Merlí

Merlí é uma produção catalã de 2015, exibida pela TV3 e estrelada por Francesc Orella que…

Primeiras Impressões: Mindhunter

Mindhunter estreou na Netflix nesta sexta-feira (13) sob toda a expectativa que uma série de David…

Animal Kingdom – 1×10 What Have You Done (Season Finale)

Por: em 15 de agosto de 2016

Animal Kingdom – 1×10 What Have You Done (Season Finale)

Por: em

“Você me usou para fazer seu trabalho sujo, como sempre, (…) e chama isso de ser mãe? Você é mais doente do que eu”. (Andrew ‘Pope’ Cody)

Quando o canal americano TNT anunciou que tinha aprovado a produção de Animal Kingdom, confesso que torci bastante o nariz pra essa notícia. Não apenas porque achava improvável que a série conseguisse reproduzir com êxito, na pequena tela, o sucesso do filme australiano, como também o fato da produção ter sido descartada pela Showtime alguns anos antes já colocava sombras sobre a qualidade da série. O anuncio do elenco me deu um sopro de esperanças, e após ler o texto de primeiras impressões aqui no site, eu resolvi dar uma chance.

ak-1a

Nos primeiros episódios, minhas suspeitas se confirmaram: a produção parecia uma cópia pálida e sem o mínimo de originalidade, comparada à obra original. Cenas e diálogos foram copiados com exatidão, os cortes rápidos não funcionavam e a falta de carisma de grande parte do elenco deixava tudo ainda mais problemático. O anúncio da renovação veio acompanhado de uma grande virada na qualidade da trama. É fato que se fizermos uma comparação pegando os quatro primeiros e os quatro últimos episódios, será constatada uma diferença abismal. Nesse capítulo final da temporada, a produção não fez feio. O episódio fez jus às expectativas; apesar de eu, ao fim, ficar com a sensação de não foi nos entregue o melhor com o que poderia ter sido feito em virtude do material que os roteiristas tinham em mãos. Mas, analisando melhor, a verdade é que esse sentimento resume bem a temporada como um todo. Sendo assim, foi uma season finale coerente, frente à proposta da série.

O episódio avança em três dias após o assassinato da Catherine, o assalto à base Camp Pendleton e a proposta (pra não dizer chantagem) da detive Yates a fim de conseguir sucesso em seu caso contra os Cody. Em sua mansão, Smurf tenta fazer Baz esquecer o sumiço da esposa e focar na demora do dinheiro em sair da base, enquanto J é pressionado pela Detetive em entregar a família e os irmãos Craig e Deran ficam responsáveis pelo monitoramento do dinheiro através do tablet.

As cenas dos irmãos mais novos deixam claras o quanto ambos foram subaproveitados pela produção. Deran, ao menos, teve um plot para chamar de seu. Foi interessante acompanhar seu conflito em aceitar ou não sua homossexualidade, mas a questão foi logo abandonada na reta final. Entendo que por se tratar de uma temporada com poucos episódios, a necessidade de dar destaque à trama principal possa comprometer tramas secundárias, então fica a esperança que com a renovação, os roteiristas enxerguem o potencial e deem mais destaque a ele na próxima temporada. Já o Craig, esse realmente não tem muito a se destacar, já que passou metade da temporada cheirando cocaína e a outra fumando maconha. Por isso não fiquei surpreso quando ele tirou um papelote de pó no carro, mesmo com o Deran o questionando se seria a melhor das ideias ficar high dentro de um carro fechado enquanto ficavam monitorando o deslocamento do dinheiro. A sequência deles perseguindo os caminhões com os barris de óleo e depois a bagunça ao tentar recuperar as sacolas sintetiza bem suas funções pela maior parte da temporada: dois atrapalhados servindo de alivio cômico. Mas o dinheiro todo foi recuperado com êxito.

Ak-2

Na casa de Smurf, Baz só pensa em tirar a história do desaparecimento da Catherine a limpo. Ele não compra a história contada com Smurf, inclusive insistindo que a esposa não teria roubado o dinheiro. Ironicamente, era a única parte da história que era verdade. Ao interrogar a filha, percebe-se que a garota não estava num sono tão profundo quanto aparentava e ela pode vir a ser a chave para a verdade vir à tona. Isso liga o alerta interno da Smurf que logo trata de desviar as atenções e suspeita do filho adotivo para alguém de fora da família. Distorcendo as ameaças feitas pelo Vin, ela leva Baz a acreditar que o ex-parceiro de cela do Pope quem teria dado o sumiço na nora As cenas do Baz torturando o Vin foram fortes, mas era claro que o ex-detento nada iria revelar, já que ele sequer tinha consciência do porque que estava sendo espancado. Pope. Verdadeiro culpado pelo desaparecimento de Cath, a tudo assistiu passivamente. Como um bom covarde, ele prefere transferir a culpa a um elo mais fraco. Interessante que ele não teve coragem de dar fim à vida do Vin e deixou o deixou ferido e com bolso cheio de dinheiro, próximo a uma ambulância. Se isso irá trazer consequências a ele, só o futuro da série poderá responder.

Ainda na mansão da Smurf, Paul revolve que agora tem culhões e afirma para Smurf que ele quem está atrasando a liberação dos caminhões com os barris de óleo; afirmando que apenas irá liberar se conseguis 50 mil dólares a mais, referente ao acordo inicial. Smurf cede a chantagem do Paul, mas categoricamente afirma que o dinheiro irá apenas ser liberado sob suas condições. Humilhando um pouco mais o policial, ela o obriga a sair pela porta dos fundos e ao passar pelo corredor, ele flagra sua filha se drogando no quarto com o Craig. Paul sai de cena desmoralizado como pai e profissional.

Ao ser questionado por Smurf se estava mesmo dormindo com sua professora, J confirma, e sua avó exige que ele termine o relacionamento. Ele ainda está em conflito entre deixar Alexa ser presa e entregar sua família. Na casa da professora, ele questiona se o laço e o relacionamento criado entre os dois é mesmo real ou se não trata de algo apenas circunstancial proposto por Yates. Em casa, ver Smurf e os tios contando o dinheiro na mesa, J resolve expor todo o plano da detetive. A sequencia após essa cena é uma daqueles momentos que apenas Animal Kingdom sabe fazer. É um trabalho de montagem, edição, cinematografia e, principalmente, uma alta trilha sonora. Pela tranquilidade na cara de Smurf e seus filhos ao serem algemados, já ficou claro que os policiais nada iam encontrar de comprometedor, mesmo com a detetive ameaçando quebrar as pareces (miga, sua louca!). Depois é revelado que todo dinheiro estava escondido no fundo da piscina.

Ak-1

Detetive Yates ameaça J e esse então revela que gravou toda confissão de Alexa na cama. É revelado também que a policial já tentou aliciar a mãe do J, oferecendo inclusive drogas em troca. Ainda não consegui entender a raiz desse ódio tão profundo que a Yates nutre contra os Cody; parece-me pessoal demais. Difícil acreditar que um policial tão dedicado em honrar sua profissão iria se valer de artimanhas tão baixas para conseguir atingir seu objetivo. J ameaça expor ela ao chefe de polícia, e Yates não vê alternativa a não ser recuar. Alexa acaba pagando o pato, mas não acho que tenha alguém se lamentando pelo destino da professora. A sua avó, J revela que sabia que era ela quem pagava o aluguel e por isso, apesar de tudo, eles eram a sua família. Foi uma cena muito bonita; em troca, Smuf o presenteia com uma arma. Quando eu completei 18 anos, ganhei carta de motorista como presente, outros ganham arma; cada recebe aquilo que lhe convém, haha.

Os minutos finais trouxeram, em minha opinião, a melhor cena do episódio: o acerto de contas entre Smurf e Pope. Foi uma cena forte entre os dois melhores personagens (e atores) da série. Smurf cansou de esconder o seu desprezo que sente pelo filho mais velho, o quanto ela o considera fraco, fantasiando toda uma vida com a Catherine. Enquanto isso, Pope replica, afirmando o quanto ela é covarde e só contou a ele sobre a nora, porque tinha medo de que o Baz escolhesse a esposa ao invés dela. Eu concordo com o Pope, por mais de uma vez a Smurf já demonstrou um apego maior ao filho adotivo, inclusive acredito que isso seja o motivo a qual ela não aceitava Catherine na família; e numa eventual iminência de perder o Baz para Cath, ela seria capaz de qualquer coisa para impedir isso. Na sequencia ainda tivemos o acerto de contas entre Smuf e Isaiah; confesso que esperava mais desse encontro. Um tiro a queima roupa me pareceu pouco levando em conta o quanto a cena poderia render. Ainda assim, foi mais um show da Ellen Barkin, que nessa reta final tomou a série pra si e justificou sua escolha pra compor a personagem principal da produção.

Ps1: Nicky foi rebaixada a figuração, entrou muda e saiu calada.

Ps2: Aparentemente, seu relacionamento com o Craig vai ser levado adiante, e já prevejo conflitos envolvendo J e seu tio.

Ps3: Sensacional Craig e Deran roubando apenas a parte da frente do caminhão; mas onde foram parar os outros? Os militares não deram por falta?

Ps4: Paul tem que esperar por duas semanas e ir pegar o dinheiro em uma caixa de guarda pertences na rodoviária. Poor Paul.

Ps5: E Adrian, minha gente?

Ps6: Se Pope foi o destaque entre os irmãos, fico com uma sensação de decepção em relação ao Baz (Scott Speedman foi o principal fator motivador para assistir a série).

Ps7: “As pessoas me chamam de ‘Smurf’ agora”. A senhora é destruidora mesmo viu, viado!

Ps8: Linda a cena onde J pega a arma, enquanto observa Craig e Nicky abraçados a beira da piscina.

Ak-3

Com um episódio final inteligente, Animal Kingdom fecha a temporada com um saldo muito positivo. A série conseguiu burlar as próprias limitações, renascer dentro da própria série e entregar uma produção ágil e eletrizante, quando pretende; mas ao mesmo, sem esquecer seu ponto forte que são os conflitos internos da família Cody. Apesar de uma sequencia final sem um grande cliffhanger (prefiro assim em produções menores e com hiatus muito extenso), muitas coisas ficaram abertas para a já confirmada segunda temporada e temos motivos de sobra para confiar que serão retomados em sua melhor forma.

Queria agradecer também a todos que acompanharam as reviews publicadas aqui no Apaixonados por Séries. É a primeira série que eu pego para escrever, e confesso que a transposição do campo de comentários para o de postagem é mais desafiadora do que eu imaginava; ainda mais quando tive a difícil tarefa de substituir o querido Marcel, que não apenas foi um dos meus maiores motivadores, como também foram seus textos que me inspiraram a escrever. Obrigado a equipe pela oportunidade, especialmente Laís, pela paciência e por revisar cada publicação. Animal Kingdom volta ano que vem, e estarei aqui, nem que seja nos comentários, para acompanhar e escrever sobre Smurf e sua disfuncional família de criminosos.


Wander Alves

Série Favorita: The Good Wife

Não assiste de jeito nenhum: The Leftovers

  • Fabio

    Alguém sabe quando estréia a próxima temporada?? xD

    • Paulo Halliwell

      Olá, Fábio, não consegui achar nenhuma informação de data por enquanto, mas imagino que por volta de junho/julho 2017

×