Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Do cinema para a televisão: Diretores

Por: em 19 de março de 2015

Do cinema para a televisão: Diretores

Por: em

Em 1999, com a estreia de The Sopranos (HBO), um novo tempo foi anunciado na televisão americana: a Era de Ouro. Desde aquele março, algumas séries que apresentavam semelhante qualidade e apelo ao público, como The Wire (HBO), Mad Men (AMC) e Breaking Bad (AMC), se tornaram símbolo do poder da televisão e indicaram que essa mídia poderia ter produções tão excelentes como o cinema.

Hoje, a televisão não é mais uma novidade e já é considerada um espaço criativo promissor. Séries excelentes e com roteiro, direção e fotografia que a gente está mais acostumado a ver no cinema do que na TV se tornaram mais comuns, principalmente na TV a cabo (HBO, AMC, FX) e em produtoras on demand (Netflix, Amazon). True Detective (HBO), Fargo (FX) e The Knick (Cinemax), por exemplo, estrearam em 2014 e alcançaram sucesso entre a crítica e entre o público. As três séries foram renovadas para uma segunda temporada.

Por isso, os diretores da ‘grande tela’ estão cada vez mais envolvidos em projetos para televisão, onde podem ter controle criativo e encontrarão público disposto e interessado em produtos novos. O Apaixonados selecionou alguns diretores que lançaram suas séries para televisão ou vão lançar em um futuro próximo!

Guilhermo Del Toro – The Strain

The-Strain-Guillermo-Del-Toro

The Strain, que estreou na FX em setembro de 2014, é baseada nos livros de mesmo nome escritos por Del Toro e Chuck Hogan. Del Toro também dirigiu Night Zero, primeiro episódio da série. A série conta a história do epidemologista Dr. Ephraim Goodweather (Corey Stoll) e sua equipe que são enviados para investigar um avião que aterrissou no Aeroporto Internacional John F. Kennedy.

Leia o Vale Cada Minuto sobre a série.

Steven Soderbergh – The Knick

steven-soderbergh-the-knick

The Knick não é o primeiro trabalho do diretor para a televisão. Em 2013, Soderbergh dirigiu o filme Behind the Candelabra sobre a vida do pianista Liberace para a HBO. Um ano depois, The Knick estreou na Cinemax retratando a vida profissional e pessoal dos empregados do hospital Knickerbocker durante o século 20. A série é escrita por Jack Amiel e Michel Begler, mas todos os 10 episódios da primeira temporada foram dirigidos por Soderbergh.

Mark e Jay Duplass – Togetherness

togetherness-mark-jay-duplass

A televisão não é uma novidade para os irmãos Duplass. Mark participa de uma comédia sobre fantasy-football da FX, chamado The League, Jay é Josh Pfefferman em Transparent e ambos fazem participações recorrentes em The Mindy Project. Mas nenhuma série havia sido criada, produzida e dirigida pelos irmãos, que são reconhecidos por ascender do cinema alternativo. Togetherness é uma comédia sobre compromissos da vida doméstica e todo o drama em que seus personagens podem se envolver. A série estreiou na HBO em janeiro, tem oito episódios e é estrelada por Mark, Amanda Peet, Melanie Lynkey e Steve Zissis (que também é co-criador).

M. Night Shyamalan – Wayward Pines

wayward-pines-Shyamalan

Baseada nos livros de Blake Crouch, o suspense Wayward Pines é a estreia do diretor de “A Vila” e “O Sexto Sentido” para a televisão. A série conta a história do agente Ethan Burke (Matt Dillon), que estava em busca de dois desaparecidos e chega em uma cidade enigmática, que rapidamente atrai Burke para um mistério maior que precisa ser resolvido. Carla Gugino, Toby Jones e Terrence Howard também compõe o elenco. Wayward Pines estreia no dia 14 de maio na Fox. Assista ao trailer aqui.

Andy e Lana Wachowski – Sense8

wachowskis-netflix-series-sense8

No final de 2013, a Netflix anunciou que os criadores da trilogia Matrix Andy e Lana Wachowski produziriam, acompanhados de J. Michael Straczynski (Babylon 5), seu primeiro projeto para televisão. Sense8 contará a história de oito pessoas de diferentes partes do mundo que estão conectadas por uma visão telepática. Enquanto eles tentam descobrir porque e como essa visão aconteceu, um homem misterioso chamado Jonas tentará uní-los e outro chamado Mr. Whispers e sua organização tentará assassiná-los. A série estará disponível para streaming no dia 5 de junho.

Alejandro González Iñárritu – One Percent

one-percent-Alejandro-González-Iñárritu

One Percent contará a história de uma família disfuncional que está lutando para salvar sua fazenda da falência, mas uma reviravolta acontece e muda o destino deles para sempre. Com essa história, o ganhador do Oscar de 2015 fará sua estreia na televisão. A série, que foi criada por Iñárritu e terá seus os episódios dirigidos por ele, foi encomendada pela Startz e terá 10 episódios. Ed Harris, Ed Helms e Hilary Swank fazem parte do elenco.

David Fincher – Utopia

utopia-david-fincher

Fincher também não é um novato na televisão. Em 2013, dirigiu os dois primeiros episódios de House of Cards e é produtor executivo do drama da Netflix. Utopia é uma adaptação para HBO de uma série britânica de mesmo nome transmitida pela Channel 4. O diretor de “Clube da Luta” será responsável pela direção de todos os episódios da primeira temporada, além de dividir a produção com Gillian Flynn, com quem trabalhou em “Garota Exemplar“, e com Dennis Kelly, criador da série original.

Martin Scorsese – Untitled Rock ‘N’ Roll Project

scorsese-Untitled-Rock-N-Roll-Project

A série, que ainda não tem nome, foi criada por Scorsese e Mick Jagger para HBO e vai explorar o sexo e o uso de drogas durante o surgimento do punk e do disco nos anos 70 em Nova York. O produtor e escritor Terrence Winter também se une ao projeto e repete a parceria de Boardwalk Empire, em que Scorsese assinava como produtor executivo. A série ainda não tem data de estreia, mas terá nove episódios e tem Bobby Cannavale, Olivia Wilde, Ray Romano e Juno Temple no elenco.

Baz Luhrmann – The Get Down

Baz-Luhrmann-The-Get-Down

The Get Down se passará no fim dos anos 70 em Nova York durante a explosão do hip-hop, punk e outras inovações culturais que coincidiram com a decadência urbana. A trama vai focar em um grupo de adolescentes do Sul do Bronx, que foi uma das áreas mais atingidas pelos movimentos culturais. A série marca a estreia do diretor de “Moulin Rouge!” e “O Grande Gastby” na televisão, mas é um projeto da Sony Pictures TV e vem sendo desenvolvida por pelo menos 10 anos. The Get Down terá 13 episódios e deve estrear em 2016 na Netflix. Assista o teaser aqui.

Woody Allen – Untitled Woody Allen Project

woody-allen-amazon

A Amazon anunciou esse ano que encomendou uma temporada inteira de uma série que será escrita e dirida por Woody Allen. O Untitled Woody Allen Project, como está sendo chamada, é a estreia do diretor na televisão e terá meia hora. A série estará disponível em 2016 para streaming nos Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido.

 


Nathani Mota

Jornalista, nerd e feminista. Melhor amiga da Mindy Kaling, mesmo que ela não saiba disso.

Salto / São Paulo

Série Favorita: Sherlock

Não assiste de jeito nenhum: Two and Half Men

  • Marina Silva

    Ansiosa para ver a série de Scorcese, Baz Luhrmann e Iñarritú claro! Excelente post esse Nathani! Parabéns!

    • Janaina Helena

      Marina a do Scorcese terminou e eu já sinto saudades. Ela é bem violenta, com direção, direção de arte, roteiro e atuações que marcam!

      • Nathani Mota

        Eu estou muito ansiosa pela do Luhrmann. O teaser não diz nada, mas é bem provocador de alguma forma hahah E eu gosto muito dos filmes dele 🙂

        Jana, eu nunca assisti Boardwalk Empire, mas sempre tive vontade. Quando sobrar um tempinho vou tentar assistir! Muita violência é uma das características do Scorsese e tenho que confessar que gosto muito disso!

        Muito obrigada pelos comentários 🙂

  • Arrasou no post, Nathani. Bela pesquisa! Fiquei bem curiosa pra ver One Percent.

    • Nathani Mota

      Obrigada Laís 🙂 O legal de One Percent é que o elenco confirmado tbm promete né?! Estou animada com a série tbm!

  • Janaina Helena

    Muito bom Nathani. Eu assisti todas temporadas de Bordwalk Empire e é perceptível a mão do Scorcese nela: violenta e com apego aos detalhes!

  • Nathani, adorei o post!
    Muito legal ver que estão valorizando a TV como uma forma de expressão, assim como o cinema!

    Vou começar a campanha: #VemTarantino!

×