Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

Painel de Black Lightning na Comic-Con 2017

Por: em 22 de julho de 2017

Painel de Black Lightning na Comic-Con 2017

Por: em

Parece que todo ano a gente vem aqui com uma nova série de super heróis da DC na CW, né?

E olha, enquanto elas continuarem funcionando na programação, pode esperar por mais. A novidade da vez é Black Lightning, série que conta a jornada de um herói aposentado que tem que revisitar seus poderes para conseguir lidar com as mudanças que acontecem na sua família.

Divulgação/Twitter: DiscussingFilm

O painel começa com a exibição de um trailer especialmente preparado para a Comic-Con, que deixa a galera bem animada com o que está por vir.

O elenco completo e a produção da série estão lá, todos ovacionados pela plateia. O produtor Salim Akil começa comentando que a série é algo muito diferente do que estamos esperando. “Jefferson Pierce, nosso super herói, é a representação máxima do negro. Junto com sua família, eles representam, basicamente, os Obamas do mundo dos heróis. Eles irão salvar pessoas onde ninguém mais quer ir salvar”, comentou.

Depois foi a vez de Cress Williams, protagonista da série, falar. “Meu personagem sabe exatamente com o que está lidando, ele já fez isso antes. Agora ele não está sozinho e realmente quer mudar a realidade de onde vive. Ele irá salvar uma pessoa de cada vez, para conseguir cumprir com o seu objetivo”, revelou o ator que parece muito animado com o novo projeto.

Christine Adams, que vive a ex-mulher de Jefferson, levantou que, apesar de ter uma família negra no centro da ação, a série transcende esse universo e abordará temas que qualquer pessoa, de qualquer raça, poderá se identificar. “Tudo é circunstancial. Podemos usar um poder para o bem ou para o mal, depende da situação na qual estamos inseridos, do lugar no qual estamos inseridos. Isso será bastante abordado na nossa série”, contou Mara Brock, produtora da série.

A violência contra e dentro da comunidade negra será uma das tramas abordadas frequentemente na série, segundo o que o elenco comentou por lá – o que é polêmico, mas muito legal para uma série com a abrangência de público que Black Lightning terá.

Nafessa Williams, que vive uma das filhas de Jefferson, contou no painel que sua personagem quer muito seguir os passos do pai: “Ela quer demais trilhar esse caminho mas, ao mesmo tempo, ter sua própria trajetória, sem ser tanto a sombra do seu ídolo”.

China Anne McClain, outra das filhas, será apenas uma adolescente normal no começo da série. “E quando falamos adolescente normal, entenda isso na maior esfera possível”, disse ela rindo. Quem também não terá poderes é a personagem de Christine, mas ela será fundamental para manter todos sempre juntos, mesmo depois do seu casamento com Jefferson ter acabado.

Alguém pergunta para Cress qual foi a coisa mais difícil que ele fez até agora como herói. “Eu tive que parecer super maneiro pulando de um prédio para o outro. Eu estava morrendo de medo, não tem como parecer legal fazendo isso”, disse ele rindo e garantindo a risada de todos.

Ainda sobre Jefferson, o ator conta mais sobre a construção do personagem: “Veremos ele crescer como homem todos os dias e isso vai fazendo dele cada vez mais relevante. Iremos trazer a comunidade negra para a TV de um jeito diferente e importante. Isso nos diferencia de qualquer série do gênero. Queremos mostrar um pouco da nossa cultura”, pontuou Cress.

Depois disso, todos foram surpreendidos com a exibição do piloto da série.

Divulgação/Twitter: Mae Abdulbaki

Antes de encerrar o painel, foram reveladas as escalações de James Remar, como Peter Gambi, um antigo amigo de Jefferson, e Damon Gupton, como um detetive que não se dará muito bem com Jefferson de primeira, mas depois achará alguns pontos em comum com o cara.

Não quer perder nada da Comic-Con 2017? Então acompanhe aqui nossa cobertura completa!


Leandro Lemella

Caiçara, viciado em cultura pop e uns papo bobo. No mundo das séries, vai do fútil ao complicado, passando por comédias com risada de fundo e dramas heroicos mal compreendidos.

Santos/SP

Série Favorita: Arrow

Não assiste de jeito nenhum: The Walking Dead

×