Pretty Little Liars – 2×20 CTRL: A

15 de fevereiro de 2012 Por:

Um dia é do caçador, outro… também, e mais outro e… outro. Mas em algum momento, o dia da caça chega!

Ingressando em sua reta final, Pretty Little Liars nos apresentou outro bom episódio, com muitas reviravoltas, descobertas, mistérios, enrolação, mentiras e tudo o que temos direito! Só que dessa vez – miraculosamente – as meninas se deram bem frente aos planos da onisciente -A.

Com o desenrolar do final do episódio anterior, vimos a policia em posse do notebook de Caleb, que -A havia incriminado com documentos dos alunos da escola. Com o passar do tempo a condenação do garoto parecia iminente, mas nos 45 do segundo tempo ele foi salvo por Hanna que conseguiu se lembrar dos números da senha! Gosto demais do Caleb e acho que ele terá ainda mais participação na revelação da identidade da vilã onisciente. O que me agradou muito foi os roteiristas não terem modificado a personalidade de Caleb. Ele que sempre foi muito protetor e cuidadoso – apesar do deslize no episódio passado – assim continuou. Sua senha não era óbvia nem nada do gênero. Mas isso acaba restringindo os passos da vilã. A pessoa que colocou os arquivos sabia a senha, e como vimos, Garrett aparentemente sabia, ou será que não e apenas tentaria logar? Agora com o retorno de Wilden, a vida das garotas vai ficar ainda mais difícil, principalmente agora que eles conseguiram uma foto das garotas no necrotério.

Continuamos a saga das descobertas sobre Vivian Darkbloom, alterego da assassinada Ali, tivemos a confirmação da astucia da jovem, que não poupava meios para descobrir o que precisava. Ao se relacionar com o estranho e não muito confiável Jonah, ela deu um passo que as meninas nunca pensaram em recorrer: procurar a companhia telefônica. Só que essa ideia delas pagarem os dois mil dólares pra ele não me cheira bem, primeiro porque certamente a vilã onisciente vai descobrir e segundo porque, bom, as garotas sempre dão mancada nessas horas, e nada impede que mesmo -A o tenha subornado fazendo-o entregar uma pista falsa. Nossas cabeças se incendeiam com tantas teorias, e a cada vez que parecemos nos aproximar de alguma resposta completa, tudo parece ir por água abaixo, então é melhor nem apostar muito.

Aria que foi pro brejo depois que -A prometia estregar seus planos com Ezzzzzzzzra (que reapareceu por poucos segundos, mas nem estava fazendo falta). Byron está me irritando demais já (não que seja novidade os Montgomerys serem irritantes ao extremo, né?!). justo ele que não tem moral alguma para criticar o romance da filha, já que nós bem lembramos do que aconteceu no passado. Já Holden tem se mostrado uma alternativa bem mais interessante para nossa mentirosinha insossa. Ok, balde d’água fria na nossa cara com o desenrolar daquela história das pílulas. Primeiro a gente achava que ele era gay. Fail.Depois que ele estava envolvido com o acidente em que -A foi atropelada. Eis que então ele apenas praticava uma arte marcial contra a vontade dos pais. E depois, nossa esperança repousou sobre a chance dele ser um traficante megalomaníaco que viria para abalar a Rosewood High. E no que é que deu?Ele tem um problema no coração e pode morrer a qualquer instante, buscando assim viver a vida intensamente. Ok, não durmam. Isso tá pior do que a resolução da trama do Lucas, porque eles colocaram tanta coisa que poderia reder e ao final… nada!

Emily e Maya mais insuportáveis do que nunca. Que mandem a Maya de volta pra rehab mesmo. Se tem uma personagem chata e escrota na série, é ela. Não consigo enxergar um único ponto positivo. Simplesmente não rola, sabe? Já fiquei animado só com a menção do nome de Paige, que com o seu retorno a mala vá embora pra sempre!

Agora entramos em contagem regressiva: faltam 5 episódios para o season finale de Pretty Little Liars. Não deixe de comentar suas teorias!

PS: o que a Maya estava fazendo com o Jason? Se vocês assistirem ao promo que está ao final do post, verão que a Mona recebe uma maçã com um bilhete.

PS 2: vocês confiam no Jason? Eu não.

PS 3: Sacaram o trocadilho no nome do episódio, né?

PS 4: chega de PS’s e até a semana que vem!

2×20 – “Breaking the Code

Porto Alegre - RS

Série Favorita: Grey's Anatomy

Não assiste de jeito nenhum: Fringe e séries policiais

  • Bella Martins

    Pra falar a verdade,achei esse episódio meio morno sabe?E além do mais, mesmo com esses momentinhos de acelerar o coração,se sabe que a série só vai esquentar mesmo nos dois últimos episódios.Pra quem não leu a sinopse,leia e se surpreenda.O episódio 2×24 e 2×25 prometem.Até que me animei com a promo do next episodie mas como não da pra confiar em promos é melhor não ter expectativas.Sempre bati na tecla que Pll está no canal errado.Quem lê os livros sabe que não há nada de infatilidade neles,muitos plots interessantes são descartados justamente por causa da faixa etária do canal,quer dizer,Pll deveria estar sendo exibido na CW,porque a série tem muito potencial,porém nada de bom é aproveitado.Primeiro,nos livros as garotas já não são mais virgens faz um bom tempo e tbm não tem nada de santas,fora que o Ezzzzzra já saiu de cena logo no terceiro livro e Aria está com um plot muito interessante mesmo,Hanna não tem nada de boazinha e é tão drama queen que chega a irritar,fora que ela é uma vagabunda e o grande problema dela com bulimia nem foi tão abordado na série.Emily na verdade é bi e não gay,a Spencer não beija o Wren e a Melissa vê,ela transa com ele e ganha o desprezo da família,essas e milhares de outras coisas são amenizadas na Tv por causa que a série passa na ABC family.Resumindo,se Pll passasse na CW,com certeza seria uma série muito melhor e bem mais emocionante.

  • Maya acha que Em tem que largar toda a vida para se mudar com ela, só pq ela decidiu fumar um baseado? E ainda achou ruim Em não ter ficado super feliz e aceitado na hora? É demais! Eu até queria que as duas fossem embora pra sempre, mas Maya passou dos limites!

    Tô super curiosa para os últimos epis!

  • Sophia

    eu nao saquei o trocadinho =\ explica?

    • Tobias Romanzini

      Além de um atalho do computador, você lê como “control A”, ou seja, pela primeira vez as meninas tiveram o controle da situação, conseguiram controlar a vilã onisciente. 🙂

  • Victor Crespo

    O episódio rendeu bons minutos de enrolação. Porém, fiquei, de fato, tenso com os dizeres desesperados: “CTRL A, Hanna! HANNA, CTRL A”. Realmente espero que esse episódio tenha algo valido para o final. Em, Maya, volta para Cracolândia, querida!

  • Victor Crespo

    E, Maya, volta para Cracolândia, querida! *

  • karol

    Adorei o episodio, concordo com tudo que Tobias escreveu!! e espero que Maya vá para uma viagem soh de ida para Cracolândia e que Emily fique com a Paige. E que Caleb realmente seja agora um personagem fixo em PLL!! nao imagino mais PLL sem Caleb

  • nanda

    duvida!! na foto no necrotério, não era a aria , pois a emily estava internada?

  • dpollyanna

    Aiiii gente, eu nao amo a Maya, mas ainda prefiro ela e a Emily ao casal Aria e Ezra. Eles sao muito chatos e eu torco muito para ele desaparecer, mas eles insistem em vender esse casal como se fosse o mais legal da serie. E kd Toby e Spencer?!

#CCXP2016 Estandes

2 dias atráscomentarios

Salve, salve, apaixonados por séries! Sobrevivemos a quatro dias de Comic-Con Experience e, depois de uma intensa cobertura em todas as nossas redes, vamos trazer um pouquinho do que vivemos lá no São Paulo Expo durante o último final de semana. Logo que entramos na feira, nos deparamos com um espaço que impressionava: para quem visitou a CCXP no ano passado, sabe que o evento já era gigantesco, mas esse ano ele tomou proporções ainda maiores. Os auto-falantes anunciavam a maior feira geek do mundo e era fácil acreditar nisso. Apesar da fama de San Diego, o evento brasileiro deve ter vencido facilmente em estrutura e porte. Para vocês terem uma ideia, o auditório Cinemark, principal dos auditórios do evento, […]

Leia o post completo

Primeiras Impressões: Incorporated

6 dias atráscomentarios

Incorporated se passa no ano de 2074, em que, após drásticas mudanças climáticas que devastaram o planeta, causando fome, e levando os governos a falência, quem domina o mundo são as grandes corporações. Elas lutam por market share e pelo controle dos escassos recursos naturais. Nesse mundo, quem trabalha para as corporações vive nas Zonas Verdes e quem não trabalha vive nas favelas das Zonas Vermelhas. A premissa não tem nada de novo, desde 1984 e Admirável Mundo Novo, muitos futuros distópicos fizeram parte do nosso imaginário. O que pode diferenciar Incorporated de outras narrativas especulativas é a fotografia e a maturidade com a qual trata os assuntos. Desde o início do episódio, com texto explicativo para situar o expectador […]

Leia o post completo

[Personagem/Ator] Richard Gilmore/Edward Herrmann

1 semana atráscomentarios

Todo o revival foi dedicado à ele que não esteve presente fisicamente, mas foi lembrado a todo momento. Então nada mais justo do que a gente falar desse incrível ator que interpretou um personagem que marcou, e deixou saudades, em todos aqueles que assistiram Gilmore Girls. Edward Kirk Herrmann, o nosso eterno Richard Gilmore, nasceu em 21 de junho de 1943 em Washington, DC e faleceu em 31 de dezembro de 2014, aos 71 anos de idade. Herrmann era ator, diretor, escritor e comediante, além de ter sido a voz por trás de diversos programas do canal The History Channel. Um homem de muitos talentos Edward já atuou no teatro, onde começou sua carreira, estreando na peça Moonchildren em 1971, […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter