Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Rookie Blue – 2×07 The One That Got Away

Por: em 7 de agosto de 2011

Rookie Blue – 2×07 The One That Got Away

Por: em

Com quantos ingredientes se faz uma boa série? The One That Got Away, o sétimo episódio de Rookie Blue, teve comédia, romance, drama e muita, muita tensão. A vida pessoal continua tendo grande destaque nos episódios, embora os casos policiais tenham roteiros cada vez melhores na série. It’s Friday Nigth, os integrantes da 15ª DP têm assuntos mais importantes do que suas vidas pessoais para se preocuparem. E quem dera fossem apenas bêbados ou lunáticos atormentado meus rookies preferidos. O último episódio de Rookie Blue terminou com Andy deixando Luke após descobrir a traição dele com Jo. Como a rookie lidaria com a situação? Correria diretamente para os braços de Sam?

Por ora, a moça parece estar apenas preocupada com o título de mulher traída, ainda mais considerando que os três vértices do triângulo trabalham no mesmo lugar. Reparem como uma pessoa começa a ficar paranóica quando está mentindo e acha que todo mundo que sabe a verdade: se por um acaso alguém na divisão ainda não soubesse da transa entre Jo e Luke, as atitudes de Andy teriam denunciado tudo. A rookie está certa: McNally não sabe mentir. Confirmamos isso mais vez depois da conversa com Sam logo no começo do episódio. Pelo menos ela não ficou cultivando a culpa pela tentativa de homicídio da garota, como se ela pudesse fazer alguma coisa para evitar o crime.

Jo Rosati finalmente conseguiu preencher todos os requisitos para ser uma bitch detestável. Como assim ela já chega beijando o Luke? Mandar a Andy comprar pizza? Quando McNally pegou o dinheiro tive vontade de que ela fizesse a Jo engulir a nota! E o sarcamos dela com Gail e Dov? Mais uma vez, a detetive mostrou a Callaghan que se importa mais com a própria carreira do que com ele. A moça não pensou duas vezes antes de assumir o caso e levar todos os holofotes para ela. E pior ainda, afastou o Luke de ajudar a solucionar o caso mais importante de sua carreira. Todo castigo é pouco, nem tive pena do olhar desprezo que o detetive lançou pra Jo dizendo que queria Andy de volta e a detetive longe da vida dele. Além, claro, da loira ter engulido a seco o fato de Luke esteve certo o tempo todo e que apenas McNally acreditou nele.

Quando falaram da morta de uma novata da divisão há três anos atrás com Luke tão transtornado cogitei a idéia de que o detetive tivesse algum romance com a garota na época da morte e que Andy seria a próxima vítima, tudo para atingir a Callaghan. Bem, a segunda suposição estava correta, o que não foi bem uma suposição minha, já que vimos Andy amarrada no promo divulgado semana passada. O sargento tinha mesmo cara de psicopata, apesar de tudo demonstrar que a morte de Sophie não tinha o envolvimento dele. Ponto para Gail e Dov com as pistas que levaram à prisão do vizinho. Andy, querida, que surto foi esse com o Sam? Estava tão ligada ao Luke que não percebeu a dor-de-cotovelo do Swarek? O quanto ele ficou magoado com o fato de você se preocupar tanto com quem te traiu?

Os institutos policiais de McNally mais uma vez estavam corretos. O sargento era mesmo um psicopata obscessivo, manter um armazém com o nome da vítima? Assim que Andy entrou lá e começou a vasculhar o galpão, todas aquelas luzes que acendiam e apagavam, a musiquinha irritante de suspense no fundo, eu só conseguia pensar nela com a fita prateada na boca. Foi o vigia quem avisou ao Nixon que tinha alguém lá? Cada vez que a câmera girasse e não era possível ver se tinha alguém atrás da Andy eu começava a surtar, esperando a rookie ser atacada. O homem é sargento do exército, por mais que McNally seja boa de briga, ela estava em clara desvantagem. Por mais que eu desejasse que a garota fosse salva pelo Sam, Luke merecia ser o responsável pela prisão do Nixon.

O detetive Callaghan tinha uma motivação especial para prender o sargento, seria muito injusto tirar isso dele. No fundo, o assassino era um covarde, incapaz de matar se a vítima estivesse olhando para ele. Fiquei impressionada com a arrogância dele confessando todos os crimes com um sorriso enorme no rosto. O pedido de desculpas do Sam foi fofo. McNally, please, acorda pra vida real e enxerga o quanto esse homem se preocupa com você! Swarek é um cara legal sim, pare de dizer o contrário. Tracy é uma boa amiga, fazendo de conta que não sabia da traição desde o começo para que Andy não se sentisse desconfortável.

Lembram da perita em bombas que ajudou Epstein em Stung? A atriz Mayko Nguyen fará outra partipação especial como Sue Tran.  Se você também quer saber se ela está na 15ª DP apenas para cobrar um café de Dov ou se estará envolvida em algum caso policial, não perca o próximo episódio de Rookie Blue! Teremos ainda a divisão inteira de quarentena, além de Andy e Sam trabalhando juntos em um caso intrigante de assalto a banco. O primeiro promo divulgado não deixa dúvidas de que Monster será imperdível!

Por fim, não poderia deixar de registrar minha participação na “Campanha: Andy, sofá do Sam!, das minhas lindas amigas Diabolicamente Majestosas da Queens of the Lab! *-*


Andrezza

Mineira apaixonada por séries policiais, dramas jurídicos e séries teen de qualidade (Saudades, Greek!).

Belo Horizonte - MG

Série Favorita: Grey´s Anatomy

Não assiste de jeito nenhum: House

×