Painel de Dirk Gently’s Holistic Detective Agency na Comic-Con 2017

23 de julho de 2017 Por:

Uma das series que mais me surpreendeu em 2016 (e que fiz questão de rever após o finale) foi Dirk Gently’s Holistic Detective Agency. Livremente baseada na obra original de Douglas Adams, a série é uma mistura maravilhosa de detetive, romance, amizade, assassinato, mistério, oculto, comédia, animais e autodescoberta. Com uma estreia modesta, a série cresceu em público e reconhecimento e está colhendo os frutos na convenção de 2017.

Pela primeira vez no Hall H (um dos maiores da convenção), a plateia estava lotada aguardando o inicio do painel e vibrou com a chegada dos integrantes. Estavam lá os atores Elijah Wood (Tood), Samuel Barnett (Dirk), Hannah Marks (Amanda), Jade Eschete (Farah), Fiona Dourif (Bart), Mpho Koaho (Ken) e as adições para a 2ª temporada Alan Tudyk e Tyler Labine, o criador da série Max Landis e o showrunner Robert Cooper. O moderador foi Kevin Smith.

Divulgação/Twitter: DirkGentlyBBCA

Mesmo em sua curta jornada, a série já é reconhecida pelos acontecimentos malucos e caóticos. Como foi a reunião de venda do episódio piloto? “Eu escrevi o episódio e depois escrevi uma bíblia de 68 páginas dita na voz do Dirk, porque eu sabia que ninguém sentaria e me ouviria pelo tempo que eu precisava que me ouvissem para entenderem a série”. Isso é que é dedicação a um projeto.

E como o elenco lida com todas as loucuras do enredo? “A gente segue em frente. Nós sabemos tanto quanto o público. Se ficarmos tentando entender antes, a atuação não vai ficar legal”, diz Elijah. “É uma constante sucessão de momentos WTF? Isso é incrível! O Max planta uma informação no episódio 01 da 1ª temporada que você não vai notar a existência até o episódio 10 da 2ª e isso é muito divertido”.

Fiona Dourif contou a experiência que é viver a fã favorita Bart. “É incrível interpretar uma personagem tão crua e despida de sexualidade. Eu chegava para gravar e tinha que me despir de qualquer vaidade para deixar a Bart sair”. Mas nem sempre é fácil manter o profissionalismo e deixar orgulho de lado. “Eu gravei a minha audição várias vezes pois eu conhecia o Max há tanto tempo e eu pensava – Eu não posso mandar isso para ninguém que eu conheço!”. E para quem está curioso, Ken ainda estará no táxi quando a série voltar.

Quando Jade Eshete estava fazendo as audições, estava super confusa, pois não entendia porque estava com o papel de Farah, já que ela é tão pequena. “A Farah tem que lutar contra uns 10 caras e eu pensei – Eu não consigo fazer isso! Talvez eles mudem o roteiro por mim. NÃO! E no final foi incrível”. Sobre as excentricidades do roteiro, Hannah disse que começou a se preparar para Amanda como uma atriz de método. “O primeiro episódio era gelo. O segundo era fogo. Ai já era”.

Divulgação/Twitter: DirkGentlyBBCA

Max é um cara muio frio e não tem papas na língua. Quando alguém perguntou sobre a possibilidade de Estevez (Neil Brown Jr.) voltar, ele foi categórico “Morto morto morto morto! Só porque você não viu o corpo não significa que o cara não morreu de verdade – e que o novo elenco seja bem vindo!”. Falando neles, Alan Tudyk interpreta Mr. Priest “Ele é um cara do Mal. Ele tem um revolver… e ele atira com ele”.

A nova leva de episódios foi bem pensada para que seja ainda mais estranha, mas mais fácil, se é que isso faz sentido – inclusive, foi essa a frase utilizada para descrever o tema da temporada. Kevin brinca que “é importante apoiar algo tão valente, tão desafiador e não disposto a facilitar para o público entender!” Dirk Gently não subestima seu publico e sabe que nós queremos entretenimento inteligente e instigante.

A 2ª temporada de Dirk Gently’s Holistic Detective Agency vai ao ar no segundo semestre de 2017. A 1ª temporada está disponível pela Netflix Brasil.

Quer saber mais novidades da Comic-Con? Fique de olho aqui no Apaixonados por Séries e saiba todas as novidades das suas séries favoritas!

Professor de idiomas com mais referências de Gilmore Girls na cabeça do que responsabilidade financeira. Fissurado em comics (Marvel e Image), Pokémon, Spice Girls e qualquer mangá das...

Ler perfil completo

São Paulo / SP

Série Favorita: Gilmore Girls

Não assiste de jeito nenhum: Game of Thrones

O que você precisa saber de Jessica Jones antes de Defensores

6 dias atráscomentarios

A primeira série da Marvel protagonizada por uma mulher começa quando os pais de Hope Shottman (Erin Moriarty) pedem a ajuda de Jessica Jones (Krysten Ritter) para investigar o paradeiro da filha, e ela então descobre que o sequestrador da moça é ninguém mais ninguém menos que Killgrave (David Tennant): aquele que a traumatizou através de um relacionamento abusivo. A moça não é então a típica heroína a qual estamos acostumados, e algumas vezes até chegamos a duvidar se podemos chama-la assim. Por ter um passado marcado pelo abuso sua personalidade se torna um tanto ácida e sombria, além de deixar para a personagem um descontrole no consumo de álcool e a ideia de que desistir é a melhor saída, e […]

Leia o post completo

O que você precisa saber de Demolidor antes de Defensores

1 semana atráscomentarios

Com o sucesso do universo cinematográfico desenvolvido pela Marvel nos cinemas, um dos personagens mais interessantes e queridos dos fãs de quadrinhos foi ansiosamente aguardado para voltar a fazer parte do mesmo mundo. Homem-Aranha? Não, na verdade Demolidor. Após a Fox deixar os direitos de uso do personagem retornar para a casa das ideias, Marvel e Netflix fecharam uma parceria para desenvolver diversas séries de heróis. Demolidor abre essa parceria com maestria, trazendo uma série obscura, e violenta, diferente do que o personagem já viveu nas telas até então (abraço Ben Affleck!) Charlie Cox (Broadwalk Empire), dá vida a Matt Murdock, sofrido e realista. A série apresenta ele como advogado com o escritório associado em Hell’s Kitchen, e em seguida suas […]

Leia o post completo

Com pais como estes, hoje é um dia para esquecer

1 semana atráscomentarios

Existe um ditado que diz que a vida imita a arte (ou vice-versa) e isso sempre se mostra realidade quando comparamos as séries que assistimos à vida real. Claro que ainda não descobrimos um universo paralelo, uma cabine telefônica que nos transporte por aí ou que alienígenas têm planos de conquistar a Terra, mas muitas vezes a realidade é espelhada nos roteiros das histórias que mais amamos. House of Cards está aí para comprovar essa teoria, se compararmos os acontecimentos aos fatos que vemos nos noticiários todos os dias. Com os pais não poderia ser diferente. Existem pais que assumem o papel integral da criação da criança, pais que são os melhores amigos dos filhos, filhos que têm dois pais, pais de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter