Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Gotham – 2×11 Worse Than A Crime

Por: em 3 de dezembro de 2015

Gotham – 2×11 Worse Than A Crime

Por: em

Gotham – a cidade – não foi redimida em sangue, como Galavan esperava, mas Gotham – a série – certamente foi.

Se ainda restavam dúvidas quanto ao salto de qualidade no segundo ano da série, estas foram sanadas ao longo dos episódios e, principalmente, na mid-season finale. Todos os erros cometidos anteriormente foram corrigidos e a boa leva de episódios não foi fruto do momento e provavelmente irá persistir até o final da temporada. Mas o que trouxe essa evolução? Os roteiristas aprenderam a usar todo o potencial do universo do Batman e converteram em uma ótima trama contínua, com pouquíssimos casos da semana e, quando os mesmos apareciam, sempre carregavam uma ligação ou outra com a história principal.

Até os personagens estão melhores: Bruce demonstrou no 2×10 The Son of Gotham e neste 2×11 Worse Than A Crime que é digno de carregar o título de ser o futuro Batman. A armação que ele fez contra a Silver semana passada iria por água abaixo caso ele acreditasse na tentativa da garota em reconquistá-lo, coisa que eu realmente achei que ele faria (desculpa, Bruce, pela pouca fé!). Entretanto, ele está muito mais maduro e ciente do que está acontecendo ao seu redor, demonstrando uma grande coragem em diversos momentos.

Por falar em evolução de personagens, nada mais justo que comentar sobre o Gordon. Ele começou o episódio sonhando com borboletas, sendo que elas significam amor ou transformação, e esta transformação ficou muito evidente na incrível cena nas docas. No piloto, Gordon levou o Pinguim para lá e exitou em matá-lo. Agora, mais de trinta episódios depois, ele não pensou duas vezes quanto ao Galavan. Por mais que o Gordon ainda demonstre diversos valores morais, Gotham está corrompendo-o aos poucos conforme ele percebe que naquele lugar você precisa aliar-se à corrupção ou ela eventualmente você será destruído.

Quanto ao Theo Galavan, no final ele sempre foi o mesmo vilão: Apático. Longe de ser carismático ou de ser temível o suficiente para passar medo, o homem servia apenas para evoluir a história e apresentar todo o passado dos Dumas. Isso prejudicou a série? De jeito nenhum. Na verdade ele nem tomava tanto tempo em tela, pois o que importava era as consequências de suas ações para as outras pessoas e, sinceramente, o roteiro nem tentou aprofundá-lo direito. Só para deixar registrado, sua irmã Tabitha era bem mais interessante…

Silver: What’s your favorite animal?

Bruce: Owls.

Público: WHAT?

As portas já foram abertas para o ano que vem: Tudo indica que finalmente veremos mais das bizarrices que acontecem em Indian Hill. Aliás, vocês perceberam que a Fish aparentemente estava em um daqueles tubos ao fundo? Isso abre um grande leque quanto ao seu retorno, visto que ela já foi citada diversas vezes após sua suposta morte. Outra coisa que pode acontecer é o retorno do Jerome, que particularmente acredito que seja difícil, mas não custa nada sonhar. Na verdade, o único vilão que não pode ser reciclado de jeito nenhum é o Galavan, por motivos que todos já conhecem… Por falar em vilões, o Mr. Freeze aparecerá logo no retorno ano que vem. Está sendo difícil conter a animação, ainda mais diante de tanta novidade boa. E você, está satisfeito com a série? Conta pra gente!

Observações: 

-Lee e Gordon formam um casal extremamente fofo. Eu tenho uma leve impressão de que eles são exatamente iguais na relação fora da série…

-Nygma e Oswald cantando juntos. Mais, por favor, mais!!!!!!

“Do you love me?” 

“No”

OUCH. Doeu até aqui.

 


Douglas

Possui mais séries na grade do que tempo disponível. Viciado em cultura pop, bandas indies e, principalmente, ketchup.

Curitiba / PR

Série Favorita: Seinfeld

Não assiste de jeito nenhum: Anger Management

×