Rookie Blue – 3×13 I Never (Season Finale)

8 de setembro de 2012 Por:

Esse episódio foi aguardado e imaginado por muitos, e acredito que como eu, outros fãs da série criaram uma expectativa enorme para essa finale. O fato é que a 3ª temporada foi muito superior as outras e ficava impossível não imaginar que chutariam o pau da barraca para terminamos com a qualidade que vimos ao longos dos outros 12 episódios.O que restou foi a sensação de que já tinham utilizado todo o armamento pesado e no fim tivesse restado apenas uma arma de brinquedo que não assusta ninguém. 

Eu sei que nem todos os episódios podem nos tirar o fôlego, mas essa deveria ser uma regra obrigatória quando se trata de um final de temporada. E no caso de uma série que tem apenas 13 episódios, essa questão deveria ser avaliada com muito mais carinho. Mas o começo não foi ruim, pois o caso da semana tinha um trunfo dessa temporada – conectar as coisas.  The First Day of the Rest of Your Life  foi o inicio e o fim desse ano. Alice havia sido sequestrada a 7 anos atrás, e o seu raptor planejava encontra-la mais uma vez.

Andy estava mais uma vez no centro de tudo, afinal trata-se da protagonista do show. Mesmo com a impressão de que ela vai sempre salvar o dia, e que nada pode acontecer sem sua presença, a McNally não se torna irritante ou forçada. Talvez seja uma das coisas que me fazem gostar tanto da série, pois vemos a personagem principal demonstrar todos os seus medos, falhas, a tornando tão normal quanto qualquer um, mais ainda sim a fazendo se  destacar por suas atitudes. Uma das cenas mais palpáveis foi vê-la tentando acalmar a garotinha com a bomba nas mãos, já que as expressões do seu rosto e os olhos marejados demonstravam o quanto ela estava com medo. Mas que ela não ia morrer, todos nós sabíamos não é?

Na promo divulgada vimos que Sam diria as palavrinhas mágicas que Andy esperou tanto para ouvir, e parecia que o momento não podia ser mais emocionante. Sempre escrevo as reviews com base no que eu sinto, e posso estar contrariando todo o proposito da série ou até mesmo todos os fãs, mas a declaração do Swarek e todo seu esforço em demostrar que ele queria ficar com ela não me causaram nada. Foi nulo e agora fico incomodada de pensar que de alguma forma eles vão um dia acabar juntos. Em nenhum momento do relacionamento assumido os dois me pareceram a vontade, e o grande ápice do casal sempre foi quando eles estavam separados e rolava aquela química inegável. Algumas pessoas não nasceram para ficarem juntas, será que esse é o caso? 

Mas quando estavam indo buscar o novo companheiro da Andy, que naquele momento eu já imaginava que era o Collins, meu coração acelerou. Fez sentido pelo que estava sendo construindo durante as últimas semanas e mesmo que a impressão de um romance seja apenas um truque para segurar o clímax da próxima temporada, com certeza as cenas divertidas estarão garantidas. Os dois estarão no serviço undercover deixando os respectivos pares em uma espera que podem causar algumas novas relações.

Gail ficou planejando a separação da banda e um novo roteiro para Comer, Rezar e Amar, mas no fim sabíamos que ela queria ficar por ali e assumir um compromisso sério com o ex-noivo. Gosto de como o relacionamento dos dois foi desenvolvido, por que apesar de adorar o Diaz, o Nick conseguiu tirar a Peck daquela casco e a fez demonstrar sentimentos que ficavam muitas vezes escondidos. Me doeu muito mais ver a cara de decepção dela no bar do que a do Sam. Já que a suspensão foi revogada e a Gail vai voltar ao trabalho devido aquele sequestro que sofreu, nada mais justo do que desenvolverem esse trauma um pouco mais no próximo ano.

Ás vezes não fica muito claro quando tempo se passa entre os episódios. Muitas vezes um é o dia seguinte do outro e em outras estamos falando de semanas. A ex-noiva de Chris apareceu com um filho, ele aceitou sem pensar duas vezes e de repente já estava solicitando uma transferência para não ficar longe da criança. Aquela telefonema mostrando toda uma relação intima que ele já estabeleceu me pareceu muito forçada. Não é muito pouco tempo, pelo menos quando trata-se de uma criança tão pequena? Pela cara do Dov ao receber a noticia, ele não vai deixar barato. Só não entendi por que sumiram com a história da Crystal e o deixaram tão avulso pela trama.

 It’s okay. You’ve something more important in your life okay? You’re lucky. Don’t apologize for that

Seguindo o mesmo caminho do episódio passado, Traci e Luke tiveram participações discretas. Após a Nash não aceitar o trabalho “secreto” por que não podia se despedir do filho – o que me parece muito obvio -, vimos o detetive Callaghan demonstrar a grande questão do seu personagem.Diferente do Sam, o Luke sempre quis constituir uma família e mesmo que tenha errado ao trair a Andy, acho que ele poderia continuar na história e voltar a ser uma referencia importante para toda a trama. Pelo menos é o que espero.

Rookie Blue se despediu mais uma vez e agora só nos resta aguardar a próxima Summer Season para novas emoções. Obrigada a todos que passaram por aqui para comentar os episódios.

Nos vemos em breve! 

Campinas / SP

Série Favorita: Friends

Não assiste de jeito nenhum: Supernatural

  • Micheli Zapparolli

    Essa temporada foi sensacional, alguns episodios foram impecáveis, e o final como sempre deve ser deixando a historia para a proxima temporada! Confesso que sempre senti uma tensão entre a Andy e o Nick, e tinha certeza que ele seria o parceiro dela… Totalmente previsivel mas muito bem vindo… Essa historia vai render muito! Até a próxima temporada!

    • Micheli,
      pois é, quiseram deixar a história pra próxima temporada e esqueceram de que se tratava de uma season finale e um impacto é sempre bem vindo. Mas tá valendo.

      Confesso que estou adorando essa possibilidade de Nick e Andy ficarem juntos.

      Obrigada pelo comentário e até a próxima temporada.

  • Priscila Darley

    Oi Pri! Não concordo plenamente com a review, mas mesmo assim concordo com alguns pontos. Eu sou team SANDY desde o início, do primeiro episódio (quando ela prende ele), e em mim doeu a decepção dele. Sabe como a gente vive reclamando dos homens e que eles não se abrem e quando mais fechado deles se abre, para mim é impossível não sentir pena. Ao menos agora ele sabe o que ela sentia, mas mesmo assim … tadinho do Swareck. Minha pena se estende a Gail e ao Dov também. Acho que uma reviravolta vem vindo na série. Que eu esteja errada mas acho que vamos ter uma troca de casais por ai. E uma troca de figurinhas também. Mesmo que o episódio tenha se desenrolado meio prematuramente … mesmo assim eu amei o episódio e se para ti o coração não ficou na boca … já não posso dizer o mesmo … o meu parecia que saltaria se eu tivesse que abrir a boca por qualquer motivo.
    Foi uma ótima temporada! Nos vemos mais na Summer Season de 2013.

    • Oi Pri também…rs
      Eu sei que a maioria dos fãs da série gostam do casal Sandy, por isso já imaginava que não concordariam comigo. Tentei sentir alguma emoção, ver de novo, mas foi tudo do mesmo jeito. Quem sabe as coisas não mudam na 4ª temporada.

      Fico feliz que você tenha passado por aqui para deixar sua opinião…nos encontramos na próxima temporada!

      até!

  • Vanessa

    Não gostei do caminho que essa temporada tomou. Mas, veremos onde iremos chegar na próxima temporada. Achei a temporada passada muito melhor. Essa deixou muito a desejar para mim.

    • Geórgia Brandão

      Concordo com a Vanessa…tive uma decepção com a terceira temporada, principalmente pela morte prematura do Jerry e o fim de Sam e Andy…decception.

  • Nathalia Alencar

    Amei essa temporada!! Assim como adorei a season finale, que me deixou “coração na boca.” rs

    Concordo com você Pri, sobre a declaração do Sam…
    Tipo, adorei mas ao mesmo tempo não me comoveu.. assim como no final a decepção da Gail esperando o Collis no bar, ‘sofri’ mais do que o Sam…

    Fiquei tãoo feliz com a suspensão revogada. Adoro a Gail!

    Collins, a principio não gostei do personagem.. mas no decorrer da temporada ele foi me conquistando! Adorei a química com a Andy!!
    Sera que teremos uma troca de casais?? kkkkkk

    Diaz, odiei essa história forçada de filho, ex noiva!!
    Dov, cade a Sue?? Volta Sue!!
    Luke, quero ele mais ativo na próxima temporada!!

    Agora é esperar a próxima Summer Season, e que com ela venha mais um temporada maravilhosa de Rookie Blue!!!

    • Nathalia,

      estou torcendo muito para essa dupla entre Andy e Nick, mesmo que não seja em um relacionamento amoroso. Os dois mostraram que tem quimica e estou ansiosa para ver o desenrolar dessa força tarefa.

      Quero muito que a Sue volte…ela e o Dov eram perfeito juntos. Alias, quero que ele apareça mais na história, é sempre muito divertido.

      Vamos esperar a próxima temporada…passa rápido!rs

      Obrigada pelo comentário e até!

  • Andrezza

    Pri, sua linda, que pena que a season finale não acompanhou o bom ritmo do restante da temporada…
    Concordo contigo: aquele “Eu te amo” fez nem cosquinha no meu coração. Achei uma tremenda falta de criatividade mandarem Andy pra força-tarefa e o Sam ficar pensando que ela dispensou ele…
    Minha memória tá mto falha ou foi assim mesmo que o Sam sumiu da vida da Andy na temporada passada?
    Por outro lado, achei muito interessante a parceria dela com o Collins, finalmente o moço ganhou minha simpatia.
    Nash, Dov e Luke apagados, que dó.
    O caso da semana foi razoável, resolveram tudo muito rápido.
    De qualquer forma, a temporada foi ótima!
    Parabéns pelas reviews, foi muito bom compartilhar opiniões com você!
    Beijos

    • Dezza,
      fiquei tão decepcionada com essa finale. Faltou um tchan!

      Não sei se estou de implicância com o Sam, mas já estou fazendo torcida para a Andy ficar com o Nick. Eles são incríveis juntos.

      E você está certissima…fizeram a mesma coisa da temporada passada. O Sam havia aceitado uma missão secreta como essa da Andy, e sumiu ser dar seu paradeiro e no fim deu o que deu.

      Mas mesmo assim, assino embaixo o que você disse: A temporada foi ótima!

      Obrigada por todos os comentários…
      que venha a Fall Season cheia de emoções!

      beijo

      • Andrezza

        Concordo plenamente, Pri: Faltou um tchan!
        Eu era a maior defensora da Andy e Sam, mas ultimamente o moço também me irrita profundamente.

        “já estou fazendo torcida para a Andy ficar com o Nick. Eles são incríveis juntos.” [2]

        E que venha a fall season, recheada de excelentes episódios! 😉

        Beijos

  • Rafa

    Gosto bastante da serie, e ao contrario de alguns gosto do casal Gail e Nick…..acho a parceria dele e da Andy legal, mas como amigos. Diaz e Gail tiveram suas oportunidades e não vi desenvolverem seu relacionamento….Adoro Luke espero que ele tenha algo de bom na proxima temporada assim como Dov.

  • Tudo indica que os produtores não querem que as policiais tenham uma vida amorosa ativa… 🙁

    • Geórgia Brandão

      que triste a terceira temporada…acabaram com os relacionamentos… Quem se deu bem foi o Jack e a Noelle..espero que continuem juntos até o final..
      🙂

  • Geórgia Brandão

    Olá pessoal, fãs de Rookie Blue!! Comecei a assistir a série na semana passada, com 4 anos de atraso kkkkk.
    Vi por acaso no Now da Net toda a primeira temporada. Depois acompanhei pelo megafilmeshd as demais.
    Gostaria de fazer uns comentários aqui para ouvir também a opinião de quem acompanha há mais tempo.Pois me tornei uma grande fã.
    Ontem, assisti ao season finale, da terceira temporada, e que decepção…Fiquei muito triste com o término de Sam e Andy e dos outros personagens também. O que acontecem nesta terceira temporada?? A morte do Jerry? O Dov?? A Gail?? Os personagens tomaram um rumo que parecem perdidos.. O Chris também??
    Quem tem se destacado mais é a Traci. E a Andy, estou morrendo de pena dela. Depois de tantas promessas do Sam de não abandoná-la e de ter que haver luta pra ele algum dia afastar dela…o que aconteceu com ele depois da morte do Jerry??? Não entendi nada.
    Espero que na quarta temporada, haja mudanças para melhor..porque até desanimei de continuar seguindo a série..um abraço.

Queens que merecem redenção em RuPaul’s Drag Race: All Stars – Parte 2

1 semana atráscomentarios

Comemorando que RuPaul’s Drag Race acaba de conquistar o Emmy de Melhor Apresentador de Reality, Melhor Edição de Fotografia e Melhor Figurino (pelo episódio: Oh! My! Gaga!), além da VH1 não perder tempo em agendar a próxima edição All Stars para Janeiro de 2018 (está quase chegando!), em breve teremos a lista oficial das queens que estarão retornando para brigar por um lugar no Hall Of Fame do programa e ter a oportunidade de reescrever parte da sua história na competição. Assim como na primeira parte desse especial, eis aqui uma outra lista de participantes que não conseguiram atingir seu potencial e chegar longe na competição. Então, shall we begin? Trixie Mattel – Temporada 7 (Top 6) Oh honey! Quem não […]

Leia o post completo

Stephen King na televisão

1 semana atráscomentarios

Stephen Edwin King sem dúvida alguma é um (se não for “o”) maior escritor de terror e suspense de todos os tempos. Nascido em Portland, no estado de Maine, cenário da maioria das suas histórias, em 21 de setembro de 1947, teve uma infância complicada, tendo seu pai abandonado a família quando ainda tinha dois anos, e testemunhou um acidente com a morte de um amigo. Já escrevia desde criança, e vendia suas histórias aos amigos. Estudou inglês na Universidade do Maine, casou-se com Tabitha Spruce, em 1971, e lecionou sua formação em Hampden, enquanto isso escrevia para revistas masculinas. Teve problemas com álcool, e em 1999 sofreu um acidente sério, em que foi atropelado enquanto caminhava aos arredores de […]

Leia o post completo

Os piores plots das melhores séries

2 semanas atráscomentarios

Nós podemos até ser Apaixonados por Séries, mas vamos encarar a realidade: se tem uma coisa que não falta neste mundo são séries ruins. Tem aquelas que a gente sabe que são ruins, mas ama mesmo assim, tem aquelas que ficaram ruins por esquecerem da hora de acabar, e tem aquelas que são ruins porque são ruins mesmo. Mas já reparou como mesmo as séries muito boas – recheadas de prêmios e consagradas pelo público e pela crítica – têm aqueles momentos horrorosos, que a gente precisa aturar só porque o resto da trama vale a pena? Neste post, você vai reviver momentos de dor e sofrimento que já passou assistindo àquelas séries que só costumam trazer alegria. Aqueles plots […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter