Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Melhores estreias de 2017

Por: em 27 de dezembro de 2017

Melhores estreias de 2017

Por: em

2017 trouxe grandes novidades para os apaixonados por séries. Ao contrário dos últimos anos, tivemos grandes estreias em todas as frentes, mas principalmente nos serviços de streaming: Netflix e Hulu. Foi difícil competir com eles esse ano, mas a HBO tentou!

Vamos as melhores estreias dessa ano?

5º One Day at a Time

Ter One Day at a Time nessa lista é uma satisfação enorme. A série estreou na Netflix de forma discreta, ainda no começo do ano e, sem causar muito alarde, foi nos conquistando de um a um. A comédia é um remake da sitcom que foi ao ar em 1975 mas que adaptou totalmente a história aos novos tempos: a família agora é imigrante com orgulho e celebra suas origens cubanas e, ao longo dos dez episódios da primeira temporada são abordados temas como feminismo, homossexualidade e preconceito, sempre de forma leve mas bastante lúdica. No meio de tantos dramas e comédias bobas, One Day at a Time é um sopro inesperado de originalidade, daquelas séries que você termina com um sorriso no rosto. Então, se você ainda não conhece a série menos hypada dessa lista, se dê esse presente de Natal.

por Cristal

4º The Sinner

Uma tarde pacata na praia. Crianças brincando, uma brisa leve batendo. Uma música começa a tocar. Segundos depois, o cenário é tomado por desespero e sangue. The Sinner, mais uma da Netflix por aqui, traz um mistério em seus primeiros minutos de trama: o que motivou Cora, vivida por Jessica Biel (que também é produtora executiva da série), a matar um cara “desconhecido” no meio da praia? Enquanto a trama vai se desenvolvendo, você vai entender melhor da complexa personagem e como tudo, absolutamente tudo, importa para a resolução desse caso. Uma grata surpresa de 2017, a série é mais que uma trama policial, indo ao fundo da psicologia por trás de um assassinato.
por Leandro

3º Atypical

Atypical é uma das gratas surpresas que a Netflix trouxe esse ano para a gente. A trama que conta, de forma bem crua e sincera, a trajetória de um garoto adolescente autista e todos os poréns que possam estar incluídos nesse percurso, garantiu boas maratonas por aí. O que chama atenção, além do drama do protagonista, vivido pelo excelente Keir Gilchrist, é o impacto direto que uma doença como o autismo tem em todos ao seu redor, que passam a deixar suas vidas e seus desejos de lado, ofuscando o que sempre buscaram. Excelente dica para quem está precisando de uma maratona para o final do ano.
por Leandro

2º Big Little Lies

Baseado no romance homônimo de Liane Moriarty, Big Little Lies veio pra provar que a HBO é muito mais do que Game of Thrones. Produzida por Reese Witherspoon e Nicole Kidman, que também estrelam a adaptação, a qualidade e o sucesso de Big Little Lies não foram uma surpresa pra quem já era fã do livro, que conta a história de mães do subúrbio que tem sua vida abalada por um assassinato. Quando a história começa, não sabemos quem matou nem quem morreu, apenas que o crime aconteceu numa festa da escola, e, aos poucos, vamos conhecendo mais sobre aqueles personagens e entendendo suas motivações. Protagonizada por mulheres, a série trata de assuntos importantes como violência doméstica, estupro e abuso, sempre pelo ponto de vista de uma das protagonistas. Sem dúvida uma das melhores produções do ano e que continua em 2018 mas com um pequeno “problema”: a primeira temporada termina onde termina o livro, então o que acontecerá com essas personagens?

por Cristal

1º The Handmaid’s Tale

E o topo de melhor série de 2017 também é de uma produção baseada em um livro: The Handmaid’s Tale, O Conto da Aia, de Margaret Atwood. O livro, escrito em 1985, se passa em um futuro distópico e conta a história de Offred e de outras mulheres na República de Gileade, novo regime surgido após a queda dos Estados Unidos como o conhecemos hoje. Aos poucos, as mulheres começam a perder seus direitos e acabam presas numa realidade de opressão completa, onde são usadas como reprodutoras, serviçais ou, na “melhor” das hipóteses, propriedade do homem. Com Elizabeth Moss brilhando como protagonista, a série também traz grandes atuações como a de Ann Down e Alexis Bledel (que aqui nem lembra a eterna Rory de Gilmore Girls). Renovada, a série é mais um caso de história que vai ter que se reinventar, já que o livro chegou ao fim. Mas com todo um universo tão bem criado, a gente tem certeza que vai conseguir.

por Cristal

E pra você? Qual foi a melhor estreia de 2017? Conta pra gente! E confira também a lista das piores estreias de 2017.


Cristal Bittencourt

Soteropolitana, blogueira, social media, advogada, apaixonada por séries, cinéfila, geek, nerd e feminista com muito orgulho. Fundadora do Apaixonados por Séries.

Salvador / BA

Série Favorita: Anos Incríveis

Não assiste de jeito nenhum: Procedurais

  • Leo Silva

    Interessante… E eu aqui achando que The Handmaid’s Tale tinha feito um “manual de como fazer um estupro ritualizado”

    • Paulo Halliwell
      • Leo Silva

        Leia o Piores Estreias do Ano e vai entender 😉

        • Andrea Diedrichs

          Concordo com Leo Silva… se for usada a lógica usada (mera opinião) na Piores Estreias de 2017, The Handmaid’s Tale independentemente da qualidade técnica ou esmero em seguir a estória original poderia ser encarado como descrito por vc

    • Oi, Leo, tudo bem? Na minha opinião, 13 reasons why é irresponsável e leviano na maneira que fala de suicídio, enquanto The Handmaid’s Tale é um alerta necessário sobre a perda dos direitos da mulher como um todo, não só em relação ao estupro. Mas opinião é aquilo, né? Cada um tem a sua. Obrigada pelo seu comentário.

  • A única realmente boa aí é big litte lies. A lista das piores estréias tá melhor 🙁

  • paulo yan

    Querendo muito ver Big Little Liars e The Handsmaid’s Tale. HBO vindo com tudo…

  • Gabriele Verges

    Única que assisti foi Atypical, amei muito! <3
    Quero assistir The Handmaid’s Tale e Bog Little Lies.
    http://www.freakandcreepy.com

  • Mayara Sanpe

    Esqueceram de This is Us?

×