The Originals – 4×01 Gather Up the Killers

19 de março de 2017 Por:

Durante cinco longos anos o vampiro criador de todos os outros vampiros foi mantido em cárcere por aquele que um dia foi considerado da família. É claro que todos os inimigos que Klaus e os Mikaelsons deixaram para trás iam acabar sabendo da sua ruína e exigir de Marcel a destruição completa dos Originais. Parece que é apenas nisso que a quarta temporada de The Originals irá focar. Não deixa de ser um bom enredo, mas será suficiente para garantir uma quinta temporada?

Acredito que mostrar como foi para Hayley cuidar da filha e ao mesmo tempo achar a cura para Freya, Elijah, Kol e Rebekah teria sido mais interessante do que dá esse salto de cinco anos mirando em novos vilões. Mas, já que não podemos mudar isso vamos seguir em frente e ver o que TO tem para nós nesse novo ano.

Parece que a minha expectativa de ver flashbacks dos cinco anos perdidos de Hope e Hayley e o universo alternativo dos Mikaelsons foram por água abaixo, pois o primeiro episódio explicou tudo em poucas palavras e olhando assim até dá para pensar que foi fácil demais, apesar de demorado. Afinal foram meia década como o próprio Marcel deixou bem claro.

Deu para imaginar que o tal Alistair seria o grande vilão da temporada, mas o seu fim foi tão rápido quanto a sua chegada. Vale ressaltar que a cena de Klaus lutando com ele foi bem medíocre e passou rápido demais. Ao mesmo passo que o feitiço de Freya para despertar e curar a família pareceu demasiadamente simples. Basta comparar que para fazê-lo custou toda a energia de Klaus e a sua rendição a Marcel. Com cinco anos adormecida até que a bruxa Original acordou bastante forte para realizar um feitiço de tamanha densidade sem nem precisar de uma âncora. Só eu percebi isso?

Agora, falando de pontos altos, foi adorável ver a não mais pequena Hope herdar o dom de desenhar do pai. E aqueles círculos estranhos no final mostra que a filha de Klaus vai ter uma grande importância na história e na luta contra os temidos covens que estão chegando. Hayley também já deixou claro que a menina possui poderes inexplicáveis. Doida para ver Hope usando-os e ajudando a família.

Mesmo preso, sofrendo e com fome Klaus ainda mostra que é vampiro mais poderoso do mundo e para derrotá-lo não será fácil. O diálogo entre ele e Marcel deixou bem óbvio toda a sua experiência e maturidade contrastando com a ingenuidade de Marcel, este mais pareceu um garoto brincando de ser rei. Realmente ele só está nessa posição por causa de Klaus e só se manterá nela enquanto ele for seu prisioneiro.

Outras observações:

– Será que finalmente veremos Elijah e Hayley juntos e felizes?

– Infelizmente Rebekah não apareceu em nenhum momento do episódio e a desculpa de não ter saciado sua fome, assim como Kol, foi bem esfarrapada.

-Qual a força desses tal covens? A única coisa que sabemos é que são inimigos dos Mikaelsons.

– Na minha opinião Rebekah será a chave para Klaus e Marcel se reconciliarem.

– Curiosa para saber quem é essa nova capanga/informante de Marcel. Veio do nada e para o nada irá, ao meu ver.

 


Gostaram da review? Deixe nos comentários sua opinião sobre esse primeiro episódio e o que esperam da quarta temporada. Vamos trocar teorias sobre o desenrolar da série?

Jornalista fascinada por boas histórias. Curte moda, cinema, livros e séries que tenham mulheres como centro das atenções. Ah, e o mais importante, ama escrever sobre tudo isso.

Salvador/BA

Série Favorita: Orphan Black e The 100

Não assiste de jeito nenhum: American Horror Story

  • Diego Rodrigues

    concordo contigo foi tudo bem rápido não curti muito espero q melhore nos próximos episódios

    • Isabel Tavares

      Espero que melhore mesmo, Diego! Torcemos por isso!

  • Moisés

    A vampira loira trabalhava para o Lucian acho..
    A Freya está muito p…. O que Klaus matou em 1000 anos ela fará em 1, está possessa de ódio..
    Achei que iam acordar só no ep3 ou 4.

    • Isabel Tavares

      Você tá falando da nova informante de Marcel? Mas ela não é loira rsrs
      Freya está super poderosa mesmo, não vai deixar ninguém entrar no caminho da sua família.
      Também não imaginava que eles iram acordar logo, foi tudo muito rápido!

  • Nickolas Girotto

    É eu ja ficava feliz se esse episodio fosse o segundo e no primeiro eles mostrassem o que aconteceu com ela e tal. Mas não foi ruim, acho que se tivesse 22 episódios eles fariam isso, como não vai ser da para entender.
    Gostei dos efeitos da loba e toda a cena de luta, quero muito ver os poderes da Hope e foi muito bom ver que ela não tem o temperamento do pai, pelo menos não ainda haha

    • Isabel Tavares

      Verdade! As cenas de Hayley foram ótimas, principalmente a cena de luta, bem mais emocionante que a luta de Klaus e aquele outro lá. Até então parece que a Hope não tem muito do pai, mas vamos ver né…

  • Luan Batista

    Como são poucos episódios não dá pra ficar mostrando tudo o que rolou durante esses cinco anos. Melhor ir direto ao ponto do que ficar enrolando. Sobre a informante de Marcel, ela era informante de Lucien na terceira temporada, passando assim a servir a Marcel.

    • Isabel Tavares

      Não lembrava dessa informante.

  • Concordo com você que é bem chato a gente não ter tido uns flashbacks nem nada, e que a Freya resolveu tudo muito fácil depois de ter dito que precisava de tempo, muito poder e até um pouco de sorte. Mas acho que isso pode ser devido ao fato de agora a série só ter 13 episódios pra contar tudo.

    Mas apesar de tudo gostei bastante do episódio, e mal posso esperar para ver a relação da Hope com essa história dos covens.

    Hayley e Elijah, tomara que finalmente as coisas deem certo pra eles, coitados.

    • Isabel Tavares

      Tem razão, toda essa rapidez só pode ser devido a quantidade de episódios mesmo.

      Conhecermos Hope, sem dúvida, é a maior expectativa dessa temporada!

  • Regina Santos

    Decepcionante, esperava muito mais! Se revolveu tudo muito rápido, queria ver mais a Hope, os sumidos sem explicação Kol e Rebekah e o que aconteceu durante esses anos… Espero que os próximos episódios sejam melhores!

    • Isabel Tavares

      Verdade, esperava muito mais mesmo! Vamos torcer para melhorar! Sexta-feira tem mais!

  • Gostei do episódio, tô torcendo por Hayley e Elijah juntos e pelo Klaus voltar a reinar em New Orleans. Também achei a resolução rápida de trazer os Mikaelson de volta, mas acredito (espero!) que mais detalhes serão mostrados em flashbacks. Com relação a Hope, lembrei da personagem Diana de Grimm, que também tem poderes, habilidade com desenho e um futuro promissor no enredo da série. Espero que a história da Hope seja bem desenvolvida 🙂

    • Isabel Tavares

      Ainda há esperança para termos bons flashbacks, apesar de achar difícil acontecer. Só nos resta torcer! A maior expectativa da temporada é a Hope, sem dúvidas.

Músicas que conhecemos através das séries

6 dias atráscomentarios

Uma das melhores coisas que as séries podem nos proporcionar são suas incríveis músicas. Algumas dessas músicas já conhecemos, mas não dávamos tanto valor até ouvir de novo; outras ouvimos pela primeira vez e nos apaixonamos logo de cara. É tão bom assistir um episódio, ir procurar no Youtube e depois baixar no computador ou no celular aquela canção que fez parte da abertura, de um beijo esperado do casal, dos minutos finais… Enfim, de muitos momentos expressivos que precisavam de um toque ou uma letra no fundo. Então, vem comigo embarcar nesse post de sentimentalismo e ouvir as músicas que eu tive a oportunidade de conhecer pelas séries. Bad Reputation Freaks and Geeks tem toda aquela inspiração de ser jovem e livre, […]

Leia o post completo

CCXP Tour – Dia #3 – 15/04 Diário de Bordo (ou Aquele do Painel da Netflix)

1 semana atráscomentarios

Quem conhece um pouco de CCXP, sabe que a primeira regra de qualquer Apaixonado por Séries é: Dia de Netflix é dia de acordar junto com o sol, pegar uber ou metrô, uma fila imensa, passas horas em pé… Tudo pra curtir aquelas horinhas já reservadas ao painel daquele que já é o “canal” favorito de provavelmente 8 entre 10 fãs de seriados. E, é claro, eu não ia deixar o ritual falhar. Mesmo tendo ido dormir tarde (pós meia-noite), 5h da madrugada estava de pé e cheguei ao Centro de Convenções de Pernambuco entre 6h30 e 7h. Problemas de falha de comunicação aqui e ali (algo que acontece muito em dias como esse), consegui entrar no auditório Twitch mais […]

Leia o post completo

Easter Eggs: a origem das mensagens secretas nas séries

1 semana atráscomentarios

O coelhinho já te visitou hoje? Então, enquanto você se delicia com chocolates, te convido para ler a história dos famosos Easter Eggs (ovos de Páscoa, na tradução) – que não têm nada a ver com cacau. É assim que chamamos as mensagens que roteiristas escondem nas séries, em referência a elementos da cultura pop ou da própria narrativa. O apelido Easter Eggs deve-se à tradicional caça aos ovos e à surpresa que geralmente há dentro deles. A Páscoa não costuma ser representada na TV, igual a outras datas festivas – como Natal, Réveillon, Halloween e Thanksgiving -, mas a homenagem está aí. Por ora, esqueça tudo que você já aprendeu sobre a origem da Páscoa. No mundo geek, essa história começa com o vídeo game Atari 2600, em 1979. O criador da linha Adventure, Warren Robinett, cansado de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter