Game of Thrones: Quem tem direito ao Trono de Ferro?

4 de setembro de 2017 Por:

A grande questão em Game of Thrones sempre foi quem teria o direito de herdar o Trono de Ferro. Segundo George R. R. Martin, o autor dos livros nos quais a série é inspirada, “a Grã-Bretanha medieval teve uma influência enorme na série”. Então a BBC consultou três especialistas para tentar descobrir, através das regras da monarquia britânica, quem realmente deve governar os Sete Reinos.

Os especialistas são Richard Fitzwilliams, especialista na realeza britânica, Sarah Peverley, professora de literatura medieval na Universidade de Liverpool (Reino Unido) e Gordon McKelvie, especialista em história medieval, avaliam as possibilidades de quatro candidatos.

1ª Candidata: Cersei Lannister

Reprodução/HBO

É a rainha consorte dos Sete Reinos. Seu falecido marido, Robert Baratheon, venceu a sangrenta rebelião para destronar os Targaryen. Ao tramar matar seus rivais perdeu os três filhos, frutos da relação com seu irmão, mas chegou ao trono.

Segundo Richard na Grã-Bretanha os herdeiros são determinados pela descendência, o status no Parlamento e a ordem dos membros da família real, e Cersei se declarou rainha sem nenhuma legitimidade assim como Margarida de Anjou. Já Gordon não se lembra se exemplos históricos de reis que morreram sem filhos e passaram a coroa para a mãe desses.

Sarah diz que o direito ao trono, em termos gerais, é do filho primogênito e as mulheres podem reclamá-lo caso não haja um homem para assumir, ou até que um rei jovem atinja a idade. Cersei, no momento, não cumpre esses requisitos.

2ª Candidata: Daenerys Targaryen

Reprodução/HBO

Mãe dos Dragões e filha de Aerys Targaryen (o rei Louco), ganhou poder com o crescimento de seu exército de dragões. Sua ambição lhe trouxe a lealdade de muitos, lutou para abolir a escravidão e tem desejo de ocupar o Trono de Ferro.

Richard diz que por ser uma Targaryen ela tem direito ao trono, pois eles eram os governantes legítimos antes da revolta. Em 2015 entrou em vigor a lei de que o filho mais velho, seja qual for o sexo, deve assumir o trono, o que seria uma boa notícia para a Filha da Tormenta não fosse a revelação do último episódio da temporada.

Segundo Sarah qualquer casa que tenha governado Westeros tem direito de reivindicar o poder. Daenerys tem o direito legítimo e um exército de dragões, o que a beneficia e dá um direito maior sobre os outros já que seu reinado é do interesse do povo, e não apenas ambição.

Gordon afirma que a volta dos Targaryen seria uma opção, apesar de não ser a mais popular no reino e que a antipatia de lorde Randyll Tarly por Daenerys era um sentimento compartilhado por muitas pessoas na história britânica.

3º Candidato: Jon Snow

Reprodução/HBO

Atual Rei do Norte, o personagem percorreu um longo caminho desde de sua infância, tendo sido criado como o bastardo de Ned Stark. Como foi revelado na season finale ele é filho legítimo de Raegher Targaryen com Lyanna Stark. Será que o sangue de duas grandes casas lhe dá um direito maior?

Segundo Richard sim, ele tem direito ao trono e ainda mais do Daenerys. E Gordon concorda, dizendo que ele é o filho legítimo de Ragegher e herdeiro do pai que morreu em combate.

Já Sarah lembra que tanto os Targaryen quanto os Baratheon eram uma dinastia governada pelo direito da conquista, e não sabemos como Daenerys reagirá a tal notícia. Mas é possível que ela siga a “tradição” e aceite que ele está antes dela na linha de sucessão.

4º Candidato: Gendry

Reprodução/HBO

É o único filho sobrevivente do rei Robert Baratheon, porém é um bastardo. E apesar de muitos reclamarem o trono para ele será que Gendry tem direito de reclamá-lo para si?

Se comparado a outros da lista ele não tem grandes chances, diz Richard. Mas às vezes o inesperado acontece, como foi com Guilherme, o Conquistador, um bastardo que tomou o trono a força na batalha de Hastings e reinou na Inglaterra.

Sarah afirma que ele tem menos direito do que Jon e Daenerys, por ser filho de uma relação extraconjugal, e que a lei medieval diz que bastardos não podem reinar se houver candidatos legítimos. E Gordon concorda, dizendo que apesar de ser um grande personagem, as leis impossibilitam que Gendry governe, especialmente diante dos Targaryen. Talvez ele consiga posições de riqueza e influência, como aconteceu com muitos filhos bastardos do rei Henrique 1º.

E você o que acha? Quem tem direito de ser o governante de Westeros?

Tem memória de elefante pra tudo aquilo que as pessoas costumam chamar de "cultura inútil". Apaixonada por séries, filmes, livros, música e nescau.

Petrópolis/RJ

Série Favorita: Gilmore Girls e One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: Outlander

  • Andries Viljoen

    Por muitos anos, Elizabeth I da Inglaterra suportou o fardo de ser chamada de bastarda e filha de uma concubina. Sendo assim, o exemplo de Gendry mostra que há oportunidade de ser Rei de Westeros. E espero que faça de Ayra sua rainha. Afinal, Raeghar não fez o mesmo com Lyanna?

    • Acho q não rola Arya não. mas quem sabe a Sansa?

      • Andries Viljoen

        interessante, mas como não conhece Sansa não seria um bom relacionamento. Mas admito que Sansa é uma ótima gestora do norte.
        Já com Ayra … lembrado que Arya está então angustiada ao saber que Gendry não pretende acompanhá-la de volta aos Starks, e o confronta sobre isso. Gendry explica que a Irmandade é a coisa mais próxima que ele teve para uma família. E auando Arya afirma que ela poderia ser sua família? Quem sabe esse casal não seja o renascimento da Casa Baratheon?
        Além disso, seus falecidos pais (Ned e Robert) ficam contentes com o casório de Ayra e Gendry, afinal seria uma versão mais bem sucedida da relação Lyanna e Robert? ks

        • não sei. pra mim a série construiu a personagem para ser livre, aventureira e matadora. não para ser lady de castelo. é exatamente a cena dela com a nimeria, que os produtores precisaram explicar.
          nimeria é a exemplificação da arya.

          • Andries Viljoen

            Não há como negar. Mas ao contrário da loba Nymeria a personagem Ayra tem opção de mudar. Gostaria disso, pois a personagem pode ser eliminada na 8a temporada… Além disso, Lyanna Stark não tinha interesse em vida de Lady mas se apaixonou por Rhaegar…. o resultado todos sabemos.

          • sou muito mais um final heroico batalhador pra ela do que dona de casa.
            é o fim da katniss denovo. cagada.

  • Eu voto na Daenerys. PNC do Jão. pior rei que já vi nessa série.

1 Contra Todos

1 semana atráscomentarios

Com a lei de incentivo à produção nacional, várias produções poderiam sair do papel. Muitas delas não têm a menor pretensão de introduzirem uma ideia nova ou em mesmo de fazer sucesso. É por isso que uma série estoura na medida em que 1 Contra Todos fez, a gente tem que prestar atenção e dar os louros. Cadu (Júlio Andrade) é um advogado de Taubaté que será pai pela segunda vez, mas perde o emprego devido seus princípios éticos. Para piorar sua situação, é injustamente preso ao ser confundido com o Doutor do Crime, maior traficante do país. Para tentar sobreviver, e com o apoio de sua esposa Malu (Julia Ianina), ele decide se passar pelo criminoso como única forma […]

Leia o post completo

Queens que merecem redenção em RuPaul’s Drag Race: All Stars – Parte 2

1 semana atráscomentarios

Comemorando que RuPaul’s Drag Race acaba de conquistar o Emmy de Melhor Apresentador de Reality, Melhor Edição de Fotografia e Melhor Figurino (pelo episódio: Oh! My! Gaga!), além da VH1 não perder tempo em agendar a próxima edição All Stars para Janeiro de 2018 (está quase chegando!), em breve teremos a lista oficial das queens que estarão retornando para brigar por um lugar no Hall Of Fame do programa e ter a oportunidade de reescrever parte da sua história na competição. Assim como na primeira parte desse especial, eis aqui uma outra lista de participantes que não conseguiram atingir seu potencial e chegar longe na competição. Então, shall we begin? Trixie Mattel – Temporada 7 (Top 6) Oh honey! Quem não […]

Leia o post completo

Stephen King na televisão

1 semana atráscomentarios

Stephen Edwin King sem dúvida alguma é um (se não for “o”) maior escritor de terror e suspense de todos os tempos. Nascido em Portland, no estado de Maine, cenário da maioria das suas histórias, em 21 de setembro de 1947, teve uma infância complicada, tendo seu pai abandonado a família quando ainda tinha dois anos, e testemunhou um acidente com a morte de um amigo. Já escrevia desde criança, e vendia suas histórias aos amigos. Estudou inglês na Universidade do Maine, casou-se com Tabitha Spruce, em 1971, e lecionou sua formação em Hampden, enquanto isso escrevia para revistas masculinas. Teve problemas com álcool, e em 1999 sofreu um acidente sério, em que foi atropelado enquanto caminhava aos arredores de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter