Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Veep – 6×07 Blurb

Por: em 31 de Maio de 2017

Veep – 6×07 Blurb

Por: em

Entreguem as taças, ou melhor, os troféus, porque Veep é o nome do Emmy 2017, e eu vou lhes dizer o porquê. O motivo da provável vitória de Veep esse ano, tem nome e sobrenome, ou melhor, nomes e sobrenomes: Julia Louis-Dreyfus e Hugh Laurie.

Reprodução/HBO

A volta do ex vice presidente da Selina foi essencial para a trama, em razão da forma como as coisas acabaram na season finale passada. Tom voltou e com ele a conversa do livro. Selina decidiu usar a transa dos dois como história para seu livro e daí toda a confusão foi gerada. É incrível como dois atores conseguem ter tanta química e tanta paixão para atuar, como eles dois. A cena na sala  (com direito a espiadinha do Gary)  foi linda de assistir e, se não tivermos outra atuação desse nível para a Julia, é bem capaz desse episódio ser enviado para o Emmy. Além disso, foi possível perceber em um dos diálogos, que Tom é tão ruim quanto a Selina, já que mesmo após a conversa, em que ela pede “permissão” a ele para falar sobre a relação sexual dos dois, Tom foi até o programa do Ben e divulgou toda a história, desbancando os planos da presidente.

A preocupação da presidente com o livro e com a sua reputação pessoal, é basicamente o seu grande alicerce agora. O lançamento do quadro finalmente aconteceu e esta seria uma chance de se dar bem, se não fosse pelo carma da vida, que assombra a Selina. Como se nada pudesse dar menos errado, toda a expectativa em torno do discurso da presidente Montez foi em vão, restando, assim, lembranças amargas do quadro e do que ela representa.

Reprodução/HBO

Alegrando ainda mais a nossa vida, Selina fez o favor de não convidar Jonah para o lançamento do quadro, o que gerou insatisfação para o congressista, já que, aparentemente, todo mundo foi chamado para o evento. É engraçado pensar na importância que o Jonah vem tendo, já que ele não é o tipo de coadjuvante que precisa da personagem principal para seguir em frente. Na verdade, ele consegue se sair muito bem desde que assumiu o cargo no Congresso, por mostrar que é capaz de gerir um plot sem o elenco principal. Além disso, com a ajuda do Kent e Ben, as coisas fluem com mais leveza, sem esquecer, é claro, da sua noiva.

A gravidez da Catherine traz resultados maravilhosos, no que diz respeito a relação do Richard com ela e a Marjorie. Além dessa comunicação muito bem conduzida, ver a Selina vovó e agindo com total indiferença com a neta vai ser impagável, além de resultar em bons momentos de interação com a Catherine.

Apesar da diferença com relação as outras temporadas, Veep ainda assim consegue trazer excelentes episódios e entregar uma temporada diferente, mas bem sólida e que demonstra saber muito bem onde quer chegar. Desse jeito fica fácil ganhar qualquer coisa.

P.S.: Jonah conquistando poder aos poucos, meu deus, alguém fica de olho nesse menino ai.
P.S.: Que papo no sense do Gary e Selina sobre o sexo da criança!! HAHAHAH
P.S.: A cara das pessoas com o discurso de Selina e o quadro dela foi surreal!!
P.S.: Amy claramente incomodada com seu trabalho, coitada…
P.S.: Tem alguém sem ser o Gary, que sofre mais que o Mike? Google pesquisar.

Então é isso, galera! Veep retorna dia 11/05, ok? Até semana que vem que vem. Bjocas!!


Helaine Marina

Assiste séries com a mesma frequência que sente fome. Estudante de Direito, futura professora de Inglês e louca pelos animais, em especial, seus amigos. Uma aquariana que não é brinquedo não .

Salvador BA

Série Favorita: Impossível decidir

Não assiste de jeito nenhum: Glee

×