Guia da Trilha Sonora: The Carrie Diaries – Season 2

8 de outubro de 2016 Por:

Um dos cancelamentos mais tristes pelo qual tive que enfrentar, foi sem dúvidas, The Carrie Diaries! A série, que era uma espécie de spin-off de Sex and the City, pode não ter conquistado o coração da população americana, mas conquistou o meu. As qualidades que ela possuía eram muitas, tanto que não tenho nem vontade de falar sobre os defeitos. O figurino, elenco, história e 0 melhor de todos – a trilha sonora – foram os principais motivos que me levaram a assisti-la.

A segunda e última temporada de The Carrie Diaries estreou no dia 25 de Outubro de 2013. No ano seguinte, a CW, canal de exibição original, deu um comunicado de que cancelaria a série pela baixa audiência.

A trilha sonora, como já falei, é maravilhosa e pela história se passar nos anos 80, é claro que tudo seria influenciado por essa década. Confira abaixo uma soundtrack de todos os episódios da segunda temporada:

the-carrie-diaries

 

2×01 Win Some, Lose Some

In Between Days – The Cure
You Spin Me Round (Like a Record) – Dead or Alive
Working for the Weekend – Loverboy
Can’t Stop The World – The Go-Go’s
The Key – Brian Page
Lovin’ Every Minute of It – Loverboy
Bombs Away – Loosely Tight
Bright Lights – The Outlets

2×02 Express Yourself

In a Big Country – American Authors
Some Like It Hot – The Power Station
Oh Yeah – Yello
Suddenly – Billy Ocean
In a Big Country – Big Country
Strickly Biz – Da Diggler & Labrinth
Crazy no More – The Romeo

2×03 Strings Attached

Only You – Yaz
Slave to Love – Bryan Ferry

2×04 Borderline

Should I Stay or Should I Go – The Clash
If You Love Somebody Set Them Free – Sting
Road to Nowhere – Talking Heads
King of the Wild Feather – The Kats

2×05 Too Close for Comfort

Things Can Only Get Better – Howard Jones
Rocky Mountain High – John Denver
Bright Lights – The Outlets
The Whole of the Moon – Mike Scott and the Waterboys

2×06 The Safety Dance

The Safety Dance – Men Without Hats
Whip It – Devo
Careless Whisper – George Michael
The Safety Dance – Sleeping at Last

2×07 I Heard a Rumor

Would I Lie to You? – Eurythmics
Just Cant Get Enough – Nouvelle Vague
A Signal To The Heart – 1933
Voices Carry – ‘Til Tuesday
Alien Life – Thirteenth Tribe
The Safety Dance – Sleeping at Last

2×08 The Second Time Around

Lay Your Hands On Me – Thompson Twins
Christmas Wrapping – The Waitresses
Christmas is That Time of Year – Andrew Kingslow & Sara Dowling
Jingle Bells – Jimmy Dean
Have Yourself a Merry Little Christmas – Charles William

2×09 Under Pressure

Don’t Get Me Wrong – Pretenders
We’re Not Gonna Take It – Twisted Sister
No Fun – The Outlets
King of Rock – Run DMC
I’m a Mess – The Outlets
Rebel Yell – Billy Idol
Hold Me Now – Thompson Twins
Nuclear Boy – Pete Berwick

2×10 Date Expectations

Mad About You – Belinda Carlisle
Relax – Frankie Goes To Hollywood
Oh L’Amour – Erasure
The Killing Moon – Greg Laswell
City Girls – The Programaddicts
Get Up! Give Up! Move On! – The Divys
Forever Young – Youth Group

2×11 Hungry Like the Wolf

Word Up! – Cameo
Concerto For 2 Violins In D Minor – Johann Sebastian Bach & Various Artists
Hungry Like the Wolf – Duran Duran

2×12 This Is the Time

Pretty In Pink – The Psychedelic Furs
Legs – ZZ Top
This Is The Time – Correatown
Rock Me Amadeus – Falco
Time After Time – Cyndi Lauper
Chopin: Etude In a Flat Major, Op.25, No.1 – Alla Nikitskaya
This Is the Time – Billy Joel
Gotta Good Feeling – Focus Music

2×13 Run to You

The Future’s So Bright, I Gotta Wear Shades – Timbuk 3
Alive and Kicking – Simple Minds
Siesta Serenade – IB Glindemann
The Promise  When in Rome


Para ouvir as melhores músicas da primeira temporada é só clicar aqui!!

Futura jornalista. Mora em uma cidade desconhecida. Apaixonada por séries. Cinéfila e bookaholic. Sonha em um dia morar em Nova Iorque. O que ama mais do que tudo...

Ler perfil completo

Votorantim / SP

Série Favorita: Friends

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

10 grandes reviravoltas em Gossip Girl

6 dias atráscomentarios

Há exatos 10 anos, o mundo era apresentado a Gossip Girl: uma série badalada, cheia de jovens ricos com seus amores e problemas. O piloto foi ao ar pela CW e deu vida a personagens que marcaram uma geração de Apaixonados por Séries. Durante 6 temporadas, já sentimos amor pelos protagonistas, odiamos alguns deles, vimos os altos e baixos de todos eles e, mesmo que a série não tenha mantido o mesmo nível em todas as temporadas, deixou aquela saudade. Para comemorar os 10 anos da série, selecionar os melhores momentos seria bem clichê. E como tivemos tantos babados, revolvemos escolher 10 momentos de reviravolta na série. Vem conferir com a gente: Vida e morte de Bart Bass Vamos combinar, Bart […]

Leia o post completo

Emmy 2017 | Em noite histórica, The Handmaid’s Tale derruba favoritas e quebra recorde de 36 anos

7 dias atráscomentarios

Fazia exatos 36 anos que uma série havia vencido ao menos 4 das 5 categorias principais do Emmy (Série, Roteiro, Direção, Ator e Atriz de Drama). O recorde pertencia à primeira temporada de Hill Street Blues, em 1981. Ontem, uma nova marca foi estabelecida. Deixando as favoritas Stranger Things e Westworld comendo poeira, The Handmaid’s Tale venceu os prêmios de série, direção, roteiro e atriz principal de série dramática e fez o que nem grandes séries como Breaking Bad, The Sopranos e The West Wing fizeram no seu auge. À esses 5 prêmios, a série acumula mais 3 vencidos no Creative Emmy semana passada: Atriz Convidada (Alexis Bledel), Fotografia e Direção de Arte, totalizando 8 vitórias na edição. Às outrora favoritas, restaram apenas 5 prêmios cada, todos entregues no Creative. Na noite de ontem, não teve […]

Leia o post completo

Primeiras Impressões: The Orville

1 semana atráscomentarios

O que dizer de The Orville? Assisti ao primeiro episódio dessa nova série da Fox, criada, produzida e estrelada por Seth MacFarlane (Family Guy), e até agora não consegui entender por que o seriado está classificado como uma comédia ou, mais distante ainda, uma sátira de Star Trek. The Orville não é uma série ruim, vejam vocês, mas não é uma comédia como tentaram vender os trailers e todo o material promocional. Há piadas sim, algumas até engraçadas, mas elas fazem parte do contexto e não são o objetivo final do roteiro. A ideia de um mundo futuro, com naves espaciais e seres de diversos planetas convivendo também não é uma sátira de Star Trek, como fizeram parecer. Ao contrário, […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter