele slow motion
    estilo sleestaks “correndo” atrás de “Marshall, Will and Holly on a routine
    expedition…”:
    https://www.youtube.com/watch?v=HqxFylggH3U

    Bahhh… não me lembrava que o ritmo da música era o country! O que tem a ver country com
    um seriado no qual os personagens se perdem numa terra com dinossauros e
    lagartos humanoides? Kkkk Pra quem não é tiozão anos 70/80 e não sabe quem são
    os sleestaks… olhem! São esses lagartos humanos toscos num seriado classe Z cheio
    de “defeitos” especiais:
    https://www.youtube.com/watch?v=XZW14UJRFrk

    Eles “corriam” nessa “velooocidaaadeeee” e sempre conseguiam pegar “Marshall, Will
    and Holly on a routine expedition…”! Momento nostalgia do tiozão aqui!

    Voltando aos White Walkers… só na quinta me ocorreu que eles estão se arrastando
    porque eles precisam de algo para passar pela Muralha e o Esquadrão Suicida irá
    proporcionar isso a eles! kkk “Baita ideia”! Talvez levar um zumbi para o outro
    lado da Muralha quebre o feitiço que impede que eles cruzem. Afinal! O Tio
    Benjen morto-vivo disse que não podia cruzar a Muralha. É provável que o Rei da
    Noite tenha algum tipo de clarividência e aguarde por isso. Lembrando que o
    morto-vivo da 1ª temporada que o Jon enfrentou, entrou na Muralha, mas não a
    cruzou. Seria algo no estilo vampiro… uma vez convidado a entrar na sua
    casa…
    Bom…estou falando isso antes de olhar o episódio e ter resistido bravamente a olhar
    o episódio que vazou! Vamos ver o que nos aguarda a seguir!

    Já começo dizendo, Laís, que falaste tudo! “Só mesmo Game of Thrones para
    conseguir entregar um episódio tão bom, mesmo que tão cheio de furos e
    inconsistências.”

    Comecei me mijando de rir com a conversa no Esquadrão Suicida… não tem mulher em um
    raio de 150 km. E o Tormund olhando com uma cara de safado para o Gendry: temos
    de nos virar com que temos! kkk Aí o Gendry se afasta com cara de medo. Legal o
    Tormund, logo ele, dizendo que o Mance Rayder não quis se ajoelhar e o orgulho
    dele custou sabe-se lá quantas vidas do povo dele. Ótimas conversas entre eles
    com o Cão de Caça dando nos dedos do Gendry pela sessão resmungão dele! Outra
    coisa que só me ocorreu agora na conversa do Jorah com o Jon sobre os seus pais
    é que o Jorah foi praticamente esfolado vivo para ser curado da escamagris.
    Lembrei daquela velhinha empregada que foi esfolada pelo Ramsay e mesmo assim
    não entregou quem iria ajudá-la a libertar a Sansa e a frase do próprio Ramsay
    admiriado: Resistiu à dor sem falar! Hnf… mulher do norte! Homem do norte
    vale para o Jorah também. Imaginem se fosse o Theon “ArreGreyjoy”!?!

    Continua…

    • hahahahah genial!

    • Laís Rangel

      Leandro, eu tô é morta aqui de rir desses vídeos. Pior é que parece exatamente isso, só que com uns efeitos especiais mais desenvolvidos xD
      Faz sentido isso de precisar entrar alguém para eles passarem da Muralha. Eu até imaginei que poderia ser o Bran a quebrar essa proteção, já que ele foi tocado pelo Rei da Noite, mas provavelmente o que protege a Muralha é algo diferente. Ou seja, cada vez essa ideia de ir buscar uma “amostra grátis” do apocalipse fica pior!
      Eu amei todos os diálogos do Squad do Jon. GoT tem um elenco maravilhoso e quando juntam aquela quantidade de atores incríveis (mesmo que tenha o Kit ali no meio) não tem como não sair algo genial!

      • Leandro

        kkkk O Elo perdido, na verdade, tinha “defeitos” especiais!
        Sim, todos os diálogos deles foram ótimos, mesmo com o Kit no meio! Aquele grupo de atores é à prova de canastrice!

  • Leandro

    Parte 2

    E aí vai para parte da Arya jogando na cara o quão fútil era a Sansa e falando sobre
    o pai das duas, quando ela fala abertamente que a Sansa “ajudou” os Lannister a
    matar o Ned. E depois destilou todas as suas mágoas contra a Sansa, sendo um
    bocado injusta com ela, dizendo que nunca trairia sua família como a Sansa fez,
    sendo que a Sansa só fez o que fez para sobreviver. Nunca imaginei sentir um
    pouco de raiva da Arya por ela ser tão tapada e xingar a Sansa, que, provando
    como amadureceu e que, como disseste Laís, tornou-se a personagem mais sensata
    da série, ao contrário da Arya, disse que Cersei ficaria muito feliz de ver as
    duas brigando. Acho que a única parte legal da tremenda injustiça que a Arya
    fez com a Sansa foi ver ela dizendo: o que a pequena Lyanna Mormont, mais nova
    do que tu, quando escreveste a carta, diria… nem quero imaginar que a
    pirralha mais “bad ass” de Westeros faria! kkkk

    E voltamos para as conversas para lá da muralha. A melhor de todas foi a do
    Tormund com o Cão de Caça, principalmente na parte da Brienne e os monstrinhos
    que o Tormund quer ter com ela! kkk

    Ótima também a conversa da Dany com o Tyrion… gosto de ti porque não és um herói! Heróis
    fazem coisas estúpidas e morrem! Bom… o Tyrion tem feito várias coisas
    estúpidas ultimamente! Aí o Tyrion comenta… todos os heróis que citaste se
    apaixonaram por você, chegando no love mal construído e empurrado goela abaixo
    de todos nós. Não sou contra haver esse love, mas de novo retorno ao ponto de
    terem enchido tanta linguiça em outras temporadas e agora estão correndo com
    tudo, incluindo as ótimas conversas do Esquadrão Suicida que tem de ser
    aceleradas… Ahhh… e só a Dany não notou que o Jon está na dela! Pois, sim!
    Só porque ele não se ajoelhou perante ela? Bom… dê o pezinho para ele beijar
    que tenho certeza de que ele se ajoelha, rasteja, pede para ela jogá-lo na
    parede e chamá-lo de lagartixa, ou melhor, Cão de Caça, ou melhor ainda Lobo do
    Norte… Uiva! Auuuuuu! Depois a conversa que se seguiu foi muito boa… que
    guerra foi ganha sem trapaça e matança, diz a Dany. E aí o Tyrion toca no ponto
    da hipocrisia dela ser a “quebradora de correntes”, governando pelo medo que
    nem seus antecessores. Aí ele cita novamente os Tarlys e depois fala da
    sucessão dela, deixando-a cabreira por parecer que deseja a morte dela. Aí ela
    jogou na cara dele que ele perdeu Dorne e Jardim de Cima e encerrou a discussão
    com… só pensaremos no meu sucessor após eu usar a coroa! Kkk

    Aí voltamos para além da Muralha… ahhh… lembrei de comentar uma coisa. Eu tenho uma
    teoria sobre o que se tornam aqueles bebês levados como oferenda ao Rei da
    Noite. Para mim, eles são aqueles generais dos White Walkers. Afinal, para que
    serviriam bebês zumbis. Lembrando que os generais levam os bebês a uma espécie
    de conselho White Walker. Será que essa ponta solta será fechada? Ou vai ser daquelas do tipo…
    nunca saberemos?

    Mas que azar! De cara já enfrentar um urso zumbi! E ainda no meio de uma nevasca na
    qual não se enxergava um palmo na frente do nariz! Isso, por si, já mostra o
    tamanho da encrenca em que eles se meteram e a tremenda ideia imbecil que
    tiveram. O galho é que, com a nevasca, fica difícil ver quem é quem na batalha.
    Só vi que o Sandor teve de ficar cara a cara com o seu medo de fogo, de novo. E
    ninguém importante morreu na primeira leva. Achei até que o Thoros iria pro
    beleléu, mas ele usou o poder da birita pra se curar. Aliás… o Thoros sabe o
    milagre da multiplicação da birita, porque a vodca daquele cantil nunca acaba!
    kkk Bem que eles podiam esperar o companheiro morto “ressuscitar” e levá-lo pra
    rainha boa e pra rainha má!

    Continua…

    • Valéria

      Eu tava pensando sobre o lance de quebrar a roda. Dany não vai quebrar a roda deixando de ser Rainha ou de fazer algo violento.. Fiquei matutando sobre como ela pode quebrar a roda e cheguei a conclusão que pode ser pelo fato dela não ter filhos e ser estéril.. a sucessão poderá ser de outra forma depois dela.. Porque, pensa comigo: quebrar a roda é quebrar e mudar as regras do sistema.. se não teremos mais uma monarquia hereditária temos aí nova configuração social..

      • Laís Rangel

        Mas então porque será que ela ficou tão incomodada quando o Tyrion tocou nesse assunto? Será que se isso fosse uma bandeira assim tão importante para ela, ela não trataria com mais naturalidade ou já teria mencionado algo sobre isso? Eu estou realmente tentando entender qual é o plano da Daenerys para ser tão diferente dos outros, porque até agora só foi mais do mesmo – só que com dragões.

        • Leandro

          Tem outro detalhe, Valéria e Laís!
          Os nossos “digníssimos” sempre se elegem dizendo que vão mudar o modo tradicional de fazer “política”, mas depois fazem mais do mesmo, roubando, corrompendo e sendo corrompidos e ainda tem a cara de pau de dizer que é assim que as coisas funcionam. Então, o discurso da Dany é um bem hipócrita. Não que ela não seja melhor que a grande maioria dos que governaram/governam Westeros. Maquiavel dizia que os fins justificam os meios… não parece com o roubo mais faço brasileiro?

          • Valéria

            Laís, eu ainda estou pensando sobre esse tema. Agora, o que consigo ver é que Dany não sabe ainda como lidar com a sucessão. O fato dela ficar tão incomodada é um indício de que ela não tem nada definido ou está fazendo/pensando em mudanças.. até porque pra uma mulher desse período histórico, o fato de não poder ter filhos incomoda muito, porque é pelos filhos que eles (as) se perpetuam.. Dany tem um senso de justiça que foi sendo aperfeiçoado e construído muito pelo fato dela ser mulher e ter passado por tudo que passou (ser estuprada e relegada). Por isso, na minha visão e com as poucas informações que lembro, vejo ela fazendo esse tipo de mudança.. quebrar a roda não é mudar a vida de todo mundo pra melhor de um dia pra outro, mas mudar as regras do jogo.. o que não quer dizer que depois dela tudo será mil maravilhas.. outra coisa: todos que estão juntos dela tem aquele discurso de que ela foi a escolhida..
            mas como te disse.. ainda estou pensando no assunto..

    • Laís Rangel

      Você tem toda razão sobre os filhos do Craster. Bebês zumbis não seriam nada úteis, só esquisitos mesmo, que nem o Gage de Cemitério Maldito ou um que apareceu no piloto de Z Nation. Ou seja, a galera tem que focar nos irmãos da Gilly pra desmantelar o resto do exército.
      Se o Beric já está com sete vidas, imagina quantas vezes o Thoros nao ressuscitou aquele cantil, heim? ahahahaha

  • Leandro

    Parte 3

    E o Mindinho manipulando de novo e parece que a Sansa cairá na conversa dele. Pelo
    visto, tentará jogar a Brienne contra a Arya.

    Voltando além da Muralha, o grupo encontra alguns White Walkers separados… hmmm…
    muito conveniente para poderem levar “com sucesso” um deles ao outro lado da Muralha.
    “Interessante” que o Jon matou o general com sua espada de aço valiriano e
    todos menos um dos zumbis se despedaçaram. Ahhh… eles explicam depois que
    pode ter sido o que “transformou” os outros.
    Mas a melhor parte é que, na fuga, os zumbis viraram Velozes e Furiosos, de novo!
    kkk E “deu ruim” com eles cercados pelos White Walkers em um lago congelado. E
    o Gendry “Savitar” correndo para East Watch… só espero que não fique correndo
    mais 2 temporadas como ficou remando! Kkkk Acaba GOT e nós ficamos com o jogo “Onde
    está Gendry?” Mas ele chegou quase congelado na porta de Atalaialeste.
    E o Thoros foi a primeira baixa importante no Esquadrão Suicida. E o Beric querendo
    atacar direto o Rei da Noite… “ótima ideia” só que não! kkk Até parece que ia
    chegar perto com aquele monte de zumbi ao redor. Ainda acho que os White
    Walkers querem deixar que eles levem o zumbi capturado para o outro lado, mas
    sem que dê muito na vista.

    E a Sansa manda a Brienne no lugar dela para o encontro com a Cersei e a Dany.
    Claro que a Sansa iria preferir morrer a ficar cara a cara com a Cersei em
    Porto Real, mas porque enviar Brienne? Espero que não seja chegada a hora da
    morte da Brienne! Ahhh… me liguei! Talvez ela tenha ficado com receio após a
    conversa com o Mindinho sobre o que acontece com a promessa da Brienne se uma
    das duas ameaça a outra.

    Uau! E a Dany irá ajudar o Jon, levando os 3 dragões! Não esperava por isso! Achei
    uma baita sacanagem o Tyrion tentando convencê-la do contrário, quando foi ele
    que deu a ideia estúpida de pegar um White Walker!

    Que imbecil o Sandor provacando os White Walkers! kkk Na luta, pensei que o Tormund
    ia dançar, mas o Cão de Caça o salvou. Mas, escuta! O Jon foi lá pra
    Dragonstone só ficar babando pela Dany. Eles não iam fazer espadas e armas de
    pedra do dragão. Parece que só o Jon tem sua espada de aço valiriano, porque nenhuma
    das outras armas funciona. Quando tudo parecia estar perdido, vemos que os
    dragões da Dany ligaram o turbo e chegaram em tempo recorde ao norte depois da
    Muralha!

    E, com isso, vemos que, diferente do Qyburn, a tecnologia White Walker está muito
    mais avançada e o Rei da Noite tem uma lança capaz de matar dragões. E, além de
    tudo, ele parece ser imune ao fogo! Quando eles invadiram a caverna do Corvo de
    3 Olhos, ele também passou por cima do fogo sem se queimar! Será o dragão morto
    aquele que virará o dragão zumbi? Bom… talvez minha teoria esteja errada e será
    esse dragão que porá abaixo a Muralha. E quase que o Jorah cai do Drogon na
    fuga! kkkk

    Ainda falta uma parte…

    • Valéria

      mas o Rei da Noite já transformou Viserys em dragão morto que não morreu.. rsrsr

    • Laís Rangel

      Leandro, aquele convite para a Sansa me pareceu muito estranho, você não acha? Ela, assim como Tyrion, é procurada em King’s Landing por causa do assassinato do Joffrey. Se fosse para o tal encontro para mostrar o morto capturado, não precisaria dela, já que Jon é o rei “oficial-porém-extra-oficial” do Norte. Ou foi outra pessoa que enviou o convite, com um objetivo ainda desconhecido, ou tudo não passou de uma articulação para tirar Brienne de Winterfell mesmo.
      Eu achei que Tormund ia dançar ali mesmo, mas pelo visto Game of Thrones está de coração mole e resolveu nos poupar de despedidas dolorosas além da conta.
      O Rei da Noite deve ter um braço mecânico, pq não é possível ele conseguir lançar aquele troço com tanta força, tão longe. Olha só o estrago que a arma secreta fez no Drogon (só uma picadinha) comparado com a lambança que ele vez usando só a mão ahahah

      • Leandro

        Também achei um bocado estranho. Pode ser uma baita armação do Mindinho para matar a Sansa e jogar a culpa na Arya, atraindo todo o norte para ele, que tem negociado nos bastidores, sendo Mindinho como sempre… Caos é uma escada! kkkk
        E o “malagnífico” Corvo de 3 Olhos sem fazer nada! Hmmmm… me ocorreu algo agora… ele deu a faca para Arya e ela a deu para Sansa! Talvez ele, enfim, não tenha sido tão mala, assim! Seria lindo a Sansa esfaquear o Mindinho e dizer: “O Norte se lembra!”

    • Nickolas Girotto

      Agora lendo seu comentário, da pra pensar muita coisa sobre o convite da Sansa, pode ser coisa do mindinho, assim como a Sansa mandar a Brienne no lugar dela, pode ser o plano dela pra que não aconteça da Brienne e Arya se matarem.

  • Leandro

    Parte 4

    E vocês acreditam que Jon terá morrido mesmo, apesar de todos os prognósticos
    contra? Claro que não! Provando que Westeros também tem seu Highlander – em Homeland
    era o Peter Quinn! – ele consegue sair vivo da água congelante! Bom… ele deve
    ser mesmo o Azor Ahai! E eu já ia dizer que os White Walker fizeram o curso
    Daenerys Targaryen de não conferir se o inimigo sobreviveu ao afogamento,
    quando vi que estava enganado e o Jon estaria muito ferrado se não fosse o Tio
    Benjen zumbi aparecer pra salvar a pátria, de novo! E com isso, ele é mais um
    dos que se sacrificam! Será que morrendo pela 2ª vez sem ter As Crianças para
    ressuscitá-lo ele virará um Walking… ops! White Walker?

    E o Sandor levou o White Walker para esfregar na cara da Cersei – até parece que
    ela se importará, antes da água bater na bunda! – e o Jon voltou, “conveninentemente”,
    antes da Dany #Partiu! Aí tiram a roupa dele, “casualmente”, na presença da
    Dany para ela ver que as facadas que ele levou não eram lenda! Pra quem achava
    ele muito “pequeno” para ela, está bem preocupada!

    E eu cheguei a pensar que a Arya faria a asneira de matar a Sansa! Felizmente, não!
    Não entendi porque deu a faca a ela. Talvez esteja prevendo que o Mindinho
    possa tentar matar a Sansa e colocar a culpa na própria Arya. Por sinal, aquela
    face que a Sansa encontrou era do Walder Frey, não? A primeira eu não consegui
    identificar. Também achei um sarro o saquinho de “máscaras”, Laís! Pareciam
    aquelas máscaras vagabundex de latéx! kkk
    http://www.memrepresentacoes.com.br/resources/10_mg3118.jpg
    http://www.memrepresentacoes.com.br/resources/10_p1030174.jpg
    https://http2.mlstatic.com/mascaras-latex-ccapuz-de-malha-varios-modelos-D_NQ_NP_863015-MLB25127236336_102016-O.jpg

    Só faltou encontrar a máscara dos já citados sleestaks ali! kkk
    https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/0e/48/09/0e480980e5bb29a8d4d0f443fffbc24d.jpg

    E a conversa da Dany dizendo que ajudaria o Jon a enfrentar o Rei da Noite e ele
    que se ajoelharia para ela, pintando aquele clima e dessa vez não soando tão
    forçado. Só faltou ela dizer… prove que és um Homem do Norte e vamos ter uma
    tórrida tarde de amor, sem catuaba, nem Viagra, só que não!

    E finalizam com os White Walkers arrastando com correntes gigantes – De onde
    tiraram aquelas correntes? Deve ser do mesmo lugar aonde o tio Euron tirou sua
    frota de barcos! – o dragão morto. Interessante que precisou o Rei da Noite
    tocá-lo para ressuscitá-lo. Ao que tudo indica, o Rei da Noite teve um momento
    Chapolim… todos os meus movimentos são friamente – E põe FRIAMENTE nisso! –
    calculados! – e planejou tudo para ter o dragão de gelo que irá derrubar a
    Muralha. Boa, Tyrion! Mais outra “dentro”, já teve a perda de Dorne e do Jardim
    de Cima, tua nessa temporada com a ideia besta de pegar um White Walker!

    E semana que vem – Buáááá! – o último episódio da temporada! E será que a oitava
    só vai começar em setembro mesmo? Nossa Senhora “DesAparecida”!

    Ahhh… concordo em gênero, número e caso, Laís! Baixou Glória Perez em GOT! Como ela
    mesmo diz, quando criticam os momentos “Jumper” dela… Temos que voar! Eu
    diria… temos que teleportar! kkk

    Beijos à Laís e as demais meninas! Abraços à cuecada!

    Leandro

    • Laís Rangel

      Leandro do céu, acho que você desvendou o tal mistério sobre a sucessão que eles estavam falando. É óbvio que o Jon Snow teve filhos, netos, bisnetos e a linhagem dele chegou até os dias de hoje com o Peter Quinn. As semelhanças são assombrosas!
      Eu acho que a Arya deu a arma pra Sansa só como uma demostração de poder mesmo. Tipo deixando claro que ela não a matou ali porque ela não quis, e que não é uma adaga que vai impedi-la de fazer o que achar que deve.
      Gente, essas máscaras ahahaaha já tô imaginando a Arya usando a primeira pra se fingir de Rei da Noite e controlar o exército zumbi, depois usar a segunda pra fingir que é a Melisandre e enganar o Senhor da Luz pra trazer os mortos de volta, e, por fim, usar a terceira pra fingir que é o Vento Cinzento e matar os Lannisters como revanche pelo Casamento Vermelho.
      Até hoje tô tentando entender de onde saíram aquelas correntonas no meio de um deserto de gelo e pedras. Mas vamos voar, vamos voar. Quando o bicho abriu o olho azul, eu quis esfregar a cara do Tyrion no chapisco e perguntar se ele tava feliz agora ahahaha
      Muito obrigada pelos seus (sempre maravilhosos) comentários, Leandro! E até a próxima!

      • Leandro

        Obrigado pelos “maravilhosos” comentários!
        Abaixo, me ocorreu uma coisa sobre a Arya ter dado a faca… Só vou copiar, porque estou com pressa aqui no trabalho! kkkk
        “E o “malagnífico” Corvo de 3 Olhos sem fazer nada! Hmmmm… me ocorreu
        algo agora… ele deu a faca para Arya e ela a deu para Sansa! Talvez
        ele, enfim, não tenha sido tão mala, assim! Seria lindo a Sansa
        esfaquear o Mindinho e dizer: “O Norte se lembra!”

  • Um saco o plot da arya x Sansa. Tanta armação nessa série. Politicagem e treta, e essa é a mais estúpida de todas.

    Um plano de merda com resultado de merda.

    No Reddit já calcularam. Pra congelar o lago, o corvo ir da muralha até pedra do dragão e Dany voar pra lá, seriam 4 dias. C acha q o grupo de RPG mais merda de todos os tempos ia ficar de boa naquele gelinho la?

    Como o rei da noite acertou aquela lança. Detalhe q ele mirou do dragão mais longe, se ele acerta a uns 4km de distância pq nao acertou os idiotas na ilhota? e a monga da Emília Clark não consegue expressar uma reação de revolta, ou tristeza, ou sei lá.
    Fora essa forçacão de barra pra juntar Dany cm Jon. Já encheu o saco. George Lucas consegue escrever um romance melhor.
    E eu nem vou falar das correntes

    Mas vamos olhar os pontos positivos
    Dragões são sempre legais
    Dragão de gelo pode ser tbm
    Lutinhas legais
    Lightsaber legal

    • Laís Rangel

      Darth, tá aí uma coisa que eu não tinha pensado, mas que torna tudo mais surreal ainda ahahaah se o Rei da Noite tem aquele braço biônico, poderia até ter tacado pedra neles, que nem o Sandor tentou fazer com os zumbis, que ia abrir umas boas crateras na cabeça deles.
      Eu elogiei a Emilia na semana passada, mas a atuação dela desta vez foi uma vergonha. Eu sofri muito mais em casa do que a Daenerys lá, vendo o filho morrendo ao vivo. Por mais que eles queiram mostrar logo o romance dos dois, não parece real que ela se importe mais com um homem que acabou de conhecer que com os seus dragões.
      Obrigada pelo comentário e até a próxima!

  • Valéria

    Eu nem sei como começar.. OMG.. Eu confesso que me arrependi amargamente de ter lido o spoiler deste capítulo.. Por não prestar atenção acabei lendo grande parte dos spoilers da temporada toda e quando a gente vê algo já sabendo o que vai rolar perde muito da emoção, mas ainda assim foi sensacional ver Dany chegando com os dragões e ajudando Jon.
    Eu gostei muito da cena entre Arya e Sansa e acho que tudo que elas estão vivendo faz parte do amadurecimento de ambas.. as duas cresceram muito, mas de formas diferentes, porque enfrentaram situações diferentes.. por isso, não acho que o crescimento de Sansa tenha sido maior que o de Arya.. acho somente que, o que elas estão enfrentando em Winterfel demonstra um crescimento maior pra Sansa, porque envolve os requisitos que Sansa aprendeu mais. Já Arya consegue fazer muito bem o que ela aprendeu.. ainda não sei como as duas vão se portar (mas, por conta do maldito spoiler sei o que vai acontecer e como essa treta vai ser resolvida). É preciso recordar que ambas são adolescentes.. entender e fazer a leitura da treta do mindinho é algo que requer mais vivência, dessas do tipo que só o tempo nos dá. Bom.. é o que vejo e o que penso sobre.
    Algo que tá incomodando todo mundo é o “teletransporte”.. na boa, isso não me incomoda… todas as séries de TV fazem isso. Mas, ao meu ver, e, acredito que muita gente pensa assim é que Got nunca usou esse recurso.. tudo era muito lento nas seis primeiras temporadas e agora tudo voa.. rsrsr.. aí fica estranho mesmo. Mas, ao meu entender, não é nada que desabone tudo o que foi feito..
    Algumas coisas no roteiro foram conveniência pura.. tipo, onde os white conseguiram aquelas correntonas?? O Rei da Noite poderia ter dado um mergulho e feito os paranauê com Viserys dentro do lado.. seria mais plausível.. rsrs
    Amadorei todo o episódio, mas a cena de Jon e Dany foi a mais linda de todas.. [talvez porque eu esteja esperando esse momento desde a quinta temporada (quando entendi que os dois eram os personagens principais)]. Muita gente acha forçado e me parece ser um dos problemas do roteiro à lá Gloria Perez.. Mas a cena dos dois foi tão natural.. Porque ela se comprometeu a ajudar sem Jon ter que se ajoelhar.. Ainda quero ver Dany dizendo “Meu Rei”.. e se alguém tiver que “dobrar” os joelhos que sejam ambos.. (seria lindo!!)
    Achei que Dany faria companhia a ele na cama, mas ela preferiu esperar ele se recuperar.. rs, porque Jon queria e fez o convite
    E pra finalizar.. acho (do verbo tenho certeza) que Jon é o Azor Ahai..

    Obrigada por postar uma review tão rápido.. precisava conversar sobre, porque no meu círculo de amigos ninguém vê Got.. e quem vê não gosta de falar.. rsrs

    • Laís Rangel

      Oi, Valeria!
      Olha, eu vou te falar que não me importo muito com ler spoilers (inclusive, sempre fui aquela noveleira que comprava revistas pra saber o que ia acontecer antes, mas adorava ver tudo acontecendo na novela ahaha), então mesmo já tendo visto até uns gifs das cenas no Twitter, ver acontecendo no episódio não tirou o impacto pra mim.
      Eu acho que a Sansa amadureceu mais do que a Arya porque ela tem consciência de onde é o seu território. A Sansa nunca se meteria no meio de um campo de batalhas para defender sua família porque ela sabe que não duraria 30 segundos. Ela recuperou Winterfell fazendo as articulações em que ela se especializou. Já a Arya não, ela acha que consegue se dar bem no jogo político e resolver impasses diplomáticos cortando a cabeça dos opositores, ela não tem essa leitura mais apurada de onde pode pisar com segurança, e onde é terreno estranho. Mas é isso, as duas são muito jovens e Arya é mais jovem ainda, não dá para comparar em pé de igualdade com Cersei, Mindinho, Varys.
      Sobre o teletransporte, acho que o problema não é ele acontecer, mas a falta de coerência que isso deixa na série. As jornadas de Arya, Bran, Rickon e Brienne, por exemplo, só aconteceram da forma como aconteceram porque os deslocamentos em Westeros são lentos e complexos. E olha que alguns deles ainda tinham cavalos. Como é que essa dificuldade de repente desaparece assim, sem nenhuma explicação? Isso pode até facilitar a ação, mas empobrece muito o roteiro e a qualidade do produto final.
      Imagina, eu sempre tento escrever as reviews assim que assisto ao episódio porque as coisas ainda estão fresquinhas na cabeça, é até mais facil! A temporada já está acabando, mas você é super bem-vinda para deixar seus comentários por aqui sempre =)
      E menina, como assim você só tem amigos que não veem GoT???? Meu Facebook fica quae monotemático domingo à noite ahahaha
      Obrigada pelo comentário e até a próxima!

  • Laís Rangel

    Oi, Solano!
    Acho que o Benjen devia ter um google alerta que mandava msg quando tinha algum Stark em perigo nas proximidades ahahah Até agora tô tentando entender o que deu na cabeça do Sandor pra ficar tacando aquelas pedras! Como assim??
    Muito obrigada pelo comentário e até semana que vem!

  • Matheus

    Penúltimo episódio, falta um. Quando eu vi alguém do esquadrão suicida morrendo, pensei que seria um conhecido, mas não, eles colocaram alguns figurantes só para morrerem. As conversas entre eles foram muito boas, juro que nunca imaginei Tormund e Sandor conversando e sobre a “mulher alta” ainda, ri demais. Me desculpe, mas eu não sei por que tanta gente gosta da Arya, ela é insuportável e agora encarnou a Cersei, querendo matar todos de quem não gosta ou desconfia, nem a Sansa se salvou disso (eu gelei de medo com a adaga apontada para ela e o discurso da caçula). Ainda acho estranho o Brann não ter dito uma ou duas coisas sobre o Mindinho, mas fazer o quê? O dragão de gelo é algo que muitos queriam, a dúvida era se seriam um dos filhos da Dany ou se teria um dentro da muralha. Falando nisso, não sabia qual deles seria a vítima, mas estão dizendo que foi o Viserion, isso é bom, porque o Jon pode montar no Rhaegal, cujo nome é uma homenagem ao pai biológico dele. Sobre os velocistas terem aparecido na série, eu passei a fazer parte daquela ceita, já ouviu falar? “Aceita que dói menos.” Desculpe a brincadeira, mas eu realmente parei de me preocupar com os furos, desde que o episódio seja bom o bastante, é claro. Tio Benjen já pode descansar em paz, viu o sobrinho pela última vez, mas que eu queria ele mais na série, eu queria. Até a próxima review.

    • Laís Rangel

      Oi, Matheus! Pois é, preparei meu coração pra perder alguém relevante e acabei ficando de boa ahahah se bem que a morte do dragão doeu bem mais que se morresse qualquer um daquele grupo.
      A Arya é uma boa personagem. Uma criança à frente do seu tempo e mais forte que muitos adultos, considerando a quantidade de gente que morreu pelo caminho e ela continuou viva. Mas realmente está passando por uma fase de imaturidade tremenda. Talvez ela finalmente esteja tendo espaço pra ser uma “aborrescente” comum ahahaha
      Eu também prefiro aproveitar pra ver as coisas boas do episódio do que apenas reclamar de tudo. Me diverti bastante assistindo às cenas, mesmo aquelas que eram mal feitas e incoerentes. Eu me divertia até vendo Chapolin, que moral tenho pra falar de Game of Thrones, não é mesmo? ahahahah
      Obrigada pelo comentário e até a próxima!

  • Nickolas Girotto

    Achei incrivel, foi isso, eu ja nem dou mais bola para essas viagens no tempo que ocorrem, coloquei na minha cabeça que tudo é logo ali haha, o muro é logo ali, a Daenerys é logo ali e por ai vai.
    Também curti toda a interação do grupo, bons diálogos realmente, tudo ali foi bom, a emboscada, a a luta toda e principalmente a Daenerys chegando com os dragões, torro tudo, é uma pena ter morrido um, mas agora é confirmado, vai ter dragão de gele sim, pelo menos espero que ele solte gelo. Só achei que eles ficaram com medo de matar o pessoal ali, o que não é o perfil dos produtores, eles só mataram os figurantes e o cara que revive os outros, ele era importante mas não tanto.
    Posso estar enganado, mas acho que Sor Jorah parecia estar com duas laminas de vidro de dragão.
    Eu li um comentário no facebook que aquelas correntes eram dos gigantes, elas aparece com os gigantes que estavam aliados aos selvagens na época da invasão da muralha, aora como eles foram lá e prenderam no dragão eu não sei haha.
    Dany e Jon pelo visto vai ter romance ai sim, mesmo eles sendo parentes, agora até deu pra sentir uma ligação entre eles, acho que vou começar a aceitar o casal
    Agora essa parte da Sansa e Arya é meio confusa, eu não sei se o que eu estou vendo é um jogo da Sansa, que parece estar ouvindo de mais o que o Mindinho diz, pra depois ela dar a volta por cima, tipo enganando ele no jogo dele, ou se a Arya esta se fazendo de ingenua (ela esta muito ingenua) pra também conseguir fazer cair a mascara do mindinho, a segunda opção é a menos provável, uma coisa que eu queria que acontecesse é do Bran contar pra elas que elas estão sendo manipuladas para se matarem e elas se juntarem pra acabar com o Mindinho, acho que seria bonito.

    Eu não quero que acabe Laís, só tem mais semana que vem e depois sabe se lá quando vai voltar, que tensão, até.

    • Laís Rangel

      Oi, Nickolas! O negócio agora é assistir abstraindo essas doideiras e aproveitando a viagem, né? Não vou pagar HBO pra ficar passando raiva ahahah
      Sor Jorah tem uma arma de aço valiriano, mesmo material que a espada do Jon (que era do pai dele), por isso conseguiu derrotar o urso. E aliás, cadê os gigantes? Em algum momento tinha passado uma tomada aérea do exército dos mortos e mostrado uns gigantes. Onde será que eles se esconderam?
      Vai ser difícil aguentar a ansiedade pro final da série, mas pelo visto ainda vamos ter que esperar bastante =(
      Obrigada pelo seu comentário, e até semana que vem!

      • Nickolas Girotto

        Os gigantes estavam dormindo né Laís :P, mas fora a brincadeira acabei de achar uma desculpa, eles quebrariam aquele gelo atrapalhando os outros zumbis, que iriam cair na água, os White walkers são cheio das estratégias hehe.

  • Laerte Neto

    Olha, finalmente eu dou o braço a torcer que as viagens dessa temporadas estão absurdas. Esse episódio tá sem justificativa, mesmo. É aceitar, agora, que mandar um corvo significa enviar um SMS e que Dragão voa na velocidade de um Mach3.
    Fiquei muito decepcionado com a reação da Dany à morte do Dragão. Eu esperava muito mais desespero do que aquela cara de semi-choque.
    Fora isso, esse episódio é tudo que o povo gosta, né?
    Zumbis de Gelo, monstros gigantes, batalha batalha batalha, Dragões voando, lanças mágicas de gelo, etc.
    Senti falta de mais mortes importantes (foi fraco pra um episódio 9, nesse caso – já que esse é o EP 9 dessa temporada).
    Agora to só torcendo por cenas de ação muito loucas daqui por diante e que apareçam mais magos antes do fim da série (tipo Sam aprender umas magiazinhas com o professor Slughorn).

    • Laís Rangel

      Laerte, dependendo da operadora, mandar um corvo pode ser até mais rápido que mandar um SMS.
      A gente tem sempre duas alternativas: curtir as coisas boas ou se prender às ruins. Quando eu faço a review, preciso falar dos dois lados (e nesse episódio a quantidade de furos estava bem acima da média, né?), mas você precisa me ver assistindo TV… grito, choro, fico tremendo e não tô nem aí pra nada, quero só ver o gelo pegar fogo e esse episódio me deu tudo isso, então tô feliz.
      Acho que eles amoleceram o coração depois de sete anos de sofrimento e resolveram poupar quase todo mundo nessa temporada (só Olenna e o dragão foram baixas significativas).
      Gente, o Sam mago? ahahha essa eu nunca tinha imaginado!
      Obrigada pelo comentário e até a próxima!

  • Leandro

    Laís! Veio-me à cabeça outra teoria “conspiratória” do Rei da Noite… em primeiro lugar, lembremos que aquele grupo de White Walkers com o general Mate Um Mate 10 White Walkers levando 1 de brinde para “brincar” em seu castelo foi muito suspeito. Porque justo eles, logo após o ataque do urso zumbi, separados do grupo, o que não é comum entre White Walkers e ainda mais convenientemente em um grupo que só sobraria um após matar o general? Porque eles os cercaram e esperaram quase até a Dany ativar a velocidade de “dobra medieval” dos seus dragões, chegando em velocidade “Glória Perez” (supera 10 vezes a velocidade da luz! kkk) para poder colocar um no lombo do Drogon? Porque o Rei da Noite usou o seu “braço biônico” para bater o recorde de lançamento de dardos de gelo, atingindo o dragão que estava mais longe e “convenientemente” não tinha um zumbi no lombo indo diretamente para Porto Real? Não dá a impressão que ele quis, claro, ganhar um dragão zumbi de prêmio e deixar que a Dany levasse o zumbi para fora dos limites da muralha. Pô! Ele acertou um dragão que estava mais longe e errou o Drogon que estava voando baixo ainda?!? Pareceu mais algo de deixar fugir, mas não parecer tão fácil assim não? Que nem fora para eles capturarem o zumbi peregrino. E podes ver que eles já tinham as lanças de gelo convenientemente separadas no cavalo. Porque não as usaram contra o Esquadrão Suicida? Esperaram chegar os dragões para “burn’em all”? Vai ver que apenas ter um dragão de gelo não é suficiente para quebrar o encantamento que lacra a Muralha. Mas pode ser ainda pior e aí o Rei da Noite seria o maior estrategista de Westeros? Se tu fizesses um feitiço de lacramento, tu realmente deixaria a possibilidade de quebrá-lo no local em que foi feito? Quem garante que o que mantém o feitiço ativo esteja em algum outro lugar, tipo, por exemplo, Porto Real para onde está sendo levado o zumbi? Quem garante que o que quebra o lacre que mantém os White Walkers do outro lado não seja colocar um dos zumbis no mesmo local aonde está o lacre? E lá vai o White Walker cantando… “lá, lá, lá, lá (no ritmo de smurfs zumbi)” levar a desgraça para toda Westeros! kkk
    Se for isso, a “brilhante” ideia do Tyrion merece o troféu Bola Fora de Westeros! Credo! Vai pisar na bola assim lá em Valíria. E se não fosse o Tio Benjen o Azor Ahai, o único que pode derrotar o Rei da Noite, teria sido morto na “excursão”. Podem ver… quando o Rei da Noite não precisou mais do Jon para levar o zumbi… tudo ficou muito difícil para ele, não?

    • Laís Rangel

      Olha, eu vou te falar que isso aí faz muito mais sentido que a peneira cheia de furos que foi esse episódio, mas tenho dúvidas se eles realmente planejaram algo neste nível. Se for, eu vou ficar muito positivamente surpresa com a série ahahah

  • Hugo Oliveira

    Olá Laís, tudo bom? Gostei demais da Review, debate algumas coisas comigo? Tipo…
    Quando sabemos do que vai acontecer, raramente permanecemos condescendentes com as coisas.
    Insisto sempre em afirmar que se não soubéssemos o que muito provavelmente aconteceria, o clima que rola entre o Jon e a Dan seria aceito por nós como no mínimo, rítmico. Como o amor que surgiu entre khal Drogo e ela, que foi no mínimo, tendencioso. Um guerreiro que não se importa com nada além de cavalos e usa a mulher dele à noite como se fosse chinelos que ele calça depois de um longo dia de trabalho se paixonou muito facilmente, não?! Bem malhação e um amor pra recordar.
    A minha esposa assistiu tudo recentemente, nunca havia assistido a nenhum episódio e muito menos leu teorias, viu vídeos tendenciosos ou os livros que na sua maior parte é de onde tiram essas coisas. Da parte dela tudo foi construído à passos certos. Ninguém chegou se apaixonando de cara, jurando amor eterno, se ajoelhando e se perguntando onde o outro estava há 6 temporadas. Um viu porque o outro é amado pelos seus e o que “fizeram” até chegar ali. A presença e intercessão de Tyrion foi crucial para a boa vontade dos dois. Como confiam nele, em meio à tempos difíceis amigos dos meus amigos são meus quase amigos.
    Sobre as conversas de sucessão ao trono, não sei exatamente onde querem chegar. E também não tenho nenhuma mágica na cartola para que a origem do nosso bastardo favorito seja ao mesmo tempo explicada e aceita por todos. A melhor opção seria Sam levando os papéis da cidadela, um documento autenticado não deixaria dúvidas. Uma história de um aleijado sumido há anos, perdido para lá da muralha com ar aéreo que nem sequer afirma ser Bran Stark, apenas incertezas.
    Me corrija se estiver errado mas ao sairem parecia que o prédio pegava fogo lá em cima, não?! SÓ FALTA O PAPEL COM A BENDITA ANULAÇÃO DO CASAMENTO DO PRÍNCIPE TER SE QUEIMADO.
    Por falar em casamento, acredito eu, que Jon Snow pode não ser mais um bastardo stark mas nada mais é que um bastardo Targaryen. “Ain Hugo, mas o primeiro casamento foi anulado, Rhaegar e Lyanna foram para Las Vegas se casar em segredo e isso faz de Jon herdeiro e melhor candidato ao trono que até mesmo Daenerys”. NÃO. Um casamento depois de consumado não pode ser anulado como o de Tyrion com a mulher de vida fácil por quem se apaixonou na juventude. Pode-se casar de novo depois da morte do cônjuge ou se não for consumado. Você teria alguma brecha pra explicar como eles estão planejando jogar na nossa cara com a legitimidade de Jon ao trono? Porque pra mim não teria lógica soltarem a anulação na série sem a intenção de legitimar Jon ao trono sendo que só ele ter a linhagem Targaryen já estava de bom tamanho pra gente. Os Targaryen se casam entre si, eles são parentes. Ótimo, segue o baile e o fã service.
    Eu não sei vocês, mas acharia do balacobaco se Jon tivesse sido salvo por Raeghal sem a Daenerys ter “ordenado”. Imagina? Ela escolheu salvar todo mundo, deixando assim Jon morrer lamentavelmente como um herói de atos heróicos porém burros, lamentável Mais um aspirante a marido dragão que vai pro saco. Paciência. O dragão desce e resgata Jon mesmo com as ordens contrárias da mãe. Ele escolhe seu domador a partir das opções que tem, sendo Jon um dos últimos com o sangue dos dobradores de dragões ficaria aquela dúvida e daria uma explicação mais sensata de fuga do que o tio Brejen que “digassi di passagi” deu uma de Jack e Rose dizendo que “não tinha tempo” de subir no cavalo e fugir com ele. O frio e o ato heroico desnecessário lembrou muito titanic. E mais uma vez a Jonzela indefesa é salva da morte por alguém. Tá serto.
    Eu posso preferir acreditar na falta de compaixão das pessoas, mas não vejo Queen Cersei se oferecendo para ajudar na guerra dos WW se estivesse perdendo a guerra e muito menos agora que recuperou a força e o orgulho Lannister. Vamos ver, né?!
    Sobre Sansa e Arya eu prefiro acreditar que elas não estão se bicando de verdade. Foram alertadas por Bran sobre Mindinho, estão fingindo as farpas enquanto Jon não chega e faz o que Ned deveria ter feito na primeira temporada. Matar lord Petyr. Aquele discurso de verdades que um joga na cara do outro o que não diria normalmente sempre é armação para parecer convincente para um terceiro. Eu não assisti Gossip Girl e Pretty Little Liars pelos modelitos, estou familiarizado com armações. Se não for isso não vejo sentido nenhum nessa disputa de quem sofreu mais. Uma não conseguiria passar pelo que a outra passou. Ponto.
    Ah e sobre a velocidade que as pessoas, corvos e dragões viajam resolvi dar algum crédito aos produtores. Os furos com tantos núcleos que existem na serie sempre foram poucos. Na reta final claro que dá uma variada. Mas notem que a Sonsa disse à Arya que Jon está fora há semanas. Pode-se muito bem terem passado semanas também depois da chegada do Gendry à muralha, o envio do corvo, a decisão da Daenerys e a chegada. Vale lembrar também que ela trocou de roupa, o que não é cotidiano nas crônicas de gelo e fogo.
    Nem comento os White Walkers pique The walking dead. Se arrastando quando o humano é lento e voando quando o humano corre.

    • Valéria

      Não sou a Laís, mas estou muito de acordo com as suas observações sobre Drogo e Dany e de sua esposa sobre Dany e Jon… muito de acordo.. penso quinem.. rsrs

    • Laís Rangel

      Oi, Hugo! Tudo bem? Eu não sei dizer o quanto sou influenciada por causa da minha leitura dos livros e das teorias (é difícil se desprender delas, mas eu faço sempre um esforço). Mas a Daenerys era muito jovem, inexperiente e frágil quando conheceu Drogo. Nessa fase da vida a gente acaba idealizando os parceiros mesmo, e no caso dela isso pode ter sido até um mecanismo mental para escapar da ideia de ser estuprada todos os dias (falando da série, nos livros é diferente).
      Quando ela deixa o Daario em Essos, ela já é uma mulher completamente diferente, completou uma longa fase da sua jornada e abandonou aqueles ideais de amor romântico porque sabe que o que vem pela frente é mais importante e não permite distrações. Aí de repente isso tudo vai pelo ralo quando ela vê o Jon, que é, segundo a própria, igual a todos os heróis que já se apaixonaram por ela? Aí de repente ela já o ama tanto que nem se importa com a morte de um dos seus filhos? O que existe entre eles é real, mas não me agrada porque joga fora uma grande parte do amadurecimento dela.
      Sobre a anulação do casamento, a série pode ter uma cronologia própria e mostrar que Jon nasceu depois da morte de Elia e dos outros filhos de Rhaegar. Vamos ver como vão encaminhar essa questão…
      Menino, eu tenho certeza que a Cersei vai cagar pro Jon e seu morto sequestrado ahahaah e se o Tyrion pensa tanto assim como o inimigo, ele já devia saber disso também, porque é impossível imaginar a irmã dele se importando com algo assim.
      Olha, eu acho impossível terem se passado semanas neste episódio, porque eles não sobreviveriam tanto tempo naquela ilha de pedra sem se alimentar, muito menos teriam energia para enfrentarem os mortos daquele jeito, quando eles começaram a se aproximar.
      Lyanna Mormont não apareceu, mas foi citada pela Arya, e eu queria muito ter visto esse encontro das duas ahahah
      Obrigada pelo seu comentário e até semana que vem!

  • Aline Michele Dos Santos

    Laís Laís que episódio!
    Teve falhas? Sim, teve. Porém isso não atrapalhou em nada a qualidade do capítulo. Para mim continua sendo a melhor série mesmo tendo esses problemas.
    Vou começar pelo que me irritou: Arya. Caracas semore gostei dela, mas desde que ela chegou em Winterfel que ela não dá uma dentro. Sofreu tanto e não aprendeu nada. Só passei a gostar da Sansa da quinta temporada pra cá, mas ela aprendeu a jogar o jogo. A Arya não. Acho lindo que ela se preocupe com o Jon, mesmo longe dele por tanto tempo ela continua leal ao irmão preferido, maa tenha dó né pelo amor! Passou dos limites e está caindo direitinho na do Mindinho. Bicha tonha.
    Outro que deu fora foi o Tyrion. Deixar os caras pra trás ???? Como assim? Eu me importo com mais da metade daquele grupo e vc quer simplesmente não ir ajudar??? Onde foi parar seu cérebro nessa temporada? Vc precisa pensar como seu inimigo sim precisa, aprendi isso com Criminal Minds mas deixar parceiros pra trás é não ter coração. E olha que ele tem uma história e tanto com Sor Jorah.
    E o que falar da sociedade do anel/esquadrão suicida hein ? Amei os diálogos. Teve de tudo, piadinhas, camaradagem, conselhos muito bacana. Ouvir sobre personagens que já morreram e marcaram a série foi excelente.
    O ataque dos mortos foi agustiante. Não igual a Batalha dos Bastardos( aquilo pra mim foi sufocante) me lembrou mais Hardhome mesmo, essa deu medo.
    Eu fiquei falando um tempão Tordmund não Tordmund não Tordmund não hahahaha deu certo rsrsrs.
    Isso me levou a conclusão que realmente economizaram nas mortes para um penúltimo capítulo.
    Entrada triunfal dos Dragões não? Nossa coisa linda. E a camaradagem entre eles então ? Maravilha.
    E a morte do Viserion que dor no coração! Os dragões gritando. A cara de espanto de todos e olhar trocado entre Jon e Rei da Noite. Mais um na verdade porque eu nunca esquevi daquele olhar em Hardhome e alo eu tinha certeza que eles iam se enfrentar de novo. Como seu para saber que ainda terá uma próxima vez.
    A atuação da Emília foi fraca foi, principalmente na morte do filho. Mas gosto dos dois como um casal e achei lindo o Minha Rainha.

    Ps1 Jon só aceitou dobrar o joelho devido ao que Tordmund falou.

    Ps2 desde que ouvi que o Bran pode ser o Rei da noite não consigo ver outro que não ele no rosto do rei kkk

    Ps3 não teve Sor Davos fazendo piadinha mas teve Tordmund: a gente se vira com o que tem kkkk amei

    Ps4 eu acho que os Outros podem cruzar a muralha desde que o Bran foi tocado, afinal eles puderam entrar na caverna depois disso, acho que o restanto da magia que protegia muralha caiu quando o Bran a cruzou. Tallvez eles só precisavam ter certeza e por isso deixaram eles levarem um White Walker.

    Ps5 tio Benjen só aparece pra sumir. Pena eu gostava dele.

    Ótima review!

    Agora só mais um…começo a chorar agora.
    Beijo

    • Laís Rangel

      Aline, acho que fizeram uma aposta antes de começar a temporada do tipo: duvido vcs fazerem o fandom ficar com raiva da Arya e gostar da Sansa. Aí os roteiristas aceitaram o desafio e o resultado é esse aí ahahah só isso explica!
      Tyrion realmente tá muito esquisito nessa temporada. Eu achei bonito ele se preocupando com a Daenerys e os perigos que ela correria além da Muralha, mas como assim ele dar a ideia, o pessoal ir executar e quando deu merda ele falar pra ela deixar eles morrerem lá sozinhos? Deu mole pra caramba, tremendo vacilão.
      Aqueles olhares que o Jon troca com o Rei da Noite… não sei não, daqui a pouco já vai ter gente shippando e fazendo fanfic deles dois xD
      Gente, como assim o Bran ser o Rei da Noite?? Que marmota é essa?
      Eu achei que o Bran quebraria o feitiço de proteção, mas já passou muito tempo, se fosse só isso, acho que já teriam chegado lá e o Rei da Noite colocaria um zumbi aleatório pra fazer o teste e passar sozinho. Talvez a proteção quebre mesmo agora, com eles levando um pra dentro.
      Muito obrigada pelo comentário! Até a próxima!

  • Roger Leonardo Freitas

    Primeiro, o episódio foi muito bom! Com relação a questão dos cortes de tempo, isso já foi mais que explicado pelo produtores da série. O que achei FANTÁSTICO, foi que TODOS os acontecimentos com o grupo lá do Jon foi previsto pelo Rei da Noite! SENSACIONAL!!

    Desde a pequena patrulha que eles atacaram sobrando justamente “o zumbi” que eles queriam, a “permissão” do Gendry para chegar até a muralha sem ser incomodado ou atacado, porque o Rei da noite queria que o recado chegasse na Daenerys. Ele queria os dragões, se preparou para capturá-los, fez correntes, esperou pacientemente a chegada deles sem atacar o grupo que estava ilhado naquela pedra, tinha preparado as lanças, enfim preparou uma grande armadilha desde o princípio. Nesse momento da história, parece ser mais poderoso que o Bran e tem poderes muito similares.

    Grande episódio! A oitava temporada será épica, pois o Rei da noite mostrou que também pode antever os próximos movimentos do tabuleiro.

  • Jeane

    Laís;
    Acho que sofri com as expectativas altas demais com esse episódio. Quem tinha visto o episódio vazado colocou tanta pressão que eu imaginei mil coisas e quando os créditos apareceram foi tipo “hmmm… ok”.
    Claro que as cenas com os Caminhantes Brancos foram uma agonia só, “o Tormund não, Cão de Caça também não”. Pela primeira vez fiquei feliz com a aparição da Daenerys para salvar a pele do Esquadrão Suicida Westerosi. Por sinal, não sei a série vai dar valor a isso, mas comecei a questionar se o Jon vai ser o Azor Ahai mesmo (dava quase 100% de certeza que seria ele) e não a mãe dos dragões, só que depois dessa cena e aquela espada pegando fogo do Beric Dondarrion, acho que não sei mais nada. Por falar em Daenerys, nunca vou conseguir aceitar que aquele olhar desconsolado dela para além da muralha era por causa do Jon e não pelo filho!
    Tô achando que a culpa da insensatez do Tyrion é a distância do lado Lannister da força. rs
    Quero muito que a Sansa seja a pessoa “enquanto você vinha com o fubá, já estava com o bolo pronto”, ainda que esteja um pouco encucada com a ida da Brienne pra Porto Real.
    Gostaria de dizer “meu Benjen tá vivoooo”, mas já não tenho tanta certeza :/
    Se tudo correr bem no próximo, Cersei terá conseguido se manter próspera e plena por uma temporada no trono ao fim do último episódio. Já pode ficar mais rs
    Até a próxima e última review da temporada!

  • Flavia

    “E digo que Sansa é a personagem mais sensata da série porque Tyrion se perdeu nas suas boas intenções, e não consegue ter nenhuma ideia decente para ajudar sua rainha. Daenerys o respeita, mas já não leva tanto em consideração o que ele diz – pudera, depois de perder Dorne e High Garden….”

    Mitou! Sansa é maravilhosa mesmo e Tyrion é uma decepção nessa temporada.

  • Luana

    adorei sua review, o episodio foi ótimo! Concordo com você que nessa 7 temporada a Sansa esta sendo a personagem mais sensata, não intendo porque a maioria das pessoas não gostam dela. Achei muito desnecessário a Arya ameaça arrancar o rosto da própria irma daquele jeito, sei que elas nunca se deram bem mas uma coisa é confrontar outra é ameaçar, eu gosto da Arya mas nessa temp ela perdeu a essência. Aquele discurso nos episódios passados de querer a cabeça de quem vai contra o Jon, sem ligar pra quem são seus aliados, isso é coisa de Joffrey que odiava ser contrariado. Um Stark não é assim. Uma das cenas que menos gostei foi essa do John com a Darnerys, o john que sempre foi pacato, tímido, sem jeito com mulheres, chegar e chamar ela de Dany? Forçaram a barra demais. Enfim… Vamos ver o próximo, estou animada.

  • Bruno D Rangel

    A questão dos teletransportes eu resolvi só aceitar.

    Eles estavam cercados com mortos longe. Daenerys não tinha aparecido. Eles tinham um martelo e várias armas, pq não quebraram o gelo em volta quando viram que estava voltando a congelar?

    Achava um absurdo a teoria de que o Rei da Noite já sabia dos dragões e tudo o resto que estava acontecendo. Pensava que os mortos só não atacavam os vivos pelo fato de não os alcançarem, mas depois pensando melhor, pq o Rei da Noite tão arremessou suas lanças nos próprios humanos? kkkkkkkkk Duvido que eles não morressem.

    Como que o Rei da Noite sabia de tudo? Não sei. Ele tem visões? Pelo jeito sim.

×