Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Supernatural – 11×03 The Bad Seed

Por: em 23 de outubro de 2015

Supernatural – 11×03 The Bad Seed

Por: em

Alguém falou em almas? Bateu uma fome…

A melhor cena do novo episódio de Supernatural é, sem dúvidas, quando um anjo e um demônio estão, naturalmente, tomando uma cervejinha e reclamando dos problemas da casa. Ela exemplifica exatamente tudo o que o novo ano da série promete: Uma ameaça tão forte que faz céu e inferno unirem-se. Por mais que tanto alarde faça com que grande parte do público fique com um pé atrás (olá, leviatãs), é impossível tirar aquela pulga da curiosidade de trás da orelha.

The Darkness está livre, leve e solta e os mistérios em torno dela se intensificam. Amara é uma criatura cheia de energia pra gastar e precisa ficar constantemente comendo. A puberdade é assim mesmo, ainda mais considerando o quanto Amara está se desenvolvendo dia após dia. Brincadeirinhas de lado, a relação dela com o Crowley está sendo bem interessante e o jogo de interesses (principalmente que o Rei do Inferno tem em relação à garota) é no mínimo atraente. Será que ele tem ideia do que está para acontecer?

Enquanto isso, Rowena tomou o posto de vilã da semana e pudemos acompanhar mais um de seus fracassos. A personagem é cheia de altos e baixos, nunca se consolidando como uma recorrente sólida. Dessa vez, o retorno foi marcado por chatices. Uma palavra: MegaCoven. Estou apenas rindo, e não é pelos motivos certos. Pelo menos com a história desse episódio o Castiel já voltou ao normal. O feitiço sobre ele era um plot bem piegas e que acrescentava nada ao histórico do seriado.

Típico de Supernatural, o Dean acabou descobrindo do trato feito pelo Sam com a Rowena em troca da retirada da marca de Caim. Sinceramente, completamente desnecessário. Afinal, ficar com raivinha porque o irmão escondeu mais uma coisa é muito compreensível, ainda mais porque o Dean age de forma correta sem mencionar que possui uma conexão estranha com um mal milenar. PARECE UM FATO UM POUQUINHO IMPORTANTE, NÃO É MESMO??? Quando é que esses panacas vão aprender? Depois de tantos anos assistindo esse vai e volta, já estou formado e com doutorado na arte de “Não esconda segredos de seu irmão. Nunca. Vai dar merda!”.

Por fim, “The Bad Seed” não foi um episódio memorável, longe disso, mas foi importante para o desenvolvimento da história. É gratificante ver que, mesmo com alguns tropeços, várias histórias estão se desenvolvendo sem enrolar ninguém. Com o crescimento da Amara, seus poderes tendem a crescer e, consequentemente, a intensidade dos seus atos também. O melhor de tudo é que nós estamos completamente ignorantes quanto a isso. Praticamente tudo pode ser novidade.

Só sei que depois de tantos diálogos envolvendo refeições, quem ficou com fome fui eu! Mas e você, o que está achando da nova temporada? Está surpreso ou decepcionado? Deixe seu comentário!

Observações:

-Semana que vem teremos o episódio centrado no Impala. Todos animados?

“-God made a world where people have to suffer, and then they die.
-Unfortunately.
-But frankly, why would they want to live in such a world?”


Douglas

Possui mais séries na grade do que tempo disponível. Viciado em cultura pop, bandas indies e, principalmente, ketchup.

Curitiba / PR

Série Favorita: Seinfeld

Não assiste de jeito nenhum: Anger Management

×