Série imperdível para os órfãos de Dawson’s Creek

8 de março de 2017 Por:

Don’t Trust the B—- in Apartment 23 não é um drama adolescente dos anos 2000, mas vai te levar de volta para o universo de Dawson’s Creek. A comédia da ABC narra o cotidiano de duas garotas, de 20 e poucos anos, em Nova York. June (Dreama Walker) tem a vida toda planejada, mas perde o emprego e é obrigada a morar com Chloe (Krysten Ritter, Jessica Jones), a bitch em quem não devemos confiar. Até aí, nada a ver com Dawson’s Creek, eu sei. Agora vem a melhor parte: Chloe é amiga de James Van Der Beek, ator que interpretou Dawson na TV. Em Apartment 23, ele faz uma sátira de si mesmo, como o astro adolescente que teve somente um papel de sucesso na carreira.

É tanta referência engraçada a Dawson’s Creek, que o meme “Dawson chorão” fica no chinelo. Logo no primeiro episódio, James está no telefone com Chloe, em casa, enquanto uma mulher seminua tenta seduzi-lo. De repente, ouvimos a música tema de Dawson’s Creek, inesquecível para quem assistiu à série: I don’t wanna wait for our lives to be over… Do outro lado da linha, Chloe pergunta se James está com “mais uma fã” e ele confirma. Acredite: você vai rebobinar a cena para rever e rir mais um bocado.

Em outro episódio, frustrado com sua carreira estagnada, James decide lecionar teatro na universidade. A turma não liga para a aula, mas pede para o professor reinterpretar o diálogo em que Dawson declara seu amor pela Joey. Spoiler alert: James aceita o desafio! Não sei se existe uma palavra no glossário de revivals, remakes, reboots e spin-offs capaz de classificar essa cena, mas a performance está de parabéns.

Don’t Trust the B—- in Apartment 23 foi ao ar na ABC, em 2012 e 2013, e terminou depois de 26 episódios. A primeira temporada é curtinha, com somente 7, e está disponível na Netflix. Moleza para fazer maratona.

Aqui vai uma dica para quem gostava mais do Pacey. A série original da Netflix Unbreakable Kimmy Schimdt escalou o ator Joshua Jackson (também famoso por Fringe) para fazer uma participação especial tipo cameo. Cameo é quem aparece em séries e filmes a fim de resgatar a memória de um personagem antigo, como uma espécie de crossover nostálgico. No episódio 2×08, Joshua Jackson faz o atendente de uma farmácia e, quando Kimmy o encontra, pergunta se é o Pacey. Ele nega, mas emenda num caloroso debate sobre o relacionamento de Pacey e Joey em Dawson’s Creek. Aparentemente, muita gente o confunde com o personagem.

Explosão de sentimentos no fã clube de Dawson’s Creek! Essas homenagens superam qualquer revival e são muito bem-vindas para se repetirem com outros personagens queridos pelo público. É uma oportunidade de revigorar nosso carinho pela série original, sem arriscar todo o legado que ela deixou na história da TV. E, claro, dar boas risadas.

Antes de me despedir, outra dica: se você curte pop-rock, clique no vídeo abaixo para ouvir Dawson’s Geek, da banda inglesa Busted. A música é uma brincadeira com um suposto fã de Dawson’s Creek, completamente viciado na série, que até batizou o cachorro de Pacey.

Conhece alguém assim? Indique este post!

Jornalista que não bebe café, mas vai ao Central Perk com frequência. Gostaria de viver em todas as séries filmadas em Nova York.

Rio de Janeiro / RJ

Série Favorita: Friends

Não assiste de jeito nenhum: Game of Thrones

  • janjaoBHz

    “dont trust” eh a melhor serie ever. nao sei porque nao fizeram mais episodios. tem um episodio em que a june convence o james a fazer o revival,eh hilario.

  • Caio

    Don’t Trust the, essa série tem final fechado? Ou foi cancelada prematuramente?

    • Alice Reis

      Tem final, Caio. A série foi cancelada no meio da 2ª temporada, mas ainda havia 8 episódios pendentes, que a ABC exibiu via streaming.

O que você precisa saber de Jessica Jones antes de Defensores

6 dias atráscomentarios

A primeira série da Marvel protagonizada por uma mulher começa quando os pais de Hope Shottman (Erin Moriarty) pedem a ajuda de Jessica Jones (Krysten Ritter) para investigar o paradeiro da filha, e ela então descobre que o sequestrador da moça é ninguém mais ninguém menos que Killgrave (David Tennant): aquele que a traumatizou através de um relacionamento abusivo. A moça não é então a típica heroína a qual estamos acostumados, e algumas vezes até chegamos a duvidar se podemos chama-la assim. Por ter um passado marcado pelo abuso sua personalidade se torna um tanto ácida e sombria, além de deixar para a personagem um descontrole no consumo de álcool e a ideia de que desistir é a melhor saída, e […]

Leia o post completo

O que você precisa saber de Demolidor antes de Defensores

7 dias atráscomentarios

Com o sucesso do universo cinematográfico desenvolvido pela Marvel nos cinemas, um dos personagens mais interessantes e queridos dos fãs de quadrinhos foi ansiosamente aguardado para voltar a fazer parte do mesmo mundo. Homem-Aranha? Não, na verdade Demolidor. Após a Fox deixar os direitos de uso do personagem retornar para a casa das ideias, Marvel e Netflix fecharam uma parceria para desenvolver diversas séries de heróis. Demolidor abre essa parceria com maestria, trazendo uma série obscura, e violenta, diferente do que o personagem já viveu nas telas até então (abraço Ben Affleck!) Charlie Cox (Broadwalk Empire), dá vida a Matt Murdock, sofrido e realista. A série apresenta ele como advogado com o escritório associado em Hell’s Kitchen, e em seguida suas […]

Leia o post completo

Com pais como estes, hoje é um dia para esquecer

1 semana atráscomentarios

Existe um ditado que diz que a vida imita a arte (ou vice-versa) e isso sempre se mostra realidade quando comparamos as séries que assistimos à vida real. Claro que ainda não descobrimos um universo paralelo, uma cabine telefônica que nos transporte por aí ou que alienígenas têm planos de conquistar a Terra, mas muitas vezes a realidade é espelhada nos roteiros das histórias que mais amamos. House of Cards está aí para comprovar essa teoria, se compararmos os acontecimentos aos fatos que vemos nos noticiários todos os dias. Com os pais não poderia ser diferente. Existem pais que assumem o papel integral da criação da criança, pais que são os melhores amigos dos filhos, filhos que têm dois pais, pais de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter