Hawaii Five-0 2×04 – Mea Makamae e 2×05 – Ma’ema’e

30 de outubro de 2011 Por:

Elogiar os roteiristas de Hawaii Five-0 todas as semanas depois de algum tempo começa a ficar chato e repetitivo, mas pelo menos por enquanto sou obrigada a dizer que eles mais uma vez acertaram a mão ao dosar humor e emoção na medida certa, tornando o capítulo dessa semana, Mea Makamae, quase perfeito.

A começar pelo caso. O que parecia se tratar da história de um homem que morreu pela sua ganância acabou se mostrando muito mais do que isso: trouxe valores familiares também. Falando em família, a cada semana vemos que a queda de Kono está sendo mais e mais profunda, e pior é que parece que ela está (ou vai levar, quem sabe) Chin com ela, afinal está usando não só a senha dele na polícia como também o colocando em perigo.

Mas aqui o grande destaque não foi Chin, Kono e muito menos Steve e sim Danno, que depois de semanas meio apagado voltou a fazer o que sabe de melhor: nos fazer rir, começando pelo momento em que ele conheceu a curadora do museu. Suas expressões, a forma como a encarava e como tentava a agradar eram hilárias. Difícil encontrar alguém que não deu uma única risada vendo como ele tentava paquerar a moça enquanto investigava um homicídio.

E o melhor não foi isso, e sim a “repercussão” do caso. Ver praticamente todos ali discutindo o que ele deveria fazer fez lembrar os ótimos episódios da temporada de estreia – inclusive a boa e velha discussão da relação entre ele e Steve, que claro não podia faltar. Embora a cada crise existência romântica que Danno tenha sempre acabe culminando com o segundo fim de seu casamento e o afastamento de sua ex-mulher e filha.

Falando em Danno mais uma vez, foi perfeita também a expressão de nojo dele e de Steve durante a análise da mão do mergulhador. Parecia que os dois (principalmente Danny) iriam passar mal a qualquer momento.

Agora, falando em Steve, que mistério será esse que cerca a gravação que eles encontraram logo no início da temporada e que mostra um acerto entre seu pai, a falecida governadora e Wo-Fat? A julgar pela recusa de White em analisar vídeo podemos deduzir que pode ser algo sérissimo, considerando também a fala dele no final do capítulo, quando recomenda a Steve que deixe de investigar a história, pois isso poderia não só prejudicar a memória de seu pai como também colocar em risco sua família. Muito suspeito.

E sobre Steve mais uma vez, mas que despedida mais fria entre ele e sua antiga namorada foi aquela? Depois de tantas cenas de romance protagonizadas pelos dois na temporada passada, os dois se despedem apenas com um abraço? Muito estranho… Houve algum rompimento que eu perdi? Não consigo me lembrar de uma cena assim.

Se bem que, em se tratando de Hawaii Five-0, praticamente tudo é possível, principalmente um trailer que vende 31 sabores de pratos feitos com camarão (e que chegam até a dar alguma vontade de comer).
Falando em tudo ser possível, se lembram do que eu disse sobre a Kono estar se perdendo? Pois esqueçam, afinal depois desse capítulo, Ma’ema’e, ficou mais do que claro que a personagem não estava trilhando o caminho errado, e sim fazendo aquilo que sabe de melhor: investigar criminosos.

Os roteiristas da série, que normalmente surpreendem, desta vez capricharam nos rumos dados à personagem, afinal tudo levava a crer que Kono estava se envolvendo com as pessoas erradas e fazendo escolhas equivocadas.

O mais interessante daqui foi que o mistério foi revelado não logo de cara, mas sim depois de alguns minutos de episódio e de angústia também, principalmente na sequência em que ela se envolve em uma fuga da polícia e dá de cara com Steve e os outros membros do Five -0 (menos Chin, claro). A sequência toda foi muito bem trabalhada, e a expressão de Danno retratou muito bem a surpresa de todos em vê-la no que parecia ser o lado errado.

Outro detalhe que agradou foi a sequência do banco. Apesar de estar óbvio que alguma coisa sairia errada em algum momento a adrenalina da espera compensou algumas falhas que possam ter havido no caso em si.
Mais um episódio perfeito de uma temporada que promete agradar tanto ou mais que a temporada anterior.

Até a próxima semana.

São Paulo - SP

Série Favorita: Smalville

Não assiste de jeito nenhum: Grey's Anatomy

A morte em Six Feet Under

6 dias atráscomentarios

“ Só temos uma vida. Não existe Deus, regras ou julgamentos, apenas aqueles que nós criamos e aceitamos para nós mesmos. Então, por que não ser feliz agora? ” A vida só nos traz uma certeza, de que cedo ou tarde iremos morrer. Isso é um fato, não adianta correr para as colinas, não adianta comprar a chave para o céu ou se esconder debaixo da cama. Um dia, você deixará de existir, deixará de respirar, deixará de ver o mundo. Não quero deixar vocês, leitores, deprimidos ou com medo da morte. Quero apenas mostrar o quanto nossa vida pode não ter importância alguma dependendo do jeito que vivemos. Nos meus 18 anos de existência, perdi três pessoas importantes. A […]

Leia o post completo

Maratona Everwood – Season 1

7 dias atráscomentarios

“Forget for a minute what the real world looks like, forget what you know, sometimes you need to believe in what isn’t exactly there.” Cerca de três semanas atrás embarcamos em um trem direto para Everwood, numa maratona mais do que nostálgica aqui no Apaixonados por Séries. Com 23 episódios, a primeira temporada passou como um sopro de frescor diante de nós. Estranho que em meio a tantas séries apelativas e com cenários futuristas, seja no bucolismo de uma pequena cidade onde todo mundo sabe da vida de todo mundo que encontremos a novidade. Aqui, não há pretensão. A trama mostra a vida de uma família depois de uma tragédia, com suas belezas e contradições. Ponto final. Bem simples, o […]

Leia o post completo

Top 5 mortes marcantes em Banshee

1 semana atráscomentarios

“Olhe para mim e lembre-se. Em algum lugar no futuro, haverá um banco como este esperando por você.” – Mr. Rabbit Em maio, será transmitido o último episódio de Banshee nos EUA, pelo canal Cinemax. Como eu já havia contado para vocês, por meio da coluna Vale Cada Minuto!, a história é sobre Lucas Hood, anti-herói da trama que  se envolve com a personagem Carrie Hopewell, filha do chefão de uma máfia, na qual trabalhou durante um tempo. Várias são as consequências geradas pós união amorosa deste casal, desde a prisão de Lucas, até grandes perdas de personagens na história. Por isso, venho mostrar as 5 mortes mais chocantes do seriado até o momento. Vale ressaltar – mais uma vez – que […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado: