Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

Palpites Apaixonados por Séries – Indicados ao Emmy 2012

Por: em 18 de julho de 2012

Palpites Apaixonados por Séries – Indicados ao Emmy 2012

Por: em

No dia 19 de Julho, Nick Offerman (Parks and Recreation) e Kerry Washington (Scandal) anunciarão os indicados ao 64º Primetime Emmy Awards. A cerimônia de entrega acontece somente dia 23 de Setembro, tendo Jimmy Kimmel como mestre de cerimônias.

Após um Emmy razoavelmente bom no ano passado, há tempos não se via uma enxurrada de boas produções com vários candidatos tentando garantir um dos 6 locais premiados, e porque não, levar um estatueta para casa. Assim como fizemos em 2010 e 2011, eu e Guilherme estamos de volta para palpitarmos os indicados desse de 2012.

O problema é que os votantes da Academia são pouco imprevisíveis. Dos 60 nomes entre séries e atores (principais e coadjuvantes) em comédia e drama, são raras as exceções que ficamos surpresos. E quando ficamos, elas não são tão boas assim, visto as inacreditáveis indicações de Johhny Galecki (The Big Bang Theory) e Melissa McCarthy (Mike & Molly) no ano passado. Porém, não podemos reclamar muito. Claro, a Academia continua esnobando produções de calibre artístico como Fringe, Community e Sons of Anarchy. Mas esnobou Glee, indicou Louis C.K. e deu Emmys para Kyle Chandler e Margo Martindale.

Entre as novas produções, Veep, Girls, New Girl, Homeland e Boss devem garantir um bom número de indicações, considerando todas as partes técnicas. Breaking Bad, Damages e Curb Your Enthusiasm voltam após um ano inelegíveis junto de Downton Abbey, que troca categoria, competindo – corretamente – como série dramática. Já American Horror Story não se encontra no post, pois competirá como minissérie.

Ator Coadjuvante em Série de Comédia:

  • Chris Colfer, como Kurt Hummel em Glee
  • Ed O’Neill, como Jay Pritchett em Modern Family
  • Eric Stonestreet, como Cameron Tucker em Modern Family
  • Jesse Tyler Ferguson, como Mitchell Pritchett em Modern Family
  • Nick Offerman, como Ron Swanson em Parks and Recreation
  • Ty Burrell, como Phil Dunphy em Modern Family

Não dá para negar o amor da Academia por Modern Family, e após uma temporada melhor que a do ano anterior, é confiável apostar no retorno dos quatro atores adultos. Dois dos quais já têm um Emmy em casa. A pergunta que não quer calar é: quem abocanhará os outros dois lugares? Continuamos apostando com Nick Offerman, porque sonhar nunca é demais. Parks and Recreation começou com indicação a Amy Poehler; continuou com a atriz e a série; então por que não apostar em três indicações esse ano? Offerman nunca errou, e continua entregando uma das interpretações mais engraçadas da televisão americana. O último lugar ao sol deixamos com o indicado duas vezes, Chris Colfer. Glee deve perder mais prestígio ainda esse ano, chegando a ser tirada da corrida de melhor comédia, mas a atuação de Colfer (mesmo que dramática) continuou sólida. Tudo vai depender da adoração dos votantes por New Girl.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Max Greenfield (New Girl) e Neil Patrick Harris (How I Met Your Mother).

Outros possíveis improváveis: Damon Wayan Jr. (Happy Endings), Danny Pudi, Donald Glover, Jim Rash (Community), Jason Gann (Wilfred) e James Spader (The Office).

Atriz Coadjuvante em Série de Comédia:

  • Betty White, como Elka Ostrovsky em Hot in Cleveland
  • Cloris Leachman, como Maw Maw em Raising Hope
  • Jane Lynch, como Sue Sylvester em Glee
  • Julie Bowen, como Claire Dunphy em Modern Family
  • Kristen Wigg, como vários personagens em Saturday Night Live
  • Sofia Vergara, como Gloria Prichett em Modern Family

O mesmo da categoria acima, se repete aqui. Não existem motivos palpáveis que deixem Julie Bowen e Sofia Vergara fora dos indicados. Apesar de sermos mais team Bowen, nessa temporada Sofia Vergara saiu mais do lugar comum e merecia levar um Emmy por Modern Family. Nunca apostem contra Betty White. A adorável senhora deverá ser indicada por tudo que fizer até o dia que não estará mais entre nós. Pelo seu último ano em Saturday Night Live e considerando todo o apoio de ser uma indicada ao Oscar – eu sei que isso não deveria contar, mas conta – Kristen Wigg volta tranquilamente. Indicada ano passado em convidada, outra simpática senhora, Cloris Leachman, adorada pelos votantes, deve entrar. Fechando os seis lugares, apostamos alto com Jane Lynch, que é bastante querida pela Academia e deverá ser o elo mais duradouro de Glee em indicações.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Jane Krakowsky (30 Rock).

Outros possíveis improváveis: Cheryl Hines (Suburgatory), Diane Ladd (Enlightened), Kaley Cuoco, Mayim Bialik, Melissa Rauch (The Big Bang Theory), Gillian Jacobs (Community), Casey Wilson (Happy Endings), Maya Rudolph (Up All Night) e Anna Chlumsky (Veep).

Ator Coadjuvante em Série Dramática:

  • Aaron Paul, como Jesse Pinkman em Breaking Bad
  • Alan Cumming, como Eli Gold em The Good Wife
  • Giancarlo Esposito, como Gus Fring em Breaking Bad
  • John Slattery, como Roger Sterling em Mad Men
  • Mandy Patinkin, como Saul Berenson em Homeland
  • Peter Dinklage, como Tyrion Lannister em Game of Thrones

Quatro desses lugares são certamente corretos. Dois antigos vencedores: Aaron Paul e Peter Dinklage, retornarão. Paul vem mais forte do que nunca, em uma das melhores atuações da TV em uma das séries mais veneradas e ovacionadas entre crítica e público. Dinklage esteve ainda mais fantástico na 2ª temporada de Game of Thrones, evoluindo seu Tyrion Lannister, de alívio cômico, para um personagem que faltam palavras para descrever. John Slattery volta facilmente para sua 5ª indicação; ao mesmo tempo que Giancarlo Esposito entra em cena como um dos favoritos após a surpreendente interpretação de Gus na quarta temporada de Breaking Bad. Fechando os dois últimos lugares, apostamos em Alan Cumming, duas vezes indicado pelo papel de Eli, e que não fez por menos esse ano; e –  dependendo do amor da Academia por Homeland – a entrada de Mandy Patinkin será fácil.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Nick Nolte (Luck), Walton Goggins (Justified), Josh Charles (The Good Wife) e Andre Braugher (Men of a Certain Age).

Outros possíveis improváveis: John Noble (Fringe), Joel Kinnaman (The Killing), Neal McDonough (Justified), Michael Pitt (Boardwalk Empire) e John Goodman (Damages).

Atriz Coadjuvante em Série Dramática:

  • Anna Gunn, como Skyler White em Breaking Bad
  • Archie Panjabi, como Kalinda Sharma em The Good Wife
  • Christina Hendricks, como Joan Harris em Mad Men
  • Christine Baranski, como Diane Lockhart em The Good Wife
  • Kelly Macdonald, como Margaret Schroeder em Boardwalk Empire
  • Maggie Smith, como Condessa-viúva Violet Crawley em Downton Abbey

Existem muitas mulheres poderosas na TV, sejam principais ou coadjuvantes, e é difícil dar espaço para todas elas em premiações. Por isso, começo essa categoria com orgulho de que Anna Gunn esteja extremamente cotada para o Emmy 2012. Desde que começamos esse post, dois anos atrás, lá estava a foto da atriz como nosso palpite. Porém, até agora, os votantes só demonstraram amor pelos homens de Breaking Bad, esquecendo que Gunn mostra uma performance sólida e cada vez mais estonteante a cada temporada. O medo disso tudo é que ela seja deixada de fora para dar espaço para Rose Byrne (não menos merecedora) que após dois anos já indicada por Damages, retorna com o sucesso de Missão Madrinha de Casamento – filme que beneficia três atrizes nesse Emmy. A vencedora Archie Panjabi e sua colega Christine Baranski são nomes certos, assim como a fantástica Christina Hendricks, após uma temporada polêmica para sua Joan. Favorita, Dama Maggie Smith troca de categorias e pode – com merecimentos – continuar reinando. O último lugar deve ser de Kelly Macdonald que foi o que Boardwalk Empire teve de mais forte em seu segundo ano. P.S.: Não doeria nada ver a nossa brasileira indicada, não é? E Morena Baccarin está bem cotada, seguindo já abaixo.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Anjelica Huston (Smash), Rose Byrne (Damages) e Morena Baccarin (Homeland).

Outros possíveis improváveis: Sandra Oh (Grey’s Anatomy), Emilia Clarke, Lena Headey (Game of Thrones), Lauren Graham (Parenthood), Maggie Siff (Sons of Anarchy).

Ator Principal em Série de Comédia:

Esperamos sinceramente não vermos o nome de Johnny Galecki entre os indicados, mas ele pode entrar. Alec Baldwin e Jim Parsons – ambos bi-campeões são nomes certos, assim como Louis C.K., que deveria levar a estatueta para a casa, sem sombra de dúvidas. Larry David deve voltar após um ano longe do Emmy, enquanto Jon Cryer provou que é ator de qualidade, conseguindo manter o humor de Two and a Half Men sem Charlie Sheen, e agora troca de categorias, sendo o homem principal da série. O último lugar apostamos com Cheadle, que vem de uma comédia recente, com certo hype, e que não fez por menos.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Johnny Galecki (The Big Bang Theory)

Outros possíveis improváveis: Joel McHale (Community), Adam Scott (Parks and Recreation), Garret Dillahunt (Raising Hope) e Will Arnett (Up All Night)

Atriz Principal em Série de Comédia:

  • Amy Poehler, como Leslie Knope em Parks and Recreation
  • Julia Louis-Dreyfus, como Selina Meyer em Veep
  • Laura Dern, como Amy Jelilcoe em Enlightened
  • Lena Dunham, como Hannah Horvath em Girls
  • Tina Fey, como Liz Lemon em 30 Rock
  • Zooey Deschanel, como Jess Day, em New Girl

Facilmente a categoria mais difícil da noite. O Emmy não tem como característica abandonar muitos ex-indicados e colocar carinhas novas, e nós estamos fazendo exatamente isso ao deixarmos apenas Tina Fey e Amy Poehler como antigas indicadas. Vencedora, Tina continua após uma temporada forte em 30 Rock. A favorita de 10 em 10 fãs de séries – Amy Poehler – merece levar essa estatueta para casa após a corrida de Leslie a câmara de vereadores de Pawnee. Os quatro outros nomes são novos nessa categoria pelas séries que concorrem. Até porque essa é o mesmo lugar que já premiou Julia Louis-Dreyfus, que volta mais forte ainda com a novata Veep. Laura Dern é conhecida do público e fez um trabalho fenomenal na desconhecida Enlightened, que lhe rendeu o Globo de Ouro no começo do ano. Lena Dunham entra em 2012 como artista revelação, provando ser atriz, diretora e roteirista de primeira, merecendo sua indicação por Girls. Fechando a lista, temos Zooey Deschanel, a queridinha do público, que conquistou o mundo com New Girl.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Melissa McCarthy (Mike & Molly), Laura Linney (The Big C), Edie Falco (Nurse Jackie) e Martha Plimpton (Raising Hope).

Outros possíveis improváveis: Lea Michele (Glee), Felicity Huffman (Desperate Housewives), Kat Dennings (2 Broke Girls), Christina Applegate (Up All Night), Ashley Rickards (Awkward) e Jane Levy (Suburgatory).

Ator Principal em Série Dramática:

  • Bryan Cranston, como Walter White em Braking Bad
  • Damian Lewis, como Nicholas Brody em Homeland
  • Dustin Hoffman, como Ace Bernstein em Luck
  • Jon Hamm, como Don Draper em Mad Men
  • Kelsey Grammer, como Tom Kane em Boss
  • Steve Buscemi, como Nucky Thompson em Boardwalk Empire

Quatro dos seis acima certamente andarão no tapete vermelho na noite do Emmy. Três vezes vencedor, Bryan Cranston, volta ainda melhor – parece impossível, mas o cara é DEMAIS – e pode facilmente levar sua quarta estatueta. Jon Hamm tranquilamente consegue sua quinta indicação, mesmo não tendo levado quando mais merecia (ano passado). O vencedor do Globo de Ouro, Kelsey Grammer, deve ser a única indicação de peso que Boss conseguirá, porém, merecidamente. Dependendo do hype de Homeland entre os votantes, Damian Lewis é nome certo. Apesar de menos barulho em sua 2ª temporada, Boardwalk Empire entregará a Steve Buscemi sua segunda indicação. A dúvida é mesmo se o vencedor do Oscar, Dustin Hoffman vai conseguir ser indicado por uma série que recebeu tantas críticas pelo problemas de produção com animais. É fácil apostar que Timothy Olyphant consiga seu lugar ao sol.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Hugh Laurie (House), Timothy Olyphant (Justified) e Michael C. Hall (Dexter).

Outros possíveis improváveis: Hugh Bonneville (Downton Abbey), Kiefer Sutherland (Touch), Jason Isaacs (Awake) e William H. Macy (Shameless).

Atriz Principal em Série Dramática:

  • Claire Danes, como Carrie Mathison em Homeland
  • Elisabeth Moss, como Peggy Olson em Mad Men
  • Elizabeth McGovern, como Cora Crawley em Downton Abbey
  • Glenn Close, como Patty Hewes em Damages
  • Julianna Margulies, como Alicia Florrick em The Good Wife
  • Mariska Hargitay, como Olivia Benson em Law & Order: SVU

Não é a categoria mais fácil de prever os indicados, mas sim a vencedora. O Emmy É de Claire Danes e a chance dela perder essa estatueta é de 0,0001%. Seu trabalho em Homeland foi estupendo, deixando as outras competidoras para trás. Porém, três antigas vencedoras voltam tranquilamente: Julianna Margulies por mais uma temporada impecável em The Good Wife; Mariska Hargitay, que só sai daí quando Law & Order: SVU acabar, e Glenn Close, duas vezes vencedora, com uma personagem admirada pela Academia. Elisabeth Moss é outro nome fácil; enquanto Elizabeth McGovern é o nome que pode pular fora. Ela foi indicada ano passado quando Downton Abbey concorria em minissérie, e sua filha em cena – Michelle Dockery – fez um trabalho melhor que Elizabeth. Porém, uma indicada ao Oscar é difícil renegar.

Pode facilmente puxar o tapete de outro indicado: Mireille Enos (The Killing), Kyra Sedgwick (The Closer) e Kathy Bates (Harry’s Law).

Outros possíveis improváveis: Jessica Paré (Mad Men), Debra Messing (Smash), Katey Sagal (Sons of Anarchy), Emmy Rossum (Shameless) e Michelle Dockery (Downton Abbey).

Série de Comédia:

  • 30 Rock (NBC)
  • Curb Your Enthusiasm (HBO)
  • Modern Family (ABC)
  • Parks and Recreation (NBC)
  • The Big Bang Theory (CBS)
  • Veep (HBO)

São muitas possibilidades. E a maioria que pode ou vai ser indicada não é tão merecedora assim. Gostamos de The Big Bang Theory, mas ela não é a melhor comédia da TV e deveria ter sido indicada no começo. Porém, o hype da série só aumenta, o que garante seu lugar. Curb Your Enthusiasm continua fazendo bonito apesar de pouca gente assistir. 30 Rock apresentou uma temporada sólida e vai ficar na briga, assim como a duas vezes vencedora Modern Family, e a favorita do público e crítica Parks and Recreation – que deveria levar. Apostamos na novata Veeppara entrar, mas são muitos os nomes que podem concorrer. É só conferir abaixo.

Pode facilmente puxar o tapete de outra indicada: Louie (FX), Girls (HBO), Glee (FOX), New Girl (FOX) e The Office (NBC).

Outras possíveis improváveis: 2 Broke Girls (CBS), Nurse Jackie (Showtime), Community (NBC) e Enlightened (HBO).

Série Dramática:

  • Breaking Bad (AMC)
  • Downton Abbey (ITV/PBS)
  • Game of Thrones (HBO)
  • Homeland (Showtime)
  • Mad Men (AMC)
  • The Good Wife (CBS)

Apenas um nome não é 100% na lista acima: The Good Wife. Dominada por canais à cabo, a categoria está recheada de bons dramas. Breaking Bad e Homeland são os nomes mais fortes para destronar a favorita da Academia, Mad Men. Downton Abbey é um sucesso sem precedentes, trocando de categoria após uma explosão de Emmys no ano passado, e apesar de uma temporada mais fraca, conseguirá entrar entre os seis. Game of Thrones atingiu mais público e mais hype durante sua excelente 2ª temporada, não deixando desculpas para ficar de fora. A dúvida será se a Academia deixará espaço para uma série de canal aberto, ou fechará com Boardwalk Empire, outra candidata de peso.

Pode facilmente puxar o tapete de outra indicada: Boardwalk Empire (HBO).

Outras possíveis improváveis: Dexter (Showtime), Smash (NBC), Justified (FX), Damages (DirecTV), Boss (Starz), House (FOX) e Luck(HBO).

____________________________________________

Não esqueça de acompanhar conosco os indicados ao 64º Emmy que serão anunciados na quinta-feira.

Aproveite e deixe seus palpites.

(crédito das imagens para o parceiro Guilherme)

 


Caio Mello

São Bento do Sul – SC

Série Favorita: Lost

Não assiste de jeito nenhum: Séries policiais

  • Mas o Peter Dinklage não foi, digamos, o “protagonista” da temporada de GOT? Seria estranho vê-lo indicado como “coadjuvante”.

    • Jorge R.

      Mesmo o Peter Dinklage sendo o protagonista da temporada os atores equilibram seu tempo em tela, tipo,pra mim, o eterno protagonista vai ser Sean Bean com seu Ned Stark, depois de sua morte, mas o verdadeiro protagonista de Game of Thrones é o continente de Westeros, do mesmo jeito que em The Wire, mesmo tendo um protagonista fixo, sabíamos que a estrela é a cidade de Baltimore, e Treme também, pois conta várias histórias sendo a grande personagem o bairro Treme em Nova Orleans.

      • Game of Thrones não tem protagonistas. Todos são coadjuvantes. Só fica a impressão de que o Ned era o protagonista porque ele tinha mais “história” nos livros.

    • Então, essa não é uma escolha nossa.

      Os próprios atores e as emissoras debatem sobre qual categoria eles tentarão se candidatar.

      No ano passado, apenas Sean Bean e Lena Headey tentaram como atores principais por Game of Thrones, enquanto esse ano, todos os atores concorrem como coadjuvantes, independente do tempo em cena.

      Algo parecido acontece em Modern Family e acontecia com Friends. Os atores preferiam concorrer como coadjuvantes, sem achar ninguém principal (apesar de que isso mudou em Friends nos anos finais)

      O importante é que a escolha é deles. Anna Gunn, de Breaking Bad, e Lauren Graham de Parenthood, sempre tentaram como atrizes principais. Nesse ano, estão tentando como coadjuvantes, e têm mais chances.

      Essa divergência é comum em Mad Men, que frequentemente arranja polêmica por isso. Elisabeth Moss, January Jones e Jessica Paré já trocaram categorias várias vezes, algumas tiveram sorte, outras nem tanto.

      É o mesmo que comentei de Jon Cryer, no post. Ele escolheu se candidatar como principal esse ano.

  • Jorge R.

    *Como melhor ator coadjuvante em comédia: qualquer coadjuvante de Community e qualquer coadjuvante de Happy Endings(Damon Wayan jr e o Adam Pally).
    *Melhor atriz coadjuvante em comédia:qualquer atriz de Community ou qualquer atriz de Happy Endings.
    *Melhor ator coadjuvante em drama:extremamente difícil, mas torço por Aaron Paul, mas os outros fizeram um trabalho fantástico, o Giancarlo Esposito fazendo o Gus é assustado e chamo atenção para os personagens coadjuvantes de Justified que são ótimos, o antagonista da série, Walter Goggins fazendo o antagonista da série e os vilões da temporada, Neal McDounogh, ótimo.
    *Melhor atriz coadjuvante em drama:categoria difícil, acho injusto nunca indicarem Anna Gunn, quando ela bate de frente com Walter e tem que ser a ruim da família, ela faz como todo amor, mas meu coração esse ano tem duas donas: Christina Hendricks me conqustoude início e a quinta temporada só fez esse amor aumentar; e Lena Headey foi a grande mulher em Game of Thrones esse ano, eu adoro aquela mulher, ela é amorosa, mesmo ela dizendo que é uma fraqueza, na pose de ameaça que ela assume. Se as duas estiverem no páreo me sentirei muito feliz. E Maggie Smith seria sensacional, velha safadinha essa que adoro.
    *Melhor ator em comédia:Joel McHale. Pronto.
    *Melhor atrz em comédia:ainda acho que a Laura Linney devia ganhar, mas as que vc apontou eu aposto na protagonista de Veep.
    Melhor ator em drama:eu boto fé na quarta vitória de Bryan Cranston, os outros estão na parada também, e ressalto o grande trabalho de Damian Lewis em Homeland.
    Melhor atriz:Claire Danes. Fato. P.S: as duas protagonistas em Downton Abbey fazem um trabalho lindo, tipo, é realmente lindo do tipo que me faz chorar, é perfeito.
    Melhor Comédia:Community.
    Melhor Drama:Por mais que tenha gostado muito de acompanhar Mad Men, Breaking Bad e Homeland merecem muito por esse posto, mas torço ferrenhamente que a série de Vince Gilligan saia vencedora.

    • Também adoraria ver Laura Linney lá Jorge. Achei que ela foi roubada ano passado. Mas infelizmente, o post é feito por estatísticas, e elas não estão muito bem para Linney esse ano. E nunca estiveram bem para Community, o que é completamente errado.

  • Cakki

    Gostei dos palpites de vcs! Imagino que a linha seguida seja essa mesmo. O 4º ano de BB merece mtooo reconhecimento mesmo. E a 2ª temp de GoT tbm.

    Acredito que o Alfie Allen tbm seja um possível candidato na categoria de ator coadjuvante drama.

    Acho uma pena serem tão poucos indicados em coadjuvantes, apesar de que assim a briga é sempre boa! Mas sempre acabam esquecendo alguém (alô John Noble).

    • Jorge R.

      Estou torcendo um bocado pra que o Alfie Allen seja reconhecido.

  • Torco muito por The good Wife!!! A série é maravilhosa!

  • Concordo que a categoria que parece ser a mais concorrida é a de Atriz Comédia. Afinal, uma categoria que aparentemente se dará ao luxo de deixar de fora Laura Linney e Edie Falco, é, no mínimo, disputada. Não assisto Nurse Jackie, mas assisto The Big C e acho Laura Linney fenomenal, talvez ela consiga beliscar uma vaga, já que não aposto tão alto em Girls. Agora, como favorita vejo Julia Louis-Dreyfus, ela está sensacional em Veep e vem forte.
    Fico feliz também com a possível indicação da excelente Maggie Smith e todas demais de Downton Abbey. Acho que Claire Danes é realmente a grande favoritare e merece vencer. Já o Mandy Patinkin não sei se será realmente indicado e, na minha opinião, nem merece.
    Ótimo post, parabéns!

  • Melhor série: The Good Wife é a minha série favorita, mas acho que Homeland (que eu adoro também) leva o prêmio de melhor.

    Melhor atriz: Claire Dannes é a vencedora mais “certa” nessa lista. Ninguém tira o prêmio dela.

    Melhor atriz em comédia: Julia Louis-Dreyfus leva essa (merecidamente). Mas o restante da lista é excelente também. A Zooey, que eu adoro (sou fã do She & Him) é a mais fraquinha. A atriz é talentosa, a personagem é que não permite muita coisa mesmo. Enfim.

  • Matt

    Que horas será transmitido – e em que canal – os indicados ao Emmy?

  • Vinícius

    Marcia Cross atuou perfeitamente bem nessa última temporada de desperate housewives. O problema é que desperate está na categoria de comédia e a 8ª temporada foi muito sombria pra ser indicada, principalmente, na categoria de melhor série de comédia. Que pena!

    • Atwood

      concordo aproveitaram muito mal o material que fizeram em DH para apostar na categoria drama, Marcia Cross ganhava fácil se soubessem aproveitar a oportunidade.E acharia lindo uma homenagem para a Kathryn Joosten que infelizmente se foi mais deu um lindo fechamento em DH

  • alex

    Nenhuma série que assisto está na lista. 2 Broke Girls uma ótima comédia, e ainda mais Com a Kat Dennings que atua muito bem, e nada de premiações.

    Once Upon a Time, uma das melhores estreias da Fall season, e com apenas 1 episódio ruim, nada.

    Nikita a série mais subestimada atualmente.

    The Walking Dead teve um grande deslize, mas torço por pelo menos uma indicação.

    Grey’s Anatomy já não é a mesma de antes, porém torço por Chandra Wilson ou Sandra Oh.

    Espero que pelo menos essas séries estejam na lista do Emmy. ótimo post

    • dan

      Once Upon a Time concordo ngm liga mais é mtu FODA *o*

  • Atwood

    Achei justo o palpites de vc, mais não posso acreditar que DH não vai levar nada no seu último ano ou levar pelo menos várias indicações, Fringe vou botar fé ano que vem pq sinto q a última temp. será éppica. Mais DH tem que ser indicada e levar algo

    • Vinícius

      Concordo. Desde a 4ª temporada que DH não apresenta uma temporada tão boa quanto a 8ª. Mas eu vou explicar o problema: foi desde o início da série que DH se candidatou na categoria de comédia. E isso até que foi aceitável, naquele tempo, já que isso não impediu a 1ª temporada de ser indicada como melhor série de comédia, considerando que o drama e a comédia foram bem equilibrados. Mas essa 8ª temporada só passou a equilibrar bem esses gêneros a partir da sua metade. Ela foi muito sombria e depressiva. Por isso as poucos indicações.!!

  • Anon

    Estou escrevendo já sabendo as indicações. Lamentei a não indicação de The Good Wife como melhor série em drama. Nâo acho que Juliana Marguiles mereça ganhar. Achoa-a tão inexpressiva. Estarei torcendo por Cristine Baransky para atriz coadjuvante em drama pois acho-a fantástica. Minha atriz favorita Mariska Hargitay ficou de fora esse ano mas é compreensível. Mariska teve sua participação reduzida em SVU.Espero que Clear Danes ou Kate Bates vença.

×