Um Dia de Cada Vez – 1×06 The Death of Mrs. Resnick

11 de janeiro de 2017 Por:

No sexto episódio de Um Dia de Cada Vez, vemos Penelope se armando de estratégias para comprar um carro novo, depois que a Senhora Resnick, o xodó da mulher, vem a falecer. Gente, quantas histórias cabem em um carro, não é mesmo? Finalmente descobrimos um pouco mais sobre a situação envolvendo Victor, seu futuro ex-marido. Será que chegaremos a conhecê-lo nos próximos episódios? Espero que sim, vamos aguardar!

Depois de muita pesquisa, Penelope se sente pronta para ir em busca de seu novo carro, o problema aparece quando a mulher acha que precisa de uma figura masculina a seu lado, a fim de intimidar o vendedor e não ser passada para trás. Eu entendo as circunstâncias, mas não doeu menos ver Penelope, uma mulher sempre tão forte desde o início, achar que precisava levar alguém com ela, principalmente Schneider! Mas foi interessante ver como a situação acabou não sendo nada do que ela esperava.

Enquanto isso, Elena tentava provar o seu amor pelo ônibus, já que se tornou a mais nova adepta do transporte público, o que, claro, era uma mentira descarada. Assim, não podemos deixar de dar uns pontinhos para a garota por ter tentado, né? Mas ótima mesmo foi a revelação de que abuela era mais green que ela, um verdadeiro choque para todos!

Ainda tentando comprar seu novo carro, Penelope se depara com uma mulher tão durona quanto ela, enquanto Schneider buscava uma caneta no buraco negro, tamanha inutilidade. Mas ainda estava por vir uma das cenas mais emocionantes da série (que já foram várias), quando Penelope conta alguns dos melhores momentos que passou dentro daquele carro com Victor, além dos motivos que a fizeram considerar o divórcio; situações bem tensas, que, acredito eu, só quem viveu uma guerra de verdade pode saber.


E você, o que achou desse episódio de Um Dia de Cada Vez? Não deixe de me contar nos comentários e até a próxima!

Estudante de humanas que já perdeu a conta de quantas séries fizeram e fazem parte de sua vida. Fã da internet, da literatura e do ócio; especialista em...

Ler perfil completo

São Paulo/SP

Série Favorita: Veronica Mars

Não assiste de jeito nenhum: The Vampire Diaries

Desventuras em Série – Série de TV versus Filme

6 dias atráscomentarios

Depois de uma longa espera e muita expectativa, Desventuras em Série estreou este ano no Netflix. A série, derivada da série de livros escrita por Daniel Handler, sob a alcunha de “Lemony Snicket”, foi muito bem recebida pelos críticos, apesar de algumas críticas negativas. Entretanto, esta não foi a primeira adaptação da obra, em 2004 “Desventuras em Série” ganhou vida no cinema, protagonizado por Jim Carrey. Neste texto, vamos explorar as principais diferenças entre as duas obras. O que torna cada uma delas especial? Abrangência e ritmo Uma das principais diferenças entre as duas obras, obviamente, é o ritmo. O filme conta a história dos três primeiros livros da saga em quase duas horas de duração, enquanto a série possui oito […]

Leia o post completo

A vida como ela é no final de How I Met Your Mother

1 semana atráscomentarios

Após dedicados anos acompanhando as hilárias histórias de vida em todos os seus aspectos, profissional, familiar e amorosa, dos cinco melhores amigos de How I Met Your Mother eis que o anuncio da temporada final da sitcom de grande sucesso não foi encarada com surpresa, pelo contrário, com muita expectativa, finalmente teríamos a conclusão da história como um todo e, principalmente, de uma saga particular e assustadoramente verdadeira em seu cerne em busca do amor verdadeiro que levou anos demais para ser contada, visto que, já estávamos bastante cientes do ”final” desde o início do show. Aparentemente, tudo se encontrava mais ou menos encaminhado para uma finalização previsível e fechadinha para todos os personagens, bom, pelo menos para Lily (Alyson Hannigan)/Marshall […]

Leia o post completo

Melhores momentos da 4ª temporada de Bates Motel

1 semana atráscomentarios

A quarta temporada de Bates Motel foi um deleite para os fãs da série e de um bom suspense. Foi nesta season que a história focou no elemento principal: a relação entre mãe e filho, deixando de fora plots desinteressantes (oi, plantação de maconha!) e que não contribuíam nada no enredo. Quem conhece o filme Psicose, de Hitchcock, e o livro que originou a história sabe que os eventos que aconteceram ao decorrer da temporada eram inevitáveis. Por mais tristes que sejam, certas coisas precisavam acontecer. Assim, é necessário relembrar os melhores momentos do quarto ano antes do início da quinta e última temporada: Norma(n) Já na primeira temporada percebemos que Norman Bates não era igual as outras pessoas. A super dependência […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter