Maratona – Parenthood

31 de janeiro de 2017 Por:

Senta que lá vem história.

Há algum tempo, por indicação (leia-se insistência) da Cristal, eu decidi dar chance a uma série que até então pra mim era só mais uma. Parenthood, à época, estava no hiatus entre a 3ª e a 4ª temporada e eu resolvi assistí-la depois de alguns bons argumentos:

1) Era a série mais subestimada no ar.

2) Eu choraria quase todo episódio.

3) Os Braverman seriam minha nova família.

Com isso em mente, me preparei para uma maratona das 3 temporadas iniciais, imaginando que encontraria no máximo um drama familiar legal como Brothers and Sisters. Resultado: Foram quase 50 episódios devorados em menos de 2 semanas, muitas lágrimas, surpresas e uma certeza: Eu estava diante de uma das melhores séries de dramas já feitas na TV aberta. 

Escrita e produzida por Jason Katims para a NBC, Parenthood teve 6 belíssimas temporadas (sério, gente. Sabe aquela história que toda série tem que ter uma temporada ruim? Mentira. Parenthood não tem!) e durante estas, contou a história da família Braverman e suas formas de amar, viver e sentir. Se o que você procura são grandes tragédias, acontecimentos mirabolantes, plots megalomaníacos ou viradas a cada episódio, Parenthood não é pra você. Em um tempo onde o exagero, o muito-por-pouco e o estardalhaço ditam o roteiro das principais produções, Parenthood foi pelo caminho oposto: Por meio da história dos quatro irmãos Sarah (Lauren Graham), Crosby (Dax Shepperd), Adam (Peter Krause) e Julia (Erika Christensen) e seus pais, Zeek (Craig T. Nelson) e Camille (Bonnie Bedellia), a série explorou o comum, o cotidiano, o dia-a-dia e a vida de uma maneira que poucas vezes eu vi igual.

Em Parenthood, não existe frase fora do lugar. Não existe personagem desperdiçado. Não existe trama subexplorada. Você consegue se conectar a todos os personagens e passa a viver a vida deles. É uma série ímpar, como poucas vezes eu vi ser exibida e que me tocou de um jeito que quase nenhuma tocou. Dito isso, nada me faz mais feliz do que escrever esse post, anunciando a maratona que começará a ser realizada por minhas companheiras de blog: Alice, Camila, Louise, Andrezza, Ana Rebeca, Renata e Karine.

Nenhuma delas viu a série ainda, ou seja: As impressões que você lerá serão desprovidas de possíveis influências de spoilers futuros, além daquela sensação deliciosa e impagável que todos terão de ver os personagens crescendo e evoluindo. Te convido a embarcar nessa jornada com elas, com uma promessa: Parenthood vai mudar sua vida. Pega papel e caneta a marca aí no calendário:

  • Temporada 1: 13-02-2017 (13 episódios) – Alice e Camila
  • Temporada 2: 06-03-2017 (22 episódios) – Louise
  • Temporada 3: 20-03-2017 (18 episódios) – Ana Rebeca
  • Temporada 4: 03-04-2017 (15 episódios) – Andrezza
  • Temporada 5: 24-04-2017 (22 episódios) – Renata
  • Temporada 6: 08-05-2017 (13 episódios) – Karine

Não vai ficar de fora, né?

Dá play na abertura e já entra no clima com a gente:

May God bless and keep you always! 

Jornalista, nerd, viciado em um bom drama teen, de fantasia, ficção científica ou de super-herói. Assiste séries desde que começou a falar e morria de medo da música...

Ler perfil completo

Petrolina / PE

Série Favorita: One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

  • Quero ver Camila gostar de Parenhtood.
    E tá proibido não gostar de Prenthood por aqui.
    Chega deu vontade de maratonar com vocês. <3

    • Alice Reis

      Peraí, vc achava que não ia maratonar também?

      • hahahaha já tirei o DVD do baú!

      • @aliceconstanca:disqus olha os comentários. Várias pessoas citam a abertura. Tem que ver CERTO! hahaha

        • Alice Reis

          Hahahahah! Mas foi isso mesmo! Não estava entendendo por que todo mundo aqui cantava diferente de mim… When we were young we were small but we didn’t know it AAAAAAAAAAA ❤

  • Alice Reis
  • Patrícia Marone

    Nossa, Team Braverman pra sempre! Ja tava querendo rever essa serie maravilhosa, agora tenho motivos! kkkk Pena que a netflix dificulta nossa vida e não coloca a serie no catalogo. Mas vamo la, ja to separando o lencinho!!

  • Julia Sebber

    AAAAAAAAAH Q EMOÇÃO!!!! <3

  • Eu conheci a série numa das vezes que fui ler sobre Lauren Graham e fiquei com vontade de assistir por causa dela. E depois desse texto tenho ainda mais certeza de que vou me apaixonar por Parenthood.

    Fazer essa maratona com as meninas com certeza vai tornar a experiência de assistir essa série ainda melhor!

  • Romulo Brenno

    Depois que me falaram que This Is Us é um drama familiar para aqueles que ficaram órfãos de Parenthood. E eu estou gostando muito de dramas familiares depois que comecei a assistir TIU. Vou entrar na marítima com vocês.
    PS: Gostei da abertura.
    PS 2: tem a Laura Graham

  • Renata

    Realmente Parenthood é uma série especial.
    Infelizmente não vou conseguir acompanhar a maratona, porque já assisti e tenho uma fila enorme de outras séries para colocar em dia. De qualquer forma vou acompanhar os posts para ver quais foram as impressões do pessoal. =D

  • Natalia Leite

    Pode anotar mais uma Team Braverman aqui!!!! Eu ‘devorei’ a série no meu mês de férias e não me arrependi nem um pouco. Série maravilhosa, simples e que me fez sentir parte da familia em todo episódio…
    Uma bela de uma recomendação da equipe do Apaixonados!!!!

  • Revi a abertura e tô aqui arrepiada dos pés à cabeça. Socorro.

  • Aline Lima

    Parenthood é o tipo de série que depois que vc termina de ver, já quer assistir de novo! Para sempre minha série querida, por mim ela duraria por mais 20 temporadas, embora eu tenha ficado muito satisfeita com o final que deram para ela. Estarei aqui acompanhando a maratona. #foreveryoung #teambraverman

  • “May you staaaaaay forever young”
    Que saudade bateu agora dos Bravermans. ❤ ❤ ❤
    Eu conheci a série pelo vídeo de “Girl on TV” que o cast fez, achei tão bonito aquele elenco unido que fui conferir e me apaixonei por aquela família. Série maravilhosa e é um prato cheio pra quem gosta de drama familiar por que a série abordou de tudo. Adoraria fazer maratona com vocês mas estou com tanta coisa pra ver que infelizmente vou ter que passar. 🙁
    Uma boa maratona pra quem fica. 😀

  • Gulliter Henrique

    Vou maratonar e confesso que estou muito empolgado. Amo dramas familiares e só vejo elogios sobre “Parenthood”. Já começo amanhã 😀

  • Renata Carneiro

    Ale, já quero! Amo tudo que você descreveu aí e vou maratonar também!!! Te juro que abri o post porque vi a Lauren Graham na foto (hahahahhahahaha), mas pelo texto senti que vou curtir…

  • Karine

    To com aquele gelinho na barriga por:
    1) Maratonar uma série nova
    2) Fazer um post sobre isso
    Vamos que vamos!!! Estou sentindo falta de fãs de Six Feet Under para ver o Peter Krause, poxa 🙁

  • Luciana Santos

    É a melhor abertura de série depois de Anos Incríveis!
    Essa série marcou demais minha vida, eu não lembro de um episódio que eu não tenha chorado! Haha
    Amo demais, acompanhei as reviews da época da série, e se eu precisava de uma desculpa pra ver de novo, aqui está! Haha
    Abraços! <3

Girlboss: guia do que NÃO fazer na vida adulta

2 semanas atráscomentarios

Teve gente que gostou de Girlboss, teve gente que achou a série fraca. Mas em uma coisa todo mundo certamente concorda: Sophia é um dos piores seres humanos que já vimos como protagonista de uma série. E com ela a gente pode aprender muito sobre o que não fazer para ser uma pessoa melhor. 5. Não roubar Em GirlBoss, uma das primeiras coisas que descobrimos sobre Sophia é que ela acha normal roubar. Não, ela não rouba porque precisa, porque quer ajudar alguém, ou se quer por uma questão de princípios contra uma sociedade capitalista. Sophia rouba porque se sente superior e simplesmente não respeita os outros, – muito menos suas propriedades. 4. Não ser egoísta com a melhor amiga […]

Leia o post completo

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

2 semanas atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Guia da Trilha Sonora: Scream – Season 1

3 semanas atráscomentarios

Entre os poucos pontos positivos que posso destacar em Scream, a trilha sonora fica em primeiríssimo lugar (talvez porque seja da MTV). Misturando canções atuais, dançantes e tristes, que fazem parte da vida dos jovens de Lakewood, a série soube utilizá-las para compor a história e os personagens. Assim, nada melhor do que ouvir as músicas da primeira temporada, agora disponível em uma playlist na nossa conta do Spotify!

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter