Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

How I Met Your Mother – 6×23 Landmarks

Por: em 11 de maio de 2011

How I Met Your Mother – 6×23 Landmarks

Por: em

Finalmente a novela do Arcadian chega ao fim. Do meu ponto de vista, pouco conteúdo de uma sitcom é repetido ou mantido em tantos episódios como o Arcadian está sendo em How I Met Your Mother. Estava revendo alguns episódios, ele apareceu lá pelo 3º. Se resolverem voltar com isso no próximo episódio, que seja só pela demolição! E junto com essa história se vai uma personagem controversa ao longo da temporada.

Ao decidir apoiar Zoey a salvar o Arcadian, Ted passou a estar contra o Barney. Eu tinha imaginado que o romance ia acabar de outra maneira, com uma mentira da Zoey, não tinha imaginado que iam colocar a amizade de Barney e Ted sob fogo cruzado para que isso acontecesse. O final do casal não foi triste, parece que desde o primeiro encontro fomos preparados para este fim, ele estava ali, iminente, só esperando uma brecha pra acontecer. Zoey não era de todo mal, ela era meio radical, o tanto que discordavam irritava, mas ela era divertida. Ted estava mesmo precisando de um longo relacionamento, tinha algum tempo que ele estava solteiro, com casos passageiros, ele não é esse tipo de cara, ele precisa de uma namorada.


Como Ted encarou a situação me deixou muito desapontada, como alguém troca uma longa amizade por um namoro? Ele resolver dizer não só porque Robin provou que eles iriam terminar em breve não foi uma boa coisa. Ele nenhuma vez pensou o quanto o amigo adora o emprego, e o quão mal ia fazer a ele perder o trabalho? Aliás, não consigo imaginar um Barney desempregado, no episódio ele falou que o seu trabalho o define, que lhe dá segurança, e eu acredito completamente nele. Ele sem a GNB não é muita coisa, apesar de ninguém saber o que ele faz lá. Se bobear, no final da série vão descobrir que Barney é o dono do GNB.

Na verdade a resposta não deveria se basear nos desejos de ninguém, mas se o prédio deveria ou não ser um patrimônio da cidade de New York, de acordo com seus princípios arquitetônicos. Mas já que levou para o lado pessoal, de beneficiar outras pessoas, Ted deveria ter levado em consideração alguém que está presente na sua vida a mais tempo e é mais importante. Não se baseia decisões em coisas que podem ser, mas em coisas que são.

Tudo bem que Barney não procurou o Arthur para defender o Ted, mas para ter uma carta na manga para usar contra o Ted. Arthur esteve presente nos melhores momentos do episódio, neste, com Barney, relembrando como contrataram o Ted e como ele confiou na nova esposa. O que serviu de gancho para a outra participação, onde ele arrumou um cachorro substituto para o seu velho amigo, que ficou com a ex-esposa.

Agora que todos já estão lutando para que o Arcadian seja destruído e Ted já está com raiva de Zoey ter guardado aquela fita, lá do primeiro episódio em que ela aparece, o que eles podem fazer? A única coisa que podem fazer é comprar um bar! Ri muito com todos entrando na onda, e com a inspiração do Ted e Barney ao mesmo tempo para uma coisa nada a ver.

Bom é que no final Lily salva a todos novamente. Eu gostaria que o plano fosse mais diabólico do que pareceu no final. Mas só de terem retornado com esse lado “evil” dela já me satisfez um pouco.

_______________________

PS1: John Clifford Larrabee! O Sonho do Ted foi um daqueles momentos que ficamos pensando, é ou não é? O Barney é capaz de tudo! Pena precisar disso pro Ted cair em si.

PS2: O Leão em cima da cama do Barney! Concordo com ele, “tomara que tenha usado as chaves de fenda certas”.

 


Camila

Mineira, designer, professora que gosta tanto de séries que as utiliza como material didático.

Belo Horizonte/MG

Série Favorita: Fringe

Não assiste de jeito nenhum: Supernatural

×