Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

The 100 – 4×10 Die All, Die Merrily

Por: em 6 de Maio de 2017

The 100 – 4×10 Die All, Die Merrily

Por: em

CHOCADA! Que episódio surpreendente! Finalmente The 100 superou as expectativas e entregou um episódio digno da série. De longe o melhor até agora! Com a premissa de um verdadeiro jogos vorazes em Polis, o enredo de “Die All, Die Merrily” foi emocionante, dramático e eletrizante ao mesmo tempo.

Reprodução/The CW

Seguindo o mesmo caminho de todas as temporadas anteriores, mais uma vez os roteiristas optam por dizimar boa parte do elenco de uma só vez nos últimos episódios da season. RIP Roan, Luna, Illian e sabe-se lá quem mais!

As cenas de lutas foram bem interessantes e por um momento cheguei a duvidar que Octavia iria seguir o conselho de Bellamy e Kane de usar sua habilidade de se esconder para permanecer até o final no campo de batalha. Confesso que gostaria de vê-la mais lutando do que se escondendo, mas no fim foi uma boa estratégia para vencer. Octavia é sem dúvida minha personagem favorita na série e por vezes infinitas é melhor que a própria Clarke. Todas as lembranças da filosofia de Lincoln e seus diálogos durante a luta foram muito bem colocados. Sem dúvidas ela honrou a memória do seu amado e ainda foi aclamada pelos demais clãs, se tornando a nova líder dos terrestres.

Reprodução/The CW

O episódio foi lindo mesmo diante de tantas mortes. Octavia se tornou mais digna que Clarke, ela de fato lutou pela sobrevivência de toda humanidade, como um só povo. Era claro que a Wanheda não acreditava na irmã do seu crush, mas daí a trair todo mundo que ficou do outro lado foi demais para a comandante da morte. Ela usou todo um discurso sobre ser diferente de Roan e no fim das contas se tornou pior que ele! De novo os Skykru traiu um acordo e, pior ainda, traiu pessoas do seu próprio povo. Como a Abby deixou Kane para trás assim tão fácil? Quanto a Jaha estar entre os “escolhidos” não foi uma surpresa, mas o pior de tudo foi a ideia ter vindo da própria Clarke, o que vai totalmente contra o caráter da personagem. E agora o bunker passa a ser a nova Arca.

Reprodução/The CW

Não posso encerrar essa review sem dá todo o crédito para Marie Avgeropoulos. Ela simplesmente brilhou e carregou o episódio nas costas. Além de sua personagem ter crescido como nunca, a própria atriz tem feito um trabalho impecável e outra uma vez mostrou o quanto tem talento para muito mais. Assim, nos próximos episódios veremos Octavia como líder e rival do seu próprio povo, ficando novamente do lado oposto ao de Bellamy. Quem diria que o futuro dos terra-firmes um dia estaria nas mãos da jovem Octavia, não é mesmo?

Reprodução/The CW

Outras observações:

– Não imaginei que tanta gente importante ia morrer em um único episódio. Queria ter visto mais da Luna, mesmo com toda conversa de escuridão que tivemos antes da sua morte.

– Acredito que a Echo tem mais coisa para mostrar e espero que a série dê uma chance para personagem.

– Quero só ver o que vai acontecer dentro daquele bunker. Bellamy não vai aceitar assim tão fácil a decisão da Clarke.

– E quanto aos outros? O que será que vai acontecer com o pessoal que ficou em Arkadia? E a Raven?


Fiquem com a promo do próximo episódio “The Other Side“.


Isabel Tavares

Jornalista fascinada por boas histórias. Curte moda, cinema, livros e séries que tenham mulheres como centro das atenções. Ah, e o mais importante, ama escrever sobre tudo isso.

Salvador/BA

Série Favorita: Orphan Black e The 100

Não assiste de jeito nenhum: American Horror Story

×