Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

Top 20 – Os “vilões” que amamos – Parte 1

Por: em 23 de julho de 2011

Top 20 – Os “vilões” que amamos – Parte 1

Por: em

Depois de listarmos as “vilãs” que amamos (Parte 1 e Parte 2), não poderíamos deixar de falar sobre nossos antagonistas preferidos. Rebeldes, mimados, egoístas, invejosos, egocêntricos, ambiciosos, bad boys: com quantos adjetivos se faz um vilão? Alguns infernizam a vida dos nossos personagens preferidos, outros apenas impedem a mocinha de ficar ao lado do mocinho. Atenção, não vamos simplesmente listar aqueles que praticaram as maiores maldades do mundo das séries.

Queremos falar sobre aqueles que, apesar de tantos tropeços, em algum momento conquistaram nossos corações, vilões que odiamos amar e amamos odiar. Como o post é feito em conjunto, cada um se responsabiliza pelas que conhece mais ou sente mais afinidade. Ah, em especiais como esse, sempre escolhemos no máximo um por série, justamente para o texto ser mais diversificado. Sem mais delongas, confira os colocados entre o 11° e 20° lugar em nosso ranking!

 

20) Ecklie (CSI) –

Se hoje Conrad Ecklie (Marc Vann) se dá bem com todos os CSIs do laboratório, nem sempre foi assim. Nas primeiras temporadas de CSI ele era o supervisor do turno diurno.  Nesse período sempre que Ecklie aparecia era para atormentar a vida de Grissom que supervisionava o noturno, criando uma competição entre as equipes, dificultando o trabalho e sempre tentando puxar o tapete do Gil. Até que na 5ª temporada ele é promovido a assistente de diretor e consegue mudar todo mundo de turno, e desmancha a melhor equipe de CSIs, separando amigos que se encontravam só na troca de turnos. Ecklie foi odiado por todos, até Grisson depois de uma tragédia conseguir toda sua equipe de volta na sexta temporada. Atualmente ele apoia completamente a equipe, se redimindo dos seus erros nos primeiros anos.

 

19) Thad Castle (Blue Mountain State) por Caio Mello

Tem mesmo como não adorar Thad (Alan Ritchson)? Ele pode até arruinar a vida de Alex (Darin Brooks) e outros colegas de BMS, mas o personagem é tão ingênuo na maior parte do tempo, que fica impossível não adorá-lo. O fato é que Thad passa por cima de qualquer um para conseguir o que quer, ainda mais se for para o bem do seu time. Ele comete bullying e usa táticas antiéticas para vencer, mas o respeito que tem pelo time como um todo é enorme, fato que fez o Coach Daniels (Ed Marinaro) o nomear a capitão, transformando Thad no jogador mais jovem a conseguir tal feito.

 

18) Noah “Puck” Puckerman (Glee) por Luana Lied Zapata

Rachel é chata, Finn é sem-sal, Brittany é boba… Noah Puckerman, o Puck (Mark Salling) é um dos poucos personagens de Glee que não podem ser resumidos em poucas palavras. Puck consegue ser malvado, agressivo, doce e apaixonado, tudo ao mesmo tempo. É daqueles que usa o afastamento das pessoas para sua própria proteção. Apesar de ter traído seu melhor amigo na primeira temporada, não perde o carinho que tem por Finn. Durante a temporada ele foi mostrando isso, foi mostrando que não era apenas um traidor e que sim, se importava com as pessoas ao seu redor. É lindo, no nascimento da sua filha com Queen, como se vê em seu rosto que ele poderia ser o melhor pai do mundo se pudesse ficar com a bebê. Junto com seu crescimento na trama da série, Puck foi crescendo como cantor do New Directions. Quando ele pega o violão e começa a cantar a gente sempre esquece as maldades que ele faz de vez em quando, porque é de uma doçura sem tamanho.

 

17) Jess Mariano (Gilmore Girls) por Gabriela Carvalho

Para desespero de Lorelai (Lauren Graham) e dos torcedores do casal Rory (Alexis Bledel) e Dean (Jared Padalecki), Jess (Milo Ventimiglia) fez sua primeira aparição em Gilmore Girls na segunda temporada da série e, desde o início, abalou o relacionamento do casal 20 de Stars Hollow. A cidade foi palco para Jess cometer pequenos furtos, envolver-se em brigas escolares, faltar aula e fumar pelas ruas. Apesar das confusões, o rebelde revelou-se um grande intelectual, leitor de grandes clássicos, o que o fez se aproximar de Rory. Jess, mesmo com todo desprezo e revolta com o mundo, realmente importava-se com a filha de Lorelai. Os familiares de Rory e habitantes da cidade não suportavam sua má atitude e comportamento de risco e não aprovavam seu namoro com a menina dos olhos de Stars Hollow. Eu, entretanto, sou totalmente team Jess.

 

16) Evan Chambers (Greek) por Andrezza

Evan Chambers (Jake McDorman) é lindo, de família rica e importante e muito bem relacionado no mundo das fraternidades da Universidade de Cyprus-Rhodes como veterano da Omega Chi Delta. Um ótimo partido, certo? Era o que pensava Casey Cartwright  quando deixou Cappie para namorar Evan. Logo na series premiere, vemos que não é bem assim quando o mauricinho trair Casey com a caloura Rebecca Logan. Não bastasse isso, Evan é mimado, fútil e invejoso, especialmente com tudo que se refere aos integrantes da KT e ao Cappie. Além de tentar atrapalhar o romance de Casey e Cappie durante boa parte da série, um ato de vilania marcante foi a denúncia que resultou na expulsão de um dos meus personagens preferidos da universidade. Mas por trás de mauricinho mimado, também há um coração. No decorrer da série, Evan dispensou o dinheiro dos pais e aprendeu a batalhar por si próprio sem recorrer ao sobrenome famoso, o que rendeu alguns atos de “bondade”, como no relacionamento com Rebecca e na tentativa de ajudar a salvar a KT na series finale.

 

15) Stephen Holder (The Killing) por Gabriela Carvalho

Acredito que o nome de Holder (Joel Kinnaman) nesta lista possa provocar reações adversas, afinal o detetive, possivelmente, foi o personagem que mais agradou o público. Com um passado conturbado, envolto em problemas com drogas e tendo, inclusive, furtado de seu sobrinho para alimentar o vício, o parceiro de Linden (Mireille Enos) foi, muitas vezes, a veia cômica no sombrio cenário de The Killing. Usando de métodos não ortodoxos, como fumar maconha no colégio de Rosie (Katie Findley) para se aproximar das alunas com o intuito de descobrir pistas do assassinato, Holder, aos poucos, conquista a confiança do público e de Linden. Entretanto, ao longo e, principalmente, no final da série fomos apresentados a um lado inescrupuloso do detetive. Se Holder é um grande vilão em The Killing? Provavelmente não. Mas, nesta primeira temporada, foi o mais próximo disso que tivemos.

 

14) Dylan McKay (Beverly Hills, 90210) por Isabela Avalone

Dylan (Luke Perry) não é exatamente um vilão, apesar de em diversas situações ter agido como tal. No início da série ele era uma pessoa solitária que morava em um hotel com seu pai milionário, até que começa a namorar Brenda (Shannen Doherty) e se juntar aos seus amigos. O bad boy cometeu muitos erros na vida: se envolveu com bebidas e drogas, sofreu um acidente e entrou em coma, partiu vários corações, perdeu todo o dinheiro que seu pai deixara, etc. Mas Dylan também passou por momentos de sofrimento. Ele viu sua amada Tony (Rebecca Gayheart) morrer em seu lugar, além de ter presenciado o pai morrer em uma explosão e aparecer vivo após anos.

 

13) Trey Atwood (The O.C.) por Leandro Lemella

Nós acompanhamos toda a trajetória de Ryan (Ben McKenzie), seu processo de adoção e sua adaptação na família Cohen, mas nos esquecemos por muito tempo que além do seu novo irmão Seth Cohen (Adam Brody), o garoto tinha deixado para trás um irmão de verdade, passando por todos os apuros dos quais ele fugira. Trey (Logan Marshall-Green) cresceu no meio da confusão, com uma mãe alcoólatra e um padrasto péssimo, portanto só com muita sorte se transformaria em uma boa pessoa, coisa que não aconteceu. Suas poucas aparições na vida de Ryan, sempre resultavam em problemas ou requeriam soluções, o que era ainda pior. Mas mesmo assim, o irmão nunca lhe negara suporte, até que Trey mexeu com a coisa que mais importante para Ryan: Marissa (Mischa Barton). Depois de se enturmar e parecer estar mudando o seu caráter, o mais velho dos Atwood teve uma recaída e na sede da paixão por Marissa, tentou estuprá-la, já que percebeu que normalmente nada aconteceria.  Foi nesse ponto que passamos a odiá-lo, assim como Ryan, que acaba o ferindo seriamente. Depois disso, Trey parece se arrepender de verdade dos seus atos, deixando a cidade em busca de um novo caminho. Mesmo com tantos defeitos, o personagem era de uma intensidade incrível e fez toda a diferença na trama da série, gerando um dos melhores Season Finale’s, com um baita gancho para a próxima temporada.

 

12) Kyle Hobbes (V – The Visitors) por Leandro Lemella

Mercenário, fugitivo, membro da Quinta Coluna. Todas estas características definem este personagem tão contraditório dentro da sua trajetória na série. Hobbes (Charles Mesure) pareceu sempre apoiar o lado dos humanos nessa guerra e permanecer do lado de Erica (Elizabeth Mitchell) na batalha. Fora dele que surgiram diversos dos planos para acabar com o reinado de Anna (Morena Baccarin). Depois o vimos chegando cada vez mais perto do coração de Erica, que por muito tempo resistira aos atributos do cara. Portanto, até aqui, apesar dos pesares e da escolha de vida do personagem, era alguém em quem todos confiavam, logo fugia do papel de vilão em questão neste post. Mas foi nos episódios finais da segunda temporada que vimos o jogo virar. A chance de reencontrar uma pessoa de seu passado, fez com que Hobbes repensasse em seus aliados e jogasse um pouco do lado dos visitantes, para quem sabe conseguir uma chance de futuro com a mulher que um dia achou ter perdido. Sabemos que o que ele fez foi em nome do amor por alguém, mas isso não é justificativa em meio a uma batalha, ainda mais sabendo que os visitantes utilizavam de qualquer artifício para atingir aos humanos. E essa virada de jogo é algo que infelizmente não iremos acompanhar com o personagem, já que a série foi cancelada tão cedo.

 

11) Crowley (Supernatural) por Alexandre Borges

Desde quando surgiu em Supernatural, no meio da 5ª temporada, Crowley despertou os mais diversos sentimentos. A brilhante interpretação dada ao personagem pelo sempre ótimo Mark Sheppard tornava quase impossível odiá-lo. Com um humor sempre ácido, o demônio mais legal de todos os tempos foi um dos responsáveis por impedir o Apocalipse, já que além de entregar a Colt a Sam e Dean, ajudou os Winchester a encontrarem os Cavaleiros do Apocalipse. Claro que as intenções de Crowley não visavam ajudar o mundo, mas sim tornar-se o rei do inferno após a queda de Lúcifer. O que nós vimos acontecer na 6ª temporada, que trouxe uma maior participação do personagem na trama. Conhecemos sua história e o vimos se dispor a ajudar Sam e Dean a recuperar a alma do irmão caçula dos Winchester de volta. Claro que, em trocam, os irmãos tiveram que trabalhar pro demônio. Castiel foi outro que também fez uma aliança com o demônio. Em meio a uma Supernatural que é apenas um resquício do que já foi um dia, Crowley, sem dúvida, é uma das melhores coisas em tela.

 

Gostou do nosso post? Lembrou de mais alguém? Confira o Top 10!

Enquanto isso, vale conferir a nossa versão feminina do post : Parte 1 e Parte 2!


Andrezza

Mineira apaixonada por séries policiais, dramas jurídicos e séries teen de qualidade (Saudades, Greek!).

Belo Horizonte - MG

Série Favorita: Grey´s Anatomy

Não assiste de jeito nenhum: House

  • SILVANA

    Legal, mas ainda acho que deveria ter uma teceira parte com vilões amados,mista : entrariam Valerie (Barrados), Sue (Glee),Marte(Xena), Spike(Buffy)…

    • Andrezza

      Oi, Silvana!
      Pois é, o mundo das séries tem muitos personagens dignos do nosso post e que infelizmente não entraram..
      Quem sabe um dia a gente não faz uma nova edição do post?
      Obrigada pelo comentário!
      Abraços

  • Maria Leonor

    ”Malvado,agresdsivo e apaixonado ao mesmo tempo”.Nossa,amei essa definição q vocês deram pro Puck!Pq ele é assim mesmo: quando começa a cantar e a tocar violão,todo mundo se a encanta por ele,huahuahua!O jeito dele me lembra o do Duncan,o bad-boy(que agora nem é mais tão bad assim) do cartoon Ilha dos Desafios que passa no Cartoon Network.

    Vocês vão colocar o Dan(de One Tree Hill) e o Spike(de Buffy A Caça Vampiros) nessa lista,né?

    • Luana Lied Zapata

      Que bom que você gostou, Mari leonor! Realmente, os momentos que eu mais me apaixono pelo Puck são as cenas dele cantando e tocando violão!
      Obrigada pelo comentário e apareça sempre por aqui 😉

  • sarah

    eu não sei se vai aparece na 2 parte da lista,pode ser que sim,pode ser que não,mais o vilão de series que realmente conquistou o meu coração foi jessie St James de Glee,adoro ele,adoro a voz dele,e adoro saber que na vida real ele provavelmente é um cara maravilhoso,carinhoso,amigo,tudo o que o seu personagem não é,e detesto saber que provavelmente o personagem não vai dar as caras na 3 temporada

    • Andrezza

      Sarah,
      Muito bem lembrado, o Jesse foi um super vilão teen!
      Mas como escolhemos o Puck, não teve espaço pra ele…
      Obrigada pelo comentário, volte sempre!
      Abraços

  • Jeferson

    Achei legal esse top, mas ainda faltam alguns personagens como Dan Scott de One Tree Hill.

    Eu queria dar uma ideia para o próximo top, “top personagens que mostraram a que vieram”: falar dos personagens que no início da série não tinha destaque nenhum, mas mais tarde se mostraram grandes, como por exemplo Chloe de Smallville (ela nem existia nos quadrinhos e depois da série passou a ser reconhecida) e Brooke de One Tree Hill (ela não apareceu no primeiro episódio e hoje ela é a principal e adorada por todos). Dei sugestão desse top porque queria saber de mais personagens que se “revelaram”

    • Andrezza

      Oi, Jeferson!
      Quanto ao Dan, foi como eu respondi logo abaixo, pensamos nele, mas como ninguém afirmou que amava o personagem, optamos por outros.
      A-DO-REI a sua sugestão, já anotei no meu e-mail, acho que seria um excelente post!
      Obrigada pelo comentário e pela idéia!
      Volte sempre pra nos visitar!
      Abraços

  • Elielton

    Gnt, sinceramente não vi o pq vcs incluirem na lista o Stephen Holder (The Killing). A personagem demonstra mais ser uma figura desiquilibrada emocionalmente à um vilão propriamente dito, aquele que faz maldades mesmo!

    Na verdade, não vejo nenhuma personagem com potencial a vilão na série! Essa é minha opinião!

    Vcs poderiam incluir: Dan Scott (One True Hill), Arvin Sloane e Sark (ambos de ALIAS), o Canceroso (Arquivo-X), O Presidente Logan (24 horas), e tantos outros que não me vem a cabeça agora!

    • Andrezza

      Elielton,
      Pelo visto temos vilões pra renderem vários posts, o espaço ficou pequeno…
      Até cogitamos Dan Scott, mas aí veio a pergunta: alguém ama Dan Scott?
      Obrigada pelo comentário, volte sempre por aqui!
      Abraços

  • luana

    essa segunda parte tinha que ter o T-bag de Prison break, Callisto de Xena são os únicos que eu consigo lembrar agora.kkkk

    adoro o Crowley e o Holder.

    • Andrezza

      Luana,
      Chegamos a cogitar o T-bag sim, só que não encontramos nada de bom nele pra falar (apesar de que eu, pessoalmente, amo o personagem), então optamos pelo Mahone.
      Obrigada pelo comentário, volte sempre!
      Abraços

  • vihh3

    Definitivamente falto T-bag de prison break, Nina myers e Charles logan de 24,o ben de lost, o Frobisher de Damages, Alice Morgan de Luther, Damon de The Vampire diaries entre outros.

    • Andrezza

      Oi, vihh3!
      Realmente temos ótimos vilões que renderiam pelo menos mais um Top 20!
      Abraços

  • patricia

    Tá faltando o Logan de Veronica Mars!!

    • Andrezza

      Oi, Patricia!
      Infelizmente os vilões são tantos que o espaço ficou pequeno…
      Obrigada pelo comentário, volte sempre!

  • Nat

    Na minha lista, não poderia faltar:

    – Damon (The Vampire Diaries)
    – Logan (Veronica Mars)
    – Eric (True Blood)
    – Spike (Buffy)
    – Ben (Lost)
    – Crowley (Supernatural)
    – Gaius Baltar (battlestar Galactica)
    – Walternative (Fringe)
    – Eli Gold (The Good Wife)
    – Lex (Smallville)

    Será que acertei alguns dos top 10???

    • Andrezza

      Oi, Nat!
      Parece que a maioria dos seus palpites está em sintonia com nosso top! rs
      Parabéns!
      Abraços

  • Nat

    Oooops… o Crowley já estava na lista. Então, vou substituí-lo pelo Chuck Bass de Gossip Girl…

    • Andrezza

      Oi, Nat!
      Chuck Bass, mesmo com seu coração meio “amolecido”, ainda é um ótimo vilão!
      Abraços

  • sirop

    a pessoa q coloco o sawyer como vilao, realmente nunca assistiu LOST… o cara era um dos mocinhos -.-”

    o certo seria colocar o Benjamin Linus como vilao…

    o pai do lex o lionel luthor se enquadraria bem melhor como o lex, no passado o cara era bem mais fdp q o lex pode ser hj

    e aquele vilao do CSI? pouts, melhor atualizar a lista com quem realmente assisti seriados hein

  • Thiago

    Nossa o Trey de The OC era um problema mesmo, mas o cara era foda kkk, sei la…eu curtia o estilo dele ”malandro”. O foda é que ele pisou feio na bola com o ryan e não dava pra perdoar mesmo…ainda assim ele teve um fim bacana, levando em conta o tanto que ele aprontou. PS: sempre bom ver The OC nessas listas

    Não da pra esquecer do Crowley de Suepernatural tbm ne rsrs…muito comedia esse cara, um dos pontos fortes da serie kkk
    Abraço galera

    • Andrezza

      Oi, Thiago!
      The OC sempre rende boas matérias para nossos especiais.
      Abraços

  • Thiago

    Hey Andrezza, eu reparei que The OC ta sempre marcando presença aki msmo rsrs e eu como fã axo o maximo kkk…o site é muito bacana e as materias tbm, espero poder ver muita coisa legal de The OC aki e de outras series que tbm acompanho. Abraço

    • Andrezza

      Oi, Thiago!
      The O.C. é uma das queridinhas de boa parte dos colaboradores do blog, então fica fácil incluir nos nossos especiais. =)
      Agradeço os elogios ao site, nos esforçamos para cobrir o maior número possível de séries.
      Volte sempre!
      Abraços

×