Revenge – 1×15 Chaos

19 de fevereiro de 2012 Por:

Bom, antes que alguém pense que houve alguma mudança radical, deixe-me esclarecer: A Lara está viajando em prol do carnaval (porque reviewer também tem feriado!) e, por isso, me pediu que escrevesse o review do último episódio de Revenge, o que eu aceitei, de pronto modo e até mesmo honrado de falar da série que, pra mim, é a grande estreia da fall season 2011-2012 e a grande surpresa, já que eu era um dos que não dava NADA para ela e acabei sendo surpreendido da melhor maneira possível.

E, se via de regra, grandes expectativas geram grandes decepções, eu tenho plena convicção em afirmar que Chaos foge a regra. O episódio mais esperado da temporada conseguiu ser irretocável em cada mínimo detalhe. Roteiro sensacional, amarrado, sem pontas soltas e fazendo com que cada cena nos tirasse o fôlego. Foi o melhor da série até aqui e ouso dizer que um dos melhores dessa fall season.

O que eu mais gostei é que, pela primeira vez, a Emily estava totalmente impotente. As coisas simplesmente aconteceram diante dos olhos dela, sem que ela pudesse fazer NADA para impedir. O seu desejo por vingança foi longe demais e ela perdeu o controle da situação. Se nos primeiros episódios, víamos uma mulher determinada, articuladora e que pensava em cada passo e não admitia fracassos, o 15º episódios nos colocou diante de uma Emily assustada com o rumo que as coisas tomaram. A cara de horror dela ao ver o corpo na praia foi épica.

É preciso elogiar a coragem dos roteiristas em resolverem o plot das provas roubadas logo na primeira cena do episódio e da melhor maneira possível. Eu tinha quase certeza de que o Tyler estava por trás disso e foi ótimo ver minhas suspeitas se confirmarem, pois eu adoro o personagem e acho que ele foi uma das melhores coisas que aconteceram à série. Gosto do Tyler porque ele é o único ali que tem peito pra bater de frente com a Emily. E o desejo de vingança dele estava aflorado, então eu logo tive certeza de que isso renderia ótimos momentos.

O grande trunfo do episódio foi manter o fator incerteza presente até o momento final. Tudo mudava em questão de minutos; Emily descobre que é Tyler quem tem as provas; Tyler revela para a fake-Amanda que Emily armou contra ela, a dita cuja se alia a Tyler… O jogo virou por diversas vezes e era impossível prever o próximo passo que seria dado.

Até mesmo nos outros núcleos, isso era uma constante. Nós sabíamos que o Jack não poderia viajar, já que ele estava na cena do crime, mas era impossível prever como ele acabaria chegando lá; o avô da Charlotte acabou se mostrando tão ambicioso quanto qualquer um dos Grayson, disposto a deixar que a neta perca a sanidade para não manchar o nome da família; Victória aceitando o acordo com o Conrad (isso ainda vai ter coisa, podem apostar).

Gostei bastante do momento em que o Jack vai se despedir da Emily e do Nolan. Sei que é quase impossível um final feliz para ela depois de tudo o que ela vem fazendo, mas eu admito que gostaria de vê-la com o Jack. O amor que ele sente pela Amanda é apenas a transferência daquele antigo sentimento que ele sentia pela melhor amiga de infância. Eu quero muito ver o que vai acontecer quando ele descobrir que era a Emily, o tempo inteiro.

A cena dele com a falsa Amanda no barco foi bem interessante e a partir dali, tudo começou a se desenvolver para que chegássemos ao tão esperado momento. Ainda não consegui pensar em como o Jack vai estar diretamente relacionado a tudo, mas que foi totalmente Jack Porter correr o risco de ser preso por algo que não fez para proteger alguém que ele ama, foi.

Quando a festa de noivado chegou, eu já não fazia ideia do que pensar. Estava praticamente certo que Daniel seria assassinado por Tyler e tive ainda mais certeza com todo o desenvolvimento da história de Paris, a pequena discussão com Emily e o Tyler plantando na cabeça dele a dúvida sobre as verdadeiras intenções da noiva. Seria típico de uma novela (e a trama de Revenge é novelesca, isso é indiscutível!) que o mocinho morresse ao descobrir os segredos da noiva-vilã, mas Revenge deu a volta e o corpo que vimos não era de Daniel, e sim de Tyler.

Já vi o episódio 2 vezes, mas ainda não consigo entender como isso aconteceu – e é claro que a intenção dos roteiristas era exatamente essa. O que eu sei é que meu olhar na cena final foi exatamente o da Emily ao ver o Daniel aparecendo sujo de sangue e com cara de assustado. Se eu fosse chutar um assassino, eu diria que a Amanda foi a responsável pelos disparos (talvez com medo do Tyler descobrir que foi ela a responsável pela morte do Frank?), mas o Daniel deve ter alguma ligação.

O que isso abre de possibilidades é infinito. Daniel agora sabe (ou pelo menos tem dúvidas!) sobre Emily; nem ele seria burro a esse ponto. A falsa Amanda provavelmente vai ter o fim dentro do carro do aliado de Emily, não acho que a vejamos novamente – mas posso estar enganado. E Jack deve desistir de sua viagem, o que vai levantar suspeitas.

Revenge volta dia 29/02, e lá, a Lara estará aqui comentando com vocês. Espero que tenham gostado da minha companhia por agora.

Tyler, I’ll miss you. A promo do 1×16 segue abaixo.

Jornalista, nerd, viciado em um bom drama teen, de fantasia, ficção científica ou de super-herói. Assiste séries desde que começou a falar e morria de medo da música...

Ler perfil completo

Petrolina / PE

Série Favorita: Battlestar Galactica

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

  • Melhor episódio de Revenge até agora! Eu não imaginava o caos que os roteiristas deixariam nas nossas cabeças ao fim desse fantástico capítulo.

    Excelente review, Alexandre!

  • Marcela Frota

    GENTE! nao via a hora de ter ler aqui sobre o episódio!!!
    Que episódio foi esse???
    Tambem assisti duas vezes pra ter certeza de tudo!!
    Eu to louca pra ver o que vai acontecer agora com o Daniel e Emily!!!
    Chocante!!!
    Melhor série ever!!!

  • Revenge conseguiu me surpreender, quem diria que aquela série que eu decidi ver no hiatus, ia me causar uma taquicardia?!
    E a Lydia, que fim será que levou a vaca?

  • Tobias Romanzini

    ESPETACULAR! Gente esse episódio me surpreendeu do início ao fim. Tudo foi tão bem trabalhado e desenvolvido que fiquei encantado. Excepcional. E foi só o episódio 15 (!) só espero não criar muita expectativa pro season finale poque “Chaos” definitivamente superou todas!

    Excelente texto, Ale!

  • Washington

    Não é a toa que é a melhor estréia da Fall Season como citado acima. Review perfeito, definiu examente tudo o que episódio transmitiu. Parabéns!

  • Leonardo

    Eu concordo com TUDO do texto. Não quero ser o chato, mas Alexandre eu AMEI sua Review. Me sinto falando com um fã do seriado! Espero que dia 29/2 chegue logo, estou mega ansioso!

    PS – sou eu ou mais alguém acha que o Tyler disse toda a verdade sobre Amanda/Emily ao Daniel? Acho que teremos uma inversão de papéis a partir de agora! <o/

  • Neto Paes

    Nossa, eu jurava que o Tyler tinha atirado no Daniel e a Amanda chegado depois e atirado no Tyler. Só que pelo preview, foi o próprio Daniel? Não entendi mais nada. E não acredito que a Emily tenha sido estúpida de guardar a caixa no chão da sala de novo? Porque parece que o Daniel achou os diários lá? Putz, tô tão ansioso pelo próximo episódio que tô até confuso, hehe

  • Ditao

    Putz. Só eu que não curti que seja o Tyler o morto e não o Daniel? O cara é chato demais véio, sem graça, famoso coitado. Tenso isso. Apesar que quando o corpo ficou com o rosto virado pro chão, eu suspeitei que ele não iria morrer mesmo e acho, que de alguma forma impossível, ele virou e conseguiu pegar a arma do Tyler e matar o cara pelas costas.

    • Evaristo

      O Daniel pode ser chato Ditão, mas é peça importante nessa vingança da Emily. Então não merecia morrer (ao menos por enquanto). Acho muito mais proveitoso para a série que ele comece, finalmente, a desconfiar dela, como parece que vai acontecer.

      Eu não entendi o porquê do sangue da fake Amanda quando ela conversava com o Jack no navio. Aquele tiro do Tyler chegou a atingí-la? Ou eu perdi alguma coisa?

      Ótima review Alexandre, parabéns! Embora devo admitir que depois de ler 14 reviews da Lara fiquei curioso em saber o que ela achou desse episódio, justamente por ser tão importante pra temporada. hehehe

      • Lara Lima

        Evaristo, desculpa não poder fazer a review. Mas as opções eram, deixar pra fazer review dupla ou pedir alguém pra ajudar. E não quis deixar vocês na mão.

        Ainda não vi o episódio, mas não resisti e li a review do Alê (que está ótima por sinal.). E eu disse na semana passada que o Tyler era um dos suspeitos por roubar a caixa da Amanda, né? Enfim, a gente conversa mais quando eu assistir ao epi.

        Beijo =D

        • Marcela Frota

          é verdade! Eu gostei muito da review do Alexandre, descreveu bem o que ele sentiu ao assistir o episódio e ainda nos instigou a comentar, mas também queria muito saber o que a nossa reviewer oficial tem a dizer desse episódio bombástico!!!

  • Assisti 10 episódios em 3 dias (quase um recorde pra mim). Série novelesca, mas excelente. Adoro essa bitch loira vingativa que tem muita grana, muita influência, muitos “amigos”, fala japonês, conhece artes marciais e atira com perfeição. Emily/Amanda já é uma inspiração pra mim, haha.

    E eu adorei todas as reviravoltas desse episódio. Uma pena que o Tyler tenha sido o assassinado. O personagem era “o cara” da série.

  • Thiago Lemos

    A melhor surpresa desse ano foi Revenge. A série deu uma guinada na qualidade dos últimos episódios e está a cada dia melhor!

  • Alice

    Eu acho que o Sr Takeda está por tras da morte do Tyler… Ele disse que voltou para guiar Emily ao caminho correto pra sua vingança. Ele resolveu os problemas dela naquele momento, Tyler e a fake Amanda, para que ela possa continuar seus planos. Mas ficou a dúvida se agora Daniel sabe de tudo…

A nova roupagem das tragicomédias

2 dias atráscomentarios

Não é de hoje que um peculiar mesclamento de gênero tem sido utilizado como recurso para dar vida a obras singulares que, no saldo geral, acabam por agradar o público, são peças de teatro, filmes, livros, séries, enfim,  que transitam entre um extremo e outro para dar vida a histórias e personagens meio que peculiares e diferentes do material fictício que somos acostumados a consumir diariamente. Esta mesma combinação não é mais novidade no âmbito das séries, poderíamos passar um longo tempo listando produções que misturaram o drama com a comédia, ora de forma sutil, ora de maneira mais escrachada, contudo, vem se tornando perceptível um determinado padrão adotado em algumas séries recentes, a fórmula consiste em criar o pior […]

Leia o post completo

Catfish Brasil: 5 motivos para acompanhar o novo reality da MTV

3 dias atráscomentarios

Há três semanas atrás, a MTV Brasil lançou a versão brasileiríssima do reality Catfish. Para quem ainda não conhece o formato, trata-se de um programa que busca conectar fisicamente pessoas que só se relacionam no ambiente digital e, seja por falta de oportunidade, seja por esconder mentiras assombrosas, acabaram nunca tendo o contado pele na pele. Muitos, mas muitos casos mesmo, são histórias de amor. Pessoas que se apaixonaram em momentos mais vulneráveis da vida e, agora, não sabem como lidar com essa situação que soa estranha em qualquer perspectiva que você decida observar. E como o programa conecta essas pessoas? No melhor estilo stalker. Fuça as redes sociais, verifica as últimas atualizações, liga para os amigos, joga as fotos […]

Leia o post completo

Primeiras Impressões: Supermax

3 dias atráscomentarios

Supermax veio cheia das promessas. Com uma divulgação massiva que vem durando quase um ano, a escalação de grandes nomes ou fora da zona de conforto ou exatamente naquilo que fazem de melhor (ei Bial, vamos sentir sua falta no BBB!) e a criação de uma aura de mistério e expectativa, a nova série da Globo parecia ser tudo aquilo que a TV aberta brasileira precisava para se reconectar com um público que cada vez mais prefere gastar seu tempo em outras mídias. De alguma maneira entendendo essa demanda, a Globo fez a linha Netflix e pôs no ar uma série que não é muito mais do que uma colagem organizada de grandes referências do audiovisual contemporâneo: de Big Brother […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter