Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Supernatural – 7×20 The Girl With the Dungeons and the Dragon Tattoo

Por: em 29 de abril de 2012

Supernatural – 7×20 The Girl With the Dungeons and the Dragon Tattoo

Por: em

Muito bom ir assistir ao episódio achando que será um filler chato e, no fim das contas, ele ser um dos mais legais e divertidos da temporada. Em minha defesa, culpo a promo, que dava a entender que nesta semana teríamos mais um casinho chato e sem qualquer menção à trama central, o que seria absurdo estando a (agora) apenas 3 episódios do season finale.

The Girl With the Dungeons and the Dragon Tattoo foi a Supernatural que eu adoro. Tensa sem deixar de ser divertida, cheia de referências à cultura pop, avançado passos na storyline da temporada e com personagens coadjuvantes legais. No caso aqui, BEM legais. A Charlie é facilmente a melhor personagem dessa temporada de Supernatural e digo mais: Uma das guests mais divertidas e que melhor funcionou nessas 7 temporadas.

Ainda não me acostumei muito com a trama do Bobby. Na verdade, eu não consegui engolir ainda porque, como já disse, me irrita muito essa mania que Supernatural de não matar realmente os mortos, mas não vou me ater a isso porque o episódio foi realmente muito bom e eu não quero motivos pra reclamar. Na verdade, eu achei que a participação dele seria até maior do que a que vimos nesse episódio.

Toda a história do sentimento de vingança que ele demonstrou ter foi o que me deu um resquício de esperança de ver a trama assumir contornos interessantes. Não sei até que ponto isso é forte e como pode influenciar nas atitudes futuras do Bobby, mas ainda assim, é um plot com potencial.

Me surpreendeu ver como a trama dos Leviatãs começou a ser amarrada. Não é surpresa pra ninguém que me lê aqui que a minha fé nos roteiristas de Supernatural está abalada há muito tempo, então eu não esperava ver que fariam o link com vários detalhes isolados da temporada para explicar o grande plano de governar sobre a raça humana e curá-los, para depois deixá-los morrer e se alimentar deles também.

Só achei a cena em si muito rápida – acho que foi problema da edição, que sobrepôs os flashs um sobre o outro de um jeito quase esquizofrênico. Eu mesmo tive que voltar a sequência duas vezes pra ter certeza de que não tinha perdido nada.

Não sou capaz de dizer que tenha me animado freneticamente com essa história de Leviatãs, mas vê-la finalmente definida já me tranquiliza um pouco e já dá margens a possíveis cenários para os próximos 3 episódios que, se não forem exclusivamente ligados à isso, devem ao menos apresentar alguma relação. Aposto também numa volta do Cas. O Misha disse que voltaria para 3 ou 4 capítulos e até agora só o vimos em um.

A Charlie, como eu disse, funcionou muito bem com o Dean e com o Sam. Divertida, bem interpretada, inteligente… Foi uma ótima personagem que soube tornar o episódio mais atrativo. Porque, convenhamos, se nos apresentassem uma coadjuvante fraquinha, dificilmente a trama teria funcionado. Ficarei esperando por uma futura nova participação.

As referências pop estavam afiadas como há muito eu não via e mesmo que o episódio fosse ruim (o que passou longe de ser), acho que eu já gostaria apenas por elas. Tivemos desde as óbvias como Harry Potter (quando o Sam conversa com a Charlie sobre a Hermione) e Senhor dos Anéis (O olho de Sauron e o condado) até as que ficaram mais nas entrelinhas pros mais atentos, como Star Wars, quando a Charlie fala sobre a clássica imagem da Princesa Léia de biquíni dourado.

É empolgado desse jeito que eu quero falar de Supernatural. Por mais que eu tenha criticado a série em muitos episódios dessa temporada, eu faço isso porque apesar de todas as decepções, eu ainda gosto da série e vivo esperando pelo momento em que ela volte a ser aquela série bacana das 3 primeiras temporada (O nível de excelência da 4ª eu não exijo).

Espero que os últimos 3 episódios da temporada mantenham essa minha animação.


Alexandre Cavalcante

Jornalista, nerd, viciado em um bom drama teen, de fantasia, ficção científica ou de super-herói. Assiste séries desde que começou a falar e morria de medo da música de Arquivo X nos tempos da Record. Não dispensa também um bom livro, um bom filme ou uma boa HQ.

Petrolina / PE

Série Favorita: One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: The Big Bang Theory

×