Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

MacGyver – 1×16 Hook

Por: em 5 de abril de 2017

MacGyver – 1×16 Hook

Por: em

Perto do final de seu primeiro ano, MacGyver continua nos apresentando ótimos episódios e nos entrega mais um ótimo caso da semana. Com a renovação já garantida, resta saber se continuarão focando no procedural ou finalmente entrarão em uma trama mais profunda.

Após a saída de Thornton, muito se especulou sobre Matty, a nova chefe da Fundação Fênix. Nós sabíamos que existia uma história com Jack, mas nada além disso. Nos últimos episódios, nós presenciamos seu lado mais íntimo, com um caso ligado diretamente à sua família. Agora, foi possível começar a entender melhor seu relacionamento em equipe. Em suas poucas cenas, foi possível não apenas perceber sua preocupação com o resto da equipe, como também ver que essa mesma preocupação foi responsável por acontecimentos ainda não contados de seu passado. Afinal, o que diabos ocorreu entre ela e Jack? Tudo que sabemos é que foi pior que Cairo, missão que já sabemos o quão mal terminou. Mesmo assim, é interessante notar a força da personagem e a fácil aceitação da mesma pelo público, mostrando uma personagem bem construída, bem trabalhada e, sobretudo, representando uma parte da sociedade de uma forma bem elaborada, algo que dificilmente vemos em produções atuais. Até o momento, Matilda se provou como uma das melhores novas personagens apresentadas.

Jack, por sua vez, começa a ser mais bem trabalhado separadamente. Era triste ver que toda vez que o roteiro se aprofundava nele, era para contar a história de outra pessoa. Dessa vez, ele é o foco da história e agora começamos a ver um Jack mais frágil. Que ele sempre teve um bom coração, isso não podemos negar, mas foi possível ver o quão difícil foi para que ele conseguisse conversar com Matty. O problema é que, com essa provável resolução, será mesmo que ainda saberemos mais sobre esse passado não contado? De todos os acontecimentos até o momento, são as histórias do passado que dão forças para a série e nos fazem nos apegar cada vez mais aos personagens. Sem ela, a série cairia no clichê normativo de uma série de espião, algo que depois dos primeiros episódios já se mostrou uma mentira.

Como esperado, o caso da semana não decepcionou e nos apresentou ótimas sequências. O ponto alto inegavelmente foi os Coltons, uma família bem humorada e perigosa, mostrando que são personagens com força o suficiente para retornar em uma trama futura. Ainda não é possível saber, mas talvez as investidas de Jack na jovem Colton podem acabar sendo mais bem trabalhadas em algum outro episódio. Sim, nós sabemos que Jack sempre faz isso, mas não seria interessante ver essa família tão incrível em mais episódios? As cenas de ação continuam ótimas, pecando apenas no quesito resolução. É legal ver os protagonistas em perigo, mas vê-los vencendo os vilões sempre parece algo fácil demais. Até o momento, nós só tivemos dois vilões em potencial, sendo que um deles já está preso e já fez uma participação especial em outro episódio. Será mesmo que todos os episódios apresentarão casos da semana com os mesmos vilões médios? Afinal, para assassinos profissionais, foi bem triste ver Jack se esquivando de todos os tiros enquanto corria com um saco na cabeça (?).

Mac, que continua sendo o melhor personagem da série, novamente nos surpreende com suas façanhas. Claro, seria interessante se o víssemos mais vulnerável, como o início do episódio indicou que mostraria, mas ainda é bom ver todos aqueles planos malucos em ação. Seu relacionamento com os outros personagens continua ótimo, mas ainda parece faltar algo. A série consegue cumprir bem seu papel como procedural, mas acaba esmagando a trama sequencial que ocorre por baixo. Nós sabemos que Nikki tem um plano e que Angus será afetado por isso, mas quando veremos isso em ação? Será que deixarão esses acontecimentos apenas para a season finale ou para a próxima temporada? Além disso, temos também o vilão Fantasma, que se mostrou um grande personagem com uma grande carga dramática em MacGyver. Claro, é possível entender o cuidado do roteiro em trabalhar esses casos em potenciais, mas será que já não é hora de vermos um pouco mais do andamento dessas tramas? Não podemos nos esquecer também da possível trama com seu pai, algo que no início desse primeiro ano parecia ser o foco principal da série.

Bozer, que continua como o alívio cômico dos episódios, parece estar pronto para ganhar uma trama mais interessante. Desde o início, seu relacionamento com Riley era o mais interessante no personagem, algo que nas últimas semanas acabou sendo deixado de lado. Porém, mesmo como parte de um estranho plano, é possível notar como o roteiro sempre usa o personagem para criar situações românticas com a hacker. Ainda pode ser cedo para afirmar, mas essa relação ainda parece forte o suficiente para dar muitos frutos. Riley, por sua vez, ainda permanece um mistério. Vendo todo seu comprometimento apenas para descobrir o passado de Jack e Matty, será realmente seguro deixá-la trabalhar livremente nos computadores da agência? Pode ser estranho falar, mas de todos os personagens já apresentados na Fundação Fênix, ela continua sendo a mais estranha e misteriosa. Claro, isso pode acabar sendo apenas um achismo pessoal ou uma jogada do roteiro para uma futura trama, mas será que ainda veremos Riley em um papel mais interessante?

No geral, MacGyver continua nos apresentando uma ótima temporada. Mantendo seu ritmo, a série parece estar pronta para fechar seu primeiro ano com chave de ouro. Com dois votos de confiança da CBS, sendo eles a prolongação e a renovação, parece ser seguro afirmar que o roteiro ousará cada vez mais e finalmente veremos o aprofundamento que esses personagens merecem.

Observações:

Achei que agentes secretos andassem com rastreadores.

Abrir a torneira para distrair o segurança? Sério?

A mistura de ação e humor da série continua boa, mas parece um pouco forçado às vezes.

Que vibe Da Vinci’s Demons naquele lance na mesa de sinuca.

Sim, me atrasei. Sim, me atrasei muito. Mas, como quem me acompanha nas Redes Sociais já deve saber, tive um grave problema com meu computador, o que atrasou as reviews em semanas. Entretanto, já estou me organizando para colocar a casa em ordem até o final da semana. Novamente, peço perdão pelo ocorrido.

 


E você? O que achou do episódio? Não se esqueça de deixar sua opinião e continuar acompanhando as reviews aqui, no Apaixonados por Séries.


Lucas de Siqueira

Apaixonado por Tom Holland, séries históricas, documentários sombrios e guerras. 19 anos de pura imersão em diferentes universos através da leitura e pronto para criar outros através da escrita.

Santa Branca/SP

Série Favorita: Game of Thrones

Não assiste de jeito nenhum: Revenge

×