Silicon Valley – 4×04 Teambuilding Exercise

16 de maio de 2017 Por:

E a parceria se concretizou em Silicon Valley. Richard vai mesmo trabalhar diretamente com Gavin Belson e não dá para imaginar no que isso vai dar. Já vimos que esses dois são como gato e rato – nessas quatro temporadas, eles se enfrentaram em vários projetos, inclusive chegaram ao tribunal. Nessa nova empreitada, Gavin não tem nada a perder, uma vez que foi chutado da própria empresa. No entanto, Richard colocou todo seu trabalho em risco. Mais uma vez.

Reprodução/HBO

A nova internet é um projeto que aparentemente vale a pena investir. Com certeza vai ser muito lucrativo se for mesmo para frente. Tanto é que Gavin deixou todo o orgulho de lado para trabalhar com Richard. Indiretamente, o ex CEO da Pied Piper (ou da Pied Piper que conhecíamos) é uma das causas do fracasso de Belson. Não a maior delas, é claro, já que ele cavou o próprio buraco sozinho com seus caprichos. Mas voltando ao assunto, agora eles vão ter que colocar as rixas de lado em nome do sucesso. Resta saber como eles vão lidar com o poder.

Devido às experiências anteriores, Richard imaginava que seria difícil recrutar seu antigo time para trabalhar com Gavin. Mas como ele não previu que Jared seria o primeiro a voltar correndo? Ele é seu amigo e funcionário mais leal, não importam as consequências. O que realmente não dava para prever era que Gilfoyle aceitaria participar também, por mais que se fizesse de difícil. Com a nova equipe sendo formada, já é meio caminho andado para a nova internet.

Reprodução/HBO

Por outro lado, o SeeFood parecia se encaminhar direto para o buraco. Jin-Yang não é um dos trabalhadores mais árduos, mas não podemos tirar dele totalmente a razão. Erlich é um explorador e só quer saber de ganhar dinheiro sem o mínimo esforço. Ele subestimou a capacidade do “pupilo” e acabou se dando muito mal. Agora, ele tem um belo carro e um chapéu horrível, enquanto Jin-Yang está perto de ficar rico. Acontece que seu aplicativo pode não funcionar tão bem quanto o previsto à princípio, mas a tecnologia empregada pode ir longe. Laurie percebeu isso e ainda deu mais poder a Monica. Será que vai dar certo?

Nessa batalha pelo título de mais preguiçoso, Erlich entregou o ouro aos alunos de Big Head. Achando que era a melhor maneira de levar o SeeFood para frente sem contratar o assistente que Jin-Yang solicitou, distribuiu a tarefa para os alunos, que acabaram sendo os maiores defensores de Big Head. Em uma referência muito boa à Rede Social, eles se uniram para criar o próprio Shazam de comida da turma. Dessa vez o “Mark Zuckerberg” vai ganhar a causa e ser mais rápido na hora de criar o aplicativo?

Gostou desse episódio de Silicon Valley? Vem comentar com a gente!

Jornalista apaixonada pela cultura pop e pela tecnologia, Descobriu a paixão pelas séries um pouco tarde, com Chuck - mas desde então não parou mais. Nutre um carinho...

Ler perfil completo

Passos/MG

Série Favorita: Doctor Who

Não assiste de jeito nenhum: Game Of Thrones

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

2 semanas atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Guia da Trilha Sonora: Scream – Season 1

2 semanas atráscomentarios

Entre os poucos pontos positivos que posso destacar em Scream, a trilha sonora fica em primeiríssimo lugar (talvez porque seja da MTV). Misturando canções atuais, dançantes e tristes, que fazem parte da vida dos jovens de Lakewood, a série soube utilizá-las para compor a história e os personagens. Assim, nada melhor do que ouvir as músicas da primeira temporada, agora disponível em uma playlist na nossa conta do Spotify!

Leia o post completo

House of Cards e a Política Brasileira

2 semanas atráscomentarios

Primeiramente, #foratemer. E se você ainda não conferiu a última temporada de House of Cards, não se preocupe, esse texto não contém spoilers, – apenas reflexões. Pra gostar de House of Cards você precisa torcer pelos Underwood. Claro, a gente sabe o quanto eles são escrotos, mas é ficção, certo? Não tem problema torcer pelos vilões. Ou pelo menos era o que pensávamos em 2013, quando a série estreou. Mas de lá pra cá a política mundial virou de ponta à cabeça. Os Estados Unidos elegeram Trump e nós tivemos Temer enfiado goela abaixo. Isso sem contar os acontecimentos dignos da ficção, como a morte de Teori Zavascki, a delação do Joesley e os testes nucleares da Coréia do Norte. […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter