Trilha Sonora da 1ª Temporada de Westworld

8 de dezembro de 2016 Por:

A primeira temporada de Westworld acabou essa semana e a HBO continua fazendo séries que dividem o público, uns amam, uns odeiam. Qualquer que seja a sua reação à série, podemos concordar que a produção da série é primorosa, e aqui damos destaque à sua trilha sonora.

A trilha foi criada por Ramin Djawadi, que tem músicas autorais e alguns covers que dão à Westworld um sentido todo especial. Hoje a HBO liberou o álbum oficial da série, com as músicas originais e as versões feitas. Aqui listamos as músicas por episódio e criamos uma playlist no Spotify com as originais, para ajudar naqueles momentos que você fica com a melodia na mente mas não lembra de onde é.

Aperte o play e cante com a gente:

 

1×01 – The Original

  • Black Hole Sun, de Soundgarden Por Ramin Djawadi
  • Paint It Black, de The Rolling Stones, por Vitamin String Quartet
  • Ain’t No Grave, de Johnny Cash
  • Sweetwater de Ramin Djawadi

1×02 – Chestnut

  • No Surprises, de Radiohead, por Ramin Djawadi
  • Weeping Willow Rag, de Scott Joplin

1×03 – The Stray

  • Peacherine Rag, de Maple Leaf Ragtime Band
  • Rêverie, L. 68, de Francois-Joël Thiollier

1×04 – Dissonance Theory

  • A Forest, de The Cure, por Ramin Djawadi
  • Pineapple Rag, de Scott Joplin
  • Carmen Suite No. 2: Habanera, de London Philharmonic Orchestra & David Parry

1×05 – Contrapasso

  • Something I Can Never Have, Vitamin String Quartet
  • Clair De Lune (Debussy), de Robin Alciatore

1×06 – The Adversary

  • Fake Plastic Trees, de Radiohead, por Piano Dreamers
  • Motion Picture Soundtrack, de Radiohead, por Vitamin String Quartet
  • Embryons Desséchés: V. Fantasie Valse, de Erik Satie, por Ronan O’hora

1×07 – Trompe L’oeil

  • Rêverie, L. 68, de Francois-Joël Thiollier

1×08 – Trace Decay

  • Breakfast With Chopin, Elizaveta
  • Back To Black, de Amy Winehouse, por Ramin Djawadi
  • Swan Lake, Op. 20: No 2, Act 1 – Valse, de Cincinnati Pops Orchestra & Erich Kunzel
  • Rêverie, L. 68 Ronan O’hora & Royal Philharmonic Orchestra
  • House Of The Rising Sun, Most of the Animals, por Ramin Djawadi
  • No. 9 In A Flat Major, Op. 69, No. 1 (“L’aidieu”), de Arthur Rubinstein

1×09 – The Well-Tempered Clavier

  • Reverie, por Noriko Ogawa
  • Reverie, por Claude Debussy
  • Reverie, por Ramin Djawadi

1×10 – The Bicameral Mind

  • Reverie, por Francois-Joël Thiollier
  • Candy Castle, de Glass Candy
  • Nocturne In E Flat Major Op.9 No.2 Frederic Chopin
  • String Quartet In A Major Op. 29: Ii. Andante, de Jonathan Carney & Royal Philharmonic Orchestra
  • Exit Music (For A Film), de Radiohead, por Vitamin String Quartet
  • Sweetwater, Ramin Djawadi

Mineira, designer, professora que gosta tanto de séries que as utiliza como material didático.

Belo Horizonte/MG

Série Favorita: Fringe

Não assiste de jeito nenhum: Supernatural

  • Paulo Adriano Rocha

    Sério, só eu que queria um piano daquele da série? Ficou doidinho querendo saber como aquilo funciona…

  • Renata Carneiro

    Essa trilha! <3

Ash vs Evil Dead

1 semana atráscomentarios

Que atire a primeira pedra quem nunca assistiu ao clássico de terror trash, The Evil Dead, ou se vocês preferem o enorme título traduzido, Uma Noite Alucinante – A Morte do Demônio! O filme lançado em 1981 e dirigido por Sam Raimi (o mesmo cara que dirigiu Spider-Man), foi o primeiro de uma grande franquia e é até hoje considerado o melhor filme trash já feito. Alavancada pela avalanche de remakes e spin-offs televisivos de filmes que fizeram ou não sucesso – citando só alguns, Scream, Shadowhunters e Limitless -, Ash vs Evil Dead nada mais é do que uma continuação dos filmes da franquia Evil Dead, lançados há 30 anos. A série, transmitida pelo canal Starz, estreou em 2015 e ainda conta com Raimi na produção. Ashley […]

Leia o post completo

Maratona The O.C. – 3ª temporada

1 semana atráscomentarios

A terceira temporada é oficialmente minha favorita. Talvez eu esteja me precipitando, sem ter assistido à quarta, mas eu realmente não esperava gostar tanto da terceira. Já assisti à série inteira, mas nunca havia reprisado esta temporada, digamos que por limitações emocionais. Meu coração ficou muito traumatizado da primeira vez. É engraçado como eu não me lembrava de muita coisa (nem sei como pude apagar o casal Julie e Neil da memória), mas, ao longo das cenas, tudo fazia sentido para mim. O elenco principal estava afinadíssimo com seus personagens e entre si. Ryan (Ben McKenzie) deixou o riso frouxo em vários episódios, o que nos ajuda a crer na evolução do personagem, cada vez mais à vontade com a vida em Newport. Também conhecemos novos personagens para chacoalhar a dinâmica da […]

Leia o post completo

As séries com viagens no tempo

1 semana atráscomentarios

Como meu amigo Wander comentou quando compartilhou com a gente suas primeiras impressões de Timeless, viagens no tempo is the new black. Doctor Who é a série de ficção científica mais longa do mundo. 12 Monkeys já vai para a terceira temporada, Legends of Tomorrow já exibiu na metade da segunda. A canadense Travelers já exibiu uma temporada. Continuum durou quatro temporadas, assim como a querida Being Erica. As novatas Timeless e Frequency exibem a temporada de estreia e, com a baixa audiência, lutam pela renovação. Time After Time e Making History são outras produções do gênero com estreia marcada e garantida. Ao perceber a maioria dessas séries na minha watchlist e muitas fazendo sucesso com os telespectadores, comecei a me perguntar: Por que amamos séries com viagens no tempo? Não sei […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter