Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

Teen Wolf: 15 momentos antes do fim

Por: em 24 de setembro de 2017

Teen Wolf: 15 momentos antes do fim

Por: em

Hoje, o guilty pleasure dos guilty pleasures chega ao fim. Depois de 6 temporadas, é hora de se despedir de Teen Wolf, o maior sucesso que a MTV já teve – e provavelmente terá. Em 99 episódios, muita coisa aconteceu, tanto boa, quanto ruim. Acompanhar a história de Scott e seu pack por tanto tempo foi uma jornada gratificante e, com o intuito de nos prepararmos melhor para o gran finale de daqui a pouco, elegemos 15 momentos marcantes para a série. Foi difícil chegar a lista final e muita coisa boa ficou de fora, mas o espaço de comentários está aberto para você deixar sua opinião e nos contar qual seu momento favorito da série.

Vem com a gente nesse túnel do tempo!

 

1×01 – Pilot: Scott é mordido e se transforma em lobisomem

O episódio piloto de uma série é, no geral, o principal episódio e o mais importante de todos. Ele é o responsável por definir o tom e o ritmo da série em questão, assim como a personalidade dos personagens principais, a ambientação e, o mais importante, o modo como o público irá reagir com a história. O piloto é responsável por atrair e segurar a audiência, sendo também o que nos mostra se devemos ou não investir nosso precioso tempo em uma série. Com uma cena que definiria todos os acontecimentos do futuro, Teen Wolf iniciou seus sete primeiros minutos com algo marcante e que jamais seria esquecido. Scott e Stiles saíram para procurar um cadáver e, depois de uma sequência de reviravoltas, nosso querido McCall é mordido por um Lobisomem. Essa cena não apenas foi importante para dar continuidade ao tema da série, como também foi responsável por nos mostrar a relação entre os dois garotos, a qual se tornaria uma das bases da história, assim como a cidade de Beacon Hills, que se tornaria palco de grandiosas cenas no futuro. Além disso, com a conversa dos garotos na floresta, tivemos o primeiro contato com o Lacrosse, que também viria a se tornar um dos principais pontos da série.

1×07 – School Night: Scott e seus amigos lutam contra Peter


Ah, o que seria de Teen Wolf sem um dos seus principais cenários! É óbvio que para qualquer série teen, um cenário escolar deva ser um de seus principais elementos. Algumas conseguem desprender-se disso, outras não, mas Teen Wolf transformou Beacon Hills High School em um de seus principais palcos para batalhas e conflitos entre heróis e vilões duelando e amassando armários no meio do corredor, tanto que ela continua ativa mesmo com seus principais personagens formados. O sétimo episódio da primeira temporada é inesquecível justamente por reunir pela primeira vez Scott, Allison, Lydia, Jackson e Stiles trancafiados a noite na escola combatendo um lobisomem ameaçador. É um deleite para qualquer sobrenatural adolescente abordar essa situação e, a partir daí, percebe-se que mesmo com os efeitos especiais toscos, valeria à pena embarcar na jornada da série.

2×05 – Venomous: Scott e sua alcateia em formação/Jackson é o Kanima

Se o cliffhanger de Lydia sendo atacada não fosse o suficiente para deixar aflição no ar durante um hiato entre temporadas, o segundo ano ainda nos deixou curiosos sobre que tipo de criatura ela poderia se tornar. Tudo conspirava para que ela fosse o kanima que atacava a cidade, não só os personagens acreditavam nisso como também o público e, Venomous vem rapidamente para colocar as cartas na mesa. Em um só combo nós temos Scott assumindo a liderança para proteger seus amigos de Derek e seu bando, que logo nota a habilidade do garoto em formar sua própria alcateia, dando abertura para tramas seguintes e, como uma cereja no bolo, descobrimos que Jackson era o verdadeiro perigo para Beacon Hills.

2×10 – Fury: Melissa descobre que Scott é um lobisomem


Nas histórias em quadrinhos, um dos pontos mais altos da trama é o segredo por trás da máscara de um super-herói. Revelar sua identidade não é apenas difícil, mas perigoso. Quando acontece, você acaba colocando todos em sua volta em perigo e, no geral, esse é o motivo pelo qual a maioria dos heróis tendem a ser solitários. Entretanto, algumas vezes, acaba sendo difícil esconder um segredo tão grande de alguém a quem se ama ou, como ocorre muitas vezes, eles são forçados a revelar esse segredo perante uma grande ameaça. Melissa sempre foi uma mãe e mulher batalhadora e independente. Precisou lidar desde cedo com um marido alcoólatra, sempre tentando proteger seu filho dos perigos. Só com isso, já é possível imaginar sua reação ao descobrir que o filho é um Lobisomem. Ao ser presa por Matt e pelo Kanima, Scott se vê com apenas uma decisão e a faz: para salvar sua mãe, ele teria que ir transformado e se mostrar frente a ela. Naquele momento, ela sentiu uma misto de sentimentos. Em uma das cenas mais marcantes da série, com apenas um olhar ela demonstrou surpresa, medo, traição e, sobretudo, impotência. Naquele momento, ela percebeu que sua luta para proteger seu filho do perigo não havia dado os frutos necessários. Com esse acontecimento, uma nova relação foi criada entre ela e o filho, além de ter possibilitado o Beacon Hills Memorial Hospital de ser ainda mais relevante na trama.

3×06 – Motel California: Stiles impede Scott de se suicidar

Uma das cenas mais emblemáticas e icônicas da série, sem dúvida. Quando o ônibus da escola quebra no meio do nada a caminho de uma excursão, os personagens são forçados a passar a noite em um sinistro motel de beira de estrada, onde o número de suicídios era contado, sinistros barulhos eram ouvidos no decorrer da noite e uma força sobrenatural começou a mexer com a cabeça de todos aqueles que não eram humanos. Isaac teve que lidar com seus dilemas pessoais, Ethan quase se revelou para Danny, mas o mais afetado mesmo foi Scott, que em uma crise de consciência, revelou se sentir um nada, alguém que não tinha valor algum e um ninguém, entrando numa poça de gasolina e ficando a um passo de se matar com um explosivo. A tragédia só não aconteceu porque Stiles interviu e em um belíssimo discurso, reafirmou o que a gente já sabia, mas Scott precisa ouvir: Que ele não era um nada. Ele era alguém o melhor amigo dele e que se ele fosse se matar, teria que levá-lo junto. Todo mundo sabia que Scott não faria nada ali, mas ainda assim, foi difícil não prender a respiração enquanto Stiles falava e, depois, quando pulou para cima do amigo.

3×09 – The Girl Who Knew too Much: Lydia descobre que é uma Banshee


Um dos grandes mistérios da série sempre foi que tipo de criatura sobrenatural Lydia era. Desde que a garota começou a ser atraída para corpos mortos e a apresentar reações estranhas, já ficou claro para nós – público – que ela era não era totalmente humana. Foi preciso um confronto direto entre a personagem e Blake, a professora que dormia com o Derek, mas nas horas vagas era o druida assassino que estava atormentando Beacon Hills em busca de seus sacrifícios. É depois de tentar acabar com a vida de Lydia e se surpreender com a garota e seu grito potente que Blake finalmente diz em voz alta que ela é uma “wailing woman“, uma Banshee, pondo fim a um bom tempo de questionamentos e abrindo uma nova porta para a mitologia da série.

3×12 – Lunar Elipse: Scott se transforma em um True Alpha


Quando Scott se tornou um lobisomem, Derek foi a primeira pessoa que o ajudou a completar a transição e o ensinou muito do que ele sabe hoje. Mas, a medida que as temporadas avançaram, Scott foi ganhando sua independência e formou com Lydia, Alisson, Isaac e Stiles seu próprio pack, por mais que só Isaac ali fosse de fato um lobisomen. Scott ganhou espírito e atitudes de líder e foi isso que o fez, no season finale da 3A, durante o confronto final com o Darach, que Scott conseguisse “ascender”, trocando o amarelo característico dos lobos comuns pelo vermelho de um alfa, um alfa genuíno, aquele que possui todas as características de um alfa, mas que não precisou matar ninguém no processo para chegar ao “topo” da hierarquia dos lobos.

3×18 – Riddled: Stiles conta para Scott que pode ter a mesma doença da mãe

Não tem fase na série em que Stiles sofreu mais que durante a 3B. Além de estar constantemente dominado pelo Nogistune, que deu origem a Void Stiles – o melhor vilão que a série já teve -, o garoto ainda precisou lidar com a aterrorizante possibilidade de ter a mesma doença degenerativa que, no passado, foi a responsável pela morte de sua mãe. Depois de uma ressonância eletromagnética e de vários desmaios e blackouts, ele conta o que está acontecendo a Scott e escuta do melhor amigo que, se for verdade, eles darão um jeito em tudo, como sempre dão. A certeza que Scott coloca na voz e o medo/apreensão nos olhos dos dois já fariam dessa uma das cenas mais bonitas de toda a série, mas o abraço apertado entre os dois amigos no final joga tudo lá pra cima e é difícil terminar de assistir sem lágrimas nos olhos.

3×23 – Insatiable: Allison morre

O número de momentos da 3ª temporada nessa lista já está grande, mas não dá pra deixar esse de fora. A saída de Crystal Reed do elenco da série pegou muita gente de surpresa e sua morte enfrentando os Oni, nos braços de Scott, é uma das sequências mais tristes da série. Só o grito de dor de Lydia de longe ao perceber o destino da amiga já seria doloroso o suficiente, mas é ainda pior vê-la desfalecer pouco a pouco enquanto olha para aquele que, em suas próprias palavras finais, foi seu primeiro e último amor. É difícil não se emocionar com Scott falando que não consegue tirar a dor dela e ela falando que é porque não dói. Tudo só fica pior quando Chris chega no local e também desaba ao ver a filha, já morta, nos braços do lobisomem.

4×06 – Orphaned: Scott salva Liam 

Quando Scott transformou Liam, lá no começo da 4ª temporada, não dava pra imaginar a importância que o garoto iria acabar tendo para a série. Liam marcou não só por ser o primeiro beta de fato de Scott, mas também por ter aparecido logo depois da morte de Allison e ter ajudado Scott a aprender um pouco mais sobre si mesmo e como é ter alguém de quem cuidar. Como Gerard disse nessa temporada, o vínculo entre alfa e beta é quase um vínculo de pai e filho e isso pode ser visto nesse episódio, quando um Scott desesperado corre para salvar Liam do poço no qual ele estava preso e, ao final de tudo, conforta-o com um abraço que somente um pai poderia dar a um filho. 

4×07 – Lethal Weapon: Malia descobre que é uma Hale


Uma das ferramentas de roteiros mais usadas nas séries é algo que podemos chamar de “falso passado”. Isso ocorre quando você pega o protagonista, antagonista ou algum personagem relevante e apresenta algo que muda completamente a origem do personagem. Com isso, é possível fazer o personagem chegar mais perto do público com seus problemas, além de trazer uma maior profundidade para ele. Malia sempre foi uma personagem forte e selvagem. Sua história já começa de uma maneira complicada e, quando conseguiu voltar a ser humana, ela ainda precisava enfrentar os problemas para tentar se humanizar. Descobrir que a família a qual ela pertencia não era sua família biológica não foi apenas um choque, mas também responsável por criar sentimentos que até então ela não era capaz de lidar. Além disso, ela se sentiu traída, já que seus melhores amigos esconderem o fato dela, algo que gerou complicações em seu relacionamento com Stiles. Em uma das cenas mais marcantes da série, Malia sai do cofre após ler a lista com seu nome, deixando todos para trás e caminhando, contra sua vontade, como Malia Hale, filha de Peter Hale e fruto de mais uma ironia do destino.

5×09 – Lies of Omission: Scott e Stiles discutem por causa de Theo

Quando Theo colocou os pés na série e se aproximou de Scott, a gente já sabia que, cedo ou tarde, isso resultaria numa briga entre o garoto e Stiles. O momento menos esperado pelos fãs chegou no 9º episódio da 5ª temporada, quando pela primeira vez, os dois amigos inseparáveis brigaram graças as mentiras de Theo. Scott preferiu acreditar na versão que Theo lhe contou dos fatos e o que poderia ter sido resolvido com uma conversa simples acabou se tornando uma bola de neve nos rendeu uma das cenas mais tristes da série, com Stiles implorando para que Scott diga-lhe que acredita nele e o alfa genuíno não conseguindo. A gente sabia que era momentâneo e que os dois logo estariam de bem novamente, mas ainda assim, ver a melhor amizade da série estragada por alguns momentos graças a uma terceira pessoa foi terrível.

5×16 – Lie Ability: “Stiles saved me.”

Foi um longo caminho até que Stydia de fato acontecesse. Mas isso não quer dizer, em momento algum, que o sentimento entre eles não existia, especialmente da parte de Stiles. O grande momento deles antes do desenvolvimento de fato na 6ª temporada aconteceu na 5ª temporada, quando depois do perigoso resgate de Lydia da Eichen House, Stiles fica desesperado ao ver a garota inconsciente e sem reação. Quando Lydia finalmente acorda e percebe que está livre do seu tormento, ela encontra sua mãe e diz Eles me salvaram, mãe. Stiles me salvou.”, olhando fixamente para o garoto, com um sorriso terno nos lábios e mostrando como é que se faz um fan service de qualidade (cof cof oi Game of Thrones cof cof). 

6×01 – Memory Lost: Stiles é levado pelos Ghost Riders

Os Ghosts Riders foram os grandes vilões da primeira metade da última temporada. Diferente de tudo que já havia aparecido então, eles raptavam pessoas de uma forma não-convencional, apagando a existência delas da memória de todos que que os conheciam, como se eles nunca tivessem existido. Logo no primeiro capítulo da temporada, Stiles se torna vítima deles e é levado, desaparecendo instantaneamente da vida de todos aqueles que o amavam. O momento em que o garoto percebe o que irá acontecer é desesperador e a cena só fica pior graças a presença de Lydia, que assiste o desespero do garoto sem poder fazer nada para impedir e recebe a última frase dele, antes de desaparecer: “Lembre-se que eu te amo.” 

6×09 – Memory Found: Scott e Lydia se lembram de Stiles

Se o desaparecimento de Stiles foi emocionante, o momento em que Lydia e Scott recuperam as memórias do garoto é ainda mais. Depois de 8 episódios lutando para se lembrar do amigo e entender o que estava faltando, os dois passam por um doloroso processo de sintonizar novamente todas as memórias que lhe foram roubadas e, nesse momento, a série usou e abusou da nostalgia ao colocar momentos marcantes na trajetória de Stiles tanto com Scott quanto com Lydia, usando-se do emocional para deixar o momento em que o melhor amigo e o amor platônico finalmente se lembram dele. Enquanto Scott lembra dos momentos felizes e tristes que passou ao lado do melhor amigo de toda uma vida, Lydia se dá conta dos seus sentimentos pelo garoto e se culpa por não ter dito que o amava de volta antes dele desaparecer. Momento pra fã nenhum botar defeito.

Existem diversos outros momentos marcantes em Teen Wolf, como a morte de Aiden, o momento em que Stilinski se lembra de Stiles, a revelação de que Parrish é um hell hound, os flashbacks de Derek e sua transformação em lobo… Se fossemos contar todos aqui, ia faltar espaço. Portanto, aproveita aí e conta pra gente se o seu momento favorito está aqui e, se não, diz aí qual é! 

Um agradecimento mais que especial ao Pedro e ao Lucas, que não só me ajudaram na escolha dos momentos, como também escreveram alguns! 🙂


Alexandre Cavalcante

Jornalista, nerd, viciado em um bom drama teen, de fantasia, ficção científica ou de super-herói. Assiste séries desde que começou a falar e morria de medo da música de Arquivo X nos tempos da Record. Não dispensa também um bom livro, um bom filme ou uma boa HQ.

Petrolina / PE

Série Favorita: One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

  • Diego Rodrigues

    show d+

  • porlapazyporlavida lc

    Como Stalia shipper (hehehe) um dos momentos que eu mais gostei foi quando os dois estavam presos no cofre e Stiles precisa sair (não lembro para quê kkkkk), e Malia diz “you’re coming back, right?”. Acho lindo demais. Outro que eu gosto muito é quando os dois estão estudando e ele percebe que ela usa as mesmas cores que ele. Por fim, talvez meu preferido, é quando o xerife chama Stiles e Malia para jantar e no final os três se abraçam e Malia sente o que é ser parte de uma família mesmo. Pelo menos, foi o que eu senti assistindo a cena. Eu também gosto muito das cenas de “Void Stiles”. Dylan maravilhoso! Quem diria que após seis temporadas, teríamos tantos bons momentos para guardarmos conosco? Ah sim, a relação do Xerife Stilinski e do filho é uma das minhas preferidas. Amava as cenas dele.

×