Reign

“Desde que Mary, rainha da Escócia, era uma criança, os ingleses querem seu trono e sua coroa. Ela foi mandada para a França para casar com o próximo rei, para salvar a si e seu povo, um vínculo que deve protegê-la. Mas há forças que conspiram, forças sombrias, forças do coração. Que ela reine por muito tempo.” Se você gosta de séries baseadas em fatos reais e que de brinde traz mulheres fortes como o foco principal da história então Reign é uma boa pedida para se assistir até que as séries da fall season retornem. A série é da emissora CW e teve 4 temporadas, e 3 já estão disponíveis na queridinha da Netflix. Aqui conhecemos a história de […]

Primeiras Impressões: The Bold Type

Não são poucas as séries que adoram beber da fonte de inspiração que Sex and the City e filmes como O Diabo Veste Prada representam para o mundo feminino e a nova estréia da Freeform não foge à regra. Criada por Sarah Watson, em The Bold Type, nós temos a atmosfera grandiosa, cheia de liberdade e estilo que Nova York representa, acolhendo jovens em busca de suas realizações profissionais. A série é inspirada na trajetória da ex-editora-chefe da Cosmopolitan, Joanna Coles e conta os bastidores da renomada revista feminina Scarlet, acompanhando a vida de três amigas que buscam ascender e encontrar suas próprias vozes no mundo enquanto exploram temas como sexualidade, moda, identidade e relacionamento. “Uma jovem, do Colorado. Lendo […]

Guia da Trilha Sonora: Parenthood – 5ª Temporada

Um dos pontos fortes de Parenthood é a trilha sonora que sempre casa muito bem com os sentimentos que o episódio quer nos passar, e pra não perder o costume a gente traz pra vocês o que tocou na 5ª temporada da série só que dessa vez de forma diferente: tudo numa playlist do Spotify!

Confira as últimas publicações da coluna:

Maratona

Maratona Parenthood – 6ª temporada

2 meses atrás Comente também

Pegar a última temporada de Parenthood para fazer o post de maratona foi um imenso desafio. A expectativa era grande, junto com o medo de não conseguir terminar o texto. Mas é isso que uma série faz conosco, não é? Nos encher de emoções e deixar aquele gelinho na barriga no final. Família é uma coisa difícil. Você não vive sem ela e não consegue, muitas vezes, ficar perto dela. Talvez porque família não tenha o dever de ser um amigo e dizer que certas atitudes estão corretas. Ela tem o dever de apoiar, apesar dessas atitudes e estar ao lado nas horas mais importantes, sejam elas felizes ou tristes. E isso define bem o que os Braverman são. O sexto ano da […]

Leia o post completo

Maratona Parenthood – 5ª temporada

2 meses atrás Comente também

Infelizmente, nossa maratona do choro está perto do fim e hoje é dia de revelar o que achamos da quinta temporada de Parenthood. Já começamos constatando o fato de que a cada temporada da série o golpe é maior e ainda não se sabemos como sairemos ilesos no fim dela. Cada uma de nós que está seguindo esta maratona se apaixonou completamente pelos Braverman – que já entram na lista de melhores famílias das séries junto com os Cohen, os Scott, os Walker e outros clãs maravilhosos que já tivemos o orgulho de acompanhar. Mas voltando para a quinta temporada, foi impossível segurar as lágrimas, principalmente depois que achávamos que teríamos episódios um tanto mais leve – para compensar a […]

Leia o post completo

Maratona Parenthood – 4ª Temporada

3 meses atrás Comente também

Quando decidimos que Parenthood merecia uma maratona em grupo, escolhi  escrever sobre a quarta temporada porque eu já havia assistido as anteriores, o que me daria mais tempo para acompanhar a maratona e elaborar um texto com muita calma. Mas com a quantidade de séries na minha wachtlist e os compromissos do dia a dia, só consegui terminar de assistir ontem. Quando os créditos do último episódio subiram pela tela é que me dei conta do tamanho da responsabilidade de falar sobre a grandiosidade dessa quarta temporada. A nossa maratona do choro chega naquela que, até agora, pode ser considerada a temporada do choro. Sempre temos bons plots e ótimas atuações, mas o que mais me encanta na série são as emoções em cenas singelas, mostrando […]

Leia o post completo

Maratona Parenthood – 3ª Temporada

3 meses atrás Comente também

Chegamos ao final de mais uma incrível temporada de Parenthood dando continuidade a nossa maratona do choro. Em termos gerais, foi um bom ano digerido em um par de semanas, tivemos algumas continuidades e fechamentos de plots iniciados na segunda temporada, assim como, testemunhamos o desenvolvimento de alguns personagens, enquanto outros permaneceram estagnados em suas posições. Não foi uma temporada perfeita, mas considero piamente esta a minha favorita até agora e sua análise merece ser realizada pelos núcleos familiares que compõem os Braverman, então vamos aos comentários.. Adam, Kristina, Haddie, Max e Nora Temporada de mudanças para todos os membros deste núcleo. A demissão de Adam e a dificuldade de se inserir novamente no mercado de trabalho abre a vertente para o grande plot da temporada – a […]

Leia o post completo

Maratona Parenthood – 2ª temporada

4 meses atrás Comente também

Vocês já prestaram atenção em como a abertura de Parenthood é bonita? É uma das mais bonitas que já assisti e a música combina perfeitamente com o clima da série, principalmente quando diz: “Que você sempre ajude os outros e deixe os outros te ajudarem”. Afinal de contas essa é essência da família Braverman, pois não importa as diferenças e dificuldades: no fim do dia eles estão sempre lá um pelo outro. A segunda temporada foi mais empolgante e emocionante do que a primeira, talvez pelo fato de serem mais episódios e por isso houve mais tempo para trabalhar os personagens e suas histórias. Começando pela base da árvore genealógica temos Zeek e Camille que finalmente resolveram ir pra terapia e […]

Leia o post completo

Maratona Parenthood – 1ª temporada

5 meses atrás Comente também

Começamos a maratona da série preferida de muitos Apaixonados por Séries com uma pequena temporada de 13 episódios, muito curta pra desenvolver todos os personagens de maneira apropriada, ou ao menos do jeito que gostaríamos, mas foi suficiente para nos fazer torcer e querer acompanhar cada um da família Braverman, não é mesmo? Isso acontece com todos eles logo no piloto de Parenthood – ou nos primeiros episódios – mesmo que a série nos apresente alguns personagens de uma forma ainda duvidosa, não sabemos se iremos amar ou odiar alguém, mas aquele conjunto… Os primeiros episódios foram os mais emocionantes, os que mais apelaram para o lado sentimental do público ao nos mostrar como cada um dos Braverman (que nome!) estava fragilizado, quais […]

Leia o post completo

Maratona – Parenthood

5 meses atrás Comente também

Senta que lá vem história. Há algum tempo, por indicação (leia-se insistência) da Cristal, eu decidi dar chance a uma série que até então pra mim era só mais uma. Parenthood, à época, estava no hiatus entre a 3ª e a 4ª temporada e eu resolvi assistí-la depois de alguns bons argumentos: 1) Era a série mais subestimada no ar. 2) Eu choraria quase todo episódio. 3) Os Braverman seriam minha nova família. Com isso em mente, me preparei para uma maratona das 3 temporadas iniciais, imaginando que encontraria no máximo um drama familiar legal como Brothers and Sisters. Resultado: Foram quase 50 episódios devorados em menos de 2 semanas, muitas lágrimas, surpresas e uma certeza: Eu estava diante de uma das […]

Leia o post completo

Maratona The O.C. – 4ª temporada

5 meses atrás Comente também

Os roteiristas de The O.C. provavelmente imaginaram que ninguém assistiria à quarta temporada. Que poderiam pirar na batatinha, fazer o que quisessem, e ninguém ficaria sabendo. Ah, mas nós vimos tudo. O drama com que estávamos acostumados ficou para trás junto com Marissa. Foi substituído por um tom cômico e irreverente – quase uma sitcom, se me permitem a comparação. Eu nunca diria que personagens caricatos, como Che, teriam espaço na trama. Eles também aproveitaram para abusar dos flashbacks – que já estavam virando tendência desde a temporada anterior – e inserir aquelas loucurinhas de “sei lá quantas horas antes” ou “tantos meses depois”, que acompanhamos atualmente em How To Get Away With Murder. Ainda criaram um episódio inteiro com universo paralelo, antes mesmo de sonharmos que Stranger Things existiria, e […]

Leia o post completo

Maratona The O.C. – 3ª temporada

5 meses atrás Comente também

A terceira temporada é oficialmente minha favorita. Talvez eu esteja me precipitando, sem ter assistido à quarta, mas eu realmente não esperava gostar tanto da terceira. Já assisti à série inteira, mas nunca havia reprisado esta temporada, digamos que por limitações emocionais. Meu coração ficou muito traumatizado da primeira vez. É engraçado como eu não me lembrava de muita coisa (nem sei como pude apagar o casal Julie e Neil da memória), mas, ao longo das cenas, tudo fazia sentido para mim. O elenco principal estava afinadíssimo com seus personagens e entre si. Ryan (Ben McKenzie) deixou o riso frouxo em vários episódios, o que nos ajuda a crer na evolução do personagem, cada vez mais à vontade com a vida em Newport. Também conhecemos novos personagens para chacoalhar a dinâmica da […]

Leia o post completo

Maratona Prison Break – 4ª temporada

6 meses atrás Comente também

Chegamos ao fim da nossa maratona de Prison Break, para aqueles que acompanharam comigo as quatro temporadas do show exibido pela Fox durante 2005-2009, encerram a série com um sentimento agridoce de satisfação. Prison Break quando lançada foi uma novidade nas telas, uma premissa diferenciada que levou seus telespectadores a acompanharem cada episódio apreensivos pelas possibilidades infinitas de tudo dar errado na vida dos irmãos protagonistas. Ao longo das temporadas a saga Michael Scofield e Lincoln Burrows deu errado de todas maneiras possíveis e quanto mais próximos chegavam da liberdade, tinham que lidar com um novo contratempo que vinha para impedi-los de alcançar tal objetivo. A quarta temporada, no entanto, dividiu os sentimentos entre aqueles que relevaram as inúmeras falhas […]

Leia o post completo

Misfits e o uso de poderes em benefício estritamente próprio

2 semanas atráscomentarios

O tema dos super-heróis tem sido bastante explorado nos moldes atuais, existem por ai séries de bastante qualidade e que fazem a cabeça de um grande público onde o enfoque são os indivíduos/as que ganham poderes e os usam para salvar o mundo, só que muito antes disso tudo uma série britânica teve a audácia de retratar um cenário onde jovens deturbados e a margem da lei ganham poderes bizarros e os usam para os mais egoístas e cômicos interesses,  criando situações inimagináveis. Esta é Misfits, uma série britânia que foi ao ar entre os anos de 2009 e 2013, totalizando 5 temporadas de grande sucesso ao mesclar com eficiência, humor, comédia e ficção científica. A série narra as peripécias […]

Leia o post completo

Girlboss: guia do que NÃO fazer na vida adulta

2 semanas atráscomentarios

Teve gente que gostou de Girlboss, teve gente que achou a série fraca. Mas em uma coisa todo mundo certamente concorda: Sophia é um dos piores seres humanos que já vimos como protagonista de uma série. E com ela a gente pode aprender muito sobre o que não fazer para ser uma pessoa melhor. 5. Não roubar Em GirlBoss, uma das primeiras coisas que descobrimos sobre Sophia é que ela acha normal roubar. Não, ela não rouba porque precisa, porque quer ajudar alguém, ou se quer por uma questão de princípios contra uma sociedade capitalista. Sophia rouba porque se sente superior e simplesmente não respeita os outros, – muito menos suas propriedades. 4. Não ser egoísta com a melhor amiga […]

Leia o post completo

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

2 semanas atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter