Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

Primeiras Impressões: Brockmire

Por: em 8 de abril de 2017

Primeiras Impressões: Brockmire

Por: em

Já imaginou estar no meio de uma transmissão de rádio ao vivo, perder a calma e falar um pouco a mais do que devia? Bom, é exatamente assim que começa a nova série do canal IFC, Brockmire.

A trama se passa em torno do narrador esportivo Jim Brockmire (Hank Azaria), que em um lindo dia colocou sua carreira em risco ao comentar a traição de sua mulher em uma transmissão ao vivo para todo o país. Depois desse fiasco, o narrador acaba se mudando para a Ásia e, agora, 10 anos depois ele volta para o campo esportivo a convite de Jules (Amanda Peet).

Até aí parece tudo ok, o problema é que o time de Jules é totalmente desqualificado! A série explora bastante essa dualidade na vida de Brockmire: foi do melhor narrador, que conhecia todas as lendas do beisebol para o pior time da liga, sendo escutado por um público mínimo.

Além disso tudo, o narrador passou esses dez anos sem nem se quer entrar na Internet e quando volta para os Estados Unidos, acaba descobrindo que o vídeo de seu surto viralizou e agora ele é uma sensação da Internet! Do outro lado, temos Charles (Tyrel Jackson Williams), um viner bombado que vai ajudar Brockmire a transmitir as narrações e fazer toda a divulgação na Internet. Os momentos entre os dois foram os mais engraçados do episódio! Mal posso esperar para ver mais dessa dupla em ação!

O piloto foi interessante, as piadas são engraçadas, os personagens são cativantes e a gente logo logo se vê ao menos curiosos pelo que vai acontecer com o time. Admito que no início estava achando tudo muito chato, mas depois já estava completamente envolvida com os personagens, torcendo pra dar tudo certo. A química entre os atores funcionou muito bem e para quem não sabe, a série é dirigida por Tim Kirkby, o mesmo diretor de Veep.

A série não vem no formato sitcom, com começo, clímax e desfecho no mesmo episódio, mas sim como uma continuação. Esse é um dos grandes atrativos para a mesma, afinal, sitcons podem acabar caindo naquele velho clichê… Neste primeiro episódio ficou bem claro o caminho para o qual a série vai seguir: acompanhar o time de Jules em busca do estrelato e isso foi bom, pois nos deixou curiosos de como isso tudo vai acabar.

Brockmire já foi renovada para uma segunda temporada graças ao alto índice de audiência que teve o piloto. Para quem não sabe, o primeiro episódio foi disponibilizado desde segunda-feira para assinantes da plataforma digital. Em dois dias o piloto atraiu 2,3 milhões de espectadores, garantindo a renovação da série antes mesmo de sua estreia na televisão. Acho que tá aí um motivo bem convincente para dar pelo menos uma chance à série!

E vocês, assistiram Brockmire? O que acharam do primeiro episódio? Contem nos comentários!


Maria Eduarda

Futura jornalista, viciada em séries e louca dos signos. Adora músicas pop punk e passa muito tempo em redes sociais. Só abandona a Netflix quando chamam pra ir pra pizzaria.

Rio de Janeiro / RJ

Série Favorita: Freaks and Geeks

Não assiste de jeito nenhum: Orange Is The New Black

  • Paulo Adriano Rocha

    Será que tem legendada por aí na internet?

    • Maria Eduarda

      Oi Paulo!
      Então, eu só achei legenda em inglês! Hoje eu não sei se já lançaram as em português.

×