Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

The Originals – 4×08 Voodoo in My Blood

Por: em 17 de maio de 2017

The Originals – 4×08 Voodoo in My Blood

Por: em

Finalmente descobrimos a origem da vilã mais misteriosa do universo místico criado por Julie Plec. A Hollow é na verdade a criadora dos lobisomens e um dia foi apenas uma criança super poderosa. Bem interessante essa conexão da história do nascimento da Hollow com a própria Hope. Há mais de mil anos, dois clãs se uniram em casamento para formar um só povo, daí nasceu Inadu, que viria ser a poderosa e imortal Hollow. Da mesma forma Hope, que nasceu da união de uma loba com um vampiro, tornando-se um ser único como nunca visto antes, pois já deu para perceber que ela é muito mais que uma simples bruxa. Além disso, as duas são da mesma linha ancestral. Vamos ver por quais caminhos essa ligação entre elas vai nos levar.

Reprodução/The CW

Depois desse episódio a trama de The Originals ficou muito mais envolvente, pena que demorou mais da metade da temporada para isso acontecer. A boa notícia é que a série foi renovada, então teremos muito mais a explorar na próxima season.

A volta de Davina como informante dos Ancestrais fez jus a grande personagem que ela foi. Pena que agora só teremos aparições esporádicas da bruxa, já que a mesma é só um fantasma. Gostei que, mesmo depois de tudo, a relação dela com Marcel continua linda, foi comovente vê-lo prestando homenagens a Davina em seu túmulo e ela do outro lado ouvindo tudo emocionada. Torcendo para vê-la em cena mais vezes ainda nesta temporada.

Reprodução/The CW

Quanto a forma encontrada de parar a Hollow ficou a dúvida se de fato era necessário matar um imortal ou se foi apenas uma oportunidade que Davina achou de se vingar dos Mikaelsons. Qual a sua aposta?

A melhor parte foi ver o quanto Hayley se tornou importante nesta trama. Para apenas uma personagem secundária que surgiu lá em Mystic Falls, a loba construiu um caminho bastante surpreendente, passando de peguete do Klaus até a poderosa híbrida capaz de matar o primeiro vilão indestrutível enfrentado pelos Originais. E cá para nós, ela ainda é muito mais que tudo isso. Tem caráter, personalidade, é apaixonante e uma mãe incrível para pequena Hope.

 

Será que Elijah vai morrer? Afinal ele foi apunhalado com a única arma que pode destruir um Original. Mas, para variar, achei previsível essa cena final do episódio, que até então estava cheio de revelações e surpresas.

Reprodução/The CW

A rápida visita de Alaric a New Orleans, como disse no review anterior, só confirmou a deixa de um possível spin off de The Vampire Diaries. A quem odeie essa ideia, mas eu acho super válida e adoraria ver Caroline, Bonnie, Jeremy, Matt e companhia trabalhando juntos nessa escola para pequenos super dotados. Sem contar a chance de ver meu shipp favorito Klaroline juntos outra vez.

Outras observações:

– Adoro os flashbacks criados por esses produtores da equipe de Plec. São sempre impecáveis e ricos em detalhes. Incrível como eles conseguem encontrar o elenco e cenários perfeitos.

– Deu para ter um gostinho da Hope usando seus poderes e salvando o dia pela primeira vez. Espero ver muito mais disso nos próximos episódios.

– Falando em Hope, a menina já está sendo treinada pela tia Freya. Mas bem que podiam colocar um trechinho dessas cenas entre as duas, não é?

– Nem a bruxa Original nem Vincent apareceram, será que eles ainda terão utilidade nessa guerra contra a Hollow?

– Sofya se encontrou “emprestando” seu corpo para Hollow. Só a assim a atriz conseguiu mostrar seu talento e a personagem teve uma utilidade na trama.


O que você achou do episódio? Gostou da volta rápida de Davina e Alaric? Me conta nos comentários?


Isabel Tavares

Jornalista fascinada por boas histórias. Curte moda, cinema, livros e séries que tenham mulheres como centro das atenções. Ah, e o mais importante, ama escrever sobre tudo isso.

Salvador/BA

Série Favorita: Orphan Black e The 100

Não assiste de jeito nenhum: American Horror Story

  • Paulo Adriano Rocha

    Acho que Sofya/Hollow ficou bem interessante. Agora a atriz vai ser melhor aproveitada, embora que a personalidade da Hollow parece ser muito difícil, já que ela é uma psicopata degenerada level super hard.
    A cena final de Elijah foi ridícula. O cara tem mil anos de experiência e se deixa apunhalar pelas costas daquele jeito porque entrou numa casa só porque a porta estava aberta… Menos, carinha do lenço, menos…
    Alaric continua com aquele jeitão de professor coroa. Hehe. Foi legal vê-lo oferecendo uma vaga a Hope na X-men Second Class, mas não sei se os atores gostariam de continuar revivendo esses personagens. Chegam um tempo que a pessoa quer tentar outras coisas, né? Quem podia ir ser professora lá era Tia Freya.
    Eu gostei de ver Davina? Gostei. Aceitei? Não muito. Não gosto quando esse povo diz uma coisa, depois esquece. O que foi dito e que a alma dela estaria extinta, apagada ou sei lá mais o quê. Enfim, não existiria mais. Mas aí ela aparece de novo e ainda sendo assistente dos Ancestrais que passaram três temporadas perseguindo ela e cujos laços foram cortados com o mundo dos vivos POR ELA! Mas agora já é todo mundo amigo… Pufavô, né? Vamos trazer a alma de Finn de volta também então. E a Aurora, afinal, Freya morreu episódio passado, então o feitiço que prendia Aurora devia ter acabado.

    Mas, enfim, vamos aproveitar que a temporada está ótima, sim. Por mais cenas com a Hope mostrando que é neta de Ester!

    • Isabel Tavares

      Essa situação da Davina é bem contraditória mesmo! Tinha até me esquecido de todos esses detalhes da história dela.

      Essa do feitiço contra Aurora também não lembrava, mas duvido trazerem a personagem de volta agora.

      Discordo de você, não acho que a temporada está ótima, está apenas razoável, apesar de adorar ver a pequena Hope em cena.

      • Luan

        Sobre o feitiço da Aurora, ela não estava presa a Freya, mesmo Freya morrendo o feitiço permaneceria.

  • Moisés

    A Hollow usou os espinhos enrolados numa estaca para espetar o Elijah, é a mesma coisa da mordida do Marcel.
    Mas a Freya tem o remédio ..

    Espero que usem o Josh como “oferenda” na hora de selar a Hollow. Ele é totalmente desnecessário.
    Até hoje só Tyler Lockwood foi mais incoveniente.

    • Isabel Tavares

      Com certeza vão achar uma cura pra ele! Torcendo pra darem um fim ao Josh também, ele não tem nenhuma função nessa trama!

      • Moisés

        A Freya tem um estoque do antídoto que ela fez no período de ” voluntariado” da Keelin.

        Espero que nesta season a Hollow recupere o corpo e só no outro seja derrotada.
        Cansei de vilão durar 3 eps

        • TV canal lol

          estou anciosa para a grande batalha final…há boatos que a Hope que vai derrota a Hollow

          • Moisés

            Bem possível

  • Diego Rodrigues

    q episódio foda, essa hope é poderosa curti muito espero ver mais dos seus poderes e uma otima review!

    • Isabel Tavares

      Que bom que gostou do review, Diego! Quero muito ver mais da Hope também!

  • Nickolas Girotto

    É verdade, ficou mais envolvente!! Curti muito a história da Hollow, nunca passou pela minha cabeça que pudesse ser a criadora da maldição dos lobos e faz total sentido, principalmente por poder ver como começou aparte dos lobisomens que eu acho que era a que faltava. Comparamos com o Cade no inicio da temporada e agora a Hollow pelo menos tem a história melhor que a dele.
    Acho que o imortal que vai morrer no final vai ser o Marcel ou vão achar outra maneira, senão a Hollow não tentaria matar um imortal para voltar, não sei direito quais são as regras ali, se o sangue da Hayley tem prazo de validade no corpo da Hollow, caso não tenha, isso vai ser um tiro no pé né, sei lá, me perdi ai haha.
    Comparando agora a Hope com a Hollow, pelo que vi os bruxos eram pessoa boas até onde mostrou e tiveram uma filha do mau, nem foi por criação e tal ela simplesmente era assim, já a Hope o pai dela é o Klaus né, já sabemos a índole hahah e ela é super do bem, tipo uma é o oposto da outra.
    Até foi legal ver o Alaric, mas talvez se tivesse aparecido mais alguma outra pessoa seria bem melhor.

    Legal que renovaram, merece mais uma chance sim! Até o próximo episodio Isabel.

    • Isabel Tavares

      Também gostei muito da história sobre a origem da Hollow, mesmo não sendo demônio ou algo do tipo é melhor ou pior, não sei, que o Cade, sem dúvidas!

      Não acho que o Marcel irá morrer, ele tem um papel muito importante na trama e para os Mikaelsons.

      Quanto a comparação que fiz entre Hope e Hollow é porque as duas são seres únicos. Hollow nasceu para ser uma mulher poderosa, símbolo da união das tribos e Hope veio do vampiro híbrido original mais temido e de uma lobisomem, se tornando também um ser diferente que qualquer outro. É como se elas tivessem dado origem a espécies jamais vistas antes.

      Também gostei da remoção! Até o próximo episódio, Nickolas!

  • Leonardo Ferreira

    Episódio excelente e o mais importante explicou a origem dos Lobisomens.

    • Isabel Tavares

      Sim! Finalmente falaram mais sobre os lobisomens!

      • Leonardo Ferreira

        Será realmente que a Hollow é mesmo uma bruxa?

  • Andréia Viana

    Enfim ficamos sabendo quem é o Hollow, e me parece promissor, se não fizerem com essa o que fizeram com Dahlia, teve toda uma expectativa, pra pouca coisa.
    Amando demais a Hope, as interações com o pai são fantásticas, muito bom mesmo. Gostei de ver Davina, a morte dela foi tão desnecessária, mas ficou estranho esse retorno, já que era pra alma dela ter sido extinta.
    Não sei se fico feliz com a renovação da série, agora que Narducci saiu e só a Plec vai estar de frente, tá parecendo que TO vai virar outra TVD, arruinada por fanservice e num loop de falta de criatividade.

×