Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Gossip Girl – 5×08 All The Pretty Sources

Por: em 24 de novembro de 2011

Gossip Girl – 5×08 All The Pretty Sources

Por: em

Gente, que tristeza foi esse episódio! Não ele como um todo, mas algumas coisas deixaram muito a desejar. E o que me deixou mais desapontada foi ver que a série estava indo muito bem em um ritmo mais lento, apresentando as tramas “devagar” (para os padrões de Gossip Girl, ficar oito episódios em um arco é de uma lerdeza incrível), desenvolvendo melhor os personagens, para quase que de repente, acelerar a trama e já introduzir uma nova.

Se essa nova história fosse novidade, que parecesse ser algo bom logo de cara e, de preferência, envolvesse algum personagem mais relevante do que o Nate, eu não teria me decepcionado tanto. Eu praticamente só criticava a Diana desde o momento que ela pareceu em tela e os motivos por trás do Spectator e a Gossip Girl continuam sem fazer sentido algum, mas a personagem tinha força para ser algo mais.

Ou, pelo menos, de passar alguns episódios tramando com o William antes de ser descartada. Foi muito precipitado mostrar que o avô do Nate estava por trás de tudo só para jogar a Diana fora no episódio seguinte! Ao invés de apostar no velho “Diana e William têm um segredo que só vamos revelar no final da temporada” e esse mistério ser algo tão imbecil que nem chama atenção quando ele finalmente vem à tona, podiam mudar a estratégia e desenvolver algo que realmente fosse interessante. Pelo visto, a Diana e o William (ou ela e o pai do Nate) tiveram um caso, quem sabe o Nate é fruto desse rolo ou tem uma meia irmã perdida por aí. Depois de todo o drama que tivemos com o Chuck em busca de sua família, ter os Archibald com mais um membro não é algo que me faça esperar pelos próximos capítulos.

Além disso, achei o William muito burro em ter ameaçado a Diana sendo que ela tem uma boa carta na manga. Ela não blefa tão bem a ponto de dizer que “se eu cair, você vem junto” se não soubesse muito bem o que tem escondido.

Ainda nos arredores de Diana e Nate, tivemos o cerco da Charlie fechando cada vez mais. E também de uma forma nada convincente. Entendo que a Ivy/Charlie está em uma situação complicadíssima e que é fácil ser manipulada nesse estado. O problema é que ela era muito mais interessante quando brincava de ser a prima da Serena – não que as tramas fossem boas, só eram melhores do que as de agora.

A Carol a forçando a ficar foi o menor dos problemas. O esquisito foi a atitude do Max quando juntou as peças e entendeu o que aconteceu. Até o momento, ele era retratado como um garoto bonzinho, legal, apaixonado pela Ivy e alguém que finalmente poderia fazer bem para a Serena se eles começassem a sair. Para se encaixar na história, o garoto se transformou em um vilãozinho de meia-tigela, querendo extorquir a Charlie. Se não for vingança por dor de cotovelo, não consigo entender o que ocasionou a mudança de personalidade.

Outro que mudou de personalidade (ou mostrou que conviver com víboras o torna um) foi o Louis, mas ele nunca conseguiu me cativar e espero que ele saia do Upper East Side no primeiro avião. Ele era um príncipe perfeito, compreensivo, calmo, honesto, íntegro e agora, não podia ser mais contrário do que isso. Não acredito que esta seja a verdadeira personalidade dele e não acho que a Blair o tenha “provocado” ao ponto de ele virar um anti-Louis. Tirando o episódio passado (com o teste de paternidade e o teste com o Chuck), a Blair nunca demonstrou não querer ficar com ele, sempre lutou para ter o casamento dos sonhos com o príncipe dos sonhos. Se ela ainda fosse a Blair das primeiras temporadas, que fazia de tudo para uma boa polêmica, até entenderia o Louis ficar tão desconfiado. Mas ela mudou, cresceu, sabe o que quer. O Louis, por outro lado, se morde de ciúme e não entende de jeito nenhum que a Blair quer ficar com ele, independente do que o Chuck está passando ou do que o Dan escreveu no livro.

A ideia de culpar os amigos da noiva pelos problemas do casal foi de cair o queixo! Tudo bem que fofocar sobre os amigos na Gossip Girl não é a melhor demonstração de amizade, só que as acusações dele não faziam sentido. Ele é uma pessoa de fora que não quer se adaptar à vida do parceiro (e depois vem falar da Blair…), não faz o mínimo esforço para conhecer o ambiente em que a Blair vive e só exige que ela se adapte à vida de princesa. Poxa, fica difícil assim.

Os boatos divulgados pela Gossip Girl não são os mais bondosos do mundo, mas todos que estão envolvidos nisso (ou não, no caso do Nate) já se acostumaram, entendem como o esquema funciona e usam-no para o seu proveito. Nem acho que machuque tanto quanto a Serena disse que machucava para a Diana. Depois de tantos anos, você aprende a se defender disso; só é ruim mesmo para os novatos, como a Charlie.

Depois de ter espalhado o teste de paternidade e divulgado a lista dos informantes da Gossip Girl só para provar um ponto totalmente pessoal, é melhor que esse mau-caráter saia de vez da série. A Blair merece algo melhor, como o novo Chuck.

De novo, o triângulo Blair-Chuck-Dan foi o melhor do episódio. Me diverti com o “bromance entre Chuck e Dan, eles fazem uma ótima dupla de amigos. Quase beijei a tela do computador quando o Chuck percebeu o que era óbvio: o Dan está apaixonado pela Blair. Isso deve estar na cara até da Lily e do Rufus, mas ninguém do Upper East Side entendia o que estava rolando.

Não que eu ache que está na hora de voltar com Chair/Bluck (quero mais Dair!), mas me derreti quando a Queen B. chegou ao apartamento do nosso mauricinho preferido. O Louis está jogando a noiva nos braços do “rival” e merece levar um belo chega-pra-lá para aprender a confiar mais nas pessoas.

XOXO

P.S.: Que coisa mais linda a festa que a Serena deu para a Blair!


Bianca

Feminista interseccional, rata de biblioteca, ativista, ama filmes, séries, cultura pop e BTS. Twitter sempre vai ser a melhor rede social.

São Paulo - SP

Série Favorita: Grey's Anatomy

Não assiste de jeito nenhum: Lost

×