Under the Dome

27 de junho de 2013 Por:
A CBS apresentou, na última segunda-feira (24), a estreia de “Under the Dome”, baseada no romance homônimo de Stephen King. Uma estreia muito bem sucedida, assistida por 13,1 milhões de telespectadores. Embora a ambientação, caracterização e fotografia tenham sido criadas com diversas referências visuais a outras obras adaptadas do autor, os fãs mais puristas do livro podem não ficar muito satisfeitos com as grandes mudanças da série em relação ao original.

under-the-dome-pilot

A trama é intrigante: Chester’s Mill, uma pequena cidade em Maine (There is another town in Maine), subitamente é isolada do resto do mundo por uma redoma impenetrável. As razões pelas quais o elemento estranho surgiu, do que ele é feito e quando – e se – vai embora são questionamentos que os personagens e o telespectador terão que especular e descobrir juntos.

Uma das armadilhas fáceis em que o piloto poderia cair seria focar apenas nas cenas de ação causadas pelo surgimento da redoma, e é claro que elas não deixaram de ser muito bem aproveitadas. Houve carros batendo, avião explodindo e até mesmo a bizarra cena de uma vaca partida ao meio, mas não é o tipo de recurso que se pode usar em outros episódios, então foi um acerto dos roteiristas abrir mão de um ritmo mais acelerado em nome de marcar desde já sua identidade e começar a desenvolver o ponto central da série: os personagens.

O mistério da redoma e as consequências do seu aparecimento certamente estarão presentes o tempo inteiro como uma das bases da série, mas o mais interessante será acompanhar a forma como os personagens lidam com a nova situação e as metáforas sociais e reflexões éticas que sempre surgem neste tipo de obra de ficção, especialmente nas de Stephen King.

Falando nos personagens, temos vários focos de ação que tendem a se interligarem com o tempo, já que o confinamento, embora em larga escala, forçará uma união maior entre os moradores e forasteiros de Chester’s Mill.

Under-the-Dome-Piloto-Barbie

O elenco jovem, ao menos neste primeiro momento, deixou a desejar. Os intérpretes de Angie, Junior, Joe e Norrie ainda não parecem muito à vontade com seus personagens, ao contrário de Mike Vogel, Rachelle Lefevre, Natalie Martinez e Dean Norris, que tornaram interessantes todos os minutos em cena de Barbie, Julia, Linda e Big Jim e foram responsáveis por atiçar a curiosidade da audiência sobre as intenções, segredos e limites de cada um.

O texto é uma grata surpresa, deliciosamente ágil, com o ritmo e a concisão necessários para transformar as mais de 900 páginas do livro em um show de TV. As tiradas irônicas e as referências à cultura pop recolocam a cidade sob a redoma dentro do mundo contemporâneo.

Muito esperada por fãs e curiosos, “Under the Dome” começou com o pé direito e é uma boa promessa para a Summer Season. Famosa por suas comédias, a CBS consegue mostrar mais uma vez que é capaz de fazer um bom drama quando aposta suas fichas nele.

Jornalistatriz, viajante, feminista e apaixonada por séries, pole dance e musicais.

Rio de Janeiro / RJ

Série Favorita: Homeland

Não assiste de jeito nenhum: Two and a Half Men

  • Carolpc

    vou ver! ainda mais que é inspirado em um livro!
    obrigada pela review!

    • Assista sim, depois me diga o que achou 😉
      E obrigada vc pelo comentário!

      • carolpc

        eu ameeei! com certeza irei acompanhar!
        suspense em boa dose e muita construção dos personagens.
        😉

  • Jonathan Alves

    Ansiedade está matando… Não achei para baixar, pode me passar o site, por favor?
    Ótima review!

  • Priscilla V.

    Eu vou ver. Mas sinceramente não gosto de séries baseadas em livros ou contos, porque geralmente esticam a estória para ter mais temporadas e no final tem nada haver com o livro/conto que serviu de inspiração.

    • É, na verdade Under the Dome já está com várias diferenças em relação ao livro desde o piloto, então o enredo deve tomar rumos bem distintos do original mesmo. Mas o próprio Stephen King aprovou essas mudanças, então acredito que não vão estragar a trama toda ahahaha assista com o coração aberto, há coisas legais do livro que vão ficar de fora, mas com certeza surgirão novidades na série que vão agradar também.

  • feeh

    Eu assisti o piloto e achei a mesma coisa:ágil , com ritmo e a concisão necessária . Estou ancioso pelo segundo episódio 🙂

    • Vai ter review, continue acompanhando conosco!

  • Rangel Lobo

    Lais o que fiquei mais indagado foi ver seu nome, o/ , Gostei do post vou assistir a série!
    Abraços!!! =)

  • Lais, gostei muito desse piloto e espero que a série continua seguindo esse ritmo de mistério em relação a Redoma. Os efeitos especiais e a cena da vaca sendo cortada ao meio, foram excelentes e tenho certeza de que muita coisa ainda está por vir. Um dia, eu pretendo ler o livro, que parece ser muito bom também, mas haja fôlego para ler mais 900 páginas né? Rs. Fico feliz em poder acompanhar as suas reviews e nos vemos nos próximos episódios. Abraços.

    • Tomara mesmo, Arthur… é bem chato quando uma série empolga no piloto e logo no segundo episódio já decepciona, mas estou otimista, acho que não vai acontecer dessa vez.
      Realmente, 900 páginas é pesado (em todos os sentidos), mas acho que o texto do King sempre faz valer a pena. Até o próximo episódio então! Abraços.

  • Bruno Mendes

    Eu achei perfeita!!!

  • Pérola

    Gostei bastante da série e achei muito bom os efeitos especiais. Muita gente comentou no BS que os efeitos forma estilo OUAT, mas não concordo… Que redoma foi aquela???

    Laís, concordo com você sobre os atores mais novos. Até o Colin Ford que a gente conhece de SPN tava meio estranho…. E assim como você amei o fato de terem mostrado a história e não optado pela ação simples e pura.

    Sou do tipo de pessoa chata que lê o livro e fica revoltada com algumas adaptações, mas em relação a UTD tô achando até bom porque já tem gente revoltada… O povo tem que lembrar que todas as mudanças feitas tão tendo o aval do autor…

    Enfim, sempre vale a pena ver algo que envolve Stephen king e Steven Spielperg!!!!

    • Olha, a única coisa que eu tenho a falar sobre os efeitos especiais é que eu achei a vaca bem esquisita hahaha parecia feita de gelatina, ou algo assim, de resto ficou tudo muito bom, nem de longe se compara aos (d)efeitos de OUAT.
      E tomara que o elenco pegue um ritmo melhor antes que o público tome antipatia por personagens bons pq os atores não fazem o que é preciso!
      Espero vê-la por aqui nas próximas reviews pra trocarmos mais ideias sobre a série, Pérola =)
      Um beijo!

  • Bruno H.

    Gostei da série, vamos ver como vai ser o desenvolvimento da mesma.
    Acompanharei as reviews!
    +1 série pra lista.

  • Aline

    Estou louca pra assistir!

1 Contra Todos

1 semana atráscomentarios

Com a lei de incentivo à produção nacional, várias produções poderiam sair do papel. Muitas delas não têm a menor pretensão de introduzirem uma ideia nova ou em mesmo de fazer sucesso. É por isso que uma série estoura na medida em que 1 Contra Todos fez, a gente tem que prestar atenção e dar os louros. Cadu (Júlio Andrade) é um advogado de Taubaté que será pai pela segunda vez, mas perde o emprego devido seus princípios éticos. Para piorar sua situação, é injustamente preso ao ser confundido com o Doutor do Crime, maior traficante do país. Para tentar sobreviver, e com o apoio de sua esposa Malu (Julia Ianina), ele decide se passar pelo criminoso como única forma […]

Leia o post completo

Queens que merecem redenção em RuPaul’s Drag Race: All Stars – Parte 2

1 semana atráscomentarios

Comemorando que RuPaul’s Drag Race acaba de conquistar o Emmy de Melhor Apresentador de Reality, Melhor Edição de Fotografia e Melhor Figurino (pelo episódio: Oh! My! Gaga!), além da VH1 não perder tempo em agendar a próxima edição All Stars para Janeiro de 2018 (está quase chegando!), em breve teremos a lista oficial das queens que estarão retornando para brigar por um lugar no Hall Of Fame do programa e ter a oportunidade de reescrever parte da sua história na competição. Assim como na primeira parte desse especial, eis aqui uma outra lista de participantes que não conseguiram atingir seu potencial e chegar longe na competição. Então, shall we begin? Trixie Mattel – Temporada 7 (Top 6) Oh honey! Quem não […]

Leia o post completo

Stephen King na televisão

1 semana atráscomentarios

Stephen Edwin King sem dúvida alguma é um (se não for “o”) maior escritor de terror e suspense de todos os tempos. Nascido em Portland, no estado de Maine, cenário da maioria das suas histórias, em 21 de setembro de 1947, teve uma infância complicada, tendo seu pai abandonado a família quando ainda tinha dois anos, e testemunhou um acidente com a morte de um amigo. Já escrevia desde criança, e vendia suas histórias aos amigos. Estudou inglês na Universidade do Maine, casou-se com Tabitha Spruce, em 1971, e lecionou sua formação em Hampden, enquanto isso escrevia para revistas masculinas. Teve problemas com álcool, e em 1999 sofreu um acidente sério, em que foi atropelado enquanto caminhava aos arredores de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter