Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Brooklyn Nine-Nine – 1×04 M.E. Time

Por: em 12 de outubro de 2013

Brooklyn Nine-Nine – 1×04 M.E. Time

Por: em

Depois de apresentar dois episódios com qualidade um tanto duvidosa, mas que não chegaram perto de serem ruins, Brooklyn Nine-Nine começou a mostrar para que veio, voltando a apresentar a qualidade inicial.

Nessa semana Jake Peralta começou a ter relações sexuais com uma legista enquanto Amy tenta compreender o que o capitão Holt está sentindo. Foram duas histórias totalmente distintas e ambas tiveram seus momentos e conseguiram a ser satisfatórias durante os vinte minutos. Tanto é que esse foi o melhor episódio apresentado até aqui.

Jake continua sendo infantil, mas não foi ele o destaque de seu plot. A Drª Rossi (Mary Elizabeth Ellis) foi simplesmente hilária com seus fetiches bizarros. A cada cena era impossível conter as risadas e sorrisos com ela apresentando seus sonhos sexuais, envolvendo nada menos que cadáveres. Destaque para o momento que Jake conta esses acontecimentos a seus colegas.

Infelizmente Gina não deu a graça de sua presença em “M.E. Time”, mas parece que  Holt tomou seu lugar (juntamente com Terry) no quesito humor. Não conseguia controlar o riso cada vez que o capitão falava uma notícia com a mesma expressão facial e os outros não sabiam o que ele sentia (ah, pobre Amy que acha que consegue decifrá-lo…).  Terry, como de costume, também estava excelente e parece que o personagem começou a encontrar o seu lugar.

Terry: “Wait, wait, wait. Slow down. Let’s start with the eyes. Were they desperate? Lonely? Did they betray heartache?”

Testemunha: “They were brown.”

Terry: “Do you even want your purse back?”

brooklyn nine-nine 1x04

Mas como nem tudo é perfeito, parece que Brooklyn Nine-Nine entrou numa certa área de conforto. Todo episódio vemos Peralta fazendo algo errado e se corrigindo ao fim, aprendendo assim uma certa lição. Isso pode começar a se tornar desagradável, por isso precisam mudar essa estrutura para que semana após semana não se veja a mesma fórmula.

Infelizmente a audiência decaiu consideravelmente em relação ao piloto e a série está na temível “bolha do cancelamento”. Entretanto, não há muito para se preocupar pois os números estão superiores aos de Dads e The Mindy Project, ambas da mesma emissora e que vão ao ar no mesmo dia. Se continuar assim, a renovação só depende do tamanho da acidez da Fox nesse ano…

E assim Brooklyn Nine-Nine começou a mostrar para que veio. Claro que existem algumas coisas que precisam ser concertadas, mas elas não chegam a estragar a série. No fim, esta pode ser considerada uma boa surpresa no meio dessa terrível fall season.


Douglas

Possui mais séries na grade do que tempo disponível. Viciado em cultura pop, bandas indies e, principalmente, ketchup.

Curitiba / PR

Série Favorita: Seinfeld

Não assiste de jeito nenhum: Anger Management

×