Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

The 100 – 4×13 Praimfaya (Season Finale)

Por: em 27 de Maio de 2017

The 100 – 4×13 Praimfaya (Season Finale)

Por: em

Não sei por onde começar a comentar sobre essa season finale de The 100. Sem dúvidas foi muito mais do que esperava e ainda não posso dizer que isso é positivo ou negativo. Praimfaya chegou acabando com tudo e deixando inúmeros questionamentos, que só serão respondidos em 2018.

Reprodução/The CW

A maior parte do episódio foi Raven, Monty, Harper, Murphy, Emori, Bellamy, Echo e Clarke tentando acoplar no anel da Arca que ficou no espaço. Tudo imprevisível e realmente achei que alguns seriam deixados para trás ou morreriam. Mas, nada disso aconteceu. Adorei vê-los trabalhando juntos neste momento final. Aquela cena deles compartilhando oxigênio foi algo lindo de se ver. Ali não existiu egoísmo, todos estavam com um só objetivo: sobreviverem. Não sobreviver apenas alguns, mas todos, unidos, como uma equipe, ou melhor, como uma verdadeira família, que acabarão se tornando depois de alguns anos.

Reprodução/The CW

Senti falta de mostrarem como a Octavia vai guiar o pessoal que ficou no bunker. Queria ver pelo menos um vislumbre disso ou as primeiras regras que ela criaria. Sabemos que a Indra irá ajudá-la e que Jaha saiu de cena. Esperávamos ver a O ascendendo como comandante, mas Indra deixou bem claro que esse tempo passou, e que agora é a Era dela, apenas.Tudo novo, novo tempo, novos costumes e novas leis.

Diferente do que se imaginava, houve um salto de tempo. Mas torço para que na quinta temporada seja mostrado o que se passou no bunker e no espaço. Já começo a fantasiar vários flahsbacks.

Reprodução/The CW

Não posso deixar de falar, mesmo que seja um pouco insignificante diante de tudo que o episódio mostrou, que estou feliz em ter a esperança de ver Bellamy e Echo juntos no espaço, e ainda sem Clarke para atrapalhar. A conversa que os dois tiveram só aumentaram as expectativas, confirmando o que sempre observei sobre Echo, que apesar de muitos erros, ela é uma mulher forte e merece estar ao lado de alguém como Bellamy. #shippandomuito

Ainda estou em êxtase, por isso relevem se essa última review parecer um pouco vaga demais para vocês. Até agora não consegui associar tudo que se passou. Os criadores da série já tinham avisado sobre como esse finale seria diferente dos outros, mas foi bem além das expectativas. Eles nos deram um epílogo da próxima temporada, que na minha percepção será como uma espécie de remake da primeira. Posso estar viajando demais, porém o que deu a entender é que existia outra nave nos céus que enviou prisioneiros para Terra, assim como a Arca fez no inicio de tudo. E agora, a Clarke é a nova versão da Becca, que criou outros nightbloods.

Reprodução/The CW

As perguntas que irão nos atormentar até o próximo ano serão:

– Clarke estava grávida?

– O sangue da noite funcionou, mas como ela sobreviveu naquele laboratório durante os anos de radiação?

– Porque só a parte onde ela estava permaneceu verde?

– Como ficaram os 1.200 do bunker?

– Por qual motivo Raven e os outros ainda não voltaram?

– Quem estará nessa nova nave que surgiu do nada?

 


Foi um prazer comentar a quarta temporada de The 100 com vocês. A série é uma das minhas preferidas e peço desculpas até se muitas vezes abusei do meu lado emocional para defendê-la nessa temporada tão cheia de altos e baixos. No fim, achei que tudo se encaixou e que os produtores permaneceram na mesma linha editorial das temporadas anteriores, os primeiros episódios sempre sem sal e sem açúcar e do meio para o fim a adrenalina começa a subir. Me emocionei, fiquei com raiva, as vezes não entendi, mas no final de tudo adorei! E vocês, o que acharam?

Continuamos nos encontrando nas reviews de The Originals e quem sabe outras séries. E também espero continuar comentando aqui sobre a quinta temporada de The 100 no ano que vem! Até lá!


Isabel Tavares

Jornalista fascinada por boas histórias. Curte moda, cinema, livros e séries que tenham mulheres como centro das atenções. Ah, e o mais importante, ama escrever sobre tudo isso.

Salvador/BA

Série Favorita: Orphan Black e The 100

Não assiste de jeito nenhum: American Horror Story

×