Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Greek – 4×01 Defending your honor

Por: em 7 de janeiro de 2011

Greek – 4×01 Defending your honor

Por: em

Três minutos da season premiere de Greek e eu já estava triste por essa ser a última temporadada da série. Pior foi ter finalmente me tocado do óbvio: se Greek termina esse ano, então não veremos a formatura de Rusty. Afinal, lá na terra do tio Sam, naquele esquema esquisito de ensino superior (em que você se forma na área, tipo Casey, em humanas), a graduação vem sempre depois do 5º ano de faculdade. Então não, se tudo correr conforme o anunciado, jamais veremos Rusty pegar o seu diploma em Ciência dos Polímeros. Talvez esteja na hora de começar a torcer por um flashforward.

Mas, a favor da sinceridade, sou obrigada a dizer que por mais que estivesse com saudades do pessoal da Cyprus Rhode, o retorno de Greek não esteve a altura da série. Houve alguns ótimos momentos, claro, mas não dá pra dizer que valeu a pena esperar tanto tempo apenas por algumas migalhas do bom e velho espírito da melhor série teen no ar hoje.

Ashleigh, com sua chefe no melhor estilo Miranda Presley (O Diabo Veste Prada) , não deve demorar muito em New York. Ainda bem! Porque por mais que as cenas por telefone com Casey tenham sido até engraçadinhas, não dá pra continuar batendo nessa mesma tecla a temporada inteira. Aliás, que NY era aquela? Me lembrou aquele bom e velho estúdio da Warner (que aparentemente todo mundo usa), que é  quase que oficialmente a New York dos seriados. Se bem que tirar Ash da big apple é até fácil, mas que invenção vão arranjar pra trazê-la de volta ao sistema grego? Não importa, que tragam logo a BFF de Casey de volta! Até porque já usaram a piada da Carrie Bradshaw…

Até porque, seu amigo Calvin vai precisar de um colo amigo agora que sua treta pra cima da sua fraternidade foi descoberta. Aliás, que jeito mais armengado de trazer a verdade à tona, hein? É de se esperar que os roteiristas tenham muitas cartas na manga pra essa 4ª temporada, jogando um trunfo desse pro alto tão cedo. Pelo visto a zona entre Omega Chis e Kappa Taus vai continuar a mesma… Mas será que teria graça se fosse diferente?

A trama de Casey e aquele pseudo-político-recém-saído-de-GossipGirl também não teve nem pé nem cabimento. Nem graça. Quem se importa com aquela figura a essa altura do campeonato? Ok, foi a maneira mais engenhosa que encontraram para manter Casey na CRU? Releva-se então. Aliás, chega de querer que as coisas façam muito sentido. Todo mundo se formou, todo mundo vai continuar na universidade, e tá de bom tamanho! Seja na fraternidade, ou no dormitório mais próximo, como parece ser o caso de Evan.


Rusty é agora, oficialmente, o irmão mais fofo das séries! Concorrer a presidência dos Kappa Tau praticamente para defender a honra da irmã? Foi lindo, e só mesmo o lerdo do Cappie pra demorar de entender o óbvio. Rusty nunca quis ser presidente, quer apenas que Cappie evolua e deixe, enfim o cargo pra trás. Até porque, o pequeno Cartwright (que de pequeno não tem mais nada! Tem academia na fraternidade?) é esperto o suficiente pra saber que é impossível se formar e ser presidente dos Kappa Tau ao mesmo tempo.

E se tem um casal do qual eu sou shipper é Casey e Cappie, então vamos ao que interessa! É claro que a situação dos dois só se “resolveu” no último minuto do episódio, e é claro que na verdade absolutamente nada se resolveu. Vai ser mais um ano de lenga-lenga e podem ter certeza que ninguém vai me ver reclamando disso. De que adianta juntar os casais cedo demais nas séries? Meredith e Derek (Grey’s Anatomy) tão aí pra servir de exemplo de sem gracisse.

E se restava alguma dúvida sobre o que veríamos nesse último ano de Greek, ela se foi. Cappie vai deixar a Terra do Nunca. Bom, pelo menos é o que ele pretende. E, como diria o bom e velho narrador da Sessão da Tarde, vem muita confusão por aí!


Cristal Bittencourt

Soteropolitana, blogueira, social media, advogada, apaixonada por séries, cinéfila, geek, nerd e feminista com muito orgulho. Fundadora do Apaixonados por Séries.

Salvador / BA

Série Favorita: Anos Incríveis

Não assiste de jeito nenhum: Procedurais

×